Tudo viagem

Convento do Carmo de Salvador é fechado pelo Grupo Pestana

Localizado no bairro Santo António, em Salvador, o  Convento do Carmo era um hotel histórico, classificado pela UNESCO como Patrimônio Mundial.

A crise mundial provocada pelo aumento dos casos do novo coronavírus (COVID-19), obrigou Pestana Hotel Group encerrar as operações do Convento do Carmo, em Salvador.  O  PHG assumiu  o espaço há 15 anos com o objetivo de desenvolver a promoção da Bahia tanto no mercado nacional quanto no internacional.

Localizado no bairro Santo António, na região central de Salvador, o  Convento do Carmo era um hotel histórico, classificado pela UNESCO como Patrimônio Mundial. Ele foi construído em 1586 pela Ordem Primeira dos Freis Carmelitas.Ao longo dos séculos foi palco de grandes acontecimentos da história do Brasil.

O Convento do Carmo, que fica próximo ao Pelourinho, o bairro mais famoso do centro histórico de Salvador, tem 67 apartamentos. Em função do isolamento social, que começou em março deste ano, estava sem hóspedes.

Veja  comunicado divulgado pelo PHG na integra:

Prezado(a) parceiro(a) e amigo(a),

Perante a crise mundial desencadeada pelo novo Coronavirus, é com tristeza que tomamos a difícil decisão de encerrar as operações do Pestana Convento do Carmo – Salvador no dia de ontem, 15 de Abril de 2020, num destino tão querido, amável e caloroso como é a cidade de Salvador.

Desembarcámos em Salvador há mais de 15 anos, com a missão de contribuir para o crescimento, desenvolvimento e promoção da Bahia, tanto no mercado nacional como no internacional. Sempre nos consideramos parte desse Brasil, tendo tido sempre o apoio, compreensão por parte do povo soteropolitano que nos abraçou desde o primeiro dia e que com certeza manterá laços de afinidade, empatia e união conosco.

O nosso especial agradecimento a todos os colaboradores que foram a alma e o coração desta unidade, que contribuindo com seu trabalho diário, fizeram com que conseguíssemos oferecer a quem nos visitava uma experiência diferenciada e enriquecedora.

Este trajeto nunca teria sido possível sem a forte parceria com a Ordem dos Carmelitas que ao longo de todos os anos contribuíram de forma enriquecedora, pujante e saudável para que construíssemos juntos um produto altamente diferenciado, classificado como o primeiro hotel histórico do Brasil e que tanto foi elogiado pelos meios artísticos, empresariais, governamentais e turísticos.

Por fim e tão importante quanto, um grande obrigado a todo o povo da Bahia, incluindo todas as entidades oficiais e não oficiais, como o Ministério do Turismo, Governo do Estado, a Prefeitura de Salvador, ABIH-BA, a Salvador Destination, Agências e Operadores de Turismo, entre outras, por toda a alegria, afeto, amizade e parceria que construímos durante todo este tempo e que tanto nos deixará saudades.

Agradecemos a parceria e todos os momentos memoráveis, que ficarão para sempre!

A Diretoria,

Voos ide ida e volta para Portugal por apenas R$ 2,3 mil e Orlando R$ 1,6 mil para você viajar depois da crise; veja outras ofertas

Todos os voos baratos pesquisados por nossa equipe são para viagens nas férias de julho deste ano, período considerado alta temporada.

As companhias aéreas estão com preços incríveis para viagens internacionais! Mas por que comprar passagens agora se estamos no pico da crise do coronavírus?  Além de garantir preços hiper baixos para a tão sonhada viagem depois que passar essa crise, a outra vantagem é que as companhias estão vendendo os bilhetes com a opção de você remarcar a data da viagem sem o pagamento de multas.

Pela Air Europa é possível comprar a ida e a volta de São Paulo para Lisboa por apenas R$ 2.323,37, valor com todas as taxas incluídas, para viagem no mês de julho deste ano. o voo da Air Europa tem uma troca de aeronave na Espanha, mas pelo valor hiper baixo vale muito a pena aproveitar essa promoção. Veja toda as ofertas abaixo.

Que tal viajar em julho para curtir os parques da Disney? Também tem preços incríveis! De São Paulo para Orlando as passagens de ida e volta custam R$ 1.686,42. Para saídas pelo Rio de Janeiro a ida e a volta estão disponíveis por R$ 1.882,42. Já quem está em Belo Horizonte pode viajar para Orlando em voo direto da Azul pagando pelos bilhetes de ida e volta o valor de R$ 2.561,67.

De Porto Alegre para Lima, a capital mais gastronômica da América do Sul, as passagens de ida e volta podem ser compradas para viagem em julho por apenas R$ 1.208,99. Saindo de São Paulo a nossa equipe encontrou a ida  e a volta para Lima por R$ 1.137,61.

Nova Iorque

Até para Nova Iorque você encontra preços imperdíveis para viagem no mês de julho deste ano. De São Paulo para Nova Iorque encontramos a dia e a volta por R$ 2.076,27 e quem está no Rio de janeiro vai pagar pelos bilhetes o valor de R$ 2.257,82.

Todos esses exemplos estão com as taxas incluídas e são para viagens no mês de julho, mas você encontra voos baratos para outras datas. Antes de concluir a sua compra, observe se o voo é com escala. Na lista abaixo há voos da Avianca Colômbia com escala em Bogotá. Não deixe de ler as regras de compra de cada companhia.

Passagens internacionais de ida e volta com taxas incluídas saindo de São Paulo

Precisa de viajar? Voos de ida e volta por apenas R$ 195

Quem está em Salvador pode garantir as passagens de ida e  volta para São Paulo (Guarulhos), em voo direto, por apenas R$ 307,70, valor com as taxas incluídas.

As companhias estão vendendo passagens aéreas com descontos especiais para quem precisa viajar nos meses de maio e junho, quando a malha aérea no Brasil começa a ser ampliadas pelas empresas Azul, Gol e LATAM. Nos voos de Belo Horizonte (Aeroporto de Confins) para Brasília os bilhetes de ida e volta podem ser compradas por R$ 195,00. Quem está em Salvador pode garantir as passagens de ida e  volta para São Paulo (Guarulhos), em voo direto, por apenas R$ 307,70. Todas as passagens estão com as taxas includas.

Os outros destaques são as passagens de ida e volta de Salvador para Brasília por R$ 336,17 e para Fortaleza os bilhetes de ida e volta custam R$ 235,64. Também encontramos a ida e a volta de Belo Horizonte para Porto Seguro por apenas R$ 231,00. (Veja na imagem abaixo). Quem está na cidade baiana pode aproveitar essa promoção para viajar para Belo Horizonte pelo mesmo valor.

Garanta aqui as passagens para Porto Seguro a partir de R$ 231

Voos para Vitória por R$ 205,68

Nos voos de São Paulo para Curitiba as passagens de ida e volta podem ser compradas por R$ 197 e para Vitória a ida e a volta para embarque na cidade de São Paulo estão disponíveis por R$ 205,68. Esses valores também estão com as taxas incluídas.

A equipe do Tudo Viagem decidiu fazer essa seleção de ofertas para atender o público que mesmo no período de crise precisa viajar. Além dos voos baratos, os hotéis reduziram os preços para atrair hóspedes em tempos de crise. Veja link desta promoção no final.

Passagens de ida e volta com taxas incluídas para embarque em Salvador

IATA projeta que coronavírus pode gerar 2,9 milhões de demissões na América do Sul

A associação está adotando uma abordagem abrangente para o reinício das atividades do setor quando os governos e as autoridades de saúde pública permitirem.

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA – International Air Transport Association) divulgou estudo mostrando que cerca de 25 milhões de empregos correm o risco de desaparecer com a queda na demanda por viagens aéreas devido à crise da COVID-19, o coronavírus. Só na América do Sul serão 2,9 milhões de postos fechados.  Em todo mundo cerca de 65,5 milhões de pessoas dependem da indústria da aviação, incluindo setores como viagem e turismo.

Segundo a IATA,  cerca de 2,7 milhões se referem a empregos em companhias aéreas. “No atual cenário de rigorosas restrições de viagens por três meses, a análise da IATA calcula que 25 milhões de empregos na aviação e em setores relacionados correm risco em todo o mundo”. diz o trecho do comunicado da associação.

Veja a projeção em todas as regiões do mundo

• 11,2 milhões de empregos na região Ásia-Pacífico,
• 5,6 milhões de empregos na Europa,
• 2,9 milhões de empregos na América Latina,
• 2,0 milhões de empregos na América do Norte,
• 2,0 milhões de empregos na África,
• 900 mil empregos no Oriente Médio.

O estudo da IATA mostra que a receita de passageiros das companhias aéreas deve apresentar queda de US$ 252 bilhões, ou 44%, no ano de 2020 em relação a 2019.

O segundo trimestre é o mais crítico, com redução de 70% na demanda em seu pior momento do período, obrigando as companhias aéreas a usar US$ 61 bilhões de suas reservas de caixa.

As empresas aéreas pedem aos governos que forneçam ajuda financeira imediata para que continuem viáveis e capazes de liderar a recuperação quando a pandemia estiver contida.

Veja os pedidos da IATA:

• Apoio financeiro direto
• Empréstimos, garantias de empréstimos e suporte ao mercado de títulos corporativos
• Redução tributária

Frase…

“Não há palavras para descrever o impacto devastador da COVID-19 no setor de transporte aéreo. Essa dor será compartilhada por 25 milhões de pessoas que tem seus empregos ligados ao setor aéreo. As companhias aéreas devem ser viáveis para que tenham condições de liderar a recuperação quando a pandemia estiver contida. Agora, a ajuda é fundamental para as companhias aéreas”

Alexandre de Juniac, diretor geral e CEO da IATA.

Perspectivas sobre o futuro próximo com o reinício das atividades do setor

Além da ajuda financeira vital, o setor também precisará de planejamento e coordenação cuidadosos para que as companhias aéreas estejam prontas para retomar as atividades quando a pandemia for contida.

A IATA está adotando uma abordagem abrangente para o reinício das atividades do setor quando os governos e as autoridades de saúde pública permitirem. A participação dos vários grupos envolvidos será essencial. O passo inicial é uma série de reuniões virtuais – ou cúpulas – regionais, que devem contar com a participação de governos e grupos do setor.

Os principais objetivos serão:

• Compreender o que é necessário para reabrir as fronteiras fechadas, e
• Definir soluções que podem ser implementadas e dimensionadas com eficiência.

 

Companhia surpreende e lança voos de ida e volta por apenas R$ 60,32 para superar crise

Cada trecho, sem a taxa, custa apenas R$ 30,16 nos voos da Azul de São Paulo para Curitiba para quem pretende viajar no mês de maio deste ano.

Em tempos de crise a redução dos preços é a melhor forma de fazer caixa para seguir em frente. As companhias aéreas reduziram os preços das passagens para quem pretende viajar no mês de maio deste ano, quando quase toda a malha aérea será reativada. Nos voos da Azul de São Paulo (Guarulhos) para Curitiba os bilhetes de ida e volta custam apenas R$ 60,32. Mas atenção! Não é fake news!. Confira na imagem abaixo.

As passagens aéreas de ida e volta de São Paulo para Curitiba custam R$ 161,58 considerando todas as taxas cobradas pela companhia. Cada trecho, sem a taxa, custa apenas R$ 30,16. Na ponte aérea Rio/São Paulo, em voo direto da Azul, as passagens de ida e volta custam R$ 186,46. E olha que estamos falando em uma viagem de Congonhas para o Santos Dumont, uma das rotas mais rentáveis do mundo.

Os valores de São Paulo (Congonhas) para Belo Horizonte (Confins) são surpreendentes: R$ 181,74. Já quem for precisar viajar da capital paulista para Vitória ou Brasília vai pagar apenas R$ 215, valor de ida e volta com todas as taxas incluídas. Também encontramos ida e volta de São Paulo para Porto Alegre por R$ 226,34.

Garanta aqui as passagens para Curitiba a partir de R$ 161

Maioria das ofertas é da MaxMilhas

Passageiros de outras cidades também podem viajar para São Paulo e outras cidades pagando preços incríveis. Basta fazer a pesquisa que se encontra no link abaixo. Os preços citados neste texto são da MaxMilhas, empresa especializada em voos baratos.

A nossa equipe decidiu fazer esse post considerando que muitas pessoas vão precisar de viajar nos próximos meses. Prestar serviço é nosso compromisso em tempos de crise!

Gostou deste post? Repasse para os amigos para que mais pessoas fiquem sabendo desta notícia positiva. Se você encontrou valores ainda menores, repasse para a nossa equipe que vamos divulgar!

Passagens aéreas de ida e volta com taxas incluídas

Está em outra cidade? Garanta aqui descontos especiais na compra das passagens aéreas

Azul será a única companhia da América do Sul a oferecer voos para Orlando

A companhia está operando em 23 destinos no Brasil durante o período de redução da sua malha em função do coronavírus, além de Fort Lauderdale e Orlando, nos Estados Unidos.

Até 30 de abril deste ano a Azul terá penas 70 voos diretos em 25 cidades, uma redução de 90% em sua malha. Antes da crise causada no setor aéreo pelo coronavírus a companhia chegou a oferecer 916 voos diários em 116 destinos.  A Azul será a única companhia aérea da América do Sul a manter voos de Campinas para Orlando. Os voos serão operados aos sábados.

A Azul vai realizar um voo toda terça-feira de de Campinas para Fort Lauderdale, cidade que fica próximo a Miami, na Flórida. A companhia vai usar nestes voos as aeronaves modelo Airbus A330 que transportam até 292 passageiros. A LATAM vai operar voos de Guarulhos para Miami, mas a companhia não informou quais dias eles serão operados. Veja abaixo a lista das cidades que terão voos da Azul

Segundo a Azul, a a limpeza de todas as aeronaves em operação foi reforçada e orientou seus tripulantes para se atentarem às medidas de higiene recomendadas pelo Ministério da Saúde.

A frota de aviões da Azul é equipada com sistemas de ar condicionado que possuem filtros HEPA (High Efficiency Particulate Air). A Azul informa que esses filtros renovam o ar de toda aeronave a cada três minutos e conseguem extrair 99,999% dos vírus existentes, extinguindo até mesmo os mais pequenos, incluindo o COVID-19.

A Azul também está disponibilizando equipamentos de proteção para Tripulantes e Clientes em seus voos domésticos e internacionais.

Lembrando que a entrada de estrangeiros no Brasil está proibida, mas brasileiros e seus familiares podem regressar ao país, motivo de LATAM e Azul terem mantidos alguns voos internacionais.

Azul vai manter voos em apenas 25 cidades; veja quais

Confira quais voos internacionais a LATAM vai operar até 30 de abril

Quem teve o voo cancelado pela LATAM poderá reagendar a data do seu voo, sem nenhum custo, até 31 de dezembro deste ano.

O  Grupo LATAM Airlines divulgou quais voos internacionais serão operados no período de restrições de viagens determinadas pelas autoridades de saúde.  Quase todos as rotas internacionais serão suspensas até 30 de abril.

As rotas internacionais que o Grupo LATAM vai manter, com frequências reduzidas, são de Santiago para São Paulo, de São Paulo para Miami e Nova York, além de voos de Santiago para Miami e Los Angeles.

“A continuidade dessas rotas, ou a reabertura de outras rotas internacionais, dependerá de alterações nas restrições de viagem e fechamento de fronteiras impostas pelos diferentes países onde a empresa opera e das condições de demanda e serão informadas oportunamente”, diz comunicado da LATAM.

Como remarcar

Segundo A LATAM, todos os passageiros com voos cancelados não precisam tomar nenhuma ação imediata. O valor do seu bilhete será automaticamente mantido como crédito para futuras viagens, ou o passageiro poderá reagendar a data do seu voo, sem nenhum custo, até 31 de dezembro deste ano.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com