Porto Seguro vai receber 18 voos com turistas argentinos

No total, serão mais de 100 voos diretos trazendo turistas da Argentina e do Chile para diferentes cidades do Brasil.

Até o dia 1º de março, Porto Seguro, no Sul da Bahia, receberá voos charters da Decolar, maior agência de viagens online do Brasil e América Latina. Os voos serão às terças e sextas-feiras. Ao todo, serão 18 voos vindos de Buenos Aires, estimulando a visita de argentinos ao sul da Bahia durante o verão.

Além de Porto Seguro, durante o verão brasileiro, a Decolar também fretou aeronaves para operar trechos vindo de cidades como Santiago e Buenos Aires com destinos como Florianópolis, Salvador e Rio de Janeiro, incentivando o turismo nacional e gerando negócios aos principais destinos brasileiros.

No total, serão mais de 100 voos diretos trazendo turistas para diferentes cidades do Brasil. Os destinos brasileiros são preferência dos argentinos no verão. Segundo dados do Ministério do Turismo, a Argentina corresponde a quase 40% dos turistas internacionais que chegam ao Brasil e mais de 80% deles escolhem cidades que oferecem lazer, praia, sol e ecoturismo.

 

Saiba quais documentos você precisa nas viagens de navio

Para cruzeiros no Brasil, é necessário apresentar RG com no máximo 10 anos de emissão ou CNH, e certidão de nascimento para crianças de até 12 anos.

Levantamento da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Brasil) revela que a temporada nacional de cruzeiros marítimos que vai até abril de 2019 terá a oferta de 500 mil leitos neste período. O número é 15% superior em relação ao ano anterior. Como muitos brasileiros viajarão pela primeira vez de navio e neste momento surgem dúvidas, a RDC Férias preparou um guia com detalhes de quais documentos para fazer essas viagens de navio.


Leia mais

Exclusivo! Avianca Argentina começa a vender as passagens dos voos para São Paulo

A companhia com bandeira da Argentina vai usar nos seus voos para Guarulhos o Airbus A-320 com 182 assentos.

A Avianca Argentina começou a vender as passagens do primeiro voo para o Brasil. A partir de 5 de março a companhia terá voo sem escala para Guarulhos (SP). Os voos começam no dia 5 de março deste ano. No site da companhia foram postadas fotos e informações de São Paulo.


Leia mais

Paranair inicia voos do Paraguai para Curitiba e Guarulhos

Companhia usa em suas rotas o CRJ-200 com 50 assentos, mesmo modelo que a Amaszonas operou no Brasil.

A nova companhia do Paraguai, a Paranair, que assumiu as operações da Amaszonas, já está voando para o Brasil desde o dia 15 de outubro. Os voos são de Assunção para Guarulhos (SP) e Curitiba (PR) sempre às segundas, quartas, sextas e domingos. A companhia ainda não decidiu se voltará a operar em Campo Grande.


Leia mais

Sky Airline recebe autorização da ANAC para operar no Brasil; primeiro voo será dia 5 de novembro

A europeia Norwegian e as argentinas Avian (subsidiaria da Avianca) e Flybondi são as outras aéreas em tratativas com a ANAC para ofertarem voos de longo curso no país.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) concedeu autorização operacional para a empresa chilena Sky Airline. A companhia será a primeira aérea estrangeira denominada low cost (baixo custo) a operar um voo regular internacional de passageiros no Brasil. A autorização de de operação foi publicada nesta sexta-feira (26), no Diário Oficial da União. (Veja no final a decisão).


Leia mais

Confira as 15 rotas internacionais e nacionais campeãs de cancelamentos e atrasos

Empresa analisou os principais dados de quase 700 rotas nacionais e internacionais para saber quais têm os piores desempenhos.

A AirHelp, empresa líder mundial em direitos aéreos para passageiros, fez um estudo sobre as rotas aéreas que têm as piores performances do Brasil, tanto para voos domésticos, quanto para rotas internacionais. Os resultados revelam que o destino que tem o maior percentual de voos cancelados ou atrasados é o de Brasília para Lisboa, com 38% de viagens sofrendo algum tipo de atraso ou interrupção. (Confira a lista completa no final).


Leia mais

Paranair assume operações da Amaszonas Paraguai e planeja voos para o Brasil

A nova companhia vai usar em suas rotas o CRJ-200 com 50 assentos, mesmo modelo que a Amaszonas chegou a operar no Brasil.

A Paranair, a nova companhia do Paraguai, manterá voos domésticos entre Assunção e Ciudad del Este, além de Buenos Aires, Montevidéu, Curitiba e São Paulo. Para essas rotas regulares serão adicionados outros destinos sazonais que em determinados períodos irão comunicar Assunção com Punta del Este, Florianópolis e Rio de Janeiro sem paradas.


Leia mais

Companhia Amaszonas suspende todos os seus voos no Brasil

A empresa boliviana usava em suas rotas os jatos Bombardier CRJ-200 que transportam até 50 passageiros. 

Sem nenhum aviso ao mercado, a Amaszonas Linhas Aéreas suspendeu todos os voos de Assunção para o Brasil. A companhia criada na boliviana, com subsidiárias no Uruguai e Paraguai, chegou a operar em Guarulhos, Porto Alegre, Campo Grande, Campinas, Rio de Janeiro e Curitiba.


Leia mais

Companhias aéreas brasileiras registram prejuízo de R$ 1,8 bilhão no segundo semestre

O levantamento da ANAC mostra que a receita operacional líquida de Azul, Avianca, Gol e Latam cresceu 15,1% no acumulado até o 2° trimestre de 2018 (para R$ 18,6 bilhões), na comparação com o mesmo período de 2017.

As companhias Gol, LATAM, Azul e avianca Brasil somaram, no segundo trimestre de 2018, prejuízo de R$ 1,8 bilhão, em relação aos R$ 964 milhões negativos apurados no mesmo período do ano passado, segundo resultado consolidado do setor apurado nesta sexta-feira (5/10) pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).


Leia mais

Quatro companhias low cost querem operar voos internacionais no Brasil

A Sky Airline pretende começar a operar em novembro deste ano com voos ligando o Brasil ao Chile.

A empresa chilena Sky Airline, que opera na modalidade low cost, entrou com pedido na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) no dia 30 de agosto pedido para operações regulares internacionais no Brasil.

Segundo a ANAC, a empresa já possui autorização de funcionamento jurídico desde 2013, mas nunca chegou a operar voos regulares no país. E necessária a autorização para iniciar as rotas regulares, operacional.

A Sky Airline pretende começar a operar em novembro deste ano com voos ligando o Brasil ao Chile. A primeira rota deverá ser entre Santiago e Guarulhos.

A europeia Norwegian e a argentina Avian, subsidiaria da Avianca, deram início à vinda das empresas aéreas denominadas de baixo custo (low cost) autorizadas juridicamente a iniciar suas operações no Brasil.

Além das duas empresas, a aérea Flybondi recebeu autorização do governo argentino recentemente para operar no país. Após esse passo, a Flybondi deve entrar com o pedido de autorização jurídica e operacional na ANAC.

As empresas low cost oferecem passagens aéreas mais baratas, principalmente durante a black friday por ter um custo operacional menor em relação às companhias gigantes do setor.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com