Copa Airlines vai operar apenas 10% de sua capacidade a partir de 1° de junho

No site da companhia é possível comprar passagens de ida e volta São Paulo para Miami por R$ 1,6 mil para viagem no mês de junho deste ano.

A Copa Airlines planeja retomar parte dos voos internacionais a partir de 1° de junho deste ano. Inicialmente a companhia vai operar 10% dos seus voos. Segundo a companhia, o retorno gradual ocorre em função da demanda muito baixa de passageiros no curto e médio prazo e muitos cancelamentos de reservas provocados pelo crescimento dos casos de coronavírus.

A Copa Airlines alega que a maioria dos países da região mantém restrições de operação ou entrada em seu território. Na Argentina, onde a companhia opera, todos os voos estão suspensos até 1° de setembro deste ano. A companhia pretende aumentar o percentual de 10% assim que aumentar a procura por seus voos.

Em comunicado ao mercado, a Copa Airlines informa que, após a Resolução nº 053-DG-DJ-AAC da Autoridade de Aviação Civil do Panamá, determinou a suspensão de todos os voos internacionais no país devido à crise do coronavírus, prazo que termina em 22 de maio de 2020.

O retorno das operações somente em 1° de junho ocorre em função de voos humanitários, com o objetivo de transportar mais passageiros de volta para suas casas, que serão realizados pela Copa entre 23 e 31 de maio deste ano.

A operações da Copa Airlines são no Aeroporto Internacional de Tocumen do Panamá. No site da companhia é possível comprar passagens de ida e volta São Paulo para Miami por R$ 1,6 mil para viagem no mês de junho. Esse voo é com escala no Panamá. Em junho a Copa terá um voo em cada sentido. Os voos em Belo Horizonte (Aeroporto de Confins) serão retomados em agosto deste ano.

Limpeza das aeronaves

A Copa Airlines vai implantar protocolos de saúde, higiene e saneamento exigidos pelas autoridades nacionais e internacionais de saúde, além de uma série de novos procedimentos para fortalecer ainda mais esse aspecto, que estão sendo desenvolvidos e serão incorporados e anunciados posteriormente.

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

 

 

Copa Airlines suspende todos os voos até 21 de abril

Qualquer passagem não utilizada manterá seu valor e poderá ser usado para programar uma nova viagem com a data final do voo até 31 de dezembro de 2021.

Com a decisão do Governo Nacional da República do Panamá de proibir todos os voos internacionais de passageiros, a Copa Airlines foi obrigada a suspender todas as sua operações. Os destinos no Brasil que ficaram sem voos são Belo Horizonte, Salvador, Recife, Manaus, Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

A Cidade do Panamá é o principal centro de distribuição de voos da Copa Airlines, além de ser o principal centro de conexões da América Latina. São atendidos 80 destinos em 33 países.

A Copa Airlines informou que  está entrando em contato com os passageiros afetados. A companhia promete suas políticas comerciais mais flexíveis, permitindo modificar itinerários sem taxa de alteração para passagens compradas até 31 de março de 2020 e com data de viagem até 15 de junho de 2020.

Segundo a Copa Airlines, qualquer passagem não utilizada manterá seu valor e poderá ser usada para programar uma nova viagem com a data final do voo até 31 de dezembro de 2021.

Frase….

“Na Copa Airlines, entendemos e apoiamos a decisão do Governo do Panamá. Para nós, nada é mais importante que a saúde e o bem-estar do Panamá e dos países que servimos, dos nossos passageiros, colaboradores e todas as pessoas que transitam ou trabalham no Centro de Conexões das Américas”

Pedro Heilbron, presidente Executivo da Copa Airlines

Telefone da Copa Airlines: 11 4933 2399

 

 

Gol amplia acordo codeshare com a Copa Airlines

No Aeroporto do Panamá não é necessário passar pela imigração e alfândega. As malas são despachadas automaticamente para o destino final, o que assegura mais comodidade durante a viagem

A Gol ampliou seu acordo de compartilhamento de voos (codeshare) com a Copa Airlines e disponibiliza em seus canais de vendas sete novas opções de rotas para o Panamá. A Gol está comercializando operações diretas e novas conexões com saída das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Brasília, Manaus e Recife. Essas novas origens serão adicionais a outras cinco atualmente em vigor  – Florianópolis, Curitiba, Fortaleza, Vitória e Salvador.

copa01

A Gol e a Copa Airlines celebraram recentemente dois anos de aliança, que inclui a cooperação nos voos da Copa nas Américas por meio do seu hub na Cidade do Panamá, de e para o Brasil, bem como a conexão nos voos no Brasil entre os destinos nacionais operados pela Gol.

As companhias também disponibilizam um acordo de frequent flyer, que permite aos membros dos programas ConnectMiles, da Copa Airlines, e Smiles, da Gol, acumularem e resgatarem milhas nos voos de ambas as empresas.

A Copa Airlines oferece semanalmente 76 voos semanais para o Aeroporto Internacional de Tocumen, no Panamá, de onde partem 59 frequências para três destinos na República Dominicana – Punta Cana, Santiago de los Caballeros e Santo Domingo. As conexões na Cidade do Panamá são bem rápidas, a maior parte em cerca de uma hora.

ACESSE AQUI AS OFERTAS DA COPA AIRLINES

Campinas terá voo direto da Copa Airlines para o Panamá ainda neste ano

A partir de dezembro a Copa Airlines terá voo diário do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, para o Aeroporto Internacional de Tocumen, na Cidade do Panamá, onde a companhia possui um centro de conexões das Américas. Será o oitavo voo da Copa no Brasil. Além do voo da Copa, Viracopos passou a operar no dia 19 de julho três voos semanais da Gol entre Campinas e Miami (EUA).

Em dezembro, será a vez da Azul iniciar seus voos internacionais diretos a partir de Viracopos com três destinos: Miami, Nova York e Fort Lauderdale (EUA). Os voos serão no Airbus A-330. A TAP já realiza três voos semanais entre Viracopos e Lisboa (Portugal).

Fortaleza (CE) ganhou em 31 e maio voos aos sábados da TAM para Miami (EUA). No mês de agosto deste ano a Avianca Brasil pretende iniciar voo direto de Fortaleza (CE) para Bogotá, na Colômbia. A intenção da companhia era iniciar essa nova frequência em 2 de agosto, mas as passagens não estão sendo vendidas.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com