Brasil volta a ter voos diretos para Cancún, operados pela Gol

Cancún

Serão duas frequências, saindo de Brasília, a partir de 10 de dezembro

Voos do Brasil para Cancun serão retomados pela Gol a partir de 10 de dezembro deste ano. Serão duas frequências semanais sem escalas, de ida e volta, com saídas de Brasília. A companhia anunciou recentemente que terá a partir de novembro voos diretos de São Paulo para Aruba e San José, dois destinos no Caribe.

As operações exclusivas entre o Aeroporto Internacional de Brasília (BSB) e o Aeroporto Internacional de Cancún (CUN) serão as únicas ligações diretas entre o Brasil e o Caribe Mexicano. A partir da capital federal, às terças-feiras, o voo G3 7724 decolará às 11h30 (horário de Brasília), com aterrissagem prevista para as 17h35 (horário local) na cidade mexicana – Cancún está duas horas atrás de Brasília. Já aos sábados, o mesmo G3 7724 sairá de Brasília às 11h55, pousando em Cancún às 18h.

A volta a partir de Cancún acontecerá nos mesmos dias da semana. Às terças-feiras, o voo G3 7725 deixará Cancún às 20h40 (horário local) e chegará em Brasília às 6h35. Aos sábados, o G3 7725 partirá às 19h30 do Caribe e pousará no Distrito Federal às 5h35.

Os voos internacionais da Gol rumo a Cancún permitirão a ligação das principais cidades brasileiras com a estrela maior do turismo caribenho com apenas uma parada na capital federal.

Confira aqui o valor das passagens aéreas para Cancún

São Paulo e Rio

Um serviço exclusivo será oferecido aos públicos paulista e carioca nos aeroportos de São Paulo/Congonhas (CGH) e Rio de Janeiro/Santos Dumont (SDU): a possibilidade de se fazer uma viagem internacional no mesmo dia, saindo de dois aeroportos domésticos e conectando com a própria Gol em Brasília, e com mais facilidades, como todo o atendimento em português.

A novidade atende ao propósito da companhia de integrar cada vez mais os países da região, contribuindo para o fortalecimento do turismo nas Américas.

Cancún

Os quilômetros de praias de mar azul-turquesa não são os únicos atrativos de Cancún, também conhecida pela potente rede hoteleira, pelas noites efervescentes regadas a drinques e por suas áreas históricas, como as ruínas maias.

Cancún é ainda a porta de entrada para as famosas Playa del Carmen, Tulum e Riviera Maia.

“A retomada dos voos diretos da Gol para Cancún nos enche de otimismo e reforça o processo de internacionalização da companhia, marcado por expansão contínua. A Gol hoje atende 12 destinos internacionais distribuídos em todas as Américas, número que inclui Bogotá, na Colômbia, onde a companhia iniciou operações no fim de março deste ano. Há pouco, anunciamos San José (Costa Rica) e Aruba como nossos mais novos destinos exclusivos na América Central e no Caribe, cujas viagens começarão em novembro e dezembro, respectivamente”, disse o diretor de Planejamento de Malha Aérea da Gol, Rafael Araújo.

Segundo ele, a viabilização das operações para Cancún, um dos maiores destinos turísticos do mundo e hoje não atendido com voos diretos a partir do Brasil, representa um imenso ganho para os brasileiros, mexicanos e demais viajantes a lazer de toda a América do Sul.

“O objetivo da Gol é aproximar cada vez mais nossos povos e contribuir para o desenvolvimento do turismo em toda a região”, ressaltou Rafael Araújo.

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, ressaltou o compromisso do Governo Federal em expandir a malha aérea tanto doméstica quanto internacional, aumentando a oferta de voos e melhorando a conectividade aérea.

“A expansão da malha aérea tem sido impulsionada pelo contínuo esforço do Ministério de Portos e Aeroportos, que trabalha em prol do turismo através do diálogo constante com as companhias aéreas e de iniciativas para o desenvolvimento da aviação.”

“O voo é de extrema relevância para seguir conectando os países latino-americanos com a nossa capital, o que consolida Brasília como um dos grandes hubs na região. Com a nova rota, o Distrito Federal passa a ter ligação direta com nove destinos internacionais e 36 cidades brasileiras”, afirmou Daniel Dumaresq, gerente de Negócios Aéreos da Inframerica, concessionária do Aeroporto Internacional de Brasília – Presidente Juscelino Kubitschek.

Voos

Os voos entre Brasília e Cancún serão operados em modelos Boeing 737 MAX 8, aeronave mais sustentável da frota da Gol, que em configuração internacional tem capacidade para 176 passageiros.

Para as viagens ao México, os clientes precisam ter um visto mexicano válido. Há isenções de apresentação do visto, caso de pessoas que já o possuem para países como Estados Unidos, Canadá, Japão e Reino Unido, dentre outros.

A isenção de visto válido também se aplica a residentes permanentes de países como Chile, Estados Unidos, Canadá, Espaço Schengen e Japão, dentre outros.

Os bilhetes entre Brasília (BSB) e Cancún (CUN) já estão disponíveis no site e aplicativo da Gol, nas lojas Gol nos aeroportos, pelo site e aplicativo da Smiles, pelo telefone da Central de Relacionamento (0300 115 2121) e nas agências de viagem.

Deixe um comentário Cancelar resposta

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com

Ação não permitida!