Companhia de voos regionais vende passagens aéreas por apenas R$ 1. Confira!

Quem for viajar em setembro paga R$ 90 na ida e apenas R$ 0,90 na volta entre as cidades de passos e Guaxupé, no interior de Minas Gerais.

Passageiros de quatro cidades podem viajar de avião pagando R$ 100 no bilhete de ida e no retorno a viagem de avião sai por apenas R$ 1. Não pense que seja erro de digitação e nem falha no sistema da companhia aérea. Mas é preciso comprar as passagens de ida e volta para garantir a volta por R$ 1.


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

A passagem vendida por R$ 1 na volta está disponível nos voos do projeto Voe Minas, lançado pelo Governo de Minas Gerais no ano de 2016. Quem está em Guaxupé (MG) pode viajar para Passos (MG) pagando R$ 100 na ida e na volta o bilhete sai por R$ 1. Quem for viajar em setembro paga R$ 90 na ida e apenas R$ 0,90 na volta.

De Caratinga (MG) para Manhuaçu (MG) a ida custa R$ 100 e a volta sai por apenas R$ 1. Até para a primeira semana de agosto é possível viajar entre as cidades pagando apenas R$ 1 na volta. A viagem sai por R$ 101 já que nestas cidades não há cobrança da taxa de embarque. Já para o mês de setembro vai pagar R$ 90 na ida e apenas R$ 0,90 na volta entre estas cidades.

A VOLTA DE GUAXUPÉ PARA PASSOS SAI POR APENAS R$ 1

COMO É DADO O DESCONTO

A volta por esse valor é tão baixo ocorre pelo fato de o projeto do Voe Minas Gerais conceder R$ 100 de desconto na viagem de volta quando o passageiro compra os bilhetes de ida e volta em uma única reserva. Passageiros de Pouso Alegre podem embarcar neste voos pagando R$ 130 na e na volta o bilhete custa R$ 30. De Araxá para Patos de Minas a ida custa R$ 175 e a volta pode ser comprada por R$ 75.

Além disso é dado desconto de 10% para compras feitas com pelo menos 30 dias de antecedência. É dado ainda desconto de 20% nas compras para grupos a partir de cinco passageiros, em um mesmo voo. Os voos do Voe Minas são operados pela TWO-Flex. A empresa usa em suas rotas o modelo Caravan de 9 lugares. São 16 cidades atendidas partindo do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, para o interior do estado, além de rotas entre as cidades do interior.

INTERIOR DO CARAVAN

 PASSAGEM DE MANHUAÇU PARA CARATINGA POR APENAS R$ 1

ACESSE AQUI O SITE DO VOE MINAS GERAIS

QUER VIAJAR PARA OUTROS DESTINOS? CONHEÇA AQUI O SITE QUE VENDE PASSAGENS AÉREAS COM ATÉ 80% DE DESCONTO

[/read]

Voos regionais para Caratinga, Teófilo Otoni e Patos de Minas têm as maiores taxas de ocupação

Desde 2016, quando o projeto foi lançado,  o Voe Minas Gerais transportou 21.638 passageiros.

Os passageiros de Caratinga e de Teófilo Otoni são os que mais usam os voos do projeto Voe Minas Gerais. Um dos motivos do sucesso destas linhas é o medo de acidentes na BR-381, a “rodovia da morte” que liga Belo Horizonte a Governador Valadares.


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

Os voos que chegam ou decolam de Caratinga têm taxa de ocupação média de 72,6% e dos de Teófilo Otoni a taxa é de 64,5%. Parte do trajeto rodoviário de Belo Horizonte para as cidades de Caratinga e Teófilo Otoni é feito pela BR-381. Teófilo Otoni é o destino mais procurado, com 4.872 passageiros transportados.

O Voe Minas Gerai foi lançado em agosto de 2016. O projeto oferece voos para cidades do interior partindo do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. A taxa média de ocupação dos voos é de cerca de 60%. O valor dos bilhetes varia de R$ 130 a R$ 700 (média de R$ 335), de acordo com a distância percorrida. Desde seu lançamento, o Voe Minas Gerais transportou 21.638 passageiros.

Os voos são operados pela TWO Flex. A empresa tem em sua frota 18 Grand Caravan, aeronaves turbo-hélice de asa alta com capacidade para transportar 9 passageiros. As cidades atendidas são Araçuaí, Araxá, Belo Horizonte, Caratinga, Diamantina, Guaxupé, Manhuaçu, Nanuque, Paracatu, Passos, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Varginha e Viçosa.

AS CIDADES COM AS MAIORES TAXAS DE OCUPAÇÃO

Caratinga: 72,6%

Teófilo Otoni: 64,5%

Patos de Minas: 44,2%

Diamantina: 43,9%

Manhuaçu: 41,5%.

CONHEÇA AQUI O SITE QUE VENDE PASSAGENS AÉREAS COM ATÉ 80% DE DESCONTO

[/read]

Passaredo garante voos em Minas Gerais mesmo com desistência de venda para Grupo Itapemirim

 

Companhia vai manter os voos nas cidades de Ipatinga, Governador Valadares e Uberaba que serão iniciados no dia 16 de outubro deste ano.

 

Caiu como uma “bomba” o comunicado da Passaredo informando a anulação do processo de transferência do controle acionário para o Grupo Itapemirim. As negociações foram iniciadas em 3 de julho deste ano.  A Passaredo não divulgou detalhes do motivo da anulação do negócio. (Veja nota abaixo).

[expander_maker id=”1″ more=”Leia mais” less=”Recolher”]

O grupo Itapemirim pretendia aumentar de sete para 20 o número de aeronaves da Passaredo até o final de 2018. Mesmo com a desistência do negócio, a Passaredo vai manter os voos previstos para serem iniciados em 16 de outubro.

A Passaredo já está vendendo as passagens dos voos sem escalas de Belo Horizonte (Pampulha) para Governador Valadares, Ipatinga e Uberaba. A cidade de Ipatinga vai ganhar um voo sem escalas de Ipatinga para Guarulhos.  Nestas cidades a Azul oferece voos para o Aeroporto de Confins, na Grande Belo Horizonte.

                                                           NOTA DA PASSAREDO

NOTA DO GRUPO ITAPEMIRIM

Sobre a notícia de desfazimento do negócio firmado com a Passaredo Linhas Aéreas S/A, Sidnei Piva de Jesus e Camila de Souza Valdívia tem a esclarecer o seguinte:

O negócio firmado, em caráter preliminar, objetivava a aquisição da totalidade do controle acionário da Passaredo Linhas Aéreas S/A e, como noticiado na imprensa, pressupunha o atendimento de condições precedentes estabelecidas por ambas as partes.

Consensualmente, concordaram as partes contratantes que as condições apuradas até a presente data não contemplavam os seus respectivos interesses e, como consectário lógico do contrato preliminar, optaram pelo encerramento das tratativas com a condução do negócio Passaredo Linhas Aéreas S/A pelos seus acionistas.

Cordialmente,

Sidnei Piva de Jesus e Camila de Souza Valdívia

 

 

[/expander_maker]

São João Del Rei recebe o primeiro voo fretado da Two Taxi Aéreo

SAO02

São João Del Rey, no Campo das Vertentes, porta de entrada dos turistas que visitam Tiradentes, foi a primeira cidade a receber voos fretados da Two Taxi Aéreo Ltda. O voo fretado decolou na manha desta quarta-feira (17/08) do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, levando convidados, além do primeiro passageiro, Paulo Henrique, turista de Belo Horizonte.

Os voos na modalidade fretamento são operados nos aviões Cessna Grand Caravan 208 B, com nove assentos. Ainda nesta quarta-feira decolam voos da Pampulha para Varginha, Juiz de Fora e Curvelo. O projeto da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) prevê na primeira etapa voos para 11 cidades localizadas no interior do estado.

As outras cidades que serão atendidas são Diamantina, Divinópolis, Muriaé, Patos de Minas, Ponte Nova, Teófilo Otoni, Ubá e Viçosa. Em vez de comprar os bilhetes aéreos, os passageiros terão que fazer a aquisição de vouchers com pelo menos 48 horas antes da data do embarque. Um bilhete de Juiz de Fora ou Patos de Minas para Belo Horizonte vai custar de R$ 450 a 500, valor por trecho. Da Pampulha para São Jão Del Rei cada trecho custa R$ 200, podendo ser parcelado em 12 vezes sem juros.

No site criado para divulgar os voos fretados, o http://www.voeminasgerais.com.br/você já pode consultar todas as informações do projeto. Na primeira fase do projeto serão 60 voos semanais ligando o interior à capital.

SAO03

PRIMEIRO VOO

Os passageiros da Two Taxi Aéreo Ltda foram recebidos em São João Del Rei por Aline Flavia Resende, gerente Aeroportuária da SOCICAM Aeroportos. Os outros passageiros do voo inaugural foram Fernanda Medeiros Azevedo Machado, diretora Codemig Fomento a Indústria Criativa, Emílio César Ribeiro Parolini, presidente Federaminas e João Batista Nunes Nogueira, presidente Fiemg Regional Alto Paranaíba

SAO02

SAO04

SAO06

SAO08

INFORMAÇÕES PELO TELEFONE:  (31) 3207 8888



Passagem de avião para o Nordeste custa menos que viajar para o interior de Minas

Viajar
de avião de Confins (MG) para três destinos do Nordeste sai mais em
conta em relação aos preços das passagens para as cidades de
Governador Valadares, Uberaba e Uberlândia. Pela Gol você vai
gastar R$ 267,89 para viajar de Confins para Recife. É mais que o
dobro que a mesma companhia está cobrando pelo trecho
Confins/Uberlândia.

Se
a viagem for pela Azul uma passagem de ida e volta de Confins para
Uberlândia custa R$ 552,52. Para Recife você vai gastar R$ 305,81 nos voos da Azul.
As companhias Azul e Gol são as únicas que oferecem voos sem
escalas para maior cidade do Triângulo Mineiro. Até
março deste ano era possível comprar passagens com 30 dias de
antecedência para Uberlândia por R$ 59,90 na Gol e Azul. O menor
valor para trecho não é encontrado por menos de R$ 200. Em 11 de
maio a Azul transferiu da Pampulha para Confins todos os voos para o
interior de Minas.
                  VALOR DE CONFINS PARA UBERLÂNDIA PELA AZUL

        TRECHO PELA GOL DE CONFINS PARA RECIFE
GOVERNADOR VALADARES
Mais
um exemplo. Uma passagem de ida e volta de Confins para Governador
Valadares, cidade atendida apenas pela Azul, custa R$ 479,21. Se
você for viajar pela Azul para Salvador vai gastar R$ 407,81. Uma
passagem de Uberaba para Confins, também pela Azul, sai por R$
422,52. Pela Gol as passagens de ida e volta de Confins para São
Luís (MA) custam R$ 389,89.
A
pesquisa foi feita para viagem no mês agosto, na baixa temporada,
uma terça-feira, dia em que a demanda é menor para as companhias
aéreas. As tarifas de embarques foram incluídas nos valores citados
acima. Os voos são diretos. A TAM não foi incluída nesta pesquisa
por não oferecer voos diretos de Confins para o interior de Minas.

468x60_zanox_Oferta da Semana

Trem de passageiros da Vale volta a circular no feriado de 1º de maio

A circulação do trem de passageiros da Vale, suspensa nesta quinta-feira (30), será normalizada a partir desta sexta-feira (1º de maio). Segundo a Vale, os problemas no sistema de sinalização eletrônica
da estrada foram sanados, permitindo o tráfego com  segurança dos passageiros. Um trem parte diariamente de Belo Horizonte, sempre as 7h30, e outro de Cariacica, na Grande Vitória, sempre as 7 horas.

Quem tinha viagem marcada para quinta-feira tem a opção de
pedir o reembolso do bilhete comprado ou de remarcar a passagem, sem
custo adicional, no prazo de até 30 dias.
A Vale ressaltou
que está tratando a situação com a máxima prioridade e que a
circulação do trem.

Desde agosto de 2014 o trem que faz a ligação dos estados de Minas e do Espírito Santo está trafegando com  vagões novos, comprados na Romênia. Acesse aqui a matéria completa.
  

INFORMAÇÕES
PELO
Alô
Ferrovia

0800-285-7000

Tudo Viagem atinge marca de um milhão de acessos

30/03/2015! Essa data vai ficar na história do Tudo Viagem.
Atingimos a marca de um milhão de acessos. Obrigado a você que acreditou no
nosso trabalho desde o início. Essa marca só foi atingida graças a você que
todos os dias acessa o nosso conteúdo. 
Não tenho como citar nome por nome, mas não posso deixar de falar  do João Henrique Heringer, responsável pela parte
de tecnologia e imagens, Leo Avelino, que incentivou a criação deste blog, além
de toda a equipe do Grafitte, da 98 FM.

O nosso compromisso é continuar com informação de qualidade,
prestação de serviço, dicas de como viajar pagando menos,  promoções de milhas, novidades sobre novas
companhias aéreas, da aviação regional, informações sobre os serviços de
ônibus, dos trens de passageiros e turísticos.  
Neste ano o blog começou a publicar toda semana um artigo do
advogado Bruno Lewer, especialista em direito do consumidor.. Em uma linguagem
simples, ele reforça os seus direitos nas viagens nacionais e internacionais.  

Obrigado um milhão de vezes!

Celso Martins
Editor-chefe/Fundador

Tem mais de 60 anos? Saiba como viajar de graça para outro estado de ônibus ou trem

Quem
tem mais de 60 anos e possui renda de até dois salários mínimos
pode viajar de graça no trem de passageiros da Vale ou nas linhas de
ônibus interestaduais. São dois assentos gratuitos no trem que faz
a ligação dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo. O
benefício só vale para viagem nos vagões da classe econômica. A
passagem de Vitória para Belo Horizonte que custaria R$ 62 sai por
R$ 31 para quem tem mais de 60 anos.

Quando
os assentos com gratuidade estiverem ocupados, a Vale vende as
passagens com 50% de desconto também para o vagão da classe
econômica. A procura pela gratuidade no trem da Vale é grande. Quem
pretende usar esse benefício deve ir até uma das estações da Vale
com pelo menos 10 dias antes da viagem. Para ter direito a gratuidade
ou ao desconto é preciso apresentar documento de identidade e o
comprovante de renda.
Para
as viagens de ônibus das linhas interestaduais a documentação
exigida é a mesma do trem da Vale. São dois assentos gratuitos por
ônibus para quem tem mais de 60 anos. A reserva pode ser feita com
60 dias de antecedência. Para conseguir o desconto de 50% é preciso
fazer a reserva das passagens com 12 horas antes da viagem. Não há
limite de assentos por ônibus.
Nas
linhas intermunicipais que circulam em Minas Gerais é concedido
gratuidade para quem tem mais de 65 anos. São dois assentos por
ônibus. O desconto de 50% não é concedido. Para ter direito ao
benefício, a pessoa precisa ter a carteirinha do Sindicato das
Empresas de Transporte de Passageiros (Sindpas). O sindicato tem um
posto de atendimento na Rodoviária de Belo Horizonte. O telefone
para informações é 31-3343-7320.
As
companhias aéreas brasileiras não oferecem descontos para quem tem
mais de 60 anos. A Trip, que em junho de 2012 foi comprada pela Azul,
vendia passagens com até 60% de desconto no projeto “Melhor
Idade”. O programa foi extinto pela Azul.

lmd_source=”29088947″;
lmd_si=”33786267″;
lmd_pu=”22673957″;
lmd_c=”BR”;
lmd_wi=”468″;
lmd_he=”60″;

Baixa para o mercado! Avianca demite todos os funcionários de sua base de Confins

A Avianca anunciou que
a partir de 6 de janeiro os voos de Confins para Brasília, o único
em Minas Gerais, seriam suspensos por tempo indeterminado. Mas tudo
indica que a companhia ficará sem voos em Confins neste ano. Todos
os funcionários da Avianca que trabalham no aeroporto mineiro
receberam a carta de demissão. Uma equipe pequena vai trabalhar até
8 de fevereiro par atender quem comprou passagens.

O fechamento da base da
Avianca em Confins é uma das estrategias da companhia para reduzir
custos. Com apenas um voo para Brasília, as despesas são altas para
pagar salários dos funcionários, além dos custos aeroportuários e
de manutenção. Em 17 de outubro deste ano o Tudo Viagem mostrou com exclusividade que a Avianca fechou a base de Porto Velho, em
Rondônia. Com a decisão, a companhia deixou de operar na região
Norte do Brasil.
A Avianca é a quarta
maior companhia aérea do Brasil. A empresa está concentrando
esforços para reforçar rotas que considera mais lucrativas. A
companhia oferece 13 voos diários na ponte aérea Rio/São Paulo.
Essa rota é dominada pelas gigantes Gol e TAM. 
Em novembro deste
ano a companhia ganhou mais 17 slots (autorização de pousos e
decolagens) em Congonhas. A Avianca lançou novos voos para o Galeão,
Salvador e Brasília e Santos Dumont. A empresa pretende no primeiro semestre de 2015 os antigos Fokker-100 (foto acima).

Saiba o que você pode levar no trem de passageiros da Vale. Bicicleta não pode!

Nos meses de dezembro e
janeiro, período considerado alta temporada, é praticamente
impossível conseguir passagens para viagem de última hora no trem
de passageiros da Vale que faz a ligação de Minas Gerais com o
Espírito Santo. Nos últimos dias vários passageiros foram
impedidos de embarcar com bicicletas. A Vale não libera esse tipo de
transporte. Confira abaixo o que você pode levar no trem.

No início deste mês
a Vale determinou aos agentes de todas as estações que não liberem
a entrada de equipamentos eletrônicos ou eletrodomésticos. Se o
equipamento for pequeno, coloque em uma embalagem como se fosse sua
bagagem. Lembrando que cada passageiro pode levar até 35 quilos.
No trem não é
permitido o uso de bebidas alcoólicas. Também é proibido fumar,
inclusive nas varandas. A Vale também não permite o transporte de
animais, nem mesmo os de pequeno porte levados em caixas pequenas. Você pode levar alimentos. A viagem dura cerca de 12 horas. No trem há um vagão restaurante onde são você pode até almoçar.
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com