Empresário dos EUA compra a Flyways e já faz planos para retomar voos

Uma das primeiras providências do novo grupo será o de garantir a certificação da companhia na Anac, o que poderá demorar 220 dias.

A Flyways Linhas Aéreas, que deixou de operar desde outubro de 2016, acaba de ser comprada por um novo grupo liderado por Geoffrey John Hodgson, empresário dos Estados Unidos. Os outros sócios são os brasileiros Mauro Cesar KaniskiI Goginho e Carlos Alberto Mendes. (Veja documento abaixo). No dia 17 de março de 2018 a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) revogou o Certificado de Operador Aéreo (Coa), ou seja, a companhia ficou sem a concessão.


Leia mais

Flyways começa a vender passagens dos voos de Uberaba para Belo Horizonte

fly05

A Flyways Linhas Aéreas, que está sem operar desde 19 de junho deste ano, pretende retomar os seus voos no dia 10 de outubro, próxima segunda-feira. Inicialmente será oferecido um voo da Pampulha para Uberaba às segundas, quartas e sextas, e outro no sentido contrário.

O voo decola de Belo Horizonte às 6h30 e retorna ás 8 horas. Quem for viajar no mês de outubro encontra passagens por R$ 159 na ida ou volta. Ainda em outubro a Flyways pretende iniciar os voos da Pampulha para o Galeão (RJ). A companhia usa em seus voos o ATR-72, com 68 assentos.

A retomada das operações foi possível graças ao grupo Avemax, do Canadá, que decidiu investir na Flyways. O novo grupo vai incorporar à frota da Flyways os aviões da canadense Bombardier. A Avemax já investe na Amaszonas, empresa aera com sede na Bolívia e que também opera no Paraguai.

Um dos voos que a Flyways terá até novembro deste ano será de Belo Horizonte para o Rio de Janeiro (Santos Dumont). O novo grupo vai decidir se manterá as operações em Ipatinga (MG). O Grupo Avemax atua em leasing dos aviões Bombardier, principal concorrente da Embraer. Um dos aviões da canadense é o CRJ-200, além dos jatos de 98 lugares, modelo que a extinta Pluna usava em suas rotas a partir do Uruguai.

                                        PASSAGENS POR R$ 159 ENTRE BELO HORIZONTE E UBERABA

amanda04

ACESSE AQUI AS OFERTAS DA FLYWAYS

 

Azul começa a vender as passagens dos voos de Varginha. Tarifas a partir de R$ 159

A companhia Azul começou a vender as passagens dos voos diretos de Varginha, no sul de Minas Gerais, para Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As passagens promocionais estão sendo vendidas a partir de R$ 159,90 ou 5.000 pontos do TudoAzul. Serão ofertados pela Azul 400 voos por semana. Varginha estava sem voos comerciais desde março de 2014.

Os voos começam no dia 2 de março. Os ATR 72-600, de 70 assentos, serão usados nesta ta até o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte às segundas, quartas e sextas-feiras. A operação será matinal, com saída de Belo Horizonte às 9h17 e retorno às 10h45. No Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, os Clientes de Varginha terão acesso a mais de 55 destinos, entre eles: Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão), Uberaba, Uberlândia, São Paulo (Campinas, Guarulhos e Congonhas), Goiânia, Montes Claros, Salvador, Brasília, Vitória, Governador Valadares, Ipatinga, Recife, Vitória da Conquista, Teresina, Belém, Barreiras, Teixeira de Freitas, Ilhéus e Imperatriz.
As ligações de Varginha para a capital mineira ampliarão a forte presença da Azul no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte. No seu segundo maior hub, a companhia oferta mais de 90 voos diários. A operação entre a capital mineira e Varginha terá duração de aproximadamente uma hora. Via terrestre, o trajeto pode levar mais de quatro horas.
Com aproximadamente 120 mil habitantes, Varginha está a pouco mais de 300 quilômetros de Belo Horizonte e é uma das cidades mais importantes do sul mineiro. O novo destino da Azul tem especial relevância na cafeicultura – é a segunda maior praça do produto no Brasil –, além de ter grande força na indústria e comércio, o que a torna um polo regional.
A cidade também carrega uma curiosidade que recebeu atenção mundial: em janeiro de 1996 foi registrado o aparecimento de uma criatura humanoide, que atraiu a atenção de ufólogos, autoridades e curiosos.


HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com