Aeronave da Azul transporta gratuitamente 4 toneladas de equipamentos para instalação de hospital

Os equipamentos estavam na cidade de Santarém (PA) e foram transportados de barco pelo Exército Brasileiro até Manaus de seguiu para Campinas.

Um Airbus A330 da Azul decolou na tarde de terça (24) de Manaus (AM) com suprimentos e leitos da ONG EBS. O material servirá para a montagem de um hospital móvel que vai atender pacientes em tratamento de coronavírus, no campus da Unicamp, em Campinas (SP). Veja abaixo fotos deste belo exemplo. 

O Airbus A330 é o modelo de avião responsável por operar os voos internacionais de longa distância da Azul. Os equipamentos estavam na cidade de Santarém (PA) e foram transportados de barco pelo Exército Brasileiro até Manaus, onde ocorreu o embarque rumo à Viracopos, em Campinas, principal centro de conexões dos voos da Azul no Brasil.

Segundo a Azul, o  hospital móvel que será montado na cidade do interior de São Paulo terá leitos e uma estrutura de centro cirúrgico, que servirá como reforço para o tratamento de pessoas contaminadas pela COVID-19.

A iniciativa da Azul merece aplausos de todos e deveria ser seguida por outras empresas neste momento difícil para toda humanidade. Compartilhem essa notícia para que mais ações positivas comecem a ser adotadas por todos.

Leia também: Azul vai manter voos em apenas 25 cidades; veja quais

 

 

As fotos foram cedidas pela Azul Linhas Aéreas

Azul vai manter voos em apenas 25 cidades; veja quais

Os aeroportos das cidades de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo, terão os voos suspensos até 30 de abril deste ano.

A Azul terá a partir de quarta-feira (25/03)  apenas 70 voos diretos em 25 cidades, uma redução de 90% em sua malha. A redução foi causada pela queda de passageiros em função do isolamento social que reduziu drasticamente o volume de passageiros transportados. A suspensão vai até 30 de abril. Veja a lista completa das cidades abaixo.

A Azul chegou a oferecer 916 voos diários em 116 destinos. Os aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo, e do Galeão, no Rio de Janeiro, terão os voos suspensos até o final de abril. As operações da companhia serão concentradas em Campinas, seu principal centro de distribuição de voos.

A Azul vai manter voos em Orlando em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. Em Minas Gerais apenas Belo Horizonte (Confins) e Montes Claros terão voos. Segundo a Azul, o programa de licença não-remunerada teve a adesão de mais de 7.500 solicitações aprovadas até hoje, mais da metade do total de nossa força de trabalho.

Cidades que terão voos da Azul

1-Campinas

2-Belo Horizonte

3-Recife

4-Belém

5-Brasília

6-Cuiabá

7-Campo Grande

8-Florianópolis

9-Fernando de Noronha

10-Fort Lauderdale

11-Florianópolis

12-Goiânia

13-Manaus

14-Orlando

15-Montes Claros

16-Palmas

17-Porto Alegre

18-Porto Velho

19-Rio de Janeiro (Santos Dumont)

20-São Luis

21-Salvador

22-Tabatinga

23-Tefé

24-Uberlândia

25-Vitória

Comunicado da Azul

As medidas de contenção e quarentena que estão sendo implementadas em todo o país estão limitando significativamente a mobilidade de nossos clientes, Tripulantes e parceiros, o que torna inviável a operação de
várias rotas que servimos.

Como resultado, de 25 de março a 30 de abril de 2020, esperamos operar 70 voos  diretos por dia, para 25 cidades, o que representa uma redução de 90% da capacidade total em relação ao planejado. Estamos trabalhando com o governo brasileiro para garantir que a infraestrutura da aviação permaneça favorável para operarmos uma malha reduzida de maneira confiável, permitindo o movimento crítico de pessoas e produtos.

Iniciativas de redução de custos
Além das iniciativas de redução de custos fixos anunciadas em 16 de março, a Companhia está reduzindo os custos e despesas com folha de pagamento em aproximadamente 65% em abril de 2020, a partir das seguintes iniciativas:
 Aumento na quantidade de Tripulantes que aderiram ao programa de licença não-remunerada da Companhia, totalizando mais de 7.500 solicitações aprovadas até hoje, mais da metade do total de nossa força de trabalho
 Redução salarial de 50% para os membros do comitê executivo (diretores e diretores estatutários) e de 25% para gerentes
Balanço e fluxo de caixa
Além de tomar medidas agressivas para reduzir os custos operacionais, a Companhia também está trabalhando para fortalecer sua posição de liquidez com a preservação de caixa, o que inclui:
 Gestão ativa de todas as despesas de capital de giro
 Eliminando todos os gastos de capital não críticos
 Negociação de novas condições de pagamento com seus parceiros
 Avaliação de uma nova linha de crédito com instituições financeiras
A Companhia está confiante de que irá superar o impacto do Covi-19 através de seu modelo de negócios
rentável, sua forte posição de caixa e sólido balanço.
A Azul manterá o mercado informado sobre quaisquer desenvolvimentos relevantes.

Azul aumenta de 11 para 15 o número de bases fechadas; veja lista

Cabo Frio, na Região dos Lagos, vai deixar de receber voos da  companhia a partir desta quinta-feira (19/03) em função da queda de passageiros por causa do coronavírus.

A partir desta quinta-feira (19/03) a Azul deixa de oferecer voos para Cabo Frio, na Região dos Lagos. Já são 15 bases fechadas por causa da queda de passageiros causada pelo coronavírus. Além de Cabo Frio, terão os voos suspensos as cidades de Varginha (MG), Aracati (CE) e Barra das Garças (MT). No início da semana a Azul anunciou o fechamento de 15 bases (Veja lista completa abaixo).

A Azul terá a partir desta quinta-feira (19/03) apenas um voo de Campinas para Juiz de Fora (Zona da Mata). A companhia vai suspender os voos operados no período da manhã. Estão mantidos o voo 4332 que decola de Campinas às 18h15 e o que retorna de Juiz de Fora às 20h25 (voo 4431).

A Azul informou que já está em contato com os clientes impactados pelas alterações e ressalta que todos eles serão reacomodados em outros voos.

Confira a lista de bases fechadas por causa do coronavírus

De 19 de março a 30 de junho

*Cabo Frio (RJ)

De 21 de março a 30 de junho 

Bariloche (AR)

De 23 de março a 30 de junho

Lages (SC)

Pato Branco (PR) 

Toledo (PR)

Ponta Grossa (PR) 

Guarapuava (PR)

Araxá (MG)

*Varginha (MG)

Valença (BA)

Feira de Santana (BA) 

Paulo Afonso (BA)

*Aracati (CE)

Parnaíba (PI)

*Barra do Garças (MT)

*Novas bases fechadas

Coronavírus obriga a Azul fechar 11 bases até junho; confira quais

Nesta segunda-feira a Azul informou que todos os voos internacionais, exceto os que partem da cidade de Campinas, serão suspensos.

A Azul vai fechar a partir de 21 de março 11 bases em função da queda na demanda gerada pela propagação do coronavírus. A companhia ressalta que já está em contato com os clientes impactados pelas alterações e ressalta que todos eles serão reacomodados em outros voos.

A suspensão vai até 30 de junho deste ano. Entre os destinos afetados estão Bariloche, Araxá (MG) e Feira de Santana (BA). (Veja lista das 11 bases que serão fechadas).

Nesta segunda-feira a Azul informou que todos os voos internacionais, exceto os que partem de Campinas, serão suspensos. A companhia ressalta que já trabalha na reacomodação dos passageiros afetados pelas alterações.

Segundo a CNN Brasil, a Azul também anunciou um programa de licença não remunerada com 600 pedidos aprovados até o momento, além de redução de salário de 25% dos membros do comitê executivo até a normalização da situação, suspensão de novas contratações e de viagens a trabalho e despesas discricionárias.

Confira os destinos que foram afetados pela suspensão

De 23 de março a 30 de junho

Bariloche

Lages

Pato Branco

Toledo

Ponta Grossa

Guarapuava

Araxá

Valença

Feira de Santana

Paulo Afonso

Parnaíba

Azul pede ao CADE suspensão da parceria entre Gol, VoePass, MAP e TWOFlex em Congonhas

Azul alega que permitir que acordos entre as empresas para a exploração comercial dos slots em Congonhas distorce o processo promovido pela ANAC em prol da concorrência.

A Azul entrou com uma representação no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) questionando a parceria da Gol  com as empresas VoePass,  MAP Linhas Aéreas e TWOFlex no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. O processo  número 08700.005131/2019-16 começou a ser analisado em outubro de 2019.

A Azul pede ao CADE a suspensão imediata da venda das passagens pela Gol dos voos referentes aos slots (autorização de pousos e decolagens) concedidos à VoePass, TwoFlex e MAP em Congonhas. Na quinta-feira o Tudo Viagem mostrou com exclusividade que a Gol está vendendo toda as passagens dos voos operados pela VoePass.

Entenda o caso

Em julho de 2019 a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) redistribuiu os slots que eram da Avianca Brasil. A Azul ficou com 15 slots, VoePass com 14, MAP com 12 e TWOFlex teve o direito de usar 14 slots na pista auxiliar de Congonhas. Gol e LATAM não receberam novas autorizações no aeroporto localizado na região central de São Paulo.

A Gol é representada no CADE pelo escritório Lefosse. Na defesa apresentada ao CADE a Gol alega que a Azul é a companhia que vende as passagens mais caras do Brasil e nega que a parceria seja uma concentração de mercado, conforme alega a Azul.

“Ressalte-se que, além de não haver qualquer possibilidade de abuso de poder de mercado por parte da GOL em suas operações no aeroporto de Congonhas, em decorrência da celebração de acordos com as companhias VoePass/MAP e TWOFIex, na realidade, a Azul se vale de argumentos vagos e desprovidos de lastro fático e, para além de não ser capaz de sustentar sua acusação, a Azul ignora seu próprio abuso de poder de mercado” diz trecho da defesa da Gol.

A Azul é representada neste processo pela Pinheiros Neto Advogados. No processo a Azul afirma que não questiona o acordo codeshare entre a Gol e VoePass/MAP, mas sim a venda das passagens de Congonhas, onde Gol e LATAM possuem 90% dos slots.

Na sua defesa a Azul alega que: “permitir que acordos de codeshare sejam firmados entre as incumbentes para a exploração comercial dos slots em Congonhas é distorcer o racional do
processo promovido pela ANAC em prol da concorrência, permitindo que uma
ferramenta legítima como o codeshare seja utilizada para um fim ilícito, qual seja,
concentração indevida de mercado”

O que diz a Azul

19. Não se questiona aqui a legalidade de um acordo de codeshare entre operadores aéreos como forma de conferir maior capilaridade às suas respectivas malhas. Ocorre que o processo de redistribuição promovido pela ANAC, ao excluir as empresas incumbentes, GOL e LATAM, que juntas dispõem de praticamente 90% (noventa por cento) dos slots disponíveis no Aeroporto de Congonhas, teve como objetivo justamente promover a concorrência e dar espaço para que as
companhias aéreas de menor porte pudessem atuar no mais disputado aeroporto
brasileiro.

Permitir que acordos de codeshare sejam firmados entre as incumbentes para a exploração comercial dos slots em Congonhas é distorcer o racional do processo promovido pela ANAC em prol da concorrência, permitindo que uma ferramenta legítima como o codeshare seja utilizada para um fim ilícito, qual seja,  concentração indevida de mercado.

O que diz a Gol

Por outro lado, cabe lembrar – até para evidenciar a desfaçatez da acusação – que a Azul é a companhia aérea com o maior preço médio de passagens no Brasil e pratica, sistematicamente, tarifas maiores que a GOL no setor:

3.24 Ainda, ressalte-se que a Representante é a líder absoluta de mercado (com aproximadamente 80% de participação) na oferta de assentos em aeronaves com capacidade de até 75 assentos. Nesse sentido, VoePass/MAP e Two FIex são concorrentes da Azul nesse nicho de mercado. Ora, é no mínimo de se suspeitar se seriam desinteressadas as razões que levaram o maior concorrente do segmento a questionar parcerias firmadas por seus competidores diretos.

3.25 Corroborando com a suspeita de que de fato as intenção da Azul na presente Representação não são nobres e em nada se relacionam com uma preocupação legítima, veja-se que a Azul recentemente firmou acordo para a aquisição da Two Flex.

3.26 Isso posto, ressalte-se que, além de não haver qualquer possibilidade de abuso de poder de mercado por parte da GOL em suas operações no aeroporto de Congonhas, em decorrência da celebração de acordos com as companhias VoePass/MAP e Two FIex, na realidade, a Azul se vale de argumentos vagos e desprovidos de lastro fático e, para além de não ser capaz de sustentar sua
acusação, a Azul ignora seu próprio abuso de poder de mercado – historicamente praticando as tarifas médias mais altas do Brasil – e busca a atuação desse e. CADE para intervir em uma situação sem qualquer repercussão concorrencial.

 

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

Curitiba ganha dois voos diretos da Azul para Brasília

A partir de 29 de março a LATAM Brasil terá um voo direto e diário de Curitiba para Foz do Iguaçu, um dos destinos mais visitados do Paraná e do Brasil.

A Azul começou a vender as passagens de dois voos inéditos e sem escalas de Curitiba para Brasília que começam a ser operados no dia 11 de junho. Nesta mesma data a capital paranaense terá  uma nova frequência nos mercados Curitiba-Guarulhos e Curitiba-Porto Alegre. Nestes voos a Azul vai usar as aeronaves da Embraer, modelo 195-E2, com capacidade para 136 passageiros.

A Azul vai aumentar a concorrência em Curitiba com LATAM e Gol, companhias que oferecem três voos em dias úteis da capital paranaense para Brasília. Os voos da Azul para Brasília terão partidas diárias de Curitiba às 6h20 e 18h. Os voos de retorno decolam da capital federal às 8h55 e 20h35, o que possibilitará aos passageiros  corporativos, por exemplo, ir e voltar no mesmo dia.

Segundo a Azul, quando os novos voos estiverem em operação, a companhia terá, a partir de Curitiba, uma média de 44 voos diários para 16 destinos, ampliando a liderança da companhia em Curitiba em número de decolagens/dia e cidades atendidas.

Frase….

“Oferecer uma ligação rápida e direta entre Curitiba e Brasília é um pleito de toda a região paranaense e, com a chegada de novas aeronaves, como o moderno e eficiente Embraer E2, poderemos atender essa necessidade. Ao implementarmos esses dois voos diários, além de ampliar o número de ligações para Porto Alegre e São Paulo, daremos ainda mais opções para quem quer planejar o seu voo conosco. Nossa ampla presença em Curitiba também dará sustentação a essas operações, oferecendo diversas conexões a partir da capital paranaense”

John Rodgerson, presidente da Azul

LATAM terá voo diário para Foz do Iguaçu

A partir de 29 de março a LATAM Brasil terá um voo direto entre Curitiba e Foz do Iguaçu, um dos destinos mais visitados do Paraná e do Brasil. Atualmente os voos da companhia entre as duas cidades são aos sábados. Azul e Gol já operam voos diretos entre Curitiba e Foz do Iguaçu.

As passagens deste novo voo já estão sendo vendidas pela LATAM. Nesta rota a companhia vai usar o Airbus A319, que acomodam 126 passageiros em classe Economy e 12 em Premium Economy.

Os novos voos da LATAM e da Azul são contrapartidas para terem direito a redução do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o combustível de aviação.

Confira os detalhes dos voos da LATAM de Curitiba para Foz do Iguaçu

Operação Atual fim de semana Frequência Saída Chegada Aeronave
LA3097 (Curitiba-Foz do Iguaçu) Sábados 14h05 15h20 Airbus A320
LA3096 (Foz do Iguaçu-Curitiba) Sábados 12h00 13h05 Airbus A320

 

Novos voos diários a partir
de 29 de março de 2020
Frequência Saída Chegada Aeronave
LA3622 (Curitiba-Foz do Iguaçu) Diária 10h55 12h20 Airbus A319
LA3164 (Foz do Iguaçu-Curitiba) Diária 13h20 14h25 Airbus A319

 

Confira, abaixo, as adições previstas na malha da Azul em Curitiba:

Curitiba-Brasília *NOVO MERCADO*

A partir de 11 de junho de 2020

Origem Saída Destino Chegada Frequência
Curitiba 06:20 Brasília 08:10 Exceto aos domingos
Brasília 08:55 Curitiba 10:45 Exceto aos domingos
Curitiba 17:50 Brasília 19:40 Exceto aos sábados
Brasília 20:35 Curitiba 22:25 Exceto aos sábados
Guarulhos-Curitiba
Origem Saída Destino Chegada Frequência
Curitiba 06:30 Guarulhos 07:35 Diário
Guarulhos 08:15 Curitiba 09:20 Diário
Curitiba 09:55 Guarulhos 11:05 Diário
Guarulhos 12:30 Curitiba 13:35 Diário
Curitiba 11:35 Guarulhos 12:55 Exceto aos sábados
Guarulhos 13:45 Curitiba 15:05 Exceto aos sábados
Curitiba 14:40 Guarulhos 15:50 Diário
Guarulhos 16:15 Curitiba 17:20 Diário
Curitiba 17:55 Guarulhos 19:05 Diário
Guarulhos 19:00 Curitiba 20:10 Exceto aos sábados
Curitiba 21:10 Guarulhos 22:30 Exceto aos sábados
Guarulhos 20:25 Curitiba 21:30 Diário
Curitiba-Porto Alegre
Origem Saída Destino Chegada Frequência
Curitiba 06:30 Porto Alegre 07:40 Diário
Porto Alegre 07:50 Curitiba 09:05 Diário
Curitiba 09:40 Porto Alegre 10:55 Diário
Porto Alegre 11:05 Curitiba 12:20 Diário
Curitiba 13:05 Porto Alegre 14:15 Exceto aos sábados
Porto Alegre 15:00 Curitiba 16:15 Exceto aos sábados
Curitiba 17:00 Porto Alegre 18:20 Diário
Porto Alegre 17:30 Curitiba 18:45 Diário
Curitiba 19:55 Porto Alegre 21:10 Diário
Porto Alegre 21:20 Curitiba 22:35 Diário
Curitiba 23:05 Porto Alegre 00:25 Exceto aos sábados
Porto Alegre 23:15 Curitiba 00:30 Exceto aos sábados

Conheça aqui o site que vende passagens aéreas com descontos especiais

Azul começa a vender as passagens dos voos para Nova Iorque: ida e volta por R$ 2,5 mil

Os voos da Azul para o novo destino nos EUA serão operados pelos Airbus A330 que que transportam de 242 a 298 passageiros. 

A Azul começou a vender na manhã desta quinta-feira (16/01) as passagens dos voo diretos de Campinas para Nova Iorque, o seu 3º destino nos Estados Unidos. Os voos começam no dia 15 de junho. Quem for viajar no mês de estreia desta nota rota pode comprar a ida e a volta por R$ 2.576,48, valor com todas as taxas incluídas. Conheça neste post a aeronave da companhia que fará os voos para Nova Iorque.

Os voos da Azul serão operados no terminal 5 do Aeroporto JFK, o mesmo aeroporto usado pela JetBlue, companhia parceria da aérea brasileira. Os passageiros da Azul poderão viajar para outros destinos operados pela JetBlue.

Os voos da Azul serão operados pelos Airbus A330 que modelos que transportam de 242 a 298 passageiros.  O que tem o maior número de assentos é o A330neo. Essa aeronave será escalada para realizar os voos em datas alternadas.

Os voos vão decolar de Campinas às 20h30 e de Nova Iorque às 23h30. A Azul á opera voos em Orlando e F0t Lauderdale. As cidades de Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Rio, Ribeirão Preto e Curitiba serão as principais cidades brasileiras a contar com conexões convenientes para Nova Iork.

A partir de 15 de junho, a oferta de voos da Azul entre Brasil e Estados Unidos será de 30 frequências semanais. O Aeroporto de Viracopos, principal centro de conexões da América Latina, passará a ter ligações diretas para 60 destinos, sendo seis deles internacionais: Orlando, Fort Lauderdale e Nova Yorque (Aeroporto John F. Kennedy), nos Estados Unidos, Lisboa e Porto, em Portugal, e Buenos Aires, na Argentina.

Campinas/Nova Iorque (ida e volta) por R$ 2.576,48. Garanta aqui as passagens

Frase….

“Iniciamos o ano com ótimas novidades para nossos Clientes. Estamos desenvolvendo a aviação regional, atendendo a aviação doméstica brasileira e, com a consolidação desse negócio, podendo expandir também a nossa operação internacional. Nova Iorque é a ‘menina dos olhos’ dos brasileiros, que sonham em conhecer pontos turísticos como a estátua da Liberdade, a Times Square e o Central Park. Com esse anúncio, escrevemos mais uma página histórica na recente trajetória da Azul. Campinas e toda a nossa malha doméstica, de Porto Alegre à Mossoró, ganham com o lançamento desse novo destino internacional. Estamos muito felizes e empolgados com essa nova operação”

John presidente azul

John Rodgerson, presidente da Azul

 

Saiba mais aqui sobre o A330neo da Azul que transporta até 298 passageiros

Garanta aqui as suas passagens dos voos da Azul

 

Aeroporto de Araraquara volta a receber voos da Azul nesta terça-feira

Ligações do Bartholomeu de Gusmão com Viracopos, acontece quatro vezes na semana com saídas regulares de Araraquara às 10h45.

Nesta terça-feira, 17, os araraquarenses que estiveram a bordo do voo inaugural foram saudados por uma recepção especial no Bartholomeu de Gusmão. Assim que a aeronave da Azul se aproximou da posição de desembarque, o caminhão do corpo de bombeiros batizou o avião, celebrando a reabertura do aeroporto para voos comerciais. O voo inaugural deixou Viracopos, às 8h30, e chegou em Araraquara às 9h30. Nessa primeira operação, que contou com um horário especial, estiveram a bordo o prefeito Edinho, convidados especiais e Clientes da Azul. Regularmente, as partidas de Campinas para Araraquara serão às 9h30. Já as decolagens no caminho inverso acontecem às 10h45.

Neste início de retomada das operações, os voos entre as duas cidades acontecem quatro vezes na semana, sempre às terças, quintas, sábados e domingos. Após a certificação do aeroporto de Araraquara para operações noturnas, os voos passarão a ser diários e durante à noite.

Os voos para Campinas possibilitam conexão com mais de 60 destinos no Brasil e fora do país, como Orlando e Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, Lisboa e Porto, em Portugal, e Buenos Aires e Bariloche, na Argentina. A aeronave que será utilizada será o moderno turboélice ATR 72-600, com capacidade para até 70 pessoas.

“Chegar em Araraquara, nosso 106ª destino no Brasil, mostra o quanto confiamos no potencial econômico do interior de São Paulo. Com o incentivo fiscal promovido pelo Governo do Estado, conseguimos ampliar nossa malha regional e oferecer mais conforto e comodidade para roda a população paulista”, afirma Abhi Shah, vice-presidente de Receitas.

Confira, abaixo, a frequência do novo mercado:

Para passagens aéreas promocionais, entre aqui. 

Texto por agência com edições.

 

Azul transporta 2,5 milhões passageiros em 5 anos de operações de Campinas para Fort Lauderdale

Em cinco anos,  já foram realizados pela companhia brasileira mais de 11 mil voos nessa rota em 75 milhões de km voados.

A Azul está comemorando neste mês  cinco anos de estreia no mercado internacional. Em 1ª de dezembro de 2014 a companhia realizou o, primeiro voo de Campinas para Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. O primeiro voo foi a bordo do PR-AIZ, que recebeu os primeiros clientes, executivos da Azul e convidados.

Em cinco anos,  já foram realizados pela Azul mais de 11 mil voos nessa rota, que transportaram 2,5 milhões de passageiros, em 75 milhões de km voados. Além dos voos para Fort Lauderdale, a Azul voa para Buenos Aires, Córdoba, Montevidéu, Caiena, Bariloche, Punta del Leste, Lisboa, Porto e Orlando, somando 10 bases internacionais da Azul.

As cidades brasileiras atendidas pela Azul com voos internacionais são Belém, Recife, Belo Horizonte e Campinas. A Azul está incorporando em sua frota o A330-900neo que conta com 298 assentos, 27 a mais do que os atuais A330 da companhia na configuração high density, tem 34 lugares na classe Azul Business, 108 na Economy Extra e 156 na Economy.

O avião da Azul é o mais eficiente da categoria, já que foi projetado para consumir até 14% menos combustível por assento do que o atual modelo.

Frase…

“Esse crescimento só foi possível graças ao nosso time incrível de Tripulantes que temos. É por causa deles que temos voado cada vez mais alto no mercado internacional”

Abhi Shah, vice-presidente de Receitas

Quer viajar pela Azul? Garanta aqui suas passagens aéreas

 

Azul terá voo direto de Guarulhos para Jericoacoara na alta temporada

A Lagoa de Jijoca, também conhecida como Lagoa do Paraíso , é um dos locais mais belos em Jericoacoara, no litoral cearense.

A Azul terá voos de Guarulhos para Jericoacoara (CE) na alta temporada que começa em dezembro e vai até o final de janeiro de 2020. os voos serão às quartas-feiras e sábados.  Nesta rota a Azul vai usar o Airbus A320neo com 174 assentos. A companhia oferece voo direto de Belo Horizonte (Confins) para esse Belo destino localizado no litoral cearense. (Confira ofertas de passagens para esse destino no final).

A Gol também vai reforçar os voos em janeiro de 2020 de Guarulhos com voos todos os dias, exceto às quintas-feiras, de Guarulhos para Jericoacoara. Nossa equipe preparou uma lista com os menores preços para quem pretende viajar no verão de 2020. O menor preços de ida e volta é para quem está em Salvador: R$ 1.003,80, valor com as taxas incluídas.

A Lagoa de Jijoca, também conhecida como Lagoa do Paraíso , é um dos locais mais belos em Jericoacoara. A lagoa é formada pelo barramento dos Córregos do Paraguai e do Mourão, que se deu em decorrência da migração de dunas móveis na planície costeira. Com 57 km de perímetro, as peculiaridades ambientais da Lagoa de Jijoca, como suas águas doces, mornas e cristalinas e sua areia clara, além das diferentes espécies animais e da vegetação diversificada presente no local, a tornam refúgio biológico de grande valor.

Passagens de ida e volta com taxas incluídas nos voos para Jericoacoara

Chegando em Jericoacoara
Garanta aqui as passagens partindo de Guarulhos a partir de R$ 1154
Garanta aqui as passagens partindo de Belo Horizonte a partir de R$ 1514
Garanta aqui as passagens partindo de Rio de Janeiro a partir de R$ 1466
Garanta aqui as passagens partindo de Brasília a partir de R$ 1381
Garanta aqui as passagens partindo de Vitória a partir de R$ 1376
Garanta aqui as passagens partindo de Porto Alegre a partir de R$ 1896
Garanta aqui as passagens partindo de Salvador a partir de R$ 1003
Garanta aqui as passagens partindo de Curitiba a partir de R$ 1435
Garanta aqui as passagens partindo de Uberlândia a partir de R$ 1871

 

Comprou as passagens aéreas? Garanta aqui hospedagem em Jericoacoara

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com