Passaredo garante voos em Minas Gerais mesmo com desistência de venda para Grupo Itapemirim

 

Companhia vai manter os voos nas cidades de Ipatinga, Governador Valadares e Uberaba que serão iniciados no dia 16 de outubro deste ano.

 

Caiu como uma “bomba” o comunicado da Passaredo informando a anulação do processo de transferência do controle acionário para o Grupo Itapemirim. As negociações foram iniciadas em 3 de julho deste ano.  A Passaredo não divulgou detalhes do motivo da anulação do negócio. (Veja nota abaixo).

[expander_maker id=”1″ more=”Leia mais” less=”Recolher”]

O grupo Itapemirim pretendia aumentar de sete para 20 o número de aeronaves da Passaredo até o final de 2018. Mesmo com a desistência do negócio, a Passaredo vai manter os voos previstos para serem iniciados em 16 de outubro.

A Passaredo já está vendendo as passagens dos voos sem escalas de Belo Horizonte (Pampulha) para Governador Valadares, Ipatinga e Uberaba. A cidade de Ipatinga vai ganhar um voo sem escalas de Ipatinga para Guarulhos.  Nestas cidades a Azul oferece voos para o Aeroporto de Confins, na Grande Belo Horizonte.

                                                           NOTA DA PASSAREDO

NOTA DO GRUPO ITAPEMIRIM

Sobre a notícia de desfazimento do negócio firmado com a Passaredo Linhas Aéreas S/A, Sidnei Piva de Jesus e Camila de Souza Valdívia tem a esclarecer o seguinte:

O negócio firmado, em caráter preliminar, objetivava a aquisição da totalidade do controle acionário da Passaredo Linhas Aéreas S/A e, como noticiado na imprensa, pressupunha o atendimento de condições precedentes estabelecidas por ambas as partes.

Consensualmente, concordaram as partes contratantes que as condições apuradas até a presente data não contemplavam os seus respectivos interesses e, como consectário lógico do contrato preliminar, optaram pelo encerramento das tratativas com a condução do negócio Passaredo Linhas Aéreas S/A pelos seus acionistas.

Cordialmente,

Sidnei Piva de Jesus e Camila de Souza Valdívia

 

 

[/expander_maker]

Exclusivo! Passaredo é vendida para o grupo Itapemirim e vai mudar de nome

passaredo_-_atr_70-600_20-1024x417-1024x417
Além da mudança do nome, novo grupo pretende investir em novas rotas regionais. Transição deverá durar 60 dias.

Em 60 dias o grupo Itapemirim pretende assumir toda a gestão da Passaredo, com sede em Ribeirão Preto (SP), e quinta maior companhia do Brasil. O grupo decidiu que o nome Passaredo deixa de existir. Vai ser chamar Itapemirim A informação é de Sidnei Piva, um dos sócios da empresa.

A cor amarela, estampada nas aeronaves da Passaredo, e que faz parte da logomarca dos ônibus da Itapemirim, será mantida em todos os aviões e uniformes da tripulação. Fundada em 1995, a Passaredo tem 700 funcionários.

A ampliação do transporte de cargas, fazendo a integração com as linhas de ônibus da Itapemirim, e novas rotas regionais, estão nos planos do novo grupo. O novo grupo pretende lançar voos em Vitória ainda neste ano. o Aeroporto da Serrinha, em juiz de Fora, que está sem voos comerciais, também poderá receber voos. No ano passado a companhia transportou 800 mil passageiros.

Com sede em Ribeirão Preto, a Passaredo usa em sua frota seis aviões ATR-72, com 70 assentos. Atualmente a companhia está com apenas seis aeronaves, mas chegou a ter uma frota de 13. Entre as capitais a Passaredo opera em Belo Horizonte (Pampulha), Rio de Janeiro (Santos Dumont), Brasília, Curitiba, Goiânia, Palmas e Salvador.

O que achou desta notícia? Teremos tarifas mais baratas? Deixe aqui a sua opinião

 

VAI VIAJAR DE AVIÃO? GARANTA ECONOMIA DE ATÉ 80% NAS PASSAGENS DE AVIÃO

970-x-90

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com