Confira as regras para o transporte do álcool gel nos aviões

Para os voos internacionais o limite é de 100 ml, mas o frasco deve ser colocado em uma embalagem plástica. transparente e bem fechada.

O álcool gel agora está presente na vida das pessoas e quem pretende viajar de avião deve ficar atento ao regulamento da Agência Nacional de Aviação Civil A(ANAC). Na bagagem de mão, cada passageiro pode levar 500 ml. Para os voos internacionais o limite é de 100 ml. O frasco deve ser colocado em uma embalagem plástica. transparente e bem fechada.

Caso decida despachar a bagagem, também poderá levar 500 ml nos voos nacionais, e  500 ml nos voos internacionais. O álcool líquido não é permitido. Lembrando que o uso de máscara é obrigatório em todos os voos nacionais e internacionais.

A Azul está fornecendo para os passageiros e tripulantes kits com luvas, álcool em gel e lenço umedecido. A companhia também está usando descontaminantes bactericidas que contam com um princípio ativo que elimina o vírus da COVID-19 em 99,99% dos casos.

Esse assunto foi sugerido pelo nosso leitor Leo Avelino.

Confira as medidas da ANAC para evitar casos de coronavírus nas viagens de avião

Entre as medidas estão a recomendação da suspensão do serviço de bordo nos voos nacionais e o uso de máscaras por passageiros e tripulantes.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) publicou nesta terça-feira (19/5) novas medidas sanitárias para a aviação civil brasileira. As medidas são para dar mais segurança aos passageiros que ainda precisam se deslocar no atual cenário de pandemia de Covid-19. A ANAC reforça a necessidade de uso de máscara pelos passageiros durante toda a viagem, regras para o serviço de bordo e a manutenção do distanciamento social de pelo menos dois metros nos aeroportos.

A atualização do protocolo sanitário foi publicada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e vem sendo implementada no setor pelo Grupo de Trabalho coordenado pela ANAC., a pedido do Ministério de Infraestrutura.

“O transporte aéreo se prepara para se tornar cada vez mais seguro em todo o mundo e já conta com tecnologias que contribuem para evitar o contágio, como a filtragem de ar especial nas aeronaves mais modernas. Essas aeronaves contam com um sistema de filtro de ar HEPA, que captura 99,7% de partículas ao promover a renovação do ar dos aviões a cada 3 minutos. Atualmente, todas as aeronaves da frota das empresas brasileiras contam com essa tecnologia”, diz trecho de um comunicado da ANAC.

Confira as recomendações divulgadas pela ANAC

Utilização de EPI (Equipamentos de Proteção Individual) por trabalhadores e servidores públicos, conforme a situação;

Incentivo as campanhas de comunicação visando a prevenção e combate ao Covid-19;

Divulgação de avisos sonoros nos voos, áreas de embarque e desembarque nacionais e internacionais;

Distanciamento de 2 metros entre pessoas no aeroporto;

Desestímulo a aglomerações nas praças de alimentação de aeroportos e em espaços de check-in de embarque e, especialmente, desembarque dentro das aeronaves;

Uso de máscara por passageiros e funcionários em geral;

Desinfecção de toda a área de movimentação de passageiros, pontes de embarque, aeronaves, ônibus e demais espaç​os de uso comum;

Organização criteriosa do procedimento de embarque de passageiros e especialmente desembarque da aeronave até o solo, orientando para que os passageiros permaneçam sentados na aeronave no pouso e informados que o desembarque será realizado por filas, iniciando pelos assentos situados mais à frente da aeronave;

Recomendada a suspensão do serviço de bordo nos voos nacionais. No caso de manutenção desse serviço, priorizar alimentos e bebidas em embalagens individuais, higienizadas antes do serviço. Nos voos internacionais, deve ser priorizado alimentos e bebidas em embalagens individuais, higienizadas antes do serviço.

44 cidades atendidas

Segundo a ANAC, a  malha essencial do mês de maio está atendendo 44 cidades, somando apenas 1.254 voos semanais contra os 14.781 previstos para o período, uma redução de 90% para o mercado doméstico.

No mercado internacional, a redução é de praticamente 100%, sendo os voos poucos existentes focados em repatriação de brasileiros que estão no exterior e transporte de carga.

A novas medidas sanitárias e a malha aérea essencial buscam proteger os passageiros e profissionais que precisam se deslocar, além de preparar o setor aéreo para o momento de retomada da demanda pelo transporte.

Em abril a demanda por voos domésticos recuou 93,1% em abril e oferta foi reduzida em 91,6%. No mercado internacional, a redução de demanda chegou a 96,1% e a oferta está 91,1% menor do que no mesmo período do ano passado.

Flybondi decide suspender todos os voos até 30 de abril 

Quem comprou passagens para voar durante as datas de suspensão dos voos receberá um voucher referente ao valor do bilhete pago.

A Flybondi decidiu suspender todos os seus voos Argentina e as rotas internacionais até 30 de abril deste ano. Segundo a companhia, a decisão tem com o objetivo de contribuir para ações de combate ao avanço do COVID-19, o coronavírus. Os voos serão reativados a partir de 1º de maio deste ano.  A empresa manterá a venda das passagens para voos com datas após 30/04.

Ainda segundo a Flybondi, na Argentina há restrições nacionais de cabotagem e fechamento das fronteiras para os voos internacionais, o que motivou a suspensão total de todas as operações. “De toda maneira, Flybondi se coloca a disposição das autoridades para contribuir com voos de repatriação, com o traslado de pessoas que estão fazendo missão humanitária, como também para o transporte de remédios e alimentos”, diz comunicado da companhia.

Como remarcar as passagens 

Quem comprou passagens para voar durante as datas de suspensão receberá um voucher pelo valor do bilhete pago. O voucher será enviado nos próximos 15 dias e terá validade de um ano. Ele servirá para reagendar o voo a partir de 30 de abril.

A Flybondi informa que devido ao fluxo de consultas nos seus canais de Serviço, todos os passageiros que têm seu voo programado para abril de 2020 terão prioridade.

Números Flybondi

A Flybondi opera em 24 rotas (18 nacionais e 6 internacionais) que conectam 20 destinos. A companhia transportou em dois anos mais de 2,7 milhões de passageiros. Destes, 540 mil viajaram pela primeira vez de avião.

Frase…

“Esta pandemia tem gerado uma crise mundial e, nós da Flybondi, sabemos que é tempo de atuar mais que nunca para o bem da sociedade. A prioridade agora é cuidar da população em geral, que é o que temos de mais importante: nossas famílias, nossos empregados e nossos passageiros. Não é fácil para uma companhia aérea suspender a operação, mas em função das medidas adotadas em nosso país, temos o compromisso e a responsabilidade de contribuir e nos proteger para voltarmos ainda mais fortalecidos quando houver condições”

Sebastián Pereira, CEO da Flybondi

Gol suspende todos os voos internacionais até 30 de junho por causa do avanço coronavírus

Segundo a companhia, a suspensão é para é para a companhia se adequar ao novo cenário de demandas por transporte aéreo, dado o advento do coronavírus.

A partir de segunda-feira (23/03) todos os voos internacionais da Gol serão suspensos. As operações serão suspensas até 30 de junho, como forma de garantir a segurança dos seus passageiros e colaboradores.

Segundo a Gol, a suspensão é para é para a companhia se adequar ao novo cenário de demandas por transporte aéreo, dado o advento do coronavírus (covid-19) em nível global.

“Somado a isso, está acatando as restrições de viagem impostas pelas autoridades dos países nos quais opera, na América do Sul, na América Central e no Caribe, além de recomendações das autoridades dos Estados Unidos”, diz nota da companhia.

Os voos domésticos terão redução de 50% a 60% de sua malha aérea. “Trata-se de um processo mais flexível e paulatino, que visa oferecer aos seus Clientes a possibilidade de replanejar suas viagens com comodidade. No total, entre operações nacionais e internacionais, a companhia espera diminuir entre 60% e 70% suas operações até meados de junho”, diz outro trecho do comunicado da companhia,

Desde o surgimento do covid-19, a Gol acompanha de perto as recomendações dos órgãos responsáveis não só com relação à saúde e bem-estar de quem a escolhe para voar, mas também ligadas à flexibilização das políticas de remarcação e cancelamento de viagens nacionais e internacionais, em seus voos próprios ou realizados em conexão com as companhias parceiras.

Confira os voos que serão suspensos

Argentina

Galeão (GIG)-Córdoba (COR): voo 7613 – última operação – 22/3.

Galeão (GIG)-Rosário (ROS): voo 7617 – última operação – 22/3.

Galeão (GIG)-Ezeiza (EZE): última operação 20/3.

Guarulhos (GRU)-Ezeiza (EZE): última operação 21/3.

Guarulhos (GRU)-Mendoza (MDZ): última operação 19/3.

Recife (REC)-Ezeiza (EZE): última operação 14/3.

Natal (NAT)-Ezeiza (EZE): última operação 16/3.

Salvador (SSA)-Ezeiza (EZE): última operação 14/3.

Fortaleza (FOR)-Ezeiza (EZE): última operação 14/3.

Bolívia

(Guarulhos) GRU-Santa Cruz de La Sierra (VVI): última operação 19/3.

Chile

Guarulhos (GRU)-Santiago (SCL): diurno (voos 7660 e 7663): última operação 20/3.

Guarulhos (GRU)-Santiago (SCL): voo 7662 – última operação 20/3; e voo 7661 (SCL-GRU) – última operação 21/3.

Santiago (SCL)-Guarulhos (GRU): última operação 21/3.

Recife (REC)-Santiago (SCL): última operação 14/3.

Equador

Guarulhos (GRU)-Quito (UIO): última operação 15/3.

Estados Unidos

Brasília (BSB)-Orlando (MCO): última operação 20/3.

Fortaleza (FOR)-Orlando (MCO): última operação 20/3.

Manaus (MAO)-Orlando (MCO): última operação 14/3.

Brasília (BSB)-Miami (MIA): última operação 19/3.

México

Brasília (BSB)-Cancún (CUN): última operação 20/3.

Paraguai

Assunção (ASU)-Guarulhos (GRU): última operação 20/3.

Peru

Guarulhos (GRU)-Lima (LIM): última operação 15/3.

República Dominicana

Guarulhos (GRU)-Punta Cana (PUJ): última operação 21/3.

Suriname

Belém (BEL)-Paramaribo (PBM): última operação 07/3.

Uruguai

Recife (REC)-Montevidéu (MVD): última operação 21/3.

Guarulhos (GRU)-Montevidéu (MVD): voo 7632 – última operação 20/03; e voo 7727 – última operação 21/3.

Guarulhos (GRU)-Montevidéu (MVD): voos 7630 e 7631 – última operação 21/3.

Galeão (GIG)-Montevidéu (MVD): última operação 19/3.

Sete promoções de passagens internacionais incríveis; bilhetes de ida e volta para os EUA por R$ 1.580

Do Rio de Janeiro para Santiago a Aerolineas está vendendo os bilhetes de ida e volta por R$ 1.162, valor com todas as taxas já somadas.

Uma ótima oportunidade para você realizar uma viagem internacional.  Nos voos diretos de Recife para Fort Lauderdale (próximo a Miami) a Azul está vendendo os bilhetes de ida e volta por apenas R$ 1.580. A Lufthansa está vendendo passagens de ida e volta nos voos sem escalas de Guarulhos (SP) para Munique, na Alemanha, por apenas R$ 1.936, valor com todas já somadas. Além desta promoção, a nossa equipe preparou uma lista com mais seis ofertas de passagens internacionais por preços incríveis.

Os outros destaques são as passagens de ida e volta de Curitiba para Buenos Aires por R$ 1,135 em voo direto da Aerolíneas Argentinas. Essa mesma companhia está também as passagens de ida e volta de São Paulo para Córdoba por apenas R$ 1.069. Prefere o Chile? Do Rio de Janeiro para Santiago a Aerolineas está vendendo os bilhetes de ida e volta por R$ 1.162.

Garanta aqui as passagens de Recife para Miami por R$ 1580

Regras da promoção

Todos as passagens desta promoção estão com todas as taxas inclusas e ainda você pode parcelar os valores em 12 vezes sem juros. Os menores preços são para viagens nos meses de setembro, outubro e novembro deste ano, exceto nos feriados. Garanta logo a sua viagem! São poucos assentos promocionais.

Todas as passagens da lista abaixo são de ida e volta e estão com taxas incluídas

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte negocia novos voos internacionais; veja quais com exclusividade

Atualmente 70% dos passageiros da Azul para Buenos Aires são de outras cidades, o que mostra a importância de Minas Gerais como centro de distribuição de rotas nacionais e internacionais.

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (Confins) está negociando com as companhias aéreas novos voos para Fort Lauderdale (EUA), Córdoba (Argentina), Santiago (Chile) e um destino para a Europa. Atualmente Confins tem voos internacionais para Lisboa (TAP), Cidade do Panamá (Copa Airlines) Buenos Aires e Orlando (Azul).

Ampliado para receber 22 milhões de passageiros por ano, Confins opera com a metade de sua capacidade, cerca de 11 milhões anuais. Atualmente, as companhias aéreas oferecem voos regulares a partir do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte para 46 destinos, incluindo quatro internacionais e a expectativa é que o número de voos seja ampliado até o final deste ano.

Segundo o gestor de Planejamento e Desenvolvimento de Rotas da BH Airport, Geovane Medina, os estudos de mercado mostram que há espaço para novas rotas internacionais. Confins suporta, por exemplo, três voos semanais para Santiago. Uma das companhias que poderá lançar voos em Confins é a companhia de baixo custo, a chilena Sky.

Neste mês de julho a Sky está operando com voos fretados para Santiago através da SNOW Operadora, de Belo Horizonte. Serão três voos até o dia 27 de julho deste ano. A Sky oferece frequências sem escalas para Santiago partindo de Guarulhos e do Galeão com o A320neo com 174 assentos.

Air Europa em negociação

A Azul estuda lançar mais um voo para os Estados Unidos, provavelmente Fort Lauderdale. A Aerolíneas Argentinas, que operou a rota Confins/Buenos Aires, estuda a possibilidade de ligar Minas Gerais a Córdoba. Há ainda conversas com outras companhias de uma rota de Confins para a Europa. A companhia Air Europa é uma das candidatas de estrear em Confins.

Muitos mineiros que compram pacotes de viagens para Lisboa viajam pela TAP em voo direto que decola de Confins. Geovane Medina afirma que atualmente 70% dos passageiros da Azul para Buenos Aires são de outras cidades, o que mostra a importância de Minas Gerais como centro de distribuição de rotas nacionais e internacionais. “Muitos passageiros preferem viajar para Buenos Aires via Confins embarcando em Congonhas ou no Santos Dumont”, disse o gestor.

Atualmente o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte tem capacidade para receber 60 aeronaves ao mesmo tempo, mas não chega a usar a metade de seu potencial. São 27 finger (pontes de embarques), além de 33 posições remotas. Graças a essa estrutura e planejamento. Confins tem a conexão doméstica mais rápida do Brasil, cerca de 25 minutos.

Azul lidera em voos

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte é o segundo maior hub (centro de distribuição de voos) da Azul. De acordo com Geovane Medina, 55% dos voos de Confins são oferecidos pela Azul e o restante pela LATAM e Gol. A Azul vai aumentar o número de frequências para Salvador (BA) e Rio de Janeiro (Aeroporto Santos Dumont) Montes Claros (MG) e Ipatinga (MG).  Com mais voos, Confins ajuda no crescimento do mercado de aluguel de carro, principalmente para os turistas que viajam para conhecer as cidades históricas.

A companhia Azul vai trocar a aeronave que faz a rota entre Belo Horizonte e Vitória da Conquista, na Bahia, para o jato Embraer 195, que ampliou o número de assentos disponíveis para os passageiros. Em outubro a Azul começa a oferecer cinco voos por semana de Confins para Florianópolis. A companhia estuda ainda lançar um voo direto de Confins para Maceió.

Frase….

“O aumento do número de destinos e frequências a partir do Aeroporto pode ser atribuído ao trabalho que vem sendo desenvolvido pela BH Airport, em parceria com as companhias aéreas. A ampliação desta conectividade em Belo Horizonte é o que ajuda a fomentar também a criação de novas rotas, inclusive internacionais”

Geovane Medina- Gestor de Planejamento e Desenvolvimento de Rotas da BH Airport

Confira os 10 destinos internacionais preferidos pelos brasileiros para viagem nas férias de julho

Pesquisa realizada pela agência virtual de turismo ViajaNet mostra que Santiago, no Chile, é o destino internacional mais procurado pelos brasileiros que vão viajar de avião entre os dias 1 e 31 de julho de 2019. Segundo a pesquisa, a capital chilena registrou procura de 10,98% no volume de busca de passagens aéreas internacionais para o tradicional período de férias escolares. (Veja lista completa abaixo). 

Em segundo lugar  do ranking aparece a cidade de Buenos Aires (9,29%), seguida por Lisboa (6,37%). Na quarta e na quinta posições estão as cidades de Miami (5,68%) e Orlando (3,53%), ambas nos Estados Unidos. Se você pretende viajar para um destes destinos em julho, faça compre logo as passagens aéreas para garantir bons preços.

Preparamos uma lista com promoções para viagens nos meses de junho, julho e agosto deste ano saindo para Santiago e Buenos Aires saindo de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte. Se você está em outra cidade também pode encontrar descontos especiais. Basta fazer a pesquisa no link que se encontra no final.

Segundo o head of marketing do ViajaNet, Gustavo Mariotto, o mês de julho é um dos períodos com maior procura por passagens aéreas ao longo do ano. “Quem deseja aproveitar o período para conhecer novos lugares e fazer uma viagem para o exterior, pode garantir promoções para os países vizinhos do Brasil, ou mesmo para a Europa, e curtir as férias em grande estilo”, completa o executivo.

VEJA ABAIXO A LISTA COMPLETA

Ranking

Cidades

Procura

1

Santiago

10,98%

2

Buenos Aires

9,29%

3

Lisboa

6,37%

4

Miami

5,68%

5

Orlando

3,53%

6

Porto

3,46%

7

Londres

2,76%

8

Nova York

2,53%

9

Toronto

2,23%

10

Roma

2,07%

CONFIRA AS OFERTAS DE PASSAGENS DE IDA E VOLTA PARA SANTIAGO E BUENOS AIRES

Crise obriga Avianca Brasil suspender voos para Santiago, Miami e Nova Iorque

Das 50 aeronaves da frota da companhia, 12 serão devolvidas em plano de reestruturação da companhia que prevê  manutenção de todos os voos nacionais.

A Avianca Brasil suspendeu a venda das passagens de suas rotas para viagens a partir de 31 de março para Santiago, no Chile, e Miami e Nova Iorque, nos Estados Unidos. Todos os Airbus A330 que atualmente são usados nestes voos serão devolvidos. Em comunicado ao mercado, a empresa informou que entrará em contato com todos os clientes que compraram bilhetes para voos posteriores à data mencionada e os casos serão resolvidos individualmente. (Veja comunicado completo no final).

Atualmente a Avianca Brasil usa em seus voos nacionais e internacionais 50 aeronaves Airbus. Destas 12 serão devolvidas. A companhia garante que os demais 26 destinos nacionais estão preservados e que continua operando normalmente, com mais de 240 voos diários. A companhia é a quarta maior do Brasil.

Na 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, a Avianca Brasil conseguiu prorrogar a suspensão das ações de reintegração de posse que visam à apreensão ou à prática de demais atos de constrição de aeronaves e/ou motores nela até o próximo dia 1º de fevereiro deste ano.

Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, a empresa se comprometeu a apresentar até essa data proposta de pagamento das dívidas vencidas até 31 de janeiro e/ou devolução escalonada das aeronaves e motores.

Também se comprometeu a realizar os pagamentos das parcelas de leasing vincendas a partir de 1º de fevereiro, nas datas previstas em contratos. A audiência foi conduzida pelo juiz Tiago Henrique Papaterra Limongi.

COMUNICADO DA AVIANCA BRASIL

A Avianca Brasil informa que, para adequar sua operação à atual demanda de passageiros, irá descontinuar os voos diretos que partem de Guarulhos com destino a Santiago do Chile, Miami e Nova York, a partir de 31 de março de 2019.

A empresa segue focada em garantir a sustentabilidade do negócio e em manter a excelência do atendimento, que está em seu DNA. Reforça que todos os demais 26 destinos estão preservados e que continua operando normalmente, com mais de 240 voos diários. Ou seja, assim como em dezembro – mês em que foi a aérea com o menor percentual de voos cancelados do País – seguirá transportando em segurança milhares de passageiros até seus destinos.

A Avianca Brasil entrará em contato com todos os clientes que compraram bilhetes para voos posteriores à data mencionada e os casos serão resolvidos individualmente.

 

Confira os detalhes dos novos voos internacionais da LATAM em Florianópolis

Os voos de Florianópolis para Buenos Aires serão operados entre 1º de janeiro e 15 de fevereiro com o Airbus A-320 com 174 assentos.

Os turistas da América do Sul que lotam as praias do litoral de Santa Catarina terão mais opções de voos no verão de 2019. A LATAM iniciou a venda das passagens aéreas para novas operações internacionais. As principais novidades são as rotas Florianópolis-Buenos Aires e Florianópolis-Santiago, que serão operadas exclusivamente no primeiro trimestre do próximo ano.

Os voos da LATAM também vão facilitar as viagens dos turistas de Santa Catarina que preferem viajar para a América do Sul no início de 2019, período que é possível encontrar pousada barata, principalmente no Uruguai.

Isso porque no mesmo período, a LATAM também retomará a operação temporária da rota Florianópolis-Montevidéu. As pousadas em pousadas em Florianopolis já estão fazendo reservas para janeiro de 2019, período que a cidade fica lotada pelos turistas da América do Sul.

Florianópolis-Buenos Aires:

Os voos de Florianópolis para Buenos Aires serão operados entre 1º de janeiro e 15 de fevereiro. Diariamente um voo decolará de Florianópolis em horários alternados entre 16h20 e 18h55 (hora local) e pousará em Buenos Aires/Ezeiza em horários alternados entre 17h40 e 20h15 (hora local).

No sentido inverso, um voo decolará diariamente de Buenos Aires/Ezeiza em horários alternados entre 12h30 e 15h (hora local) e pousará em Florianópolis em horários alternados entre 15h50 e 18h10 (hora local). Nesta rota a compania vai usar o Airbus A320, com capacidade para 174 passageiros.

Florianópolis-Santiago:

Entre 1º de janeiro e 28 de fevereiro um voo decolará diariamente de Florianópolis por volta das 20h (hora local) e pousará em Santiago por volta das 23h30 (hora local), com exceção das sextas-feiras, quando decolará por volta das 12h (hora local) para pousar no destino por volta das 15h30 (hora local).

No mesmo período, um voo decolará diariamente de Santiago por volta das 15h (hora local) e pousará em Florianópolis por volta das 19h30 (hora local), com exceção das sextas-feiras, quando decolará por volta das 7h (hora local) para pousar no destino por volta das 11h (hora local). A operação da LATAM nesta rota será feita pelas aeronaves Airbus A320, com capacidade para 168 passageiros.

Florianópolis-Montevidéu:

Exclusivamente entre 1º de janeiro e 15 de fevereiro, o voo LA9458 decolará de Florianópolis às 16h30 (hora local) de sexta-feira e pousará em Montevidéu às 17h50 (hora local), e também decolará aos domingos às 17h05 (hora local) para pousar no destino às 18h25 (hora local).

No sentido inverso, o voo LA9459 decolará de Montevidéu às 12h20 (hora local) de sexta-feira e pousará em Florianópolis às 15h40 (hora local), e também decolará aos domingos às 12h35 (hora local) para pousar no destino às 15h55 (hora local). Nesta rota a LATAM também vai usar as aeronaves Airbus A320, com capacidade para 174 passageiros.

Confira quais documentos são necessários para o passageiro embarcar em voos internacionais

Em voos para Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Chile, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela, também é aceita a Carteira de Identidade.

Já imaginou comprar uma passagem para Orlando para curtir a Disney e no dia da viagem ser impedido de embarcar? Isso pode ocorrer por problemas na documentação. Para evitar essa dor de cabeça, preparamos um guia para sua viagem internacional.

São documentos de identificação de passageiros de nacionalidade brasileira o passaporte válido e os previstos no Decreto nº 5.978/2006.

Em voos para Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Chile, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela, também é aceita a Carteira de Identidade Civil (RG) emitida pelas Secretarias de Segurança Pública dos Estados ou do Distrito Federal.

Mais informações sobre documentos de identificação válidos para viagens internacionais, decorrentes de acordos ou outros atos internacionais, podem ser obtidas com as empresas aéreas, no Ministério das Relações Exteriores e no Departamento de Polícia Federal.

Em caso de furto, roubo ou extravio, deve ser retirado outro Passaporte. Se estiver em território estrangeiro, procure a embaixada do Brasil ou outra representação diplomática brasileira.

Quais são os documentos necessários para que uma criança ou adolescente faça uma viagem internacional?

Os documentos de identificação para viagens internacionais de crianças e adolescentes também são o passaporte brasileiro válido e os previstos no Decreto nº 5.978/2006.

Crianças e adolescentes acompanhadas dos pais ou responsáveis:

Devem observar as demais exigências do Estatuto da Criança e do Adolescente e do Conselho Nacional de Justiça e determinações da Vara da Infância e Juventude do local de embarque. Importante consultar orientações da Polícia Federal – DPF.

Crianças e adolescentes desacompanhados dos pais ou responsáveis:

Necessitam ainda de autorização judicial (além dos demais documentos), nos termos da Resolução nº 131 do Conselho Nacional de Justiça.

Em caso de furto, roubo ou extravio, deve ser retirado outro passaporte. Se estiver em território estrangeiro, procure a embaixada do Brasil ou outra representação diplomática brasileira.

Além desses documentos, devem ser observadas as disposições do Conselho Nacional de Justiça, as determinações da Vara da Infância e Juventude da localidade de embarque e as orientações do Departamento de Polícia Federal (DPF).

A outra dica é observar na hora de aproveitar as promoções passagens aéreas as regras da companhia que pretende viajar. Muitas vezes a multa para remarcar a data da viagem chega ser o dobro do valor que pagou pelo bilhete.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com