Gol vai deixar de oferecer voos sem escalas de Belo Horizonte para Montes Claros em abril

A boa notícia é que a partir de abril a Gol terá um voo sem escala de Montes Claros para Guarulhos.

O Aeroporto de Confins, localizado na Grande Belo Horizonte, está cada vez mais sendo dominado pela Azul, companhia líder de voos na capital mineira. O motivo é que a Gol, segunda companhia com maior oferta de rotas a partir de Confins, está acabando com voos e reduzindo algumas frequências. A partir de abril a Gol deixa de oferecer voos sem escalas de Confins para Montes Claros. A companhia tem atualmente um horário e diário em cada sentido sem escala.

Com a desistência da Gol de voar entre Belo Horizonte a Montes Claros, somente a Azul terá voos diários, cinco em cada sentido. Com certeza os preços das passagens que já eram altos serão ainda mais onerosos para os passageiros que viajam de avião entre as duas cidades. Os passageiros da Gol poderão viajar de Montes Claros para Belo Horizonte, mas terão que fazer troca de avião em Guarulhos.

A boa notícia é que a partir de abril a Gol terá um voo sem escala de Montes Claros para Guarulhos. A aeronave decola de Guarulhos sempre às 13h05 e retorna de Montes Claros às 15 horas. Somente às quintas-feiras a Gol não terá esses voos. Quem for viajar no mês de junho encontra passagens de ida e volta entra as duas cidades por R$ 656,65, valor com as taxas de embarques incluídas. A criação do voo da Gol também faz parte da redução do ICMS do querosene da aviação de 25% para 12%. no estado de São Paulo.

Recentemente a Gol reduziu o número de voos de Confins para o Rio de Janeiro (Aeroporto Santos Dumont). Enquanto a Azul oferece seis frequências diárias entre dos dois aeroportos, a Gol tem dois horários, com exceção das sextas-feiras quando oferece três frequências diárias. A Gol chegou a oferecer voo sem escala a partir de Confins para Vitória, Uberlândia, Curitiba, Campinas e Porto Seguro.

GARANTA AQUI PASSAGENS AÉREAS COM DESCONTOS

 

Estados de Rondônia e Acre sofrem com reduções de voos da Gol

LATAM e Gol são as únicas companhias que operam no estado do Acre.

Os passageiros dos estados do Norte do Brasil são os que mais sofrem com o preço “salgado” das passagens aéreas por causa do número limitado de voos. A situação pode piorar ainda mais. A partir de 6 de maio a Gol suspende os voos sem escalas entre Porto Velho e Rio Branco. A companhia já suspendeu a venda das passagens aéreas entre as duas capitais.

Com a decisão da Gol, os estados de Rondônia e Acre não terão mais voos sem escalas. Os passageiros dos dois estados terão que fazer escala em Brasília. A Gol informou que entre os meses de abril e junho deste ano vai suspender os voos diretos entre Porto Velho e Manaus, também no sentido contrário.

Entre abril e junho a companhia Gol também deixa de operar o voo sem escala entre Rio Branco e Manaus. O estado do Acre terá até junho apenas um voo da Gol chegando e voltando de Brasília. A mesma aeronave faz o trajeto de Rio Branco para Cruzeiro do Sul, retornando em seguida para a capital do estado. Em junho o voo de Rio Branco começa a ser operado.

  SUSPENSÃO DA VENDAS DAS PASSAGENS ENTRE PORTO VELHO E MANAUS

LATAM TERÁ VOO PARA GUARULHOS

A partir de abril a LATAM terá um voo diário e sem escala de Rio Branco para Guarulhos. A companhia oferece uma frequência sem escala entre Rio Branco e Brasília. LATAM e Gol são as únicas companhias que operam no Acre. Já em Rondônia oferecem voos as companhias Azul, Gol e LATAM.

ACESSE AQUI AS OFERTAS DA GOL

ACESSE AQUI AS OFERTAS DA LATAM

 

Brasília ganha sete novas operações regulares em quatro rotas domésticas da Gol

A companhia terá nova rota a partir de abril, sem escalas, com destino a Aracaju com quatro decolagens semanais.

A Gol acrescentará entre os meses de fevereiro e abril sete novos voos regulares com destino ao Rio de Janeiro, São Paulo, Aracaju e Palmas, ampliando assim as opções para quem embarca na Capital Federal ou utiliza o aeroporto para se conectar a outras localidades.

A partir desta sexta-feira, a Gol disponibiliza quatro novas opções de voos diários e diretos para o Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Com essas operações, a Gol se mantém como principal aérea a operar entre Brasília e Rio, com 11 voos diários.

Segundo a Gol, os passageiros também terão mais uma opção com saídas diárias para Congonhas, em São Paulo, e outra para Palmas, iniciando em 31 de março. Com eles, os viajantes passam a ter dez operações todos os dias para o aeroporto central paulistano e três para a capital do Tocantins.

A Gol terá nova rota a partir de abril, sem escalas, com destino a Aracaju com quatro decolagens semanais. A capital sergipana é a 10ª cidade do nordeste a receber voos diretos de Brasília, que já conta com operações para Porto Seguro, Fortaleza, João Pessoa, Maceió, Natal, Recife, São Luiz, Salvador e Teresina.

                                       CONFIRA OS HORÁRIOS DOS NOVOS VOOS

ACESSE AQUI AS OFERTAS DA GOL

 

Gol terá 186 voos extras na alta temporada para atender turistas argentinos e brasileiros

A companhia terá operações diretas ligando Buenos Aires a Porto Seguro; Rosário a Florianópolis e Fortaleza; Córdoba a Florianópolis, Salvador e Fortaleza; e Mendoza ao Rio de Janeiro.

De dezembro a fevereiro, a Gol terá 186 voos extras durante o verão para a Argentina. A companhia criou novas rotas e horários saindo dos aeroportos de Buenos Aires, Córdoba, Rosário e Mendoza, facilitando o deslocamento dos passageiros para um dos 67 destinos operados pela companhia: 53 nacionais e 14 internacionais.


Leia mais

LATAM e Gol terão 6.400 voos extras na alta temporada

Os voos serão ampliados para destinos turísticos como Fortaleza, Foz do Iguaçu, Maceió, Natal, Recife e Salvador.

A LATAM Brasil divulgou sem planejamento para o atendimento dos novos fluxos de demanda durante a alta temporada 2018-2019. A companhia terá 1.400 voos extras, que correspondem a 496 decolagens adicionais domésticas no Brasil e 884 internacionais com origem ou destino no país. Os voos extras domésticos da LATAM foram programados para o período entre 1º de dezembro de 2018 e 31 de janeiro de 2019.


Leia mais

MAP Linhas Aéreas terá acordo codeshare com a Gol ainda neste ano

Com quase 300 funcionários, a MAP transporta cerca de 100 mil passageiros por ano em voos comerciais.

A MAP Linhas Aéreas, com sede em Manaus (AM), está prestes de concluir acordo de compartilhamento de voos (codeshare) com a Gol. As negociações estão na fase final e o acordo deverá começar a vigorar ainda neste ano. O codeshare vai permitir que a Gol venda passagens dos 14 destinos atendidos pela MAP na região Norte do Brasil. A maior parte dos voos (hub) da MAP se concentra em Manaus. Aproveite as ofertas de passagens de Manaus que estão no final.


Leia mais

Gol começa a vender as passagens dos voos sem escalas para Cancún

A companhia vai usar nesta rota as aeronaves Boeing 737 MAX 8 que começaram a chegar há três meses.

Os voos sem escalas da Gol de Brasília para Cancún, no México, começam no dia 28 de junho de 2019 e as passagens aéreas desta nova rota já estão disponíveis no site da companhia. Será o 14°destino internacional da Gol. (Confira os horários abaixo).


Leia mais

Gol começa a vender as passagens dos voos de Guarulhos para Caxias do Sul

A cidade gaúcha é uma das portas de entrada a cidades como Gramado, Canela e Bento Gonçalves.

A Gol começou a vender as passagens dos voos sem escalas de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, para o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. Serão cinco frequ~encia por semana. A Gol já oferece dois voos diários para o destino, decolando de Congonhas (SP).


Leia mais

Aeroporto da Pampulha registra prejuízo operacional de R$ 15,7 milhões

Segundo a Infraero, o Aeroporto da Pampulha tem estrutura para receber voos de maior porte, e com a retomada de voos comerciais estimativa de aumento de receitas operacionais.

O Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, registrou R$ 11,1 milhões em receitas operacionais de janeiro a junho deste ano. Segundo a Infraero, que gerencia o aeroporto, as despesas operacionais ficaram em R$ 25,8 milhões, gerando prejuízo líquido de R$ 15,7 milhões nos seis primeiros meses do ano. O custo médio mensal das despesas operacionais é de R$ 4,3 milhões.


Leia mais

 

Saiba qual o aeroporto de uma capital que deixará de receber taxa de embarque de voos regulares

A partir de 3 de agosto o Aeroporto da Pampulha não terá voos regulares para outros estados.

A partir de sexta-feira (03/08) o Aeroporto da Pampulha deixa de ter voos da Gol de Belo Horizonte para a cidade de São Paulo (Congonhas) com escala na Zona da Mata (Juiz de Fora). O aeroporto localizado na capital mineira será o único gerenciado entre as capitais do Brasil que não terá arrecadação de taxa de embarque.


Leia mais

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com