Tudo viagem

Ilhabela inaugura novo receptivo turístico na entrada da cidade

Para estruturar ainda mais o turismo em Ilhabela, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do município inaugura nesta sexta-feira (27) o receptivo turístico na entrada da cidade, junto à balsa.

A proposta surgiu durante a pandemia, em uma reunião entre a Prefeitura, a Associação das Agências de Turismo de Ilhabela e os jipeiros da cidade.

Instalado em um antigo prédio totalmente remodelado, o receptivo será um centro de informações turísticas, para dar ao visitante a oportunidade de conhecer o que Ilhabela tem de melhor. Serão disponibilizados espaços para o trade turístico do destino oferecer seus serviços, o que vai facilitar a escolha dos roteiros em Ilhabela.

“O turista poderá sair do prédio já com seu roteiro e passeios comprados, facilitando sua experiência em Ilhabela, além de que o trade terá mais um espaço para ofertar seus serviços, como já é feito no receptivo de navios”, destaca Bianca Colepicolo, Secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Ilhabela.

Segundo Bianca, o novo receptivo também vai estimular os visitantes de um dia, que costumam se concentrar apenas em poucas praias da cidade, a conhecer atrações diferentes de Ilhabela.

O novo espaço passou por um projeto de restauro e cenografia e está pronto para abrigar o centro de informações turísticas de Ilhabela. Com a reforma, o prédio do receptivo conta agora com peças de artesanato da região, decoração aconchegante e móveis que facilitam o fluxo de pessoas, além de estacionamento, ticket center, auditório, lounge, TVs com informações e imagens da cidade, wi-fi gratuito, sala para profissionais de turismo e espaço itinerante.

O modo de funcionamento será idêntico ao receptivo de navios. Na próxima semana, funcionários e estagiários vão receber um treinamento padrão elaborado pelos técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo para atender os turistas.

Foto por Joana Fava

Ilhabela foi escolhida como cenário de nova série brasileira

Nova produção da Netflix, a série brasileira “Temporada de Verão” já escolheu seu cenário de gravações: a paradisíaca Ilhabela, no litoral norte de São Paulo.

Estrelada por nomes como Giovanna Lancellotti e Jorge López, ator chileno conhecido por “Elite”, a série vai se passar em um resort de luxo fictício e será voltada para o público jovem.

O set de filmagens será no Hotel TW Guaimbê, localizado na Praia do Julião, uma das mais bonitas e exclusivas de Ilhabela, com areia clara e águas em verde esmeralda. Cercado pelo exuberante verde da Mata Atlântica e de frente para o mar, o hotel oferece conforto, privacidade e aconchego em harmonia com a natureza.

Além de um leque de serviços exclusivos, o TW Guaimbê conta com piscina com borda infinita, beach club, room Spa, deck com vista para o mar, sauna, restaurante que combina a culinária caiçara com a alta gastronomia mediterrânea, beauty center e muito mais.

Com gravações previstas para começar ainda neste ano, a série “Temporada de Verão” deve chegar a 120 países. A parceria com a plataforma de streaming Netflix, que atualmente é uma das maiores e mais prestigiadas criadoras de conteúdo audiovisual no mundo, deve injetar cerca de R$ 1 milhão na economia de Ilhabela. O projeto vai movimentar diversos setores da ilha, entre segurança, manutenção e hotelaria, sempre favorecendo a contratação da mão de obra local.

Fotos por Paulo Stefani

Projeto inovador de Ilhabela estará no São Paulo Boat Show

Em parceria com a Secretaria de Turismo de Ilhabela, a MuitoBonsVentos participará da exposição e feira em São Paulo que ocorre dos dias 19 a 24 de novembro.

Sendo o maior evento náutico da América Latina, o São Paulo Boat Show atrai olhares do mundo inteiro em cada uma de suas edições. Em 2019 movimentou mais de R$ 200 milhões, e para 2020 a expectativa é que o valor aumente em até 20%.

O Boat Show acontecerá na raia olímpica da USP (Universidade de São Paulo) e reunirá atrações como exposição de embarcações, canoagem, remo, vela e ações de caridade.

A MuitoBonsVentos fará o lançamento de sua nova plataforma de previsão e monitoração em tempo real das condições climáticas em várias localidades brasileiras.

Com essa nova plataforma será possível planejar muitas práticas náuticas, assim como utilizá-la para uso de administrações públicas e para o cidadão em seu dia a dia.

Marcelo Barbosa, Sócio Fundador da MuitoBonsVentos, acredita que marinas, ao adquirirem uma estação, podem fornecer mais informação e segurança aos seus associados navegadores.

Bianca Colepicolo, Secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Ilhabela, disse: “ao convidarmos empresas empreendedoras como a MuitoBonsVentos a fazer parte deste evento, colocamos Ilhabela no mapa da inovação tecnológica. A MuitoBonsVentos hoje nos ajuda na monitoração da travessia assim como nossos esportistas da vela, kite, dentro outros a entrarem e saírem do mar em segurança. Com a expansão com novas estações, levamos nossos talentos para o Brasil todo”.

A MuitoBonsVentos colocará uma estação com medição em tempo real na raia olímpica durante o evento para mostrar os benefícios que essa tecnologia pode trazer.

Mais informações em: https://muitobonsventos.com.br/

Fotos por: PMI / Joana Fava

Festival de Aves de Ilhabela mostra bons resultados

A Prefeitura de Ilhabela celebrou os números consolidados do Festival de Aves, que ocorreu no destino entre os dias 19 e 25 de outubro.

Em sua segunda edição, o festival foi um dos primeiros eventos realizados pelo município desde a retomada das atividades econômicas.

O evento foi importante para estabelecer Ilhabela como um dos principais destinos de birdwatching e ecoturismo do Brasil. Para se adaptar à pandemia, o festival foi realizado em novos formatos, com idealização da Secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela, Bianca Colepicolo.

No total, a programação contou com cerca de 45 atividades presenciais, online e híbridas (presencial com transmissão simultânea), como passarinhadas, exposição fotográfica, saídas embarcadas, palestras, oficinas, cursos e mesas redondas. As mais de 40 horas de programação online permanecem disponíveis ao público pelo link http://linktr.ee/aves_de_ilhabela. As atividades tiveram ampla audiência e repercussão, alcançando mais de 4.300 espectadores únicos e cerca de 1.300 horas de visualização até o momento.

As trilhas de Ilhabela possuem diversos pontos que favorecem a observação de aves, todos identificados no Guia de Aves da cidade. Nesses pontos, os visitantes têm a oportunidade de observar, fotografar e catalogar espécies como tiê-sangue, símbolo da Mata Atlântica, tangará, papagaio-moleiro (eleita a ave símbolo da ilha), coruja-preta, jacutinga, macuco e tucano-de-bico-verde, além das aves pelágicas e costeiras.

Foto por Joana Fava

Ilhabela tem presença garantida no São Paulo Boat Show e eventos do turismo

Com participação garantida nos principais eventos do setor de turismo em 2020, Ilhabela consolida cada vez mais sua posição como destino de destaque nacional.

Só em novembro, Ilhabela esteve no Expo Forum Visite SP, no último dia 04, e participa do Festuris Gramado, entre os dias 05 e 08. A próxima parada será o São Paulo Boat Show, que vai acontecer em formato inédito na Raia Olímpica da Universidade de São Paulo (USP).

Considerado o principal evento náutico da América Latina, a 23ª edição do São Paulo Boat Show vai apresentar entre 19 e 24 de novembro os maiores lançamentos do segmento para o público, com experiências inovadoras. Capital da Vela e um dos principais destinos do país para o turismo náutico, Ilhabela vai contar com estande próprio no evento e vai apresentar diversas novidades. Entre elas, o projeto Muito Bons Ventos, web app que informa em tempo real a situação dos ventos, da maré e de outras condições climáticas da ilha – uma das iniciativas de economia criativa de maior destaque do município.

Além de participar do Expo Forum Visite SP, evento digital gratuito que promoveu as experiências e os destinos do estado, e do Festuris, que se manteve em formato presencial, Ilhabela fez parte da ABAV Collab entre 27 de setembro e 02 de outubro, feira totalmente virtual que reuniu as principais entidades do setor.

Ilhabela inova no Abeta Summit

Entre 16 e 18 de outubro, o Abeta Summit, principal encontro do turismo de natureza no Brasil, foi realizado com sucesso, dessa vez de maneira virtual. No evento, Ilhabela inovou ao fazer uma transmissão ao vivo direto de uma de suas principais atrações, a Cachoeira dos Três Tombos.

Para apresentar os principais atrativos naturais do destino, a live foi comandada por Bianca Colepicolo, Secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo do município, que destacou que Ilhabela vai muito além do sol e praia. O turismo de aventura e de natureza na ilha compreende birdwatching, mergulho e snorkeling em Alcatrazes e em outros pontos do arquipélago, avistamento de golfinhos e baleias, esportes náuticos e as trilhas oficiais do Parque Estadual de Ilhabela, que ocupa 85% do território da ilha e guarda rios cristalinos, cachoeiras e Mata Atlântica preservada.

Retomada dos eventos em Ilhabela

Nos últimos meses, Ilhabela retomou a organização de eventos próprios, seguindo todos os protocolos de segurança. Para se adaptar à realidade da pandemia, o destino decidiu inovar.

Entre 19 e 25 de outubro, aconteceu a 2ª edição do Festival de Aves de Ilhabela, tanto de maneira presencial quanto online. Com programação gratuita, o evento promoveu a observação de pássaros (birdwatching) no arquipélago, palestras, cursos, programação infantil, visita a Alcatrazes e uma série de atividades virtuais.

Já a 25ª edição do tradicional Festival do Camarão de Ilhabela, entre 10 de outubro e 15 de novembro, acontece dessa vez nos principais restaurantes da cidade, sem a montagem do Boulevard do Camarão, seguindo todos os protocolos de segurança, com pratos especiais à base de camarão.

Foto por: PMI

Festival de Aves acontece em Ilhabela

Até 25 de outubro, acontece a 2ª edição do Festival de Aves de Ilhabela, que começou no último dia 19 e conta com uma extensa programação.

Assim como o Festival do Camarão, o evento ganhou um novo formato devido à pandemia causada pelo novo coronavírus e acontece de duas formas: presencial (com sede principal na Fazenda Engenho D’Água) e online.

“Como todo mundo, estamos adaptando os eventos para que aconteçam com segurança para os participantes e que eles possam aproveitar ao máximo cada dia da programação. Além disso, o 2º Festival Aves de Ilhabela irá movimentar o trade, injetando receita na economia do município”, explicou a Secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela, Bianca Colepicolo.

O 2º Festival de Aves é gratuito e promove a observação de pássaros (birdwatching) no arquipélago, que conta com 85% das reservas de Mata Atlântica conservadas. O evento é mais um passo para consolidar o município como um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil. “No ano passado, nós tivemos a primeira edição do evento, onde além de identificar quem são os players desse mercado em Ilhabela, nós também a colocamos no mapa dos influenciadores de birdwatching em o todo mundo; traçamos as trilhas e os principais pássaros observados em cada uma delas e lançamos o ‘O Guia de Aves de Ilhabela’ incluindo as aves pelágicas, o que é um grande diferencial do nosso arquipélago. Esse novo evento vai consolidar Ilhabela no birdwatching, um mercado que cresce muito cada ano”, destacou Colepicolo.

Ilhabela têm diversas torres naturais para a observação de pássaros, que estão identificadas no Guia de Aves. Nesses pontos, os visitantes têm a oportunidade de observar, fotografar e catalogar espécies como tiê-sangue, símbolo da Mata Atlântica, tangará, papagaio-moleiro (eleita a ave símbolo da ilha), coruja-preta ou a jacutinga.

A programação do 2º Festival de Aves de Ilhabela conta com palestras, cursos, programação infantil, passarinhadas em pequenos grupos pelas trilhas de Ilhabela e visita a Alcatrazes e uma série de atividades virtuais, com lives, oficinas, minicursos e atividades artístico-culturais. A programação será transmitida ao vivo e permanecerá disponível livremente no canal AvistarConecta (http://linktr.ee/aves_de_ilhabela).

Confira a programação:

21/10 (quarta-feira)

7h – Comedouros de Ilhabela (Passarinhar)

13h – Birdwatching: Um Mercado Global (Live)

15h – Circuito Litoral Norte: Turismo de Observação (Live)

16h – Equipamentos de um Guia de Aves (Curso)

22/10 (quinta-feira)

6h – Alcatrazes (Passarinhar)

15h – A Problemática da Caça: UCA do Litoral Norte (Palestra)

16h – Fotografia de Aves e Natureza (Palestra)

18h – Didática de Conservação de Aves para Professores (Curso)

23/10 (sexta-feira)

7h – Parque das Cachoeiras (Passarinhar)

9h – Comedouros: Parque das Cachoeiras (Passarinhar)

14h – Jovens Observadores (Palestra)

15h – Parque Estadual de Ilhabela (Palestra)

16h – Alcatrazes: Implantando Visitação (Palestra)

17h – Aves Pelágicas: Operação Turística (Palestra)

18h – Didática de Conservação de Aves para Professores (Curso)

24/10 (sábado)

7h – Trilha da Lage (Passarinhar)

10h – Animais Falantes (Oficina de Ilustração)

13h – Ilhabela, O Reino das Aves (Teatro Infantil)

14h – Observação para Iniciantes (Palestra)

15h – Fotografia de Aves para Iniciantes (Palestra)

16h – Mata Atlântica: Riqueza e Diversidade (Palestra)

17h – Mulheres, Turismo e Observação (Palestra)

25/10 (domingo)

7h – Trilha do Bananal (Passarinhar)

9h – Ilhabela vista do alto (Live)

10h – Filhotes de Ilhabela (Oficina de Ilustração)

13h – Ilhabela, O Reino das Aves (Teatro Infantil)

14h – Plantas, Aves e seus nomes Caiçaras (Palestra)

15h – Ameaçados e Endêmicos (Palestra)

16h – Aves e Culturas Tradicionais (Palestra)

 

Foto destacada por: iStock / marciopannunzio

Ilhabela garante participação nos principais eventos de turismo de 2020

Mesmo em um ano atípico para o turismo, o destino de Ilhabela exalta a importância das feiras do setor e garante participação nos principais eventos turísticos de 2020.

Ainda no último trimestre do ano, Ilhabela participou da ABAV Collab (entre 27 de setembro e 02 de outubro) e participará do Abeta Summit (de 16 a 18 de outubro) e do São Paulo Boat Show (de 19 a 24 de novembro).

Diferente de outras edições, a ABAV aconteceu em novo formato. Totalmente virtual, a ABAV Collab reuniu as principais entidades do setor para fortalecer toda a cadeia turística e teve Ilhabela como um de seus expositores. O evento aconteceu de uma forma mais dinâmica por meio de experiências inovadoras, com foco em capacitação, networking e geração de negócios. A participação de Ilhabela na feira virtual foi um sucesso, e integrantes do trade assistiram em peso à apresentação do destino.

O Abeta Summit (Congresso Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura) é mais um evento que teve que se reinventar e vai acontecer pela primeira vez de maneira virtual. No encontro, os painéis e palestras terão foco no desenvolvimento de um turismo sustentável, seguro e responsável, para inspirar pessoas a redescobrirem as belezas naturais do Brasil. Ilhabela, que foi sede da edição de 2019 e guarda uma vasta riqueza natural em seu território, com trilhas, cachoeiras e Mata Atlântica nativa, já tem presença garantida no evento.

Em 2020, o São Paulo Boat Show será realizado de maneira inédita, em formato outdoor na Raia Olímpica da USP, em São Paulo. Com todos os protocolos de segurança necessários, haverá estandes conectados a embarcações na água, praças de food truck, áreas de conteúdo e outras experiências exclusivas. Conhecida como a Capital da Vela e um dos principais destinos do Brasil para o turismo náutico, Ilhabela vai participar mais uma vez do evento, considerado o maior do tipo na América Latina.

O destino está focado em ser reconhecido como o melhor destino de natureza do Brasil e, por isso, segue plantando para o futuro através do relacionamento com operadoras e agências com a finalidade de oferecer experiências completas para além de sol e praia, aproveitando ao máximo os atrativos e segmentos ligados ao Parque Estadual de Ilhabela e à área náutica.

Fotos por: Maristela Colucci – MTUR / PMI

Ilhabela planeja criação de novo atrativo ecológico

Ilhabela pode ter em breve um novo atrativo turístico.

O projeto em questão, já discutido em uma reunião do COMTUR – Conselho Municipal de Turismo de Ilhabela, prevê a concepção de uma ciclotrilha, para ciclistas e pedestres, que vai interligar as principais trilhas já existentes na ilha em um percurso único de 51 km do Jabaquara até a Ponta da Sepituba.

O projeto, que ainda está em concepção, será acompanhado por um grupo técnico e agora segue para ser discutido e transformado em projeto executivo.

Além de possibilitar a realização de atividades junto à natureza, a proposta tem ainda um caráter ecológico, já que a ciclotrilha vai criar uma delimitação física entre a área urbana e o Parque Estadual de Ilhabela. Dessa forma “todos serão protetores do parque, deixando mais fácil identificar qualquer tipo de invasão ou intervenção não autorizada na região de parque estadual”, afirma Bianca Colepicolo, Secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo do município.

O novo atrativo do destino será feito com impacto mínimo ao meio ambiente e investimento baixíssimo, respeitando os princípios da sustentabilidade. A trilha será de terra batida, com dois metros de largura entre as árvores e placas de sinalização e elementos de apoio feitos em madeira.

A ciclovia intertrilhas vai proporcionar passeios ciclísticos, competições de variadas modalidades, caminhadas e birdwatching, além de valorizar o interior de Ilhabela e o ecoturismo.

Fotos por Joana Fava / PMI

Ilhabela exalta compromisso da hotelaria local com segurança

Desde a reabertura dos hotéis e pousadas em Ilhabela, que aconteceu em 15 de julho, o segmento hoteleiro do município tem mantido compromisso total com a segurança de seus hóspedes e colaboradores, através da adoção dos devidos protocolos sanitários e de cursos online promovidos pela Prefeitura Municipal sobre este tema.

Inicialmente com apenas 40% dos leitos reabertos, os meios de hospedagem da ilha já trabalham atualmente com 70% das acomodações, o que comprova a segurança do destino. Em breve, deve acontecer a reabertura total da hotelaria na cidade. Desde a reabertura, todos os meios de hospedagem estiveram praticamente lotados, dentro do limite de leitos disponíveis.

Ilhabela tem retomado suas atividades turísticas de maneira gradual, com iniciativas realizadas pela Prefeitura para evitar a propagação da Covid-19, como equipes nas ruas que fiscalizam diariamente os estabelecimentos reabertos, levam cartazes e adesivos de orientação e fazem um check-list de procedimentos. A exemplo de outros destinos, como Búzios, Monte Verde e Arraial do Cabo, a Prefeitura de Ilhabela também está elaborando um plano para manter a cidade aberta ao turismo, porém sem o risco de superlotação e aglomerações na alta temporada.

Para assegurar a qualidade e a segurança na retomada do turismo, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do município, liderada pela Secretária Bianca Colepicolo, desenvolveu cursos sobre protocolos sanitários para empreendedores e colaboradores de todos os segmentos turísticos, como hospedagem, alimentação, comércio, eventos, guias de turismo e agências de turismo receptivo. Os cursos são online, tem formação certificada e podem ser feitos quando e onde o participante quiser até 30 de outubro.

Ilhabela tem a menor taxa de mortalidade pelo novo coronavírus do litoral paulista. De acordo com informações do Setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Ilhabela chegou ao pico de casos confirmados da Covid-19 no dia 30 de julho. Desde então, a curva aparece em queda constante, mesmo depois da retomada das atividades turísticas na cidade.

Fotos por: Maristela Colucci – MTUR

Ilhabela registra queda do número de casos de Covid-19

Segundo as informações fornecidas pelo Setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Ilhabela chegou ao pico de casos confirmados de Covid-19 no dia 30 de julho.

Desde então, a curva aparece em queda constante. No último dia 25, a média móvel de casos confirmados dos sete dias anteriores foi de 9,7, mesmo índice registrado em 05 de julho.

Essa redução na velocidade de contágios vem de uma série de fatores, como o uso massivo de máscara pela população e aplicação dos devidos protocolos de segurança no comércio e na hotelaria, além da eficiência das equipes de saúde no atendimento básico, na triagem e na testagem dos sintomáticos.

Vale destacar que a queda do número de casos em Ilhabela ocorreu mesmo depois da retomada das atividades turísticas na cidade, que acontece de maneira gradual desde 15 de julho. Atualmente, restaurantes, lanchonetes, padarias, bares e quiosques podem funcionar por 8 horas diárias, consecutivas ou intercaladas, enquanto que o limite máximo de ocupação em hotéis e pousadas foi ampliado de 50% para 70%.

Para auxiliar na retomada segura, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Ilhabela desenvolveu cursos sobre protocolos sanitários para empreendedores e colaboradores de vários segmentos turísticos. A Prefeitura também colocou equipes nas ruas que fiscalizam diariamente os estabelecimentos reabertos e, na fila da balsa, há uma barreira educativa.

De acordo com o último Boletim Informativo do Novo Coronavírus divulgado pela Prefeitura de Ilhabela no dia 26 de agosto, foram confirmados 1.418 casos da doença na cidade desde o início da pandemia, sendo 1.270 recuperados e 10 óbitos confirmados. Ilhabela tem a menor taxa de mortalidade pelo novo coronavírus do litoral paulista.

Fotos por: Maristela Colucci – MTUR

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com