Circuito Litoral Norte marca presença na FIT Buenos Aires

O Circuito Litoral Norte participou da FIT – Feira Internacional de Turismo da América Latina em Buenos Aires, na Argentina.

Representado por Felipe Augusto, presidente do consórcio, o Circuito Litoral Norte participou da FIT – Feira Internacional de Turismo da América Latina, que ocorreu de 5 a 8 de outubro em Buenos Aires, na Argentina. A feira funciona como plataforma de apresentação das novidades e tendências de turismo e lazer da América do Sul.

Considerado um dos maiores do segmento, o evento reuniu cerca de 100 mil visitantes, entre profissionais do segmento e público geral. “Com participações em eventos como a FIT, os municípios estão fazendo um esforço conjunto para que a imagem do Litoral Norte seja veiculada de forma integrada. Isso amplia o leque de opções para os turistas e otimiza custos dos municípios nas participações nas feiras e outros eventos turísticos”, afirma Augusto.

A EMBRATUR teve forte presença na FIT, contando com estande de 200 metros quadrados e 24 co-expositores, entre eles a região do Litoral Norte de São Paulo, que apresentou as principais atrações das cidades de Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba para profissionais e público geral que estiveram na feira.

Na ocasião, além da exposição de destinos, houve rodadas de negócios com os profissionais presentes e o lançamento da 46ª edição do Congresso Anual dos Agentes de Viagem FAEVYT, que ocorre de 16 a 17 de abril em 2020, na cidade argentina de Calafate. Entre as autoridades presentes, o destaque ficou por conta do Ministro do Turismo Marcelo Alvaro Antonio, assim como autoridades do segmento de diversos países do Mercosul.

Ubatuba, foto via Istock por Clever Macedo
Sao Sebastiao, via Istock por  Ildo Frazao
Bertioga, via Istock por Jonatan Kenedy
Caraguatatuba, via Istock por Ildo Frazao

Texto por Cláudio Lacerda

Imagen destacada por Istock/ Sergio Zacchi

Rota 174 foi incluída no Programa Investe Turismo do Governo Federal; conheça o roteiro

A possibilidade de navegar no “marco zero” do planeta e no encontro dos Rios Negro e Solimões são experiências únicas.

Os aventureiros e amantes da natureza terão a oportunidade de desfrutar a famosa Rota 174, uma das mais maravilhosas viagens do nosso país. Em um trajeto de 1.100 quilômetros o traçado liga os hemisférios Norte e Sul e passa pela exuberante floresta amazônica e suas bacias, chegando até os lavrados e serras de Roraima, no extremo norte da terra “brasilis”.

A possibilidade de navegar no “marco zero” do planeta e no encontro dos Rios Negro e Solimões são experiências únicas. Visitar reservas indígenas, a Gran Sabana de onde se avista o altivo Monte Roraima, povos ribeirinhos, a cidade de Presidente Figueiredo (capital das cachoeiras), faz dessa viagem um destino onde sem dúvida o resultado é o retorno de bagagem repleta de conhecimentos das diversidades culturais e gastronômicas vividas no caminho.

A Roraima Adventure redescobriu essas belezas tão pouco exploradas de nosso país, abraçou esse desafio e lança no trade a ROTA 174, com pacotes de 5 e 10 dias, com saídas de Manaus e de Boa Vista. As companhias Azul, Gol e LATAM oferecem voos para Boa Vista e Manaus.

Rota 174

A Rota 174 será beneficiada pelo Programa Investe Turismo do Governo Federal. O projeto tem como objetivo central a convergência de ações e investimentos para promover o desenvolvimento, gerar empregos e aumentar a qualidade e a competitividade de 30 Rotas Turísticas estratégicas do Brasil. Inicialmente serão investidos R$ 200 milhões em todo o país.

No Centro-Oeste, Brasília e Chapada dos Veadeiros (DF e GO), Goiânia, Pirenópolis e Goiás (GO), Pantanal Norte e Chapada dos Guimarães (MT), Rota Pantanal Sul e Bonito (MS). Na Região Norte as rotas são: Manaus e Polo Amazônico (AM), Belém, Ilha do Marajó, Santarém e Alter do Chão (PA), Palmas e Jalapão (TO), Boa Vista e Monte Roraima (RR) e Macapá (AP).

Mais detalhes sobre a Rota 174 no site www.roraimabrasil.com.br

Pretende viajar para o Norte do Brasil para curtir a Rota 174? Garanta aqui descontos nas passagens de avião

Texto de Patrícia de Campos e fotos de  Roraima Adventure

Estâncias turísticas de São Paulo vão receber R$ 360 milhões

A Prefeitura de Santos, porta de entrada dos turistas que visitam o litoral Norte de São Paulo, vai receber R$ 39 milhões.

O Governo de São Paulo liberou R$ 360 milhões para as Estâncias Turísticas de São Paulo. Estes recursos contribuirão de forma significativa, segundo o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, para que obras e programas vinculados ao desenvolvimento do turismo possam ser concluídos nas 70 cidades reconhecidas como estâncias turísticas no estado.

Os recursos serão usados para a retomada de obras conveniadas até 2017 e que tiveram empenhos cancelados. Famosa por suas fontes de água mineral, Ibirá foi a primeira cidade beneficiada pela nova proposta da gestão do Governo de São Paulo aos municípios turísticos. A prefeitura apresentou projeto para ampliação do Complexo Aquático da cidade e, após a reforma, a expectativa é que Ibirá passe a receber 8.000 visitantes por mês.

As propostas reapresentadas pelas prefeituras já estão sendo recebidas e analisadas pelo Governo de São Paulo a partir de critérios técnicos e orçamentários. Vale ressaltar que os montantes são liberados mediante a apresentação de convênios para obras de infraestrutura turística com a aprovação do Conselho Municipal de Turismo de cada cidade, além do aval do COC – Conselho de Orientação e Controle.

A Prefeitura de Santos, porta de entrada dos turistas que visitam o litoral Norte de São Paulo, vai receber R$ 39 milhões. E se você pretende viajar no feriado de Semana Santa para o litoral Norte, reserve seu hotel em Santos onde os preços são mais em conta em relação a outros destinos.
.

Tiradentes cria grupo para atrair mais turistas para a cidade

Atualmente cerca de 90% do PIB municipal depende das receitas geradas pelos prestadores de serviços da cadeia turística.

A cidade de Tiradentes (MG) não economiza adjetivos quando o assunto é hospitalidade. No Estado considerado sinônimo de cultura e tradições, a bucólica cidade localizada aos pés da Serra de São José esbanja atrativos e iniciativas para atrair visitantes. Atualmente cerca de 90% do PIB municipal depende das receitas geradas pelos prestadores de serviços da cadeia turística.

Um grupo de empresário da cidade decidiu dar continuidade à segunda fase do projeto “Tiradentes Mais”, iniciado em 2012. Segundo a empresária Gabriela Barbosa, uma das integrantes do grupo, o objetivo sempre foi e ainda é gerar maior visibilidade a Tiradentes. O projeto conta com 52 empreendedores de pequeno, médio e grande portes.

Com adesão crescente de representantes de hotéis, pousadas, restaurantes, lojas de artesanato, docerias caseiras, receptivos, ateliês e até um alambique, o grupo concentra a oferta de serviços e atrações visando aumentar o número de turistas na cidade.

Como diferencial em relação a outras cidades do chamado Circuito Histórico, Tiradentes apresenta peculiaridades que a tornam especial. Enquanto a vizinha São João del Rei contabiliza cerca de 100 mil habitantes, e Ouro Preto outros 90 mil moradores, a cidade-berço do mártir da Inconfidência não ultrapassa a 7.500 – sendo que 3.500 vivem na área urbana.

Seu Centro Histórico, onde a fiação subterrânea não ofusca a beleza de suas preservadas residências e igrejas do século 18, foi tombado como Patrimônio Histórico Nacional em 1938 pelo IPHAN. Outra característica de Tiradentes é o índice de retorno de visitantes graças a seus atrativos e, sobretudo, pela hospitalidade com que acolhe.

SOBRE TIRADENTES
Distância de algumas cidades:
São Paulo : 484 km
Belo Horizonte: 190 km
Rio de Janeiro: 330 km
Campinas: 480 km
Ribeirão Preto: 501 km

Rio de Janeiro ganho título de primeira capital mundial da Arquitetura

Os hotéis do Rio de Janeiro já estão se preparando para mais um evento internacional na Cidade Maravilhosa.

O Conselho da União Internacional dos Arquitetos (UIA), reunido em Oaxacha (México), aprovou na última sexta-feira (18/05), por unanimidade, a indicação da cidade do Rio de Janeiro como a Capital Mundial da Arquitetura UIA/UNESCO 2020. A obtenção do título faz parte do programa proposto pela Prefeitura do Rio e pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) para 2020, quando a capital fluminense sediará o 27º Congresso Mundial de Arquitetos.

Cabe à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) agora fazer a designação formal do título, conforme contrato firmado com a UIA. Para o presidente do Comitê Executivo do UIA2020RIO, Sérgio Magalhães, o principal legado para a cidade, com o programa do Rio Capital Mundial da Arquitetura UIA/Unesco, será voltar o olhar das autoridades públicas e da sociedade para os atuais desafios urbanos, em busca da construção de cidades mais justas, inclusivas e sustentáveis.

A cerimônia de assinatura da designação do Rio Capital Mundial da Arquitetura UIA/UNESCO 2020 ocorrerá em agosto deste ano. A programação dialoga diretamente com o 27º Congresso Mundial de Arquitetos, maior evento internacional do setor, que tem expectativa de atrair 25 mil arquitetos e urbanistas de todo o mundo para o Rio de Janeiro.

Os hotéis do Rio de Janeiro já estão se preparando para mais um evento internacional no Rio de Janeiro. O evento servirá para atrair novos turistas estrangeiros para a “Cidade Maravilhosa”. A foto acima é do Museu do Amanhã, na Praça Mauá, um dos empreendimentos que colocou o Rio de Janeiro em destaque na arquitetura mundial.

Segundo o presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), Nivaldo Andrade, a programação inicia com o réveillon, que terá como tema ‘Todos os mundos. Um só mundo. Arquitetura 21’, o mesmo do programa Rio Capital Mundial da Arquitetura e do congresso mundial que vamos sediar.

Atrativos turísticos do Ceará são divulgados em feira de Lisboa

Os portugueses representam 15% do total de turistas estrangeiros que visitam os destinos turísticos do Ceará.

Portugal é hoje o principal mercado emissor de turistas para o estado do Ceará. Do total de estrangeiros que visitam o estado, os portugueses representam 15%. Com o objetivo de ampliar mais esse número, a Secretaria do Turismo do Ceará (Setur) promove os principais destinos e atrativos cearenses na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), a maior feira do setor em Portugal.

A feira acontece entre quarta-feira (28-02) e segue até o próximo domingo (4), em Lisboa. Este ano, assim como ocorreu em 2017, a Setur apostou em um estande próprio para ter mais visibilidade na BTL. O estande próprio facilita o contato e acesso entre as operadoras, hotéis, entre o próprio cliente direto. As pousadas em Jericoacoara, um dos destinos mais procurados pelos turistas, também ganharam espaço no evento.

A BTL conta com 1.300 expositores, um crescimento de 8% em relação à edição passada. A expectativa é que a feira receba mais de 75 mil visitantes, desde as agências de viagens e operadores, hotelaria, transportes e público final.

Uma das novidades do turismo do Ceará e que está sendo amplamente divulgado em Portugal são os voos para Jericoacoara operados pelas companhias Gol e Azul. As rotas começaram a ser operadas em 2017 e já estão refletindo nos hoteis em Jericoacoara, que já registram aumento de turistas.

Brasil aparece como melhor país do mundo para o turismo de aventura, segundo revista dos EUA

As  praias brasileiras, o carnaval do Rio de Janeiro, intitulada umas das maiores festas do mundo, ajudaram o país a ficar no topo da lista.

A Universidade da Pensilvânia elegeu o Brasil pelo terceiro ano consecutivo como o melhor país para se aventurar. Em segundo lugar aparece a Itália e em terceiro a Espanha. Além do Brasil, outro país com boa classificação na América do Sul foi a Argentina, no oitavo lugar. Os dois países se destacam pela oferta de hoteis em promoção, o que ajuda nestas avaliações.

O título da universidade dos Estados Unidos foi concedido por meio de sua plataforma “Best Countries”. O Brasil recebeu a mais alta pontuação nos quesitos sensualidade e diversão. Segundo a revista, as praias brasileiras, o carnaval do Rio de Janeiro, intitulada umas das maiores festas do mundo, ajudaram o país a ficar no topo da lista.

O Brasil aparece na oitava colocação no quesito herança cultural. O ranking analisa os 80 melhores países do mundo. Na edição deste ano da revista o Brasil aparece na 29ª colocação com nota de 3,9. A pontuação, foi obtida por meio de uma plataforma que avaliou 65 categorias, cada uma com pesos diferentes.

Um dos destaques entre as cidades históricas do Brasil está Paraty, localizado no litoral sul do Rio de Janeiro, a 258 quilômetros do Rio de Janeiro. O município se destaca pela preservação de seu patrimônio, suas belas praias, além das pousadas em Paraty, consideradas as mais charmosas da região.

 

Sete cidades atingem nota A no Mapa do Turismo Brasileiro

Entre os municípios com a maior nota está Ilhabela, no litoral Norte de São Paulo.

Sete municípios atingiram conceito A na nova categorização do Mapa do Turismo Brasileiro. A nota mais alta do Ministério do Turismo foi dada para os municípios de Ilhabela (SP), Jericoacoara (CE), Pipa (RN), Pirenópolis (GO), Petrópolis (RJ), Tiradentes (MG) e Camanducaia (MG).

No caso de Ilhabela, no litoral Norte de São Paulo, os fatores determinantes para o município atingir a categoria A foram o aumento do fluxo turístico (doméstico e internacional), o crescimento do setor de hospedagem. As pousadas em Ilhabela estão entre as melhores do litoral Norte de São Paulo.

Pesaram ainda para Ilhabela ganhar a nota A, os empregos gerados, além dos investimentos na qualificação dos profissionais que atendem os viajantes. Com mais de 40 praias para serem exploradas pelo visitante, algumas desertas e outras com total infraestrutura, Ilhabela é um dos destinos mais visitados por turistas brasileiros e estrangeiros.

O centro histórico de Ilhabela (conhecido como “vila”), que reúne restaurantes e sorveterias. e lojas que vendem artesanatos, é o ponto de encontra dos turistas e moradores. É na vila que o turista encontra hostel Ilhabela e lojinhas que vendem artesanato produzido pela comunidade.

Ilhabela fica distante 210 km da capital paulista, e a 440 km da cidade do Rio de Janeiro. Está próxima das cidades de São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba (no Litoral Norte de SP), e Paraty, Angra dos Reis e Ilha Grande (no Rio de Janeiro).

 

Guia de Turismo Acessível tem informações de 530 mil estabelecimentos

O
Ministério do Turismo lançou nesta quarta-feira (3), Dia
Internacional da Pessoa com Deficiência, a versão portátil do Guia
Turismo Acessível. A ferramenta leva a celulares e tablets um banco
de dados com 530 mil estabelecimentos, que podem ser acessados e
avaliados de qualquer lugar com acesso à internet.

Além
do lançamento do aplicativo foram lançados também o vídeo Modos
de CER, do Ministério da Saúde, que fala do Centro Especializado em
Reabilitação, e o Livro do Viver sem Limites, da SDH, com os
resultados de quatro anos de gestão do Plano Nacional dos Direitos
das Pessoas com Deficiência.
O
site Guia
de Turismo Acessível
 foi lançado em junho e já teve 329
mil acessos, 1.096 usuários cadastrados e 177 avaliações. As
funções do aplicativo são exatamente as mesmas do portal: o
usuário se cadastra e pode consultar os estabelecimentos de
interesse e avaliar aqueles que já visitou.
A
internet é usada amplamente pelas pessoas com deficiência,
inclusive pelo celular, seja para estudos, pesquisa e contato com
família, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Ministério do
Turismo. “O aplicativo e o site vão suprir essa carência,
especialmente pelo seu caráter de portal colaborativo. O próprio
público alvo avalia e insere as informações no sistema”, afirma
Wilken Souto, diretor do Departamento de Estudos e Pesquisas, que
ajudou a elaborar a ferramenta.
Ao
consultar os estabelecimentos, os usuários têm acesso ao endereço,
telefone, imagens e avaliações dos atrativos turísticos. Eles são
classificados por ícones como alimentação, compras, eventos e
lazer, hospedagem, museus e atrativos históricos, parques e
zoológicos, praias e serviços turísticos. Para facilitar o
processo de consulta, o usuário terá ainda, sua localização de
cidade e estado detectada automaticamente pelo aplicativo.
A
avaliação dos atrativos é uma parceria com a Secretaria de
Direitos Humanos da Presidência da República e com o Conselho
Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade) – e
abrange itens exigidos por leis e normas, que permitem acessibilidade
a pessoas com deficiência auditiva, física ou motora, visual e
mobilidade reduzida. O programa foi desenvolvido pela Coordenação
Geral de Tecnologia da Informação do Ministério do Turismo.
Com
informações de Cláudia Sanz (Ministério do Turismo)
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com