Tudo viagem

Azul retoma voos em Governador Valares e Juiz de Fora a partir de agosto

A companhia também volta a operar em outras seis cidades do Brasil

A partir de Agosto, a Azul vai aumentar para 303 o número de voos diários e outras oito cidades do país voltarão a receber os aviões da companhia. Depois de ter reduzido o funcionamento, devido a pandemia do novo coronavírus, a companhia aos poucos está retornando os serviços.

A reabertura será feita em Vitória da Conquista (BA), Dourados (MS), Presidente Prudente (SP), Campina Grande (PB) e Governador Valadares (MG), no dia 3 de agosto, Juiz de Fora (MG), no dia 17, Ilhéus (BA) e Joinville (SC) no dia 18. Com esses novos destinos, a Azul passa a operar em 80 cidades, entre capitais e interior. Além do retorno das bases, a empresa também irá reforçar a operação em Belo Horizonte e Campinas, onde ficam os centros de conexão.

Todos os novos voos da malha de agosto seguirão os protocolos e medidas de higiene estabelecidos pela Azul desde o início da pandemia. A limpeza das aeronaves será reforçada e o uso de máscaras é obrigatório, por clientes e tripulantes, em solo e a bordo. Além disso, Kits com luvas, álcool em gel e lenço umedecido estarão disponíveis para uso nos aviões.

O vice-presidente de receitas da Azul, Abhi Shah, falou sobre o retorno dos voos:

“Para o próximo mês, voltaremos a conectar importantes cidades do interior de estados brasileiros, reforçando a vocação regional da Azul e a nossa conectividade, que amplia as opções de voos e destinos para nossos Clientes. Recompondo parte da oferta, nossa malha crescerá 290% em agosto em comparação com abril, nos permitindo atender as pessoas que precisam continuar se deslocando pelos mais diversos motivos. O transporte aéreo é fundamental para contribuir com a retomada da economia e servir um país de dimensões continentais como o Brasil”, afirmou.

Governo Federal libera R$ 32 milhões para obras no Aeroporto de Governador Valadares

Além de Governador Valadares, foram liberados recursos para os aeroportos de Ipatinga e Montes Claros pelo Fundo Nacional de Aviação a pedido do senador Carlos Viana.

O Aeroporto de Governador Valadares, no Leste de Minas Gerais, receberá investimento de R$ 32 milhões do Fundo Nacional de Aviação. Além da ampliação do pátio de manobras, o aeroporto  terá a sala de embarque ampliada e revitalizada. O aeroporto vai ganhar novos equipamentos que vão ajudar nos pousos e decolagens mesmo quando as condições climáticas não forem favoráveis.

As obras estão previstas para serem iniciadas em setembro deste ano com previsão de conclusão no final de 2022. A liberação dos recursos foi possível por uma série de contatos do senador Carlos Viana (PSD-MG) junto ao Ministério da Infraestrutura, além de outros parlamentares da bancada de Minas Gerais. (Veja no final deste post vídeo do senador sobre as obras em Governador Valadares).

Os voos da Azul, a única a operar em Governador Valadares, estão suspensos desde o final de março deste ano. A companhia chegou a operar três voos na cidade, mas foi obrigada a reduzir para uma frequência em função dos constantes cancelamentos causados por condições climáticas.

O Aeroporto localizado em Santana do Paraíso, no Vale do Aco, que atende principalmente Ipatinga, receberá  R$ 12. A licitação para as obras que vão durar seis meses já está em andamento.  As obras incluem a restauração do pavimento da pista de pousos e decolagens, da taxiway e do pátio principal, incluindo toda a sinalização dessas áreas.

A sala de embarque do Aeroporto de Ipatinga vai ganhar um sistema de isolamento acústico. Os investimentos no Aeroporto de Ipatinga vão permitir que outras companhias operem no Vale do Aço. O aeroporto opera atualmente com a sua capacidade total. A Azul é a única que opera na cidade, mas desde março os voos estão suspensos por causa do coronavírus.

Para o Aeroporto de Montes Claros serão liberados R$ 5 milhões de reais. As obras ser~çao iniciadas ainda neste ano  e a conclusão está prevista para segundo semestre de 2021. Além do aumento das salas de embarque e desembarque, e da área de check-in, o aeroporto ganhará novos  equipamentos de navegação aérea.

A liberação dos recursos para Ipatinga e Montes Claros pelo Fundo Nacional de Aviação só foi possível aos pedidos feitos pelo senador Carlos Viana desde o início de 2019. Os investimentos vão incentivar a aviação regional em Minas Gerais.

Vídeo do senador Carlos Viana sobre as obras em Governador Valadares

 

Pretende viajar? Faça aqui a sua pesquisa e encontre voos baratos

Voos de Ipatinga e Juiz de Fora serão retomados em maio; veja situação das outras cidades de MG

A Gol vai retomar somente a partir de 1° de julho os voos de Montes Claros para Guarulhos, cidade localizada na Grande São Paulo.

A Azul vai retomar os voos em Ipatinga e Juiz de Fora a partir de 1° de maio deste ano. As duas cidades deixaram de receber ficaram sem os voos da companhia no final de março, quando a empresa foi obrigada a reduzir 90% de suas operações.  Até 30 de abril a Azul terá apenas voos em Belo Horizonte (Aeroporto de Confins), Montes Claros e Uberlândia.

A Azul terá em maio cinco voos diários de Ipatinga para Belo Horizonte e  de Juiz de Fora para Campinas serão duas frequências diárias. A Gol também retomará as operações de Juiz de Fora para a cidade de São Paulo (Congonhas) a partir de 1° de maio.

Gol e Azul operam no Aeroporto Regional da Zona da Mata, que fica entre as cidades de Goianá e Rio Novo, cidades que ficam próximas a Juiz de Fora. A Azul é a única que opera em Santana do Paraíso, cidade que fica ao lado de Ipatinga, no Vale do Aço.

Uberaba e Governador Valadares só terão voos em julho

A Azul só vai retomar os voos em Uberaba e Governador Valadares a partir de julho. A VoePass, a antiga Passaredo, pretende retomar as operações em Uberlândia e Uberaba a partir de julho deste ano. A VoePass suspendeu 100% dos seus voos no final de março deste ano em função da crise causada pelo coronavírus.

A Azul vai retomar os voos em Varginha e Araxá a partir de julho deste ano. A venda das passagens para os dois destinos já está disponível no site da companhia. Os voos de Varginha e Araxá são diretos para Belo Horizonte. A Azul faz a ligação destas cidades com o ATR-72 equipado com 70 assentos.

A Gol vai retomar a partir de 1° de julho os voos de Montes Claros para Guarulhos. A companhia oferece um voo em cada sentido, mas no final de março foi obrigada a suspender as operações por causa do coronavírus. Quem for viajar no mês de julho encontra passagens de ida e volta de Montes Claros para Guarulhos por apenas R$ 293,82, valor com todas as taxas incluídas.

Pretende viajar? Garanta aqui descontos na compra das passagens aéreas

Azul vai manter voos em apenas 25 cidades; veja quais

 

 

Azul lança mais três voos em Governador Valadares para atender passageiros de Ipatinga

A companhia constatou que os buracos na pista do Aeroporto de Ipatinga podem estourar os pneus se suas aeronaves ATR-72, equipadas com 70 assentos.

A companhia Azul aumentou de um para quatro o número de voos no Aeroporto de Governador Valadares, no Leste de Minas. O aumento de frequências o Aeroporto de Confins, na Grande Belo Horizonte, é para atender os passageiros do Vale do Aço. Desde a última sexta-feira (15/02) a Azul não opera no Aeroporto de Ipatinga por falta de segurança na pista de pousos e decolagens. A companhia constatou que os buracos na pista podem estourar os pneus se suas aeronaves ATR-72 equipadas com 70 assentos.

Os passageiros de Ipatinga que não quiseram remarcar ou cancelar  as viagens pela Azul estão sendo levados de ônibus até o Aeroporto de Governador Valadares, onde embarcam nos voos para Confins ou demais destinos da companhia. A distância entre as duas cidades é de 102 kms. Em algumas datas de fevereiro somente uma passagem por trecho (ida ou volta) chega a custar R$ 1.700,00 entre Governador Valadares e Confins.

A Secretaria de Transportes e Obras Públicas (Setop), responsável pelo Aeroporto de Ipatinga, informou que busca uma solução emergencial para sanar os problemas na pista. (Veja nota no final).

Por outro lado, procuramos a Companhia de Desenvolvimento de Minas (Codemge) para saber se os voos do projeto VoeMinas serão mantidos em Ipatinga. Segue a nota da Codemge: “As aeronaves do Voe Minas Gerais operam com segurança no aeroporto regional do Vale do Aço, em Ipatinga, e as operações do programa continuam normalmente nesse município. Não há, nesta data, publicada pela autoridade competente, nenhuma restrição operacional para o aeroporto regional do Vale do Aço”

O que não foi respondido pela Codemge até agora, apesar de vários questionamentos feitos pelo Tudo Viagem, é saber por qual motivo os riscos são apenas para os aviões da Azul já que a pista está com buracos que podem estourar os pneus de qualquer aeronave.

VEJA OS HORÁRIOS DOS VOOS E OS VALORES DAS PASSAGENS EM GOVERNADOR VALADARES

VEJA NOTA D SETOP

Em atenção à sua solicitação, informamos que havia sido apresentado à Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) um pleito sobre a situação do Aeroporto Regional do Vale do Aço e a necessidade da realização de obras para a resolução de problemas nas estruturas da pista de pousos e decolagens do terminal. Importante esclarecer que esse pleito vem sendo feito desde 2016, sem que soluções definitivas tivessem sido apresentadas por governos anteriores.

Como o objetivo de agilizar os processos necessários, a Setop está em diálogo com a companhia aérea e com a Socicam, administradora do aeroporto, em busca de uma solução emergencial para a reativação do terminal. Por se tratar de uma questão de segurança dos passageiros, a secretaria não se opõe à decisão da Azul de suspender as operações no local e, como já dito, trabalha para resolver o mais rápido possível a questão.

Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas

VAI VIAJAR DE AVIÃO? GARANTA AQUI AS PASSAGENS AÉREAS PROMOCIONAIS

 

 

Viajar de avião de Confins para Governador Valadares é mais caro que Fortaleza

No dia 15 de agosto deste ano o Tudo Viagem mostrou que Governador Valadares é a cidade que tem a passagem mais cara em Minas Gerais: R$ 601,12.

Os passageiros que precisam viajar pela Azul estão sofrendo com os valores absurdos das passagens aéreas. Os bilhetes de ida e volta de Confins para o município mineiro custam R$ 1.280.10, com taxas de embarques incluídas. As passagens são caras pelo fato de Azul ser a única a oferecer voos comerciais para Confins. Além disso, o aeroporto tem apenas um voo diário por causa das restrições de operações.


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

As passagens para Fortaleza, destino bastante procurado pelos turistas no Nordeste, custam menos no site da Azul. Com as taxas de embarques, a viagem sai por R$ 1.063,53. A pesquisa para viagem para Governador Valadares e Fortaleza foi feita para embarque em Confins entre os dias 10 e 14 de setembro

No dia 15 de agosto deste ano o Tudo Viagem mostrou que Governador Valadares é a cidade que tem a passagem mais cara em Minas Gerais (R$ 601,12) e Goianá, na Zona da Mata, tem o menor valor (R$ 363,12). Leia aqui a matéria completa. Uma das formas de economizar nas viagens de avião é emitir passagens com milhas que estão sendo vendidas no mercado. (Veja no final).

CONFINS/GOVERNADOR VALADARES POR R$ 1.810,10 PELA AZUL

CONFINS/FORTALEZA POR R$ 1.063,53 PELA AZUL

FAÇA AQUI A SUA COTAÇÃO E GARANTA ECONOMIA NAS VIAGENS DE AVIÃO PARA TODOS OS DESTINOS

 

[/read]

Governador Valadares, Ipatinga, Piumhi e Patrocínio terão voos para o Aeroporto da Pampulha

Voos começam na segunda-feira e serão operados com os aviões Caravan com 9 assentos: passagens já estão sendo vendidas. 

A partir da próxima segunda-feira (20/08) mais quatro cidades terão voos do projeto Voe Minas Gerais a partir do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Serão 18 cidades do interior do estado atendidas com voos a partir da capital mineira. Governador Valadares também terá voos para o Aeroporto da Pampulha com escala em Ipatinga a partir de segunda-feira.


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

Os voos para as duas cidades serão às segundas-quartas e sextas-feiras. As passagens já estão sendo vendidas. Nesta rota a empresa TWO-Flex usa o avião Caravan com 9 assentos. Em Ipatinga e Governador Valadares a Azul opera sem concorrência com voos para o Aeroporto de Confins.

Quem for viajar no dia 20, segunda-feira e retornar na sexta-feira (24/08) de Ipatinga para Confins vai pagar na Azul R$ 1.781,82 e pela TWO-Flex (Pampulha) as passagens custam R$ 620. Já os bilhetes nesta mesma data de Governador Valadares para Confins custam R$ 2.425,28 e para a Pampulha a viagem sai por R$ 950.

A partir da semana que vem Piumhi terá voos para a Pampulha às segundas, quintas e sextas-feiras. As frequências para Patrocínio serão às segundas, quintas e sextas-feiras. Por outro lado, a partir de segunda-feira o projeto Voe Minas Gerais suspende os voos de Belo Horizonte para Nanuque.

CONFIRA DOS HORÁRIOS E PREÇOS DOS VOOS DE IPATINGA

CONFIRA OS HORÁRIOS E PREÇOS DOS VOOS DE GOVERNADOR VALADARES

ACESSE AQUI O SITE DO PROJETO VOE MINAS GERAIS

VAI VIAJAR PARA OUTRO DESTINO? GARANTA AQUI PASSAGENS COM ATÉ 80% DE DESCONTO

[/read]

Passaredo conclui recuperação judicial e inicia contratação para novos voos

Companhia regional terá voos para as cidades de Ipatinga, Governador Valadares e Uberlândia a partir de outubro.

 

A recuperação judicial da Passaredo Transportes Aéreos, uma das principais empresas de aviação regional do país, iniciada em outubro de 2012, foi concluída pela Justiça após pagamento das dívidas. A juíza Carina Roselino Biagi, da 8ª Vara Cível de Ribeirão Preto (SP), onde fica a sede da empresa, constatou que a empresa concluiu todas as exigências do processo.

[expander_maker id=”1″ more=”Leia mais” less=”Recolher”]

O Grupo Itapemirim dos empresários Sidnei Piva de Jesus e Camila Valdívia, anunciou a compra da Passaredo em 3 de julho deste ano. No início de setembro termina prazo para cumprimento de condições para a conclusão da venda. A Passaredo já contratou mais funcionários para o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. O reforço na equipe é para os novos voos previstos para 1º de outubro deste ano. A companhia terá voos sem escalas para Ipatinga (MG), Governador Valadares (MG) e Uberlândia (MG).

A intenção da Passaredo é ocupar o espaço deixado pela Azul. A cidade de Ipatinga terá um voo sem escalas para Guarulhos (SP). A Azul chegou a operar entre as duas cidades. Ipatinga terá anda duas frequência sem escalas para Belo Horizonte. Nas cidades de Ipatinga e Governador Valadares os arquitetos contratados pela Passaredo já estão fazendo os projetos para instalação dos check-ins e das lojas para venda de passagens. Nos próximos dias começam as contratações dos funcionários.

Com seis aeronaves ATR-72, com 70 assentos, a Passaredo foi obrigada a desistir de alguns destinos considerados poucos rentáveis. A companhia desistiu de operar em Curitiba (PR) e Cascavel. A aeronave que atenderia essas cidades fará os voos em Ipatinga, Governador Valadares e Uberlândia.

Passagens aéreas baratas

 

[/expander_maker]

Ipatinga vai ganhar voos diretos da Passaredo para São Paulo e Belo Horizonte

atr-72-600-passaredo-5
Novas rota estão previstas para 1º de outubro e já estão sendo analisadas pela Agência Nacional de Aviação Civil.

 

Depois de anunciar voos nas cidades de Uberlândia (MG) e Governador Valadares, agora a Passaredo decidiu operar em Ipatinga, no Vale do Aço. A companhia pretende iniciar em 1º de outubro voos sem escalas para Belo Horizonte (Aeroporto da Pampulha) e Guarulhos (SP). Nesta rota a Passaredo vai usar o turboélice ATR-72 com 70 assentos.

Atualmente somente a Azul opera em Ipatinga com três horários para o Aeroporto de Confins, localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A companhia Azul chegou a oferecer voos do Vale do Aço para Guarulhos e Pampulha, mas deixou estas rotas alegando pouca procura por seus voos. Na realidade aeroporto fica em Santana do Paraíso, cidade que fica próximo a Ipatinga.

Os voos de Uberlândia  e de Governador Valadares serão para Belo Horizonte e a intenção da companhia é iniciar as operações também em 1º de outubro deste ano. Todos esses voos precisam ser aprovados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). A Passaredo oferece dois voos sem escalas da capital mineira para Ribeirão Preto (SP), onde fica a sede da companhia.

A Passaredo foi comprada pelo Grupo Itapemirim e sua nova estratégia de entrar nas rotas deixadas pela Azul promete bons resultados. Um dos desafios do novo grupo é o de aumentar o numero de aeronaves. A companhia está com apenas seis modelos ATRs em sua frota.

VAI VIAJAR PARA OUTROS DESTINOS? FAÇA AQUI A SUA COTAÇÃO E GARANTA ECONOMIA

970-x-90

Extra! Flyways terá voos ainda neste semestre para Governador Valadares

Os próximos voos da Flyways, companhia aérea que começou a operar em 27 de dezembro do ano passado, serão para o Santos Dumont (RJ) e Governador Valadares, no Leste do Estado. As novas rotas a partir do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, serão iniciadas até junho do ano passado. Inicialmente serão dois horários para Governador Valadares e dois para o Santos Dumont. No sentido contrários o número de voos será o mesmo.

As novas rotas serão operadas pelo segundo ATR-72 com 68 assentos que a companhia aérea está dando os últimos retoques para incluir sem sua frota. A decisão da Flyways de entrar no mercado de Governador Valadares foi tomada depois de a companhia receber vários pedidos de empresários, políticos e comunidade local. Os preços praticados pela Azul na cidade também são alvos de reclamação. Uma passagem da Azul de Confins para Governador Valadares, comprada para viagem em abril, custa R$ 205 na ida ou volta.
Nesta semana a Azul lançou passagens por R$ 99,90 de Confins para Ipatinga. A tarifa promocional da companhia foi uma resposta a uma promoção da Flyways. Atualmente a Flyways oferece voos da Pampulha para Ipatinga (MG) e Galeão (RJ) sempre de segunda à sexta-feira. De Belo Horizonte para Uberaba a companhia oferece voos às segundas, quartas e sextas. No dia 1º de março a Flyways começa a operar às terças e quintas da Pampulha para Araxá e Patos de Minas.
Atualmente a Flyways opera com voos charter (provisórios), o que impede a companhia de vender passagens para viagem a partir de abril. A companhia já apresentou pedidos de Horário de Trânsito (Hotran) à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), mas todas das solicitações foram negadas. A alegação foi a de que a Pampulha tem restrição. Como assim? A Azul deixou de operar voos da capital mineira para Vitória (ES) e Brasília (DF) e em 4 de abril fecha a sua base na Pampulha.



Flyways pretende lançar voos em Ipatinga e Governador Valadares

A
Flyways
Linhas Aéreas pretende
lançar voos em Ipatinga (MG) e Govenador Valadares (MG), cidades
atendidas apenas pela Azul. A Flyways
divulgou
nas redes sociais aviso de contratação de mecânicos e inspetores
de aeronaves para os aeoportos das duas cidades mineiras. Nas redes
sociais a nova companhia aérea cita as siglas IPN (Ipatinga), GVR
(Governador Valadares), Galeão (GIG), Santos Dumont (SDU) e Brasília
(BSB).

Na
sede da Flyways
Linhas Aéreas,
no Rio de Janeiro, os funcionários da empresa não deram detalhes
sobre as novas rotas. A companhia tem investidores brasileiros
e da
África do Sul. A companhia já recebeu um ATR-72 com 70 assentos,
mesmo modelo usado pela Azul e Passaredo. A aeronave da Flyways está
recebendo pintura no hangar da MAP. Um
segundo ATR deve ser incorporado a frota da companhia
As
primeiras rotas das companhia serão do Aeroporto da Pampulha (Belo
Horionte) para o Galeão, onde a companhia pretende centralizar suas
operações. Brasília é outro destino pretendido pela companhia. Para iniciar a venda das passagens, a Flyways
precisa
de realizar um voo teste que terá como passageiros técnicos
da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
     ANÚNCIO DAS VAGAS DA FLYWAYS

JUIZ DE FORA
Em
Juiz de Fora ganhou força o movimento que luta para atrair uma nova
companhia aérea para o Aeroporto da Serrinha. Um audiência pública
foi realizada no dia 7 de julho na Câmara Municipal de Juiz de Fora.
No dia 13 de julho represenantes da prefeitura terão uma reunião na
sede da Flyways.
Os
representantes do município vão convencer os executivos da
companhia que o Aeroporto da Serrinha está em condições de receber
voos comerciais. O terminal chegou a transportar 120 mil passageiros
por ano.

TELEFONE DA FLYWAYS NO RIO DE JANEIRO: 21-3081-6971

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com