Tudo viagem

Gol já atende a 95% das cidades com voos para o Rio de Janeiro

A Gol é a única companhia que oferece voos do Rio de Janeiro para Aracajú, Belém, Florianópolis, Foz do Iguaçu-PR, João Pessoa, Manaus, Maceió, Natal, Navegantes e São Luis.

Em números de destinos, a Gol já atende a 95% das cidades em outubro com voos para o Rio de janeiro, quando comparado ao volume no período anterior à pandemia. São 22 destinos ofertados pela companhia no momento, sendo os mais recentes para Foz do Iguaçu, Campinas, sendo essa última a partir tanto do Santos Dumont quanto do Galeão

A Gol é a única companhia que oferece voos do Rio de Janeiro para Aracajú, Belém, Florianópolis, Foz do Iguaçu-PR, João Pessoa, Manaus, Maceió, Natal, Navegantes e São Luis. As passagens destes novos destinos já estão sendo vendidas no site da Gol.

Os demais destinos atendidos pela Gol a partir do Rio de Janeiro são Brasília,  Recife, Salvador,  Curitiba, Porto Alegre, Goiânia,  Belo Horizonte,  Campinas e Vitória,   além da ponte aérea com São Paulo/Congonhas e para o aeroporto Internacional de Guarulhos.

A Gol aumentou em outubro de 41 para 61 o número de voos nos aeroportos dos Santos Dumont e do Galeão), um aumento médio de 35% em decolagens e em oferta de assentos. Assim, a Gol chega a uma diferença expressiva de 150% de oferta superior em relação ao segundo colocado no mercado carioca, reforçando sua liderança na cidade.

Garanta aqui passagens aéreas com descontos para destinos nacionais e internacionais

Porto Seguro terá 298 voos da Azul em janeiro de 2021

A companhia Azul terá nos finais de semana voos sem escalas para Porto Seguro partindo de Goiânia, Porto Alegre e Uberlândia.

As companhias aéreas já estão vendendo as passagens para quem pretende viajar para Porto Seguro no verão. Somente a companhia Azul terá 298 voos para o destino localizado no Sul da Bahia em janeiro de 2021. A informação é do secretário de Cultura e Turismo de Porto Seguro, Paulo César Magalhães, que esteve na cidade de São Paulo nesta semana discutindo com as operadoras de viagens e companhias aéreas a retomada dos voos para o destino.

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, localizado em Confins, terá três partidas e três chegadas diárias da Azul para Porto Seguro em janeiro do ano que vem.  Os aeroportos do Santos Dumont (RJ), de Campinas e Guarulhos também terão voos diários da Azul para Porto Seguro nos meses de dezembro e janeiro.

A companhia Azul terá nos finais de semana voos sem escalas para Porto Seguro partindo de Goiânia, Porto Alegre e Uberlândia. As passagens destes novos destinos também estão sendo vendidas no site da Azul.

A Gol ainda não informou à Secretária de Cultura e Turismo de Porto Seguro quantos voos serão operados em dezembro e janeiro, mas em seu site já é possível comprar passagens para Porto Seguro saindo de várias cidades. A Gol terá em janeiro quatro voos partindo de Guarulhos, dois de Congonhas, e uma partida diária de Belo Horizonte e Brasília.

Segundo Paulo César Magalhães, com mais oferta de voos para Porto Seguro a tendência é de  redução dos preços das passagens aéreas para o destino. Na avaliação do secretário o programa Porto Mais Seguro tem sido referência para outros destinos no Brasil, fazendo com que as pessoas se sintam seguras de viajar para o destino.

Pretende viajar? Garanta aqui passagens para Porto Seguro e outros destinos

 

Garanta aqui hospedagem em Porto Seguro

 

 

 

Gol terá 400 voos diários em outubro e anuncia a retomada em 3 bases

Quando comparado com o mês de setembro, os 400 voos diários da Gol representam um aumento de 49% na oferta de operações.

A Gol terá em outubro 400 voos diários em 136 mercados, incluindo a reabertura das bases de Carajás, no Pará, Fernando de Noronha, em Pernambuco, e Cruzeiro do Sul, no Acre. Além das bases retomadas, serão 18 novos mercados atendidos em outubro.

Quando comparado com o mês de setembro, os 400 voos diários da Gol representam um aumento de 49% na oferta de operações, chegando a 95% dos destinos do período pré-pandemia. A retomada da base de Carajás vem reforçar as operações da Gol no estado do Pará e terá seis frequências semanais. O município ganha conexão com Brasília (BSB) e com o aeroporto da capital, Belém.

Aeronave da Gol em Dourados (MS), destino atendido com voos para Guarulhos

Fernando de Noronha terá a partir der 10 de outubro quatro frequências semanais para Recife. Em Cruzeiro do Sul, os voos serão em quatro dias da semana para Rio Branco. Brasília vai ganhar voos  inéditos: para Londrina, no Paraná, e Navegantes, em Santa Catarina. A Gol atenderá Brasília com 42 destinos nacionais, um patamar histórico.

Em outubro o Aeroporto de Congonhas, localizado na região central da cidade de São Paulo, terá voos para Florianópolis,  Fortaleza, Goiânia, Navegantes e para o Galeão. A Gol também terá voos sem escalas do Galeão para Foz do Iguaçu, o maior destaque turístico do Paraná.

Em Fortaleza a Gol vai operar 19 decolagens diárias com  voos sem escalas para São Paulo/Congonhas, Juazeiro do Norte e Natal.  Salvador terá três decolagens diárias para Vitória da Conquista. Em outubro também serão retomados os voos de Curitiba a Porto Alegre, na região Sul, e, no Norte, de Manaus a Porto Velho. Os voos internacionais da Gol  continuam suspensos até o final de  outubro.

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

Gol terá 302 voos diários em 119 mercados em setembro

Os voos estão distribuídos em 60 bases nacionais,  52 delas são operadas pela própria Gol,  e oito pela companhia VoePass.

A Gol terá no mês de setembro 302 voos diários, um crescimento de 49% em decolagens e 50% em assentos por dia. Em agosto a companhia operou 2o2 voos diários. A Gol atenderá 135 mercados, sendo 119 operados pela própria companhia,  16 pela companhia aérea parceira VoePass.

Os voos estão distribuídos em 60 bases nacionais,  52 delas são operadas pela própria Gol,  e oito pela VoePass. No total, são 11 novos mercados que passam a ser contemplados na malha aérea da Gol em setembro. Estão sendo retomados os vos em Londrina, no Paraná, Juiz de Fora, em Minas Gerais, e Presidente Prudente,  em São Paulo. Os voos serão para o Aeroporto de Guarulhos.

Aeronaves da Gol no Aeroporto de Salvador. (fotos de Will Recarey).

Os aeroportos de Guarulhos, Brasília (BSB) e Galeão (GIG) se mantêm como os hubs primordiais da Gol, permitindo a comunicação com vários outros pontos do Brasil, o que já vinha acontecendo nos dois meses anteriores. Nestes aeroportos os passageiros da Gol têm à disposição conexões para outros três aeroportos de relevância: Fortaleza (FOR), Salvador (SSA) e Belém (BEL),.

Fortaleza, por exemplo, passa a ter voos para São Luís (SLZ), enquanto Manaus (MAO) retorna as frequências para Santarém (STM). A VoePass vai operar voos para sete destinos a partir de Salvador: Barreiras (BA), Vitória da Conquista (BA, Petrolina (PE), Maceió (AL), Porto Seguro (BA), Aracaju (SE) e Ilhéus (BA).

A Gol retorna no Aeroporto de Congonhas a partir de 6 de setembro voos para Porto Alegre, Curitiba, Santos Dumont, Belo Horizonte (Confins), Brasília, Salvador e Recife. Entre 5 de agosto e 5 de setembro, durante obras na pista principal, somente a Azul e a VoePass estão operando na pista auxiliar de Congonhas com o ATR-72 com 70 assentos.

Conforme o Tudo Viagem divulgou com exclusividade, a Gol terá voos diários de Campinas para o Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Também serão retomados os voos do o aeroporto central carioca para Curitiba, Confins, Goiânia e Vitória.

Também serão retomados em setembro as operações em Sorriso e Rondonópolis, no Mato Grosso. Os voos serão para Brasília e serão operados pela VoePass. Os voos internacionais da Gol continuam suspensos.

Acesse aqui todos os voos da Gol para setembro

Gol acirra disputa com a Azul e lança voos Campinas/Santos Dumont

 

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

 

Gol vai atingir 30% de sua capacidade com o lançamento de 250 voos diários em julho

A Gol vai reativar os voos diretos de Salvador para Recife, João Pessoa, Natal, Fortaleza, Vitória, Belo Horizonte, Rio de Janeiro/Santos Dumont.

A Gol terá no mês de julho 250 voos diários que vão atender 100 diferentes mercados domésticos, o que representa 30% de sua capacidade operacional. Antes da pandemia a companhia chegou a oferecer 800 voos diários. Quando comparado com o mês de junho, que contempla 100 voos diários, em julho o aumento será de 150% nas decolagens da Gol.

Em julho os  aeroportos de Brasília (BSB), Galeão (GIG), no Rio de Janeiro, e Guarulhos (GRU), em São Paulo,  serão destaque no número de rotas reativadas da Gol. Brasília volta a ser um dos hubs da companhia, passando a se comunicar com 14 novos mercados (11 operados pela Gol, e 3 pela companhia parceira VoePass), entre eles, Florianópolis (FLN), Vitória (VIX) e Campo Grande (CGR).

A Gol é a única que terá em julho voos sem escalas de Brasília para  Aracaju (AJU), Goiânia (GYN), Florianópolis, Maceió (MCZ), Natal (NAT) e Vitória. Brasília vai receber voos de Palmas (PMW), Boa Vista (BVB), Rio Branco (RBR), Porto Velho (PVH), Belém (BEL), Manaus (MAO) e Macapá (MCP).

A Gol vai reativar os voos diretos de Salvador para Recife, João Pessoa, Natal, Fortaleza, Vitória, Belo Horizonte, Rio de Janeiro/Santos Dumont, além de inaugurar serviços para Viracopos (Campinas) e Vitória da Conquista da capital baiana. Fortaleza voltará a ter voos para Belém, Manaus, Teresina, São Luis e Santarém.

Confira as 8 bases regionais que serão reativadas pela Gol

Sinop (OPS), no Mato Grosso

Vitória da Conquista (VDC), na Bahia

Passo Fundo (PFB), no Rio Grande do Sul

Joinville (JOI), em Santa Catarina

Cascavel (CAC), no Paraná

Uberlândia (UDI), em Minas Gerais,

Santarém (STM), no Pará

Viracopos (VCP), em Campinas (SP)

Confira os 6 destinos regionais da Gol que serão operados pela VoePass

Barreiras (BRA), na Bahia

Araguaína (AUX), no Tocantins

São José do Rio Preto (SJP), em São Paulo

Dourados (DOU), no Mato Grosso do Sul

Rio Verde (RVD), em Goiás

Araçatuba (ARU), em São Paulo

Frase….

“O transporte aéreo é um serviço essencial para o País, principalmente em um momento como o atual. Na Gol, a demanda dos Clientes é parte da importante decisão de oferecer o serviço de uma rota, sempre levando em conta as medidas de Segurança, em conformidade com os órgãos competentes tanto no Brasil como no Exterior”

Celso Ferrer, vice presidentes de Operações da Gol.

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

Gol vai reativar voos em Porto Seguro e mais 4 cidades; veja quais

A empresa estabelece o retorno das decolagens do aeroporto paulista para Florianópolis (FLN), Navegantes (NVT) e Salvador (SSA), com quatro saídas na semana, e Recife (REC), com seis.

A Gol vai aumentar em junho de 68 para 100 o número de voos diários, um acréscimo de 47% em relação ao mês de maio. Serão reabertas a partir do dia 10 de junho as bases de Chapecó (XAP), em Santa Catarina, Ilhéus (IOS) e Porto Seguro (BPS), na Bahia, Juazeiro do Norte (JDO), no Ceará, e Petrolina (PNZ), em Pernambuco.

Todos os voos da Gol serão para o Aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos (GRU). Com exceção de Juazeiro, com quatro saídas semanais, os demais destinos têm três frequências.

“Comparando-se com as operações vigentes no período que antecedeu a chegada do coronavírus ao Brasil, essa centena representa uma redução ainda marcante da capacidade da companhia, de 87%”, diz trecho de um comunicado da Gol.

O Aeroporto de Congonhas, um dos mais importantes do Brasil, passará a complementar as ofertas do aeroporto de Guarulhos, que deixa de concentrar todas as atividades da Gol. A empresa estabelece o retorno das decolagens do aeroporto paulista para Florianópolis (FLN), Navegantes (NVT) e Salvador (SSA), com quatro saídas na semana, e Recife (REC), com seis.

Congonhas terá  horários para atender os clientes corporativos que precisam viajar para Belo Horizonte (CNF), Curitiba (CWB) e Porto Alegre (POA). Todos esses trechos entram em vigor no dia 10 de junho.

O aeroporto internacional de Brasília, que desde maio atende primordialmente ao Norte do País, ganha reforço com novos voos para essa região, assim como para o Sul, o Sudeste e o Nordeste. Na capital federal, a GOL resgata ainda operações para Recife (REC), com três frequências semanais de ida e volta – além do Galeão, no Rio de Janeiro, de segunda a sábado, também no dia 10 de junho.

Mais voos no Galeão

A Gol vai ampliar o número de voos do Galeão para o Nordeste, cujos destinos estão sendo contemplados desde maio. As novidades nesse aeroporto internacional são a rota para Aracaju (AJU) – às terças, quintas e domingos – e as partidas para Curitiba e Porto Alegre (ambas de segunda a sexta e domingo), e Vitória (segunda, terça, quarta, sexta e domingo). Esses voos também terão início em 10 de junho.

Segundo a Gol, a bases reabertas em maio – Navegantes, em Santa Catarina, e Foz do Iguaçu, no Paraná – mantêm-se em atividade em junho, período para o qual a empresa não tem planos de reaver seus voos internacionais.

A Gol alerta que a austes pontuais na malha aérea poderão ocorrer face a mudanças de cenários da pandemia ou exigências regulatórias. As passagens dos novos voos já estão sendo vendidas no site da Gol.

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especais

Gol vai aumentar de 51 para 68 o número de voos em Guarulhos

O aeroporto do Galeão, que em abril tinha voos apenas para Guarulhos, começa a operar em 24 de maio com frequências para as capitais do Nordeste.

A partir de 24 de maio a Gol vai aumentar de 51 para para 68 o número de voos diários operados no Aeroporto de Guarulhos, principal hub da companhia. A Gol está ampliando o número de frequências em várias cidades entre 4 e 31 de maio. A redução de voos começou e março deste ano, quando começaram a aumentar os casos de coronavírus. A ampliação de voos ocorre em função do aumento da demanda em função da liberação das atividades comerciais em algumas cidades.

A ponte-aérea Rio/São Paulo terá voos que vão proporcionar comodidade àqueles que precisam desembarcar em pontos mais centrais das duas capitais. Os voos entre o Santos Dumont e Congonhas, suspensos em março, serão retomados no dia 24 de maio deste ano.

Os aeroportos de Congonhas e do Santos Dumont passam a contar com oferta de decolagens para Brasília (BSB). Segundo a Gol,  todas essas rotas serão dois horários de ida e volta nos dias úteis e um aos domingos, a partir de 24/05. Ainda a partir dessa data, o aeroporto de Santos Dumont contará com voos para Vitória aos domingos, segundas, quintas e sextas, e para Porto Alegre às segundas, quintas e sextas.

O aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, que em abril estava se conectando apenas com o de Guarulhos, começa a operar em 24 de maio com frequências para as capitais do Nordeste. As cidades atendidas são Recife, Salvador, com três frequências semanais, Natal e João Pessoa com quatro frequências semanais, e Fortaleza (FOR), com cinco.

A Gol vai voltar a oferecer três voos do Galeão para Florianópolis, em Santa Catarina. Brasília mantém seu foco para a região Norte, com operações semanais para todas as capitais da região, e passa a atender algumas cidades do Nordeste, do Sul e Sudeste, como Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre. Todos esses voos também começam a ser operados a partir de 24 de maio, com três frequências semanais.

Regras para remarcações e cancelamentos

A Gol flexibilizou as regras e os procedimentos para que não haja cobrança de taxa de alteração de voos agendados até 30/9, garantindo o uso integral do valor pago pela passagem em outras viagens. Informações podem ser obtidas no site www.voegol.com.br, nas redes sociais, no aplicativo e pelo telefone da Central de Relacionamento: 0300 115 2121.

 

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

Veja vídeo dos aviões da Azul parados na Pampulha

No Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, estão 41 aeronaves que não estão sendo usadas pelas companhias aéreas.

As companhias Azul, Gol e LATAM estão operando com apenas 10% de sua capacidade operacional. o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, que atualmente não tem voos comerciais, está com 30 aeronaves da Azul que não estão sendo usadas nos voos da companhia.

Ao todo a Azul está com 120 aeronaves paradas. No Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, estão 41 aeronaves que não estão sendo usadas pelas companhias aéreas. A maioria dos aviões são da Azul e Gol. Veja vídeo abaixo feitos por Antônio Paulo.

Vídeo do Aeroporto da Pampulha

Redução de 85%

A crise da pandemia do coronavírus causou uma redução de até 85% no número de voos e de 90% no de passageiros registrados no Aeroporto de Confins. A BH Airport,m concessionária do aeroporto,  preparou toda a infraestrutura necessária para receber mais 29 aeronaves estacionadas.

Frase….

“Para garantir a segurança operacional e preservar as aeronaves, foram definidas posições contingenciais de estacionamento compatíveis com os modelos de aeronaves operados no Brasil. Essas posições são fiscalizadas diariamente pelas equipes de pátio, além de monitorarmos 24 horas por dia por câmeras. Em alinhamento com as companhias aéreas, já disponibilizamos as posições para a utilização e ainda há posições disponíveis para o estacionamento em longa permanência”

Robson Freitas, gestor de Operações Aeroportuárias

Companhia surpreende e lança voos de ida e volta por apenas R$ 60,32 para superar crise

Cada trecho, sem a taxa, custa apenas R$ 30,16 nos voos da Azul de São Paulo para Curitiba para quem pretende viajar no mês de maio deste ano.

Em tempos de crise a redução dos preços é a melhor forma de fazer caixa para seguir em frente. As companhias aéreas reduziram os preços das passagens para quem pretende viajar no mês de maio deste ano, quando quase toda a malha aérea será reativada. Nos voos da Azul de São Paulo (Guarulhos) para Curitiba os bilhetes de ida e volta custam apenas R$ 60,32. Mas atenção! Não é fake news!. Confira na imagem abaixo.

As passagens aéreas de ida e volta de São Paulo para Curitiba custam R$ 161,58 considerando todas as taxas cobradas pela companhia. Cada trecho, sem a taxa, custa apenas R$ 30,16. Na ponte aérea Rio/São Paulo, em voo direto da Azul, as passagens de ida e volta custam R$ 186,46. E olha que estamos falando em uma viagem de Congonhas para o Santos Dumont, uma das rotas mais rentáveis do mundo.

Os valores de São Paulo (Congonhas) para Belo Horizonte (Confins) são surpreendentes: R$ 181,74. Já quem for precisar viajar da capital paulista para Vitória ou Brasília vai pagar apenas R$ 215, valor de ida e volta com todas as taxas incluídas. Também encontramos ida e volta de São Paulo para Porto Alegre por R$ 226,34.

Garanta aqui as passagens para Curitiba a partir de R$ 161

Maioria das ofertas é da MaxMilhas

Passageiros de outras cidades também podem viajar para São Paulo e outras cidades pagando preços incríveis. Basta fazer a pesquisa que se encontra no link abaixo. Os preços citados neste texto são da MaxMilhas, empresa especializada em voos baratos.

A nossa equipe decidiu fazer esse post considerando que muitas pessoas vão precisar de viajar nos próximos meses. Prestar serviço é nosso compromisso em tempos de crise!

Gostou deste post? Repasse para os amigos para que mais pessoas fiquem sabendo desta notícia positiva. Se você encontrou valores ainda menores, repasse para a nossa equipe que vamos divulgar!

Passagens aéreas de ida e volta com taxas incluídas

Está em outra cidade? Garanta aqui descontos especiais na compra das passagens aéreas

Atitude que merece aplausos! Azul, Gol e LATAM estão transportando de graça profissionais de saúde

A taxa de embarque deverá ser paga pelo profissional e cada companhia divulgou as regras para o uso dos assentos gratuitos.

Todos os profissionais de saúde poderão viajar de graça a partir desta segunda-feira (23/03) nos voos das três maiores companhias aéreas do Brasil. A iniciativa é para ajudar no tratamento dos pacientes do coronavírus. A  primeira a anunciar essa medida foi a Gol e em seguida a Azul também divulgou que faria o mesmo. A LATAM também está transportando os profissionais de saúde.

A LATAM em reconhecimento por toda dedicação nesse período, decidiu oferecer mil pontos do LATAM Pass por trecho voado. Quem viajar pela Gol vai ganhar  mil milhas Smiles por cada trecho voado. Confira abaixo regras de todas as  companhias.

A taxa de embarque deverá ser paga pelo profissional e cada companhia divulgou as regras para o uso dos assentos gratuitos. Os documentos que comprovam a atividade na área de saúde fazem parte das exigências.

O que você achou desta iniciativa? É um tipo de atitude em momento de crise que merece aplausos de todos! Compartilhe essa notícia”

Comunicado da Gol

Como forma de contribuição ao combate da Covid-19, a GOL disponibilizará, a partir do dia 23 de março, passagens aéreas sem a cobrança de tarifa aos médicos e demais profissionais de saúde, que precisam se deslocar pelo Brasil para prestar atendimento aos doentes vítimas do coronavírus. Os bilhetes estão sujeitos à disponilidade nos voos.

Smiles também está nessa empreitada e dará mais 1000 milhas por cada trecho voado, como forma de agradecimento e reconhecimento por todo o empenho desses profissionais.

Profissionais da saúde de todo o país podem participar da iniciativa.

Para participar, qualquer profissional da saúde deve se apresentar nas lojas da GOL, localizadas nos aeroportos, com até duas horas de antecedência aos voos para viabilizar, sem custos nas tarifas e pagando apenas a taxa de embarque, o seu deslocamento até à localidade demandada.

Reservas prévias de bilhetes aéreos não são permitidas aos interessados em utilizar o serviço.

• É indispensável a apresentação de:

– Carteirinha de credenciamento profissional validada pelo conselho regional competente;

– Carta emitida por empresas ou instituições de saúde que comprove o motivo da viagem: o cuidado às pessoas enfermas ou com suspeita de contaminação pelo Covid-19.

A solicitação da passagem deve ser realizada no momento da viagem, não podendo ser efetuada dias antes do embarque.

Essa emissão será feita somente nos aeroportos e não poderão ser criadas reservas com trechos de ida e volta.

Essa é a nossa forma de reconhecer o trabalho dos heróis que estão lutando pela vida de todos nós, sem pensar em parar.

Esse vírus também se enfrenta com empatia e solidariedade.

Por isso, a GOL entende que, mesmo no momento mais delicado da história da aviação comercial, precisa dar sua contribuição à sociedade e ao País.

Não existe nada mais importante no momento do que levar a medicina aonde ela precisar chegar. E no que depender da GOL, ela vai chegar.

NOTA À IMPRENSA DA AZUL

A partir do dia 23 de março, a Azul permitirá que médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos e nutricionistas, que estejam viajando em função do combate ao Covid-19, embarquem em assentos disponíveis nos voos da companhia pagando apenas a taxa de embarque. Para usufruir do programa, o profissional deve comparecer à loja Azul do aeroporto no mesmo dia do voo de interesse, com no mínimo 2 horas de antecedência do embarque. Será necessário apresentar:

Carteira de identificação oficial do Conselho Regional competente (CRM, COREN, CREFITO, CRF ou CRN.)

Declaração por escrito comprovando que o motivo da viagem se dá pelo cuidado a pessoas enfermas contaminadas ou suspeitas de contaminação pelo Covid-19.

Importante: O embarque está sujeito à disponibilidade de assento livre na aeronave. Caso o embarque não seja possível no voo pretendido ou nos demais voos do dia, a taxa de embarque paga será reembolsada no próprio aeroporto.

Programa válido para voos domésticos de 23/3/2020 a 30/4/2020. Será emitido apenas o trecho pretendido de ida, não sendo possível emitir a volta na mesma reserva. Não inclui acompanhante. Inclui 1 volume de bagagem despachada.

Nota da LATAM

A LATAM Airlines, companhia aérea mais pontual do Brasil e que transporta mais passageiros no País, vai transportar a partir de 23 de março os profissionais de saúde para atuar no combate ao Covid-19. Os médicos, enfermeiros e demais especialistas envolvidos no combate à pandemia terão isenção total da tarifa aérea, pagando apenas a taxa de embarque.

Como forma de reconhecimento por toda dedicação nesse período, também ganharão da LATAM Pass mais mil pontos por trecho voado.

O objetivo da LATAM com essa atividade é facilitar o acesso dos profissionais aos locais mais impactados com essa crise sem precedentes. Além disso, a companhia disponibilizará às autoridades de saúde a possibilidade de transportar suprimentos clínicos, amostras e equipamentos médicos necessários para combater o coronavírus.

Essa ação faz parte do programa Avião Solidário que, durante o ano todo, realiza ações com foco em saúde e também em ajuda humanitária.

 

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com