Tudo viagem

Voos ide ida e volta para Portugal por apenas R$ 2,3 mil e Orlando R$ 1,6 mil para você viajar depois da crise; veja outras ofertas

Todos os voos baratos pesquisados por nossa equipe são para viagens nas férias de julho deste ano, período considerado alta temporada.

As companhias aéreas estão com preços incríveis para viagens internacionais! Mas por que comprar passagens agora se estamos no pico da crise do coronavírus?  Além de garantir preços hiper baixos para a tão sonhada viagem depois que passar essa crise, a outra vantagem é que as companhias estão vendendo os bilhetes com a opção de você remarcar a data da viagem sem o pagamento de multas.

Pela Air Europa é possível comprar a ida e a volta de São Paulo para Lisboa por apenas R$ 2.323,37, valor com todas as taxas incluídas, para viagem no mês de julho deste ano. o voo da Air Europa tem uma troca de aeronave na Espanha, mas pelo valor hiper baixo vale muito a pena aproveitar essa promoção. Veja toda as ofertas abaixo.

Que tal viajar em julho para curtir os parques da Disney? Também tem preços incríveis! De São Paulo para Orlando as passagens de ida e volta custam R$ 1.686,42. Para saídas pelo Rio de Janeiro a ida e a volta estão disponíveis por R$ 1.882,42. Já quem está em Belo Horizonte pode viajar para Orlando em voo direto da Azul pagando pelos bilhetes de ida e volta o valor de R$ 2.561,67.

De Porto Alegre para Lima, a capital mais gastronômica da América do Sul, as passagens de ida e volta podem ser compradas para viagem em julho por apenas R$ 1.208,99. Saindo de São Paulo a nossa equipe encontrou a ida  e a volta para Lima por R$ 1.137,61.

Nova Iorque

Até para Nova Iorque você encontra preços imperdíveis para viagem no mês de julho deste ano. De São Paulo para Nova Iorque encontramos a dia e a volta por R$ 2.076,27 e quem está no Rio de janeiro vai pagar pelos bilhetes o valor de R$ 2.257,82.

Todos esses exemplos estão com as taxas incluídas e são para viagens no mês de julho, mas você encontra voos baratos para outras datas. Antes de concluir a sua compra, observe se o voo é com escala. Na lista abaixo há voos da Avianca Colômbia com escala em Bogotá. Não deixe de ler as regras de compra de cada companhia.

Passagens internacionais de ida e volta com taxas incluídas saindo de São Paulo

Saiba quais documentos você precisa nas viagens de navio

Para cruzeiros no Brasil, é necessário apresentar RG com no máximo 10 anos de emissão ou CNH, e certidão de nascimento para crianças de até 12 anos.

Levantamento da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Brasil) revela que a temporada nacional de cruzeiros marítimos que vai até abril de 2019 terá a oferta de 500 mil leitos neste período. O número é 15% superior em relação ao ano anterior. Como muitos brasileiros viajarão pela primeira vez de navio e neste momento surgem dúvidas, a RDC Férias preparou um guia com detalhes de quais documentos para fazer essas viagens de navio.


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

“Para viajar de navio, os documentos são praticamente os mesmos que os das viagens de avião. A começar pelo nome, que deve ser sempre o primeiro e o último, e para os casados que incorporaram o sobrenome do parceiro, o nome informado no momento de compra deve ser o mesmo escrito no documento a ser apresentado no embarque”, explica o diretor de Hotelaria da RDC Férias, Júlio Castanheira.

BRASIL

Para cruzeiros no Brasil, é necessário apresentar RG com no máximo 10 anos de emissão ou CNH, e certidão de nascimento para crianças de até 12 anos, que se não estiverem acompanhadas de um dos pais, necessitam de uma autorização por escrito com firma reconhecida, e para o caso de estarem com um representante legal, é necessária autorização judicial específica. Em caso de um dos pais ser falecido, é preciso apresentar certidão de óbito original.

MERCOSUL

Para cruzeiros em países do Mercosul, é requerido o RG com no máximo 10 anos de emissão e a CNH não vale nesse caso. Viagens para a Argentina necessitam de preenchimento de um formulário para ser entregue na entrada e saída (consulte o agente de viagem). O passaporte com pelo menos seis meses da data de expiração também é aceito. Menores de 18 anos deverão apresentar passaporte e RG, e se estiverem sem um dos pais é necessária a apresentação de autorização por escrito e com firma reconhecida do responsável ausente.

Para cruzeiros internacionais em outros países, seguem as regras acima informadas quanto ao passaporte, além do visto nos territórios em que são obrigatórios. Vale ressaltar que há países que exigem o certificado internacional de vacinação, que deve estar em dia. “Quando for viajar, é importante lembrar de tirar todas essas dúvidas com o agente de viagem, bem como com a operadora do cruzeiro, pois algumas especificidades podem ser exigidas dependendo da companhia e o destino do cruzeiro”, finaliza Castanheira.

Sobre a RDC Férias – Criado em 1992, em São Paulo, é um clube de férias que tem hoje mais de 70 mil associados que não abrem mão de viajar em qualquer época do ano. Sua rede conta com 800 hotéis, resorts e pousadas credenciados no país e cerca de 20 mil outros ao redor do mundo.

[/read]

Guia revela dez roteiros de viagem para quem é louco por animais

A LATAM preparou um guia com 10 opções de viagem para quem é louco por animais. Jaguatiricas, onças pintadas, iguanas, araras-azuis, tucanos. Estas são só algumas das espécies que habitam o Pantanal. Os meses de maio e setembro, durante a seca, quando os bichos saem mais das tocas, é o melhor período para você viajar.

A outra opção é a Laguna Dourada, na Bolívia. O lago de águas avermelhadas fica na Reserva Eduardo Avaroa e costuma estar na rota de quem visita o Salar de Uyuni. Na região abundam flamingos de James, além de outras espécies menos frequentes do pássaro, como o andino e o chileno.

anima02

Em Isla de Santa Cruz, nas ilhas Galápos, no Equador, é possível conhecer oCerro Dragón, onde ficam as iguanas-terrestres-de-galápagos. Já a parte alta da Isla de San Cristóbal abriga a Galapaguera de Cerro Colorado, um dos centros de reprodução de tartarugas-gigantes.

No Peru a dica é a Reserva Pacaya Samiria. A área ostenta milhões de espécies de insetos, mamíferos, répteis e aves. Cruzando as águas do rio Amazonas, encontramos botos-cor-de-rosa, bichos-preguiça e macacos escondendo-se pelas árvores, além de cobras e iguanas mimetizadas na paisagem. (foto acima).

O Channel Island National Park, nos Estados Unidos, o destaque é o parque californiano fica próximo à costa de Santa Barbara e é conhecido por suas colônias de focas, elefantes-marinhos e golfinhos. Em algumas épocas é possível ver baleias-cinzentas (entre dezembro e março) e baleias-azuis (durante todo o verão).

ACESSE AQUI AS OUTRAS DICAS DE VIAGEM

QUER VIAJAR PARA UM DESTES DESTINOS? GARANTA AQUI A SUA PASSAGEM

_300x250_CGH_SDU.jpg

Mesmo com a alta do dólar, companhias aéreas registram aumento de 21,9% nos voos internacionais

A alta do dólar não está refletindo nos resultados negativos das
companhias aéreas brasileiras. Com as promoções para atrair passageiros para os
seus voo internacionais, a demanda (em passageiros-quilômetros pagos
transportados – RPK) do transporte aéreo internacional de passageiros das
empresas aéreas brasileiras apresentou crescimento pelo 17º mês consecutivo.

O aumento foi de 21,9% em julho de 2015, quando comparado
com o mesmo mês de 2014. A oferta internacional (em assentos-quilômetros
oferecidos – ASK) registrou o 12º mês consecutivo de crescimento, com alta de
25,2% em comparação ao mês de julho de 2014. Ambas foram recordes para um mês
nos últimos dez anos.
Segundo a Anac, no acumulado de janeiro a julho de 2015,
a demanda internacional aumentou 14,7% em relação ao mesmo período de 2014. A
oferta internacional cresceu de 15,5% no período.
A Gol foi a aérea brasileira que registrou maior alta na demanda por transporte
aéreo internacional de passageiros em julho de 2015, na ordem de 11,9% quando
comparada a julho de 2014. O indicador da TAM registrou alta de 11,7%.

O número de passageiros pagos transportados por empresas brasileiras no mercado
internacional em julho de 2015 atingiu 697,1 mil, aumento de 21,7% em relação a
julho de 2014. Trata-se da maior quantidade de passageiros transportados em
voos internacionais por empresas brasileiras registrada para um mês nos últimos
dez anos.

No período de janeiro a julho de 2015 a quantidade de
passageiros transportados acumulou aumento de 15,9% em relação ao mesmo período
do ano anterior, foram 4,2 milhões em 2015 contra 3,6 milhões em 2014. 

Transporte Doméstico
 
A demanda (RPK) por transporte aéreo doméstico de passageiros registrou crescimento de 8,6% em julho de 2015, comparada com o mesmo mês de 2014, enquanto a oferta (ASK) registrou aumento de 6,2% no mesmo período. Com o resultado de julho de 2015, a demanda doméstica completou 22 meses consecutivos de crescimento e alcançou o seu maior nível para o mês desde o início da série.

Já a oferta doméstica apresentou o décimo primeiro mês consecutivo de crescimento, tendo sido recorde para o mês nos últimos dez anos. Com o resultado de julho, a demanda doméstica acumulou alta de 4,7% no ano e a oferta acumulou aumento de 3,5% no mesmo período.

Entre as principais empresas aéreas brasileiras, Gol e Azul destacaram-se com as maiores taxas de crescimento da demanda doméstica em julho de 2015, quando comparadas com o mesmo mês de 2014, da ordem de 10,7% e 10,0%, respectivamente. A Avianca apresentou crescimento de 6,9% e a TAM de 5,7%. Avianca, TAM, Gol e Azul aumentaram a oferta, em termos de ASK, em 10,6%, 7,2%, 4,8% e 3,7% respectivamente.

Considerando dados recentemente apurados junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), verificou-se que o modal aéreo continua ampliando a sua participação no transporte interestadual de passageiros de longa distância (acima de 75 km) em comparativo com o modal rodoviário. O avião foi o meio de transporte utilizado por 63,5% dos passageiros deste mercado no primeiro trimestre de 2015, frente a 62% em igual período do ano passado, o que representou uma variação positiva de 2,5%.

Os dados mencionados acima estão disponíveis no Relatório de Demanda e Oferta do Transporte Aéreo, divulgado hoje pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que também contempla informações sobre carga transportada, todas ilustradas por meio de gráficos e considerações. O relatório pode ser acessado por meio do link a seguir:http://www2.anac.gov.br/estatistica/demandaeoferta/


Descubra BR 500x500

Tarifa de embarque dos aeroportos de Confins e do Galeão será reajustada em 8,9%

A
partir de 11 de junho as tarifas de embarques dos aeroportos
de Galeão (RJ) e de Confins (MG) serão reajustadas em 8,8, conforme
previsto nos Contratos de Concessão assinados em 02 de abril de 2014
(Galeão) e 07 de abril de 2014 (Confins).

A
correção considerou a variação percentual do Índice de Preços
ao Consumidor Amplo (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e
Estatística (IBGE) entre março de 2014 e abril de 2015 e será
aplicada sobre os tetos estabelecidos nas Decisões n° 40 e 41, de
maio de 2014, que reajustaram as tarifas constantes no Anexo 4 dos
Contratos de Concessão dos aeroportos em questão.

Com a alteração dos valores, a
tarifa máxima de embarque doméstico paga pelos passageiros nos dois
aeroportos concedidos (Galeão e Confins) passará de R$ 23,37 para
R$ 25,45, já considerando a incidência do percentual de 35,9%
relativo ao Adicional de Tarifa Aeroportuária (ATAERO), criado pela
Lei nº. 7.920/89, destinado ao Fundo Nacional de Aviação Civil
(FNAC).

Já a tarifa máxima de embarque
internacional passará de R$ 83,78 para R$ 87,46, valor esse que
inclui, além da ATAERO, o Adicional FNAC de US$ 18,00, criado pela
Lei nº. 9.825/99, que atualmente corresponde a R$ 42,38, conforme
estabelecido pela Portaria ANAC n° 62/SRE.

Segundo a Anac, as tarifas
aeroportuárias são valores pagos às concessionárias pelas
companhias aéreas ou pelo operador da aeronave. Essas tarifas
correspondem aos procedimentos de conexão, pouso, permanência,
armazenagem dentro dos aeroportos. A tarifa de embarque é
a única paga pelo passageiro e tem a finalidade de remunerar a
prestação dos serviços, instalações e facilidades
disponibilizadas pela concessionária aos passageiros. 
 

Os
reajustes anuais estão previstos nos contratos de concessão como
mecanismo de atualização monetária e tem como objetivo preservar o
equilíbrio econômico-financeiro estabelecido nos contratos.

Campinas terá voo direto da Copa Airlines para o Panamá ainda neste ano

A partir de dezembro a Copa Airlines terá voo diário do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, para o Aeroporto Internacional de Tocumen, na Cidade do Panamá, onde a companhia possui um centro de conexões das Américas. Será o oitavo voo da Copa no Brasil. Além do voo da Copa, Viracopos passou a operar no dia 19 de julho três voos semanais da Gol entre Campinas e Miami (EUA).

Em dezembro, será a vez da Azul iniciar seus voos internacionais diretos a partir de Viracopos com três destinos: Miami, Nova York e Fort Lauderdale (EUA). Os voos serão no Airbus A-330. A TAP já realiza três voos semanais entre Viracopos e Lisboa (Portugal).

Fortaleza (CE) ganhou em 31 e maio voos aos sábados da TAM para Miami (EUA). No mês de agosto deste ano a Avianca Brasil pretende iniciar voo direto de Fortaleza (CE) para Bogotá, na Colômbia. A intenção da companhia era iniciar essa nova frequência em 2 de agosto, mas as passagens não estão sendo vendidas.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com