Cataratas do Iguaçu e mais 3 atrativos serão reabertos a partir de 10 junho

Para viagem no mês de junho é possível garantir as passagens de Brasília para Foz do Iguaçu por apenas R$ 404,28, valor com todas as taxas incluídas.

Os principais atrativos turísticos de Foz do Iguaçu (PR) serão reabertos no dia 10 de junho com taxa de ocupação de até 30% para evitar a propagação do coronavírus. Além das Cataratas e Itaipu, principais atrativos da cidade, serão reabertos o  Marco das Três Fronteiras e o Parque das Aves. Esses atrativos estão fechados há dois meses.

As fronteiras com Argentina e Paraguai continuam fechadas. A Prefeitura de Foz do Iguaçu publicou decreto no dia 8 de maio deste ano com os protocolos para as atividades dos meios de hospedagem, atrativos, gastronomia, organização de eventos, transporte individual e coletivo de turistas e agência de viagens.

As companhias Gol e LATAM vão retomar os voos para Foz do Iguaçu a partir de junho. A Azul está operando na cidade desde o início de maio. Para viagem no mês de junho é possível garantir as passagens de Brasília para Foz do Iguaçu por apenas R$ 404,28. Os bilhetes de ida e volta partindo de Belo Horizonte custam R$ 445,09 e de Brasília R$ 404,28.

Nos voos da Azul que partem de Campinas encontram passagens de ida e volta por R$ 460,20, valor com todas as taxas incluídas. Lembrando que a Azul oferece ônibus gratuito para os seus passageiros entre a cidade de São Paulo e Campinas, e também no sentido contrário. No link abaixo você garantir hospedagem nas pousadas, hotéis e resorts que vão reabrir a partir de 10 de junho.

Passagens aéreas de ida e volta com taxas incluídas para Foz do Iguaçu

Partindo de Belo Horizonte

Garanta aqui as passagens para Foz do Iguaçu a partir de R$ 445

 

Partindo de Rio de Janeiro

Garanta aqui as passagens para Foz do Iguaçu a partir de R$ 445

Partindo de Brasília

Garanta aqui as passagens para Foz do Iguaçu a partir de R$ 404

 

Comprou as passagens aéreas? Faça aqui a reserva do hotel

 

Cidades localizadas na Serra da Canastra decidem reabrir o turismo em junho

Os hotéis e pousadas de São Roque de Minas, principal acesso da Serra da Canastra, poderão começar a receber hóspedes a partir de 15 de junho.

Pousadas, hotéis e restaurantes de Vargem Bonita (MG), cidade que fica na região da Serra da Canastra, poderão reabrir a partir de 1° de junho. A cidade decidiu autorizar a reabertura pelo fato de não ter registrado nenhum caso de coronavírus. O Parque da Serra da Canastra, onde fica a nascente do Rio São Francisco, continua fechado, mas o turista terá acesso a várias atividades ao ao livre na região sem correr risco,

Em Vargem Bonita as pousadas e hotéis poderão receber hóspedes com taxa de ocupação de até 50%. A cidade, que fica a cerca de 30 km de São Roque de Minas, tem cerca de 20 estabelecimentos de hospedagens. Uma das regras estabelecidas pela Prefeitura de Vargem Bonita é que toda reserva seja informada à Secretaria de Turismo do município. Se a cidade registrar casos de coronavírus, esses estabelecimentos não poderão receber hóspedes.

Uma barreira sanitária será instalada na entrada de Vargem Bonita. Segundo Ney Martins, assessor da Secretaria de Turismo,  a barreira vai evitar a entrada de pessoas com sintomas do coronavírus e ainda garantir que a taxa de ocupação de 50% seja respeitada. Vargem Bonita também autorizou a reabertura de bares e restaurantes com uma série de recomendações para evitar aglomerações.  A taxa de ocupação terá que ser de até 50%.

São Roque de Minas

Os hotéis e pousadas de São Roque de Minas, principal acesso da Serra da Canastra, poderão começar a receber hóspedes a partir de 15 de junho. A prefeitura estabeleceu várias regras para a reabertura, uma delas o fornecimento de álcool gel.  Bares e restaurantes ainda não foram autorizados a receber os clientes.

O Hotel Chapadão do Canastra, referência na recepção dos turistas que visitam a região, vai reabrir com uma série de cuidados para evitar a propagação do coronavírus. Além de disponibilizar álcool em gel, toda equipe do hotel vai usar máscaras e toda as áreas serão higienizadas todos os dias.

Reservas pelo site chapadaodacanastra.com.br

Telefone: informações e reservas (37) 3433-1267

Sabores da região

Em São Roque de Minas fica o Velho Chico, um restaurante que tem pratos que tem como um dos ingredientes o tradicional Queijo da Canastra, além de sobremesas preparadas com melado de cana e goiabada das fazendas da região. O serviço de delivery do Velho Chico está funcionando para você não garantir essas delícias.

Endereço Velho Chico São Roque de Minas

Praça Miguel Tenente, 92, Bairro Colina, São Roque de Minas

Acesse aqui o site do Velho Chico

Informações: (37) 98825-7535

O que fazer na região

Mesmo com o Parque da Serra da Canastra fechado, quem for visitar a região poderá realizar várias atividades com segurança, entre elas conhecer fazendas com que produzem o Queijo da Canastra, fazer trilhas e tomar um banho de cachoeira. Recomendamos!

Quer realizar esses passeios com segurança? Anota ai o contato do Elmo Brancatto: 37 99914-9737

Confira nosso especial de viagem sobre a Serra da Canastra

 

Garanta aqui hospedagem em Vargem Bonita

Garanta aqui hospedagem em São Roque de Minas

Bondinho Aéreo da Serra Gaúcha volta a funcionar a partir de 9 de maio

Os visitantes e colaboradores terão álcool gel em sanitários, na entrada e setores de embarque e desembarque, além do e reforço na higienização dentro dos bondinhos e em todas as áreas do parque.

Depois de Gramado, que liberou a reabertura da rede hoteleira, dos parques e museus, agora é a vez de Canela, que também fica na Serra Gaúcha, a autorizar com restrições o funcionamento de atividades comerciais ligadas ao turismo. Canela, fica a 9 km de Gramado, autorizou a reabertura dos hotéis com várias condições. Uma delas o uso de apenas 50% da capacidade do estabelecimento e a obrigatoriedade de uso de máscaras pelos hóspedes e funcionários.

O Parques da Serra Bondinhos Aéreos, de Canela (RS), uma das principais atrações turísticas da Serra Gaúcha, será reaberto no sábado (09/05). O funcionamento será das 13h às 17h. O parque, que abrirá também no domingo do Dia das Mães (10/10) no mesmo horário. O parques está fechado desde o dia 19 de março por determinação da Prefeitura de Canela.

A direção do parque informou que durante o período em que esteve fechado preparou toda a sua estrutura e equipe para um retorno com segurança, em conformidade com as recomendações dos órgãos de saúde competentes.

Os visitantes e colaboradores terão álcool gel em sanitários, na entrada e setores de embarque e desembarque, além do e reforço na higienização dentro dos bondinhos e em todas as áreas do parque, principalmente bancos e corrimões.

Outra medida para garantir a segurança do público é a manutenção das janelas dos bondinhos abertas 100% do tempo. Isso garante a circulação do ar. Será mantida uma distância mínima de dois metros entre as pessoas nas filas. O embarque será realizado por famílias ou individualmente, com os bondinhos parando a cada Estação para facilitar entrada e saída dos visitantes sem dar as mãos para os funcionários.

O uso de máscaras dentro do parque é obrigatório para o público e funcionários, conforme determina o decreto da Prefeitura de Canela. Quem comprou ingressos antecipadamente, antes do fechamento temporário do parque,poderá usá-los s a partir do dia 09/05.

Dúvidas e mais informações podem ser obtidas através do email contato@parquesdaserra.com.br ou pelo whatsapp (54) 99206-1225.

Tudo com segurança! Prefeitura de Gramado autoriza reabertura de parques e hotéis

 

Tudo com segurança! Prefeitura de Gramado autoriza reabertura de parques e hotéis

Hotéis, motéis e pousadas poderão reabrir desde que seja respeitada a capacidade máxima de até 50% das unidades de habitação disponíveis.

A Prefeitura de Gramado autorizou a reabertura de rede hoteleira, parques de turismo e museus., conforme o o decreto 103/2020 publicado na quarta-feira (05/05). Para evitar a propagação do coronavírus, o decreto determina uma série de restrições e exigências para a reabertura. É obrigatório de máscaras de proteção facial  por todas as pessoas que ingressarem em espaços públicos e também no comércio de Gramado.

Hotéis, motéis e pousadas poderão reabrir desde que seja respeitada a capacidade máxima de até 50% das unidades de habitação disponíveis. No caso de alojamentos compartilhados (como hostels ou albergues), deverá ser obedecida uma distância nunca inferior a três metros entre uma cama e outra, na vertical e também na horizontal.

Os hotéis, motéis e pousadas são obrigados a apresentar Planos de Contingência para enfrentamento da pandemia, que serão avaliados pelo Centro de Operações de Emergência (COE) de Gramado. Ainda segundo o decreto, é proibida a disponibilização de beliches e treliches. As atividades de hospedagem transitória na modalidade de aluguel por temporada e, inclusive, camping, também estão vedadas.

Confira mais detalhes sobre o funcionamento da hotelaria:

*Fica proibida a abertura e a utilização dos espaços coletivos das áreas sociais, lazer e conveniência, como piscinas de qualquer natureza, jacuzzis e ofurôs, academias, saunas, brinquedotecas, sala de jogos, salas de cinema ou home theater, sala de eventos e/ou reuniões, cyber zone e/ou salas de computadores, vídeos e jogos eletrônicos, serviços de spa coletivos

*Manter distância de, pelo menos, dois metros entre os hóspedes durante a realização do check-in e check-out, a fim de evitar a aglomeração de pessoas nos ambientes

*Priorizar o atendimento preferencial e especial a idosos, gestantes, deficientes físicos e doentes crônicos, garantindo fluxo ágil

*Manter na entrada do estabelecimento álcool em gel 70% para utilização dos hóspedes e colaboradores

*Utilizar máscaras caseiras individuais nas áreas de circulação e elevadores

*Adotar sistemas de escalonamento e revezamento de turnos para os colaboradores, bem como alteração de jornadas de trabalho

*É proibida a oferta do serviço de café da manhã no sistema de buffet nos estabelecimentos comerciais do ramo da hotelaria

*O café da manhã poderá ser servido no quarto ou no sistema a la carte no salão

*Deverão ser designados profissionais específicos para a retirada e lavagem de roupas de cama, toalhas e roupas pessoais. Estes profissionais deverão utilizar Equipamentos de Proteção Individual

Regras para funcionamento dos parques

Os parques e os estabelecimentos do ramo e afins também poderão retomar as suas atividades com até 50% da capacidade de lotação definida no alvará de PPCI. Segundo o decreto, o distanciamento interpessoal deverá ser de dois metros . Na entrada do público,  deverão ser organizadas filas com separação mínima de 1,5 metro entre uma pessoa e outra.

Terão prioridade no atendimento nas filas, caso tenham, os idosos e aqueles que integram o grupo de risco para Covid-19 deverão, em caso de filas, terem prioridade no atendimento. A comercialização de ingressos deverá ser, prioritariamente, por meios eletrônicos. Os e os funcionários, colaboradores e terceiros deverão usar máscaras.

O decreto enfatiza, ainda, a obrigatoriedade de higienizar as superfícies de toque (com álcool gel 70% ou água sanitária) após cada uso, durante o período de funcionamento e sempre após do início das atividades.

Para o segundo semestre estão programados muitos eventos em Gramado, entre eles o Festival de Cinema, Fórum de Estudos Turísticos, Festival de Gastronomia, Gramado Summit, Festuris e Natal Luz, entre outros. Na área de eventos profissionais, o Convention Bureau está trabalhando no remanejamento de 37 eventos.

Veja aqui o decreto

 

Segundo teatro mais antigo do Brasil é restaurado

Classificado como tipo italiano, o espaço possui 400 lugares dispostos em três andares, entre galerias e 62 camarotes.

Palco de espetáculos apresentados por renomados artistas, o Teatrinho de Sabará, como é popularmente conhecido, será entregue aos sabaraenses todo restaurado em uma data simbólica, 19 de setembro, Dia Nacional do Teatro. Pelo local passaram imperadores, barões e baronesas, condes e marquesas. O espaço ficou fechado dois anos fechado para a realização das obras. A cidade de Sabará fica a cerca de 40 minutos de Belo Horizonte em uma viagem de carro.

Foram investidos R$ 2,6 milhões pelo Governo Federal por meio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que executou a obra com o apoio da Prefeitura de Sabará. Segundo teatro mais antigo do Brasil, o Teatro Municipal de Sabará fez 200 anos no mês de junho.

O teatro de Sabará tem uma área total construída de quase mil metros quadrados. O espaço possui 400 lugares dispostos em três andares, entre galerias e 62 camarotes. O interior é classificado como tipo italiano – em formato de ferradura e ao centro um vasto palco elevado.

O processo de restauração envolveu uma equipe multiprofissional, que realizou diversos tipos de procedimentos. Foi feita a recuperação do piso de madeira, substituição do forro, restauro de portas e janelas, nova instalação hidráulica, troca do telhado, pintura interna e externa e a adequação da acessibilidade tanto no acesso do público como no fundo do palco, que leva ao camarim.

O trabalho de modernização do Teatro foi um dos destaques da intervenção. O cuidado do projeto foi melhorar as instalações sem conflitar com a preservação do bem cultural tombado. Agora o Teatrinho passa a contar com elevadores para a plateia e para artistas, que permitirá acessibilidade universal a todos. Foi feita a modernização das instalações elétricas, com a implantação de novo sistema de prevenção e combate a incêndio, além da restauração de toda arquitetura e mobiliário.

Acústica extraordinária

Reconhecido pelo Iphan como Patrimônio Cultural Brasileiro desde 1963, um dos principais atributos do Teatro é sua acústica, exaltada por visitantes e especialistas. Conta-se que durante a visita de Dom Pedro I, em 1831, essa excelente acústica da casa fez o imperador perceber como o povo estava descontente com seu governo. Segundo as histórias, após o Viva o imperador Dom Pedro I, podia-se ouvir com clareza a frase Enquanto for constitucional, falada por alguém na plateia.

Na cerimônia de entrega estarão presentes a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, do diretor do Departamento de Projetos Especiais, Robson Almeida, do prefeito de Sabará, Wander Borges, da superintendente do Iphan em Minas Gerais, Célia Corsino e demais autoridades locais. A Prefeitura Municipal de Sabará, proprietária do imóvel, será a responsável pela gestão do teatro, por meio da Secretaria de Cultura.

Serviço:

Entrega da obra de restauração do Teatro Municipal, em Sabará (MG)
Data: 19 de setembro de 2019, às 19h30
Local: R. Dom Pedro II, s/n – Centro.

Faça aqui a sua cotação e garanta passagens aéreas para Belo Horizonte

Garanta aqui hospedagem com descontos especiais em Sabará

Fotos cedidas pelo IPHAN

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com