Aeroporto de Montes Claros será ampliado e número de passageiros por ano pode chegar a 1,5 milhão

O projeto prevê ainda que as áreas de circulação e de disposição dos carrinhos de bagagem serão reformuladas e o terminal receberá um espaço para a instalação de balcões.

O Aeroporto de Montes Claros/Mário Ribeiro (MG). receberá investimento de R$ 5 milhões em obra de reforma, ampliação e modernização do terminal de passageiros. A Infraero vai abrir no próximo dia 6/11, a licitação para a contratação de empresa para o desenvolvimento dos projetos básicos e executivos. Atualmente somente e Gol e Azul operam em Montes Claros. As obras vão permitir a entrada de mais empresas aéreas no aeroporto.

O projeto executivo das obras está sendo desenvolvido pela Infraero. O espaço físico do terminal será ampliado em 153%, passando de 733 m² para 1.857,61 m². Com isso, a capacidade de operação do Aeroporto passará dos atuais 800 mil para 1,5 milhão passageiros por ano. Segundo a Infraero, a sala de embarque terá um aumento de área de 458%. Serão criados novos espaços, instalados novos assentos e os sanitários serão ampliados. Já a sala de desembarque terá área ampliada em 66%.

O projeto prevê ainda que as áreas de circulação e de disposição dos carrinhos de bagagem serão reformuladas e o terminal receberá um espaço para a instalação de balcões de apoio às companhias aéreas. A área de check-in, que será ampliada em 90%, ganhará dois novos balcões, além de totens de autoatendimento das companhias aéreas, bem como um conjunto de balança e esteira injetora por balcão.

Além disso, o saguão de passageiros, que terá área 114% maior do que o atual, ganhará espaços distintos e adequados para circulação e formação de filas e uma porta de acesso exclusiva para o desembarque.  As obras estão previstas  para o início do primeiro semestre de 2020. A conclusão está prevista para o segundo semestre de 2021. O prazo para execução dos serviços, a partir da emissão da ordem de serviço, é de 19 meses.

Com 38 anos de operações, o Aeroporto de Montes Claros é o único da região Norte de Minas Gerais com voos comerciais, sendo fundamental para o deslocamento de passageiros, já que o local abriga universidades e o polo industrial do estado, atraindo principalmente executivos, empresários, professores e universitários.

O terminal opera diariamente das 5h à 1h, e conta com seis voos diários das companhias Azul Linhas Aéreas Brasileiras e Gol Linhas Aéreas. Esses voos interligam Montes Claros a Confins (MG) e Guarulhos (SP), além de conexões, a partir da capital mineira.

Acesse aqui mais informações sobre o processo licitatório.

Faça aqui a sua cotação e garanta passagens aéreas com descontos especiais

Gol e LATAM suspendem a venda das passagens de todos os voos do Santos Dumont

A pista do aeroporto localizado no centro do Rio de Janeiro passou por uma manutenção semelhante em 2009.

As companhias Gol e LATAM suspenderam a venda das passagens de todos os voos do Aeroporto Santos Dumont, localizado no Rio de Janeiro. O motivo é que entre os dias 24 de agosto e 21 de setembro deste ano a pista principal do aeroporto será fechada para obras de manutenção. AAzul ainda anda não divulgou como as operações no aeroporto localizado no centro do Rio de Janeiro e ainda está  vendendo as passagens.

Os passageiros da LATAM e da Gol que compraram as passagens para partida e chegada pelo Santos Dumont poderão viajar pelo Galeão, aeroporto que receberá todas as rotas das duas companhias no período das obras. Gol e LATAM já estão entrando em contato com os passageiros para informar sobre as mudanças.

Segundo a Infraero, o início dos trabalhos, que estava previsto para 12 de agosto, foi alterado para que a Infraero pudesse realizar adequações na pista auxiliar. Essa foi uma exigência da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para liberar a operação de aeronaves comerciais turbojato no terminal carioca durante o período de fechamento da pista principal.

Ainda segundo a Infraero, a decisão de manter as obras entre os meses de agosto e setembro também observa questões meteorológicas. Considerando a baixa incidência de chuvas na capital carioca entre esses meses, a probabilidade de interrupções nas obras da pista também é reduzida. Desde o início do ano, todo o escopo de planejamento da obra tem sido discutido com as companhias aéreas que operam no terminal.

Durante as obras a pista auxiliar está homologada para operar aeronaves até a categoria 3C. São aeronaves deste tipo os jatos da Embraer E-190, Airbus A318 e Boeing 737-700. A LATAM e Gol que possuem algumas as aeronaves autorizadas a pousar no Santos Dumont, mas mesmo assim decidiu transferir as operações para o Galeão. Para dar mais segurança na pista auxiliar a Infraero realizou a reforma da cabeceira e implantou  o sistema indicador de rampa (Precision Approach Path Indicator – PAPI).

A pista do Aeroporto Santos Dumont passou por uma manutenção semelhante em 2009. À época, o Santos Dumont seguiu operando normalmente, também por meio da pista auxiliar. A expectativa dessa obra é que também tenha uma durabilidade de cerca de 10 anos, até uma nova manutenção.

Nota da LATAM

A LATAM Airlines Brasil recomenda atenção ao horário dos voos com origem ou destino ao aeroporto Santos Dumont (Rio de Janeiro). Segundo documento emitido pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) em 12 de julho de 2019, a pista principal do aeroporto passará por obras e estará totalmente interditada de 24 de agosto a 21 de setembro de 2019.

Para garantir a segurança de suas operações durante o período das obras, a LATAM precisou transferir temporariamente todas as suas operações do Santos Dumont (Rio de Janeiro) para o  RIOgaleão – Aeroporto Internacional Tom Jobim. Os voos transferidos sofrem pequenos ajustes nos horários de decolagem. 

A venda de passagens aéreas para o aeroporto está suspensa pela LATAM para voos no período de obras.

A companhia lamenta os possíveis inconvenientes que esta situação, alheia à sua vontade, possa causar. Os passageiros afetados pela suspensão estão sendo comunicados pela companhia sobre a alteração do aeroporto de embarque e podem efetuar a remarcação ou reembolso integral de seus bilhetes sem custo adicional, caso desejem.

Em caso de dúvidas, o cliente pode entrar em contato com a Central de Vendas, Informações, Fidelidade e Serviços (4002-5700 nas capitais ou 0300-570- 5700 nas demais localidades do Brasil) ou procurar uma loja da companhia.

A companhia reforça ainda que não mediu esforços junto às autoridades para mitigar os impactos aos seus passageiros e garantir a segurança de suas operações durante o período de obras no Santos Dumont (Rio de Janeiro). 

Quer economizar na compra das passagens aéreas? Faça aqui a sua cotação

Companhias LATAM e Gol vão cancelar 164 voos durante as obras no Aeroporto de Natal

natal2
Companhias aéreas estão isentando os passageiros sem cobrança de taxas. A LATAM é a mais afetada: terá 94 voos suspensos e 67 remanejados.

Em função das obras na pista do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Natal (RN), que serão realizadas diariamente das 17h às 5h, entre 11 de setembro e 10 de outubro deste ano, serão cancelados 164 voos da companhias LATAM e Gol. Outros 179 voos das duas empresas tiveram que ser remanejados neste período. Confira abaixo posição das companhias Azul, Gol, LATAM e Avianca sobre os voos.

Segundo a Inframérica, que gerencia o aeroporto, os voos internacionais que serão suspensos no período serão atendidos por voos domésticos que conectarão os passageiros a outras regiões do país, sem perda na movimentação turística para o estado. Na 2ª quinzena de outubro a companhia TAP já divulgou que irá retomar os voos suspensos durante as obras e incluirá mais uma frequência semanal, uma ótima notícia para o turismo da região.  Confira abaixo posição das companhias.

LATAM

Para esse período, a companhia precisou promover os seguintes remanejamentos: 94 voos cancelados e 67 voos com horário alterado. Segundo a LATAM, os passageiros que adquiriram diretamente com a LATAM passagens aéreas para os voos remanejados já estão sendo informados sobre as mudanças. Em paralelo, a companhia também está comunicando as alterações às agências de viagens – mitigando, desta forma, possíveis transtornos aos passageiros que adquiriam seus bilhetes aéreos por meio de canais indiretos de venda.

Os passageiros com voos afetados por essa situação podem optar por uma das alternativas oferecidas pela companhia:

• Antecipar em até 7 dias ou postergar em até 15 dias o voo, sem cobrança de multas ou diferença de tarifas. Para antecipar para além dos 7 dias ou postergar para além dos 15 dias, não haverá cobrança de multa, porém paga-se a diferença da tarifa;

• Realizar uma mudança de rota sem cobrança de multas, sujeito às diferenças tarifárias aplicáveis e políticas de reemissão vigentes, dentro do período de validade do bilhete;

• Solicitar o reembolso do bilhete, dentro do período de validade, sem cobrança de multas.

Os passageiros que queiram reprogramar a sua viagem podem realizar este procedimento diretamente em latam.com.

GOL

No período de 11 de setembro a 10 de outubro (no horário das 17h às 5h) , a Gol reorganizou sua malha para atender os clientes que viajam de e para este terminal nestas datas.  Serão 70 cancelamentos e 112 remanejamentos.

Os passageiros com viagem programada para este período de obras podem consultar a situação de seus voos no site (www.voegol.com.br). Os passageiros podem entrar em contato com a Central de Atendimento, pelo telefone 0300 115 2121.

AVIANCA

A Avianca Brasil informa que, devido às obras na pista principal do Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em Natal, alterou a programação dos voos 6350 (São Paulo/Guarulhos-Natal) e 6353 (Natal-São Paulo/Guarulhos) entre os dias 11 de setembro e 10 de outubro de 2017. A companhia está contatando os clientes com passagens compradas, para comunicar sobre a mudança.

A empresa isentará de taxa de remarcação os que optarem por modificar suas reservas. A Central de Vendas da companhia também está à disposição pelos telefones: 4004-4040 (São Paulo e principais capitais) ou 0300-789-8160 (demais localidades).

AZUL

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras informa que, devido às obras no Aeroporto de Natal entre os dias 11 de setembro e 10 de outubro, alguns voos da companhia sofrerão ajustes de horário e inclusões de frequência. As modificações estão listadas abaixo.

Natal-Recife:

Aumento de 8 para 10  voos semanais, em horários diferentes, distribuídos ao longo do horário diurno.

Natal-Fernando de Noronha:

Mantém-se o número de dois voos semanais com ajuste de horário no retorno (FEN-NAT)

Natal-Confins:

Mantém-se o número de três voos semanais com ajuste de horário em um dos voos de retorno (NAT- CNF).

Compre e economize até 80% na MaxMilhas 

300x600

Hotel Nacional do Rio será inaugurado antes das Olimpíadas 2016

A rede Meliá Hotels International anunciou a abertura do seu primeiro hotel no Rio de Janeiro antes das Olimpíadas de 2016. O Gran Meliá Nacional Rio é fruto da renovação do edifício que já foi ocupado pelo Hotel Nacional, uma obra-prima de Oscar Niemeyer e que está fechado há várias décadas. Instalado em São Conrado, o desafio da Meliá Hotels Internacional é retomar o esplendor do passado e reposicionar o hotel, cujo edifício foi declarado Patrimônio Histórico.

Inaugurado em 1972, o Hotel Nacional disputava com os com o Copacabana Palace a preferência dos artistas. Através do luxo requintado da marca Gran Meliá, a rede pretende reposicionar este espaço que foi marco do apogeu hoteleiro do Rio, tendo recebido no passado grandes personalidades como Liza Minelli, BB King e James Brown, além de ter sido anfitrião do Festival de Cinema do Rio. 
As instalações estão sendo renovadas para acomodar 417 quartos de 33 a 300 metros quadrados, incluindo 2 suítes presidenciais e 50 suítes executivas e de luxo. Os hóspedes poderão usufruir de um restaurante com gastronomia de vanguarda e bares no lobby e no terraço da cobertura. Aliás, o terraço é um espetáculo à parte, com vista de 360 graus para o Rio de Janeiro e para a baía de São Conrado.
O hotel ocupa uma área de 125 mil metros quadrados de espaços interiores e ao ar livre, que contará com numerosas obras de arte. O Centro de Convenções e Eventos de 12 mil metros quadrados terá capacidade para acolher mais de 4 mil pessoas. A sua localização privilegiada, perto da praia do luxuoso bairro de São Conrado e de fácil acesso aos aeroportos do Rio de Janeiro, tornam este hotel perfeito para viajantes de lazer ou negócios. O Gran Meliá Nacional Rio será ainda um dos hotéis oficiais das Olimpíadas 2016.
A REDE NO BRASIL
A aliança entre a Meliá Hotels International e o Grupo HN Participações e Empreendimentos Ltda, liderado pelo empresário Marcelo Gonçalves Limírio, terá um investimento de 100 milhões de euros, garantindo a viabilidade e o sucesso deste grande projeto. O resort urbano visa atender a turismo internacional e doméstico, assim como se tornar um novo epicentro para os residentes do Rio de Janeiro.
A Meliá Hotels International está presente há 23 anos no Brasil, onde opera 17 hotéis e está desenvolvendo outros 3, que abrirão até 2018. O Gran Meliá Nacional Rio será, sem dúvida, o hotel mais luxuoso da empresa no país, no qual a companhia se posicionou com uma das empresas mais admiradas e com melhor reputação no setor.



Azul adia para 4 de maio os voos em Divinópolis. Companhia nega falta de aeronave.

O início dos voos da Azul em Divinópolis, no Centro-Oeste de
Minas, foi adiado para 4 de maio. É a quinta vez que a companhia adia o início
das operações na cidade. Em nota a companhia negou que o motivo tenha sido
causado por falta de aeronave, conforme informação dada pelo secretário de
Desenvolvimento Econômico de Divinópolis, Paulo César dos Santos ao
portal G1.

Segundo o secretário, a empresa Azul está com aeronaves em
manutenção e voltará a operar em abril, motivo de da Azul ter apresentado um
novo prazo à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Já a Azul alega que o
adiamento foi provocado pelas adequações no Aeroporto de Divinópolis. Na semana
que vem a empresa Socicam, que vai gerenciar o terminal, deve iniciar a
montagem da estrutura, inclusive levando para a cidade um caminhão de combate a
incêndio.

A companhia Azul pretendia iniciar no início de abril um voo
diário de Divinópolis para Campinas. Nesta rota a companhia vai usar o ATR-72
com 70 assentos. Neste ano a Prefeitura de Divinópolis, responsável pelo
aeroporto, concluiu a construção de uma nova sala de embarque e desembarque.
TELEFONE DO AEROPORTO DIVINÓPOLIS: 37-3222-7601

Voos diretos da companhia Azul de Divinópolis para Campinas serão iniciados em 2 de fevereiro

Os
voos da Azul em Divinópolis, na Região Centro-Oeste de Minas, serão
iniciados no dia 2 de fevereiro de 2015. A companhia vai oferecer um
horário para Campinas, principal centro de distribuição de voos da
Azul. A nova frequência já está sendo analisada pela Agência
Nacional de Aviação Civil (Anac). A venda das passagens deve
começar nos próximos dias. Os voos serão operados pelo ATR-72, com
70 lugares. A Azul oferece ônibus de graça de Campinas para a
capital paulista a cada meia hora.

A
intenção da Azul era iniciar os voos em novembro deste ano, mas a
companhia foi obrigada a adiar os seus planos por causa do atraso nas obras
no Aeroporto de Divinópolis, localizado a 3 quilômetros da cidade.
A conclusão das obras está prevista para 20 de dezembro. Técnicos
da Anac farão uma nova vistoria no terminal, última etapa para a
aprovação dos voos.
O
terminal ganhou sala de desembarque e de embarque. Por exigência da
Anac, as duas salas tiveram que ser separadas. Também foi construído
área de check-ín. Uma empresa privada que oferece bombeiros civis
foi contratada. Equipamentos de combater a incêndio, entre eles um
caminhão, serão fornecidos pela empresa. O aeroporto também ganhou
uma sala e um rádio para facilitar a comunicação com as aeronaves,
além de um aparelho de raio x e um detector de metal.

                    CONFIRA OS HORÁRIOS DOS VOOS

Origem
Saída
Destino
Chegada
Frequência
Campinas
12h40
Divinópolis
14h10
Domingo a sexta
Divinópolis
14h35
Campinas
16h05
Domingo a sexta

As obras foram determinadas pela Anac
Sala de embarque já está quase pronta

TELEFONE DO AEROPORTO DE DIVINÓPOLIS: 37-3222-7601

Atraso nas obras no Aeroporto de Divinópolis obriga a companhia Azul adiar voos na cidade para janeiro de 2015

Os voos da a companhia Azul em Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas, não serão iniciados em 6 de novembro deste ano, conforme estava previsto. Os voos diretos para Campinas deverão ser iniciados somente em janeiro de 2015. Para que as operações da Azul sejam iniciadas em Divinópolis, a Prefeitura, responsável pelo aeroporto, terá que realizar obras para atender a uma série de exigências do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). 

Um caminhão de combate a incêndio e uma equipe de bombeiros civis e militares são algumas das exigências feitas pelos órgãos de aviação. Na sala de embarque, a Prefeitura de Divinópolis terá que instalar um detector de metal, ar condicionado e um sistema de rádio. O aeroporto da maior cidade do Centro-Oeste de Minas já recebeu voos da Air Minas e da Rio Sul. 
A pista do Aeroporto de Divinópolis tem 1.560 metros de extensão, suficiente para os pousos e decolagens do ATR-72 da Azul, com 70 lugares. Os técnicos do CENIPA e da Anac farão uma nova vistoria assim que as adequações forem feitas. As obras na sala de embarque ainda não foram iniciadas. Elas vão durar dois meses. 
Telefone Aeroporto Divinópolis: 37-3222-7601

Gol suspende vendas de passagens para viagem a partir de outubro para duas cidades do Acre

Quem for viajar pela Gol a partir de 1º de outubro para o
Acre não está conseguindo comprar passagem. O motivo é que o aeroporto de Rio
Branco ficará fechado das 8 as 22 horas de outubro a dezembro deste ano para
realização de obras na pista. Os voos de Rio Branco para Cruzeiro do Sul, e no
sentido contrário, são no início da tarde, motivo da suspensão das vendas pela
Gol. Em Cruzeiro do Sul, que fica a 600 quilômetros de Rio Branco, só tem voos
da Gol.

A venda das passagens da TAM e Azul não foi suspensa. No
período das obras os voos das companhias serão depois das 23 horas. A Gol
poderá mudar o voo para Cruzeiro do Sul. Ele poderá ser direto com Porto Velho
(RO).  O voo de Rio Branco poderá ser
depois das 23 horas vindo direto de Brasília, como já acontece.
No site da Gol é possível comprar passagem de Rio Branco
para Cruzeiro do Sul a partir de 16 de dezembro deste ano, quando as obras já
estarão concluídas. Neste fim de semana a Gol incluiu Cruzeiro do Sul na
promoção “Destino Surpresa” do Smiles.  A
viagem seria para os meses de outubro e novembro. Com isso, ninguém conseguiu
emitir passagem com as milhas reduzidas. Isso mostra total falta de integração
entre Smiles e a Gol, empresas do mesmo grupo.
                        Gol incluiu Cruzeiro do Sul na promoção mesmo sem os voos para a cidade
SERVIÇO
AEROPORTO RIO BRANCO: 68-3211-1126
AEROPORTO CRUZEIRO DO SUL: 68-3311-1900

 GOL NO AEROPORTO
CRUZEIRO DO SUL: 68-3322-4544

Obras no Aeroporto de Campo Grande mudam horários de voos aos sábados e domingos

A pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de Campo Grande ficará fechada de domingo a sábado das 21 as 7 horas para as obras de recapeamento e execução de grooving (ranhuras feitas no asfalto para escoamento da água da chuva). Nessa faixa de horário seis chegadas e seis partidas terão seus horários alterados. A estimativa é que a pista seja completamente liberada em outubro. Ao todo, R$ 13,1 milhões serão investidos na obra.

As companhias aéreas readequaram seus voos que operam nesse horário. Até o momento, seis chegadas e seis partidas tiveram seus horários alterados de acordo com planejamento e as necessidades das próprias empresas. A Infraero orienta os passageiros que tenham voo marcado a partir de 4/8 que entrem em contato com as empresas para confirmar a programação de sua viagem.

      Confira os voos alterados

      Avianca: duas chegadas e duas partidas
      Azul: duas chegadas e duas partidas
      Gol: uma chegada e uma partida
      TAM: uma chegada e uma partida

Balcão de Informações da Infraero: (67) 3368-6000

Grupo que vai administrar Confins terá que cumprir 32 indicadores de qualidade


A presidenta Dilma Rousseff  (PT) assinou nesta segunda-feira (7) contrato de concessão do Aeroporto de Confins com a empresa BH Airport, consórcio formado pelo Grupo CCR, pelas operadoras Flughafen München e Flughafen Zürich AG e pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).


O grupo venceu o leilão com uma oferta de R$ 1,82 bilhão. O contrato de concessão prevê melhorias no aeroporto, entre elas a construção de um novo terminal de passageiros e a ampliação do pátio de aeronaves. O aeroporto mineiro é o quinto maior do país e movimenta cerca de 10 milhões de passageiros por ano.
 
O consórcio Aerobrasil vai administrar o aeroporto de Confins (RJ) por 30 anos, com 51% de participação. A Infraero é sócia do negócio com 49%, a exemplo do que ocorreu com os aeroportos de Guarulhos (SP), Viracopos (SP) e Brasília (DF), concedidos em 2012, e com o aeroporto do Galeão (RJ), também leiloado em 22/11/2013 e cujo contrato foi assinado no último dia 02/04.
 
Melhorias de curto prazo na infraestrutura do aeroporto estão previstas no contrato de concessão, estabelecidas a partir da elaboração do Plano de Ações Imediatas (PAI). O objetivo desse plano é estruturar um conjunto de investimentos e intervenções operacionais de curto prazo para melhorar a experiência do usuário na utilização do aeroporto. São exemplos dessas ações imediatas melhoria de banheiros, reforma das sinalizações e acesso gratuito à Internet (wi-fi).
 
Além disso, para as atuais concessões, as concessionárias vencedoras do Galeão (RJ) e de Confins (MG) deverão realizar uma série de obras obrigatórias para atender às necessidades atuais de cada aeroporto. Após essa primeira rodada de investimentos, as futuras ampliações ocorrerão pelo mecanismo de gatilhos de investimento, que serão disparados conforme o crescimento da demanda do aeroporto ao longo do tempo.
 
Além dos investimentos obrigatórios, o Governo estipulou 32 Indicadores de Qualidade de Serviço (IQS) que contemplam diversos aspectos de qualidade do serviço prestado no aeroporto, como a disponibilidade de assentos, elevadores e escadas rolantes, entre outros. A avaliação da qualidade do serviço será feita pela aferição de indicadores objetivos e por meio de uma pesquisa de satisfação realizada com os próprios usuários. Os resultados obtidos poderão ter impacto no reajuste das tarifas recebidas pelo operador aeroportuário.

Após a assinatura do contrato, haverá um período de transição no qual a Infraero continuará a administrar o aeroporto, acompanhada pela concessionária aproximadamente nos primeiros 150 dias. Após esse período, a concessionária assume as operações do aeroporto em conjunto com a Infraero por mais três meses (prorrogável por até mais três meses). Depois dessa fase, a concessionária assume a totalidade das operações do aeroporto.

Características do Aeroporto Internacional Tancredo Neves

Movimento atual: 10,4 milhões de passageiros/ano
Movimento em 2043 (fim da concessão): 43 milhões de passageiros/ano
Prazo de concessão: 30 anos (prorrogável uma vez por até 5 anos)
Lance mínimo: R$ 1,096 bilhão
Proposta do consórcio vencedor: R$ 1,82 bilhão
Contribuição variável anual ao FNAC: 5% da receita bruta/ano

Obras obrigatórias:

• Construção de novo terminal de passageiros com no mínimo 14 pontes de embarque até 30/04/2016 e vias terrestres associadas

• Ampliação do pátio de aeronaves até 30/04/2016

• Construção da segunda pista independente até 2020 ou gatilho de 198.000 movimentos/ano.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com