Tudo viagem

Consórcio do Litoral Norte de SP participa de capacitações visando a retomada

De olho na retomada do Turismo, o Circuito Litoral Norte de São Paulo está intensificando suas ações de treinamentos e capacitações para fomentar novos negócios e apresentar o destino regional como destaque neste momento.

As cinco cidades integrantes do consórcio turístico – Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba – passaram para a Fase Amarela do Plano São Paulo na última segunda-feira (10) e já se preparam para retornar às atividades turísticas seguindo rígidos protocolos sanitários e de saúde.

Nesta semana, o secretário Executivo do Circuito, Gustavo Monteiro, participou de três capacitações online onde apresentou os municípios, suas potencialidades e ações de desenvolvimento do turismo regional pós-pandemia. O primeiro, organizado pela MICE + T Brasil, ocorreu na terça-feira (11) e teve foco nos eventos corporativos; já na quarta-feira (12), o evento junto à Secretaria de Turismo do Estado apresentou a região a operadores argentinos; e, por fim, na quinta-feira (13), foi realizado um treinamento com a Interep, integrando hotelaria, agentes de viagem do interior e litoral onde o consórcio pode fazer uma atualização de sua ação de antecipação de vendas.

“Foi uma oportunidade de apresentar o litoral do Estado de São Paulo, toda sua riqueza de atrações ligadas a sol e praia, turismo de natureza, estrutura hotelaria e vias de acesso. Essas ações têm permitido construir e fortalecer a retomada do turismo pós-pandemia e contribuir com o desenvolvimento turístico do Estado. É uma forma de inspirar os agentes de viagem e turistas a conhecer São Paulo, que conta com 622km de costa e mais de 290 praias, e de gerar negócios e investimentos”, afirma a assessora Técnica da SETUR-SP, Ana Cristina Clemente.

“Nesta fase da retomada do Turismo, as capacitações e treinamentos são a melhor ferramenta para apresentar, orientar e transmitir a segurança necessária para os canais de distribuição do trade. Como consórcio, estamos gerando maior visibilidade e facilitando o desenvolvimento de negócios no turismo regional, por meio de parceiros e entidades. A retomada segura segue avançando no Litoral Norte”, completa Monteiro.

Para conhecer algumas atrações do Litoral Norte acesse: http://circuitolitoralnorte.tur.br/experiencias

Fotos: Ken Chu – expressão studio

Cabo Frio libera entrada de ônibus de turismo em setembro

Os passageiros dos ônibus terão que comprar que tem reserva em um estabelecimento de Cabo Frio credenciado junto ao Ministério do Turismo.

A partir de 1° setembro ônibus de empresas de turismo poderão entrar com passageiros em Cabo Frio, na Região dos Lagos. A entrada estava proibida desde o final de março deste ano, quando começaram os primeiros casos de coronavírus. A lotação dos ônibus poderá ser de 100%, segundo decreto da Prefeitura de Cabo Frio. O município decidiu restringir em 50% a capacidade no pátio onde esses ônibus ficam estacionados.

Os passageiros dos ônibus terão que comprar que tem reserva em um estabelecimento de hospedagem de Cabo Frio credenciado junto ao Ministério do Turismo (Cadastur). Essa é a mesma regra para a entrada dos veículos de passeio. Os ônibus e demais veículos serão parados nas barreiras sanitárias que foram instaladas desde abril nos principais acessos de Cabo Frio. Nestas barreiras os fiscais da Prefeitura de cabo Frio vão verificar se o viajante tem hospedagem na cidade.

Praia das Conchas, uma das mais visitas em Cabo Frio

Os hotéis e pousadas de Cabo Frio foram reabertos no dia 15 de julho, mas com lotação máxima de 50%. O banho de mar e as atividades esportivas estão liberadas. Os atrativos turísticos, bares e restaurantes estão funcionando com metade da capacidade.

Em Búzios os hotéis, pousadas, bares e restaurante foram reabertos no início de agosto. A entrada de ônibus de turismo ainda não foi autorizada, mas a Prefeitura de Búzios estuda a possibilidade de permitir a entrada em setembro.

Onde ficar em Cabo Frio

O Cabo Frio Hostel Container , com 36 apartamentos, todos equipados com ar condicionado, pretende reabrir em setembro. O empreendimento é o maior hostel do Brasil feito de Container marítimos. O hostel tem 120 leitos.

Ideal para receber grupos de viajantes, o Cabo Frio Hostel Container reaproveita toda a água. O empreendimento foi construído em um espaço de 2.250 m² e com apenas 30% de área construída, preservamos e mantemos total integração com o meio ambiente.

O hostel fica próximo a um parque ecológico protegido – APA Pau Brasil, onde estão os principais pontos turísticos de Cabo Frio, como praias e trilhas ecológicas. O turista pode praticar esportes náuticos como: caiaque, pescaria, stand up paddle, canoa havaiana, surf e mergulho.

Endereço do hostel

Avenida dos Espadartes, 400 – Ogiva
Caminho Verde – Cabo Frio

Telefones:

(22) 98181-0022
(22) 99706-0186
(22) 2644-5205

Acesse aqui o site do hostel

Residencial Portoveleiro

Mas se você quer viajar ainda no mês de agosto, pode se hospedar no Residencial Portoveleiro, localizado às margens do Canal do Itajurú, no bairro da Ogiva. O hóspede tem acesso ao deck que leva as embarcações para uma pescaria recreativa com a família, mergulho.

Mas se quer ficar no hotel, pode relaxar na piscina e ainda assistir há um belíssimo pôr-do-sol. O hotel tem 30 apartamentos com 90 leitos. O hotel aceita animais de pequeno porte.

Reservas:

(22) 2647-3081
(22) 2643-5992
(22) 99893-8600

portoveleiro@portoveleiro.com.br

Acesse aqui o site do hotel Portoveleiro

Vídeo do hotel

 

 

Cabo Frio e Búzios decidem reabrir turismo; confira as datas

Bondinho, Cristo Redentor, Rio Star e Áquario vão reabrir no sábado

Na entrada do Trem do Corcovado, na Estação do Cosme Velho, na zona sul do Rio, onde parte e chega o trem, funcionários da empresa vão aferir a temperatura dos visitantes.

As principais atrações turísticas da cidade do Rio de Janeiro serão reabertas a partir de sábado (15/08) com redução do público e protocolos sanitários para evitar casos de e covid-19. Os turistas poderão visitar o Trem do Corcovado, o Bondinho do Pão de Açúcar e a Rio Star, maior roda gigante da América Latina e o Áquario do Rio.

O uso de máscaras é obrigatório em todos esses atrativos. O AquaRio vai reabrir no sábado com 20% do total da capacidade atual do aquário. A reabertura do Trem do Corcovado já estava autorizada desde o início de agosto, mas a empresa optou em adiar para 15 de agosto como medida de segurança.

Na entrada do Trem do Corcovado, na Estação do Cosme Velho, na zona sul do Rio, onde parte e chega o trem, funcionários da empresa vão aferir a temperatura dos visitantes. O trem vai funcionar com 50% do número de visitantes. O horário de funcionamento será das 8h às 16h, de segunda a domingo. Antes da pandemia, as visitas podiam ser feitas até as 19h.

As bilheterias vão funcionar normalmente, mas a melhor forma de evitar aglomerações é a compra dos ingressos  pelo site da empresa, em casas lotéricas ou no aplicativo do Trem do Corcovado. outra novidade é a venda de máscara  na  Estação do Corcovado.

O Trem do Corcovado deixou de atender cerca de 500 mil passageiros e acumulou perdas de R$ 40 milhões entre 15 de março e 15 de agosto. Apesar do prejuízo, nenhum funcionário foi demitido.

Roda gigante

A Rio Star, maior roda gigante da América Latina, vai funcionar com 50% da capacidade técnica nas cabines. Cada uma terá, no máximo, quatro pessoas – antes da pandemia eram oito. Por causa do momento atual, será permitida a abertura da janela.

A aferição de temperatura dos visitantes, parceiros, terceiros e fornecedores vai ser feita na entrada do parque, colaboradores por meio do uso de termômetros infravermelhos. Não poderão entrar aqueles que apresentarem temperaturas iguais ou acima de 37,8° C.

A Rio Star, localizada na zona portuária da cidade, funcionará todos os dias, das 10h às 18h, com exceção das quartas-feiras, quando permanecerá fechada.

Pão de Açúcar

O bondinho estará aberto ao público de quinta a segunda-feira, das 10h às 19h.  A direção da atração estimula a compra dos bilhetes, prioritariamente, por meio do site oficial. No caso de compra presencial, deve ser usado o cartão. Para evitar aglomeração, os bondes vão operar com dois terços da capacidade.

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

Garanta aqui hospedagem na cidade do Rio de Janeiro

Acesse a lista das cidades que terão voos compartilhados pela Azul e LATAM

O acordo entre Azul e LATAM também permite o acúmulo recíproco de pontos nessas rotas por meio dos programas de passageiros frequentes das empresas.

As passagens dos voos compartilhados (codeshare) pela LATAM e Azul já estão sendo vendidas pelas duas companhias.  As operações serão iniciadas  em 17 de agosto. Estão sendo vendidas as passagens de 12 rotas operadas pela LATAM Brasil e a 23 rotas operadas pela Azul.

No final deste mês serão iniciadas as vendas de  17 rotas operadas pela LATAM Brasil e a 12 rotas operadas pela Azul. O acordo entre Azul e LATAM também permite o acúmulo recíproco de pontos nessas rotas por meio dos programas de passageiros frequentes das empresas, beneficiando 37 milhões de membros LATAM Pass e 12 milhões de membros TudoAzul.

Antes da crise do COVID-19, a Azul e a LATAM atendiam um total de 137 destinos no Brasil, com 298 rotas e 1.632 partidas diárias. (Confira abaixo de todas as cidades incluídas no acordo).

O que representa o codeshare 

Os contratos de codeshare são acordos comerciais muito comuns na aviação mundial e não interferem na autonomia das empresas, que seguem independentes. As rotas continuam sendo operadas normalmente por cada empresa, de forma independente.

A LATAM poderá viajar facilmente para destinos turísticos consagrados como Fernando de Noronha (PE). Já o viajante corporativo da LATAM vai poder viajar facilmente para destinos regionais entre eles Petrolina (PE), Juazeiro do Norte (CE) e Campina Grande (PB).

Confira abaixo os 7 novos destinos no interior do Brasil que agora passam a ser oferecidos ao cliente LATAM:

MINAS GERAIS: Montes Claros e Governador Valadares

CEARÁ: Juazeiro do Norte

PERNAMBUCO: Petrolina e Fernando de Noronha

PARAÍBA: Campina Grande

SÃO PAULO: Viracopos

35  ROTAS OPERADAS PELA AZUL:

  1. BELO HORIZONTE (CNF) – MONTES CLAROS – já à venda
  2. BELO HORIZONTE (CNF) – GOVERNADOR VALADARES – já à venda
  3. BELO HORIZONTE (CNF) – VITÓRIA – já à venda
  4. BELO HORIZONTE (CNF) – SALVADOR– já à venda
  5. BELO HORIZONTE (CNF) – RECIFE – já à venda
  6. BELO HORIZONTE (CNF) – FORTALEZA – já à venda
  7. BELO HORIZONTE (CNF) – CURITIBA – já à venda
  8. BELO HORIZONTE (CNF) – UBERLÂNDIA – já à venda
  9. RECIFE – PETROLINA – já à venda
  10. RECIFE – JUAZEIRO DO NORTE – já à venda
  11. RECIFE – FERNANDO DE NORONHA – já à venda
  12. RECIFE – CAMPINA GRANDE – já à venda
  13. RECIFE – SALVADOR – já à venda
  14. RECIFE – SÃO LUÍS – já à venda
  15. SÃO PAULO (VCP) – RIO DE JANEIRO (SDU) – já à venda
  16. SÃO PAULO (VCP) – PORTO ALEGRE – já à venda
  17. SÃO PAULO (VCP) – CURITIBA – já à venda
  18. SÃO PAULO (VCP) – FORTALEZA – já à venda
  19. RIO DE JANEIRO (SDU) – BELO HORIZONTE (CNF)* – já à venda
  20. RIO DE JANEIRO (SDU) – PORTO ALEGRE* – já à venda
  21. SÃO PAULO (CGH) –  RIO DE JANEIRO (SDU)** – já à venda
  22. SÃO  PAULO (CGH) –  BELO HORIZONTE (CNF)** – já à venda
  23. SÃO PAULO (CGH) – CURITIBA** – já à venda
  24. BELO HORIZONTE (CNF) – PORTO ALEGRE
  25. BRASÍLIA – SÃO PAULO (VCP)*
  26. PORTO ALEGRE – CURITIBA*
  27. RIO DE JANEIRO (SDU) – CURITIBA*
  28. GOIÂNIA – RIO DE JANEIRO (SDU)*
  29. FORTALEZA – RECIFE*
  30. BELO HORIZONTE (CNF) – FORTALEZA*
  31. PORTO SEGURO – BELO HORIZONTE (CNF)*
  32. BELO HORIZONTE (CNF) – SALVADOR*
  33. BELÉM – MANAUS*
  34. BOA VISTA – MANAUS*
  35. BELÉM -MACAPÁ*

    29 ROTAS OPERADAS PELA LATAM BRASIL:
  36. BRASÍLIA – BELÉM – já à venda
  37. BRASÍLIA – SÃO LUÍS – já à venda
  38. BRASÍLIA – MANAUS – já à venda
  39. BRASÍLIA – TERESINA – já à venda
  40. BRASÍLIA – PORTO VELHO – já à venda
  41. BRASÍLIA – NATAL – já à venda
  42. BRASÍLIA – RIO BRANCO – já à venda
  43. BRASÍLIA – BOA VISTA – já à venda
  44. BRASÍLIA – MARABÁ – já à venda
  45. BRASÍLIA – MACAPÁ – já à venda
  46. BRASÍLIA – SANTARÉM  – já à venda
  47. BRASÍLIA – IMPERATRIZ – já à venda
  48. BRASÍLIA – SÃO PAULO (GRU) 
  49. SÃO PAULO (GRU) – NAVEGANTES
  50. SÃO PAULO (GRU) – GOIÂNIA
  51. SÃO PAULO (GRU) – MANAUS
  52. SÃO PAULO (GRU) – FOZ DO IGUAÇU
  53. RIO DE JANEIRO (GIG) – SÃO PAULO (GRU)
  54. SÃO PAULO (GRU) – BELÉM
  55. SÃO PAULO (GRU) – CAMPO GRANDE
  56. SÃO PAULO (GRU) – CURITIBA
  57. SÃO PAULO (GRU) – FLORIANÓPOLIS
  58. SÃO PAULO (GRU) – FORTALEZA
  59. SÃO PAULO (GRU) – LONDRINA
  60. SÃO PAULO (GRU) – MARINGÁ
  61. SÃO PAULO (GRU) – NATAL
  62. SÃO PAULO (GRU) – RIO DE JANEIRO (SDU)
  63. SÃO PAULO (GRU) – SALVADOR
  64. SÃO PAULO (GRU) – VITÓRIA

*Rotas que terão o código compartilhado até 24/10/2020.
**Rotas que terão o código compartilhado até o término das reformas na pista principal do aeroporto de Congonhas.

Garanta aqui passagens aéreas com descontos de até 50%

 

Confira a lista de países que exigem o seguro viagem

Passaram a exigir uma apólice de seguro viagem, como por exemplo Aruba, Costa Rica, Dubai, Tailândia e Uruguai.

As regras de entrada de turistas estrangeiros estão cada vez mais rigorosas em função da pandemia de Covid-19. Levantamento feito pela ASSIST CARD,  líder mundial em assistência ao viajante,  mostra que a lista de países que exigem o seguro viagem como obrigatório já chega a 40.

Além dos principais países europeus, outros destinos que estão na lista dos mais visitados por brasileiros passaram a exigir uma apólice de seguro viagem, como por exemplo Aruba, Costa Rica, Dubai, Tailândia e Uruguai. O Brasil passou a exigir seguro viagem para turistas estrangeiros.

Portugal exige seguro viagem

Segundo Alexandre Camargo, Country Manager da ASSIST CARD BRASIL,  entre os destinos mais visitados pelos brasileiros, apenas Estados Unidos, Argentina, Peru, Chile e México ainda estão exigindo o seguro viagem.

Segue a lista atualizada, até 31 de julho, dos países que exigem o seguro viagem para entrar em suas fronteiras:

Alemanha

Angola

Argélia

Aruba

Áustria

Bélgica

Bielorrússia

Brasil

Catar

Costa Rica

Cuba

Dinamarca

Emirados Árabes

Equador

Eslováquia

Eslovénia

Espanha

Estónia

Finlândia

França

Grécia

Holanda

Hungria

Islândia

Itália

Letónia

Liechtenstein

Lituânia

Luxemburgo

Malta

Noruega

Polónia

Portugal

República Tcheca

Suécia, Suíça

Tailândia

Turquia

Ucrânia

Uruguai

Venezuela.

Austrália e Nova Zelândia exigem o seguro viagem para estudantes.

 

Pretende viajar? Garanta aqui voos com descontos especiais

Ilhabela enaltece talentos da cidade na cultura e na gastronomia

Destino de grandes belezas no litoral paulista, Ilhabela encanta seus visitantes com praias de águas cristalinas, cachoeiras e rica vegetação da Mata Atlântica.

Mas a fama de Ilhabela segue crescendo em todos os cantos do Brasil e do mundo devido também a seus cidadãos que exibem talentos nas mais variadas áreas.

“Ilhabela, além de abençoada por sua exuberante beleza natural, é um verdadeiro berço de talentos. E esse reconhecimento visa valorizar ainda mais esse privilégio do arquipélago de ter gente tão especial”, conta a Prefeita Maria das Graças Ferreira dos Santos Souza, a Gracinha.

Já aos 10 anos, Gilmar Pinna começou a mostrar seu talento de escultor, quando moldava a areia das praias de Ilhabela, sua cidade natal. Com o tempo, trocou a areia pelos metais, como cobre, bronze, sucatas e aço. Autodidata, passou a criar obras cada vez mais grandiosas, seja de arte sacra, personalidades ou até guerreiros medievais. Hoje, suas esculturas estão expostas não só em Ilhabela, mas em várias outras cidades, como Guarulhos e Cachoeira Paulista. No último dia 06, Gilmar Pinna recebeu uma homenagem em Monte Alegre do Sul, onde quatro obras suas estão agora na Cidade das Artes do município.

Ao participar da segunda temporada do reality de culinária Mestre do Sabor, da Globo, Jackie Watanabe ficou conhecida em todo o Brasil. Mas a chef de cozinha já acumula seis anos de uma carreira bem-sucedida. Em seus pratos autorais, Jackie homenageia suas origens ao misturar sabores brasileiros, caiçaras e orientais.

Natural de Ilhabela e nascido em uma família de compositores e sambistas, Jefferson Jesus, também conhecido como Maestro Jota, é compositor desde os 15 anos, além de ser músico e pianista. Recentemente, venceu a disputa de samba-enredo da Unidos de Padre Miguel e terá sua composição tocada e cantada em plena Sapucaí, no Carnaval do Rio de Janeiro.

“O arquipélago é muito raro e fascinante, por sua beleza natural e por sua gente talentosa. Por isso, a cidade tem o dom de cativar tanto carinho de populações dos mais variados cantos do mundo. Nossos talentosos cidadãos precisam receber nossos reconhecimentos e parabéns”, afirma a Secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela, Bianca Colepicolo.

Viagens de carro serão as mais procuradas quando tudo isso passar

Para evitar riscos ou inconvenientes durante o trajeto é importante que o automóvel esteja com tudo em ordem.

Quanto tudo isso passar, vamos viajar. Talvez esta seja a afirmativa mais usada durante este período de isolamento social. Isso significa que as pessoas estão muito ansiosas para voltar a fazer viagens e, segundo especialistas, as mais procuradas serão para cidades mais próximas das residências. Portanto, o automóvel deverá ser o principal aliado do viajante.

Será o momento de planejar roteiros e despesas para curtir um momento de lazer sem preocupações. Mas para evitar riscos ou inconvenientes durante o trajeto, é importante que seu automóvel esteja em ordem.

Preferência por viagem de carro – foto: Pixabay

De acordo com o chefe de oficina, Rogério Pedrosa, fazer o check-up antes de uma viagem não só evita imprevistos, como ainda pode ajudar na economia de combustível e melhorar o desempenho do veículo.

“Existe uma lista de itens importantes a serem checados antes de cair na estrada, mesmo para quem segue a rotina de manutenção recomendada pela fábrica. A revisão não deve ser feita na véspera, já que se houver necessidade de substituição de alguma peça, muitas vezes é impossível fazer isso de um dia para o outro”, explica.

SEM DESGASTES

Desgaste, calibragem, balanceamento e alinhamento dos pneus, luzes do farol e dos freios, além de níveis de água do radiador e dos limpadores, podem ser conferidos pelo próprio motorista.

É importante ressaltar que mesmo que todos os procedimentos feitos no veículo estejam em dia, é importante levar o carro até uma oficina mecânica. As rodovias, diferentes das cidades, exigem mais performance e equilíbrio do veículo, já que há a necessidade de manter uma velocidade maior por mais tempo, além de possuírem trechos mal conservados, que podem danificar a suspensão.

O mecânico alerta: “verifique principalmente os fluidos do carro, nível do óleo, filtro de ar, os freios, suspensão e a parte elétrica”, salienta. Segundo ele, a calibragem também é importante para o equilíbrio do carro e até mesmo para contribuir com a economia de combustível, além de essencial para garantir a boa performance dos pneus.

PARTE ELÉTRICA

Para viajar com segurança, é importante também fazer um check-up na bateria, no motor de partida, no alternador e em todas as lâmpadas e fusíveis do carro.

“Lembre-se, você pode pegar uma serra com neblina ou estrada em dia de chuva. O carro é um sistema que funciona em conjunto, e o mau funcionamento de circuitos elétricos ou mecânicos podem prejudicar o desempenho do veículo”, alerta o especialista.

Para ter uma viagem tranquila e segura, o ideal é ter no veículo os itens básicos de segurança, como o macaco, triângulo e a chave de roda – todos funcionando perfeitamente.

“Por serem usados apenas em uma emergência, é comum que eles fiquem esquecidos, por isso verifique antes de sair de casa como está a situação dessas peças. Os cintos de segurança também devem ser testados, principalmente os traseiros – que costumam ser pouco usados no dia a dia, já que nem sempre há passageiros no banco de trás”, observa.

Além da manutenção preventiva, a prudência ao volante também é importante, lembra Pedrosa. “Em época de férias, as estradas estão mais cheias e com motoristas que não possuem tanta experiência com o tráfego intenso. A direção cuidadosa e paciente evita surpresas e acidentes, e torna as férias muito mais prazerosa”, ressalta.

VELAS X CONSUMO

Já o consultor de Assistência Técnica da NGK, Hiromori Mori, salienta que os motoristas devem ficar atentos à manutenção das velas de ignição. Para ele, a análise do componente permite detectar diversos problemas. “A aparência da vela diz muito sobre o estado do motor. Apenas por meio de uma inspeção visual é possível diagnosticar o uso de combustível de má qualidade e infiltração de óleo e de fluido de arrefecimento na câmara de combustão, por exemplo”, explica.

Velas de ignição que não funcionam de maneira adequada podem causar falhas no motor, dificuldades na partida, aumento no consumo de combustível e do nível de emissões poluentes.

Itens de desgaste natural, as velas de ignição nem sempre tem seu funcionamento irregular percebido pelo motorista e, por isso, a revisão periódica é tão importante. “Os motores atuais estão cada vez mais tecnológicos e preparados para trabalhar em condições adversas, especialmente quando há início de falha. Quando o dono do carro percebe que há algo errado, é sinal de que ele já ocorre há algum tempo”, afirma o especialista.

Outra vantagem da revisão preventiva é a economia. Velas com desgaste excessivo podem reduzir a vida útil de outros componentes como cabos, bobinas, transformadores, tampa do distribuidor, rotor e catalisadores. Além disso, o custo da manutenção corretiva de modo geral é mais alto do que a preventiva.

Os fabricantes sugerem a inspeção das velas a cada 10 mil quilômetros ou conforme recomendação da montadora.

Ilhabela (SP) e Camanducaia (MG) anunciam carta de interesse para promoção turística

As prefeituras de Ilhabela, no Litoral Norte de São Paulo, e Camanducaia, município do sul mineiro, que abriga o distrito de Monte Verde, assinaram nesta quinta-feira (6) uma carta de intenções com o objetivo de cooperação mútua para fortalecer a promoção turística nos dois municípios.

Na ocasião, estiveram presentes as secretárias de Turismo municipais Bianca Colepicolo, responsável pela pasta na cidade litorânea, e Carolina Cerrato Tuller, pela cidade mineira, além da presidente da MOVE (Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e Região), Rebecca Wagner, e Cássio Garkalns, da GKS Inteligência Territorial.

Entre outros fatores, a parceria se baseia nos princípios de que o planejamento e a gestão técnica são focos comuns à Ilhabela e Camanducaia. As ações de promoção turística ainda serão definidas e aprovadas pelas duas cidades.

Campanha de vendas antecipadas do Litoral Norte de SP comemora adesão do trade regional

A ação de antecipação de vendas, criada pelo Circuito Litoral Norte para apoiar o trade regional e movimentar a economia neste momento de pandemia, já vem rendendo bons resultados aos empresários locais e deve se intensificar com a próxima fase do processo de reabertura do Estado, que deve ser confirmada nesta sexta-feira em coletiva oficial.

Segundo dados coletados pelo consórcio turístico, cerca de 110 novos negócios já foram ativados nas cidades de Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba.

Entre as operadoras parceiras, CVC, Decolar, Abreutur, Orinter e Interep, já foram registrados mais de 140 contatos com os hotéis, agências de receptivo e empresas de transporte turístico da região. Após a criação desses novos produtos regionais, acontece a fase de divulgação em destaque nos canais de venda das operadoras.

“As listas do Circuito Litoral Norte nos ajudaram muito para chegar até fornecedores que não tínhamos contato nenhum. Alguns deles me retornaram e estamos em negociação, outros já se tornaram parceiros, e faremos contato novamente com quem não retornou. São muitas oportunidades sendo geradas” afirma o especialista em Distribuição de Produtos da CVC, Luciano Silva.

Já para a diretora de Estratégia e Planejamento da Interep, Flávia Oliveira, a ação de conscientização do Litoral Norte vem representando um importante processo de reconhecimento da região.

“A conscientização, nesse momento delicado, não só nos traz a segurança de medidas a serem aplicadas pelo destino, junto às secretarias locais e serviço hoteleiro, como também a oportunidade de apresentar uma opção prática e muito regionalizada a ser considerada pelo agente de viagens, especialmente na região de São Paulo e adjacências. A escolha do destino de viagem, com a oportunidade de diferencial e a busca da reclusão nesse momento tão delicado, reforça a necessidade da curadoria hoje presente na escolha do produto ofertado pela Interep, prezando pela melhor experiência e, inevitavelmente, contribuindo na construção de valor pelo agente”, completa.

“Mais do que uma ação de antecipação de vendas, que permite a comercialização de pacotes para viagens no momento seguro, esta ação está conectando importantes players com canais digitais emissores e o trade local, desenvolvendo juntos produtos de experiência que podem se destacar no lugar de destinos com aéreo. Esta é apenas uma das ações que desenvolvemos para a região. Queremos colocar o trade local como o grande destaque nessa retomada, pois são eles que melhor conhecem nossas atrações, nossa natureza e levarão os turistas a experiências inigualáveis”, ressalta o secretário Executivo do consórcio turístico, Gustavo Monteiro.

Aposta na regionalização

De acordo com estudo realizado em parceria com o Laboratório de Estudos em Sustentabilidade e Turismo da UnB (LETS) e a consultoria Amplia Mundo, locais no próprio país representam 60% das preferências dos brasileiros ainda para 2020. Além disso, a pesquisa aponta que o Sudeste, com 19,8%, é a segunda região alvo das escolhas, atrás apenas Nordeste.

Com base nessa tendência, e graças à privilegiada localização do Litoral Norte de São Paulo, com fácil acesso pelas principais rodovias saindo da capital paulista, o Circuito Litoral Norte coloca a região em destaque nesse momento de retomada do turismo.

Em parceria com a Secretaria de Turismo de Estado, o consórcio vem colocando as cinco cidades integrantes em evidência como um destino seguro pós-pandemia.

“O turismo de proximidade, com viagens mais curtas, tradicionalmente feito de forma autônoma, passa a chamar a atenção de grandes organizações de viagens, atraídas não somente pela oportunidade, mas também pela qualidade do produto turístico”, acredita o secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz.

Além da campanha de vendas antecipadas, estão previstas para o segundo semestre ações como: a participação em capacitações com operadoras nacionais e internacionais, rodadas de negócios em parceria com o Sebrae, lançamento de nova marca e do Programa Rotas Cênicas junto à Secretaria de Turismo do Estado, participação de Hotsales na Argentina com a GOL, organização de Famtour regional para avaliação de protocolos de segurança, ações de marketing digital e atividades regionais que visam, principalmente, a geração de negócios e movimentação da economia.

Foto destacada: Miguel Schincariol

Hotel Serra Jundiaí passa a integrar a Rede Summit

Situado na cidade de Jundiaí, a pouco mais de 80 quilômetros da capital paulista, o Hotel Serra passa a integrar a rede de hotéis independentes Summit  Hotels.

Foto via Divulgação

A parceria visa aperfeiçoar as relações comerciais do empreendimento com clientes do Brasil inteiro, além de ampliar a central de vendas, serviços que incluem marketing de toda a rede, equipe de vendas nacional, central de reservas, gerência dos canais de reservas on-line, consultoria em RM, programa de fidelidade, central de compras coletivas e associação e capacitação dos colaboradores.  Com a adesão, o hotel passa a se chamar Summit Hotel Serra.

Considerado um dos hotéis mais tradicionais da região, ele é o primeiro empreendimento fora do Vale do Paraíba a ser integrado na Rede Summit. Para o Rui Uchôa, CEO da marca, a nova expansão de negócios é um passo muito importante para a empresa. “Nossa meta é estar entre as cinco maiores redes hoteleiras do país, por isso, pretendemos crescer em média um hotel por mês”, declara.

Sobre o hotel

Localizado no principal trevo de acesso à cidade, o Summit Hotel Serra está bem próximo às principais rodovias da região. Além disso, fica a 15km do parque temático Hopi Hari e a 35 km do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

O empreendimento, situado em uma área de 3.400 m², conta com 85 apartamentos em uma moderna estrutura hoteleira com excelentes serviços, de categoria midscale. Todos os quartos incluem frigobar, TV cabo, telefone, ar-condicionado e banheiro privativo com secador de cabelo.

Possui oito salas de eventos, sendo uma delas o maior centro de eventos e convenções dentre os hotéis da cidade. Ainda conta com um excelente e amplo restaurante, piscina, academia e salão de jogos.

Mais Informações: www.summithotels.com.br/summit-hotel-serra

Texto por Agência com edição

Imagem Destaque por Divulgação

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com