Tudo viagem

Ilhabela inicia obras para melhoria estrutural de suas trilhas

As ações nas trilhas visam manutenção, preservação e incentivo ao ecoturismo local. Serviço atende antiga reivindicação de monitores, jipeiros e trade turístico como um todo.

Nos próximos dias, a Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, vai começar a atender uma antiga reivindicação dos monitores, jipeiros e trade turístico como um todo: a estruturação das trilhas da cidade. Os serviços reforçam o trabalho voltado a atender o aumento da procura pelo turismo de natureza, que no período pós-pandemia será ainda mais valorizado pelas pessoas, de acordo com representantes mundiais do setor.

O trabalho de manutenção das trilhas oficiais começará pelos caminhos da cachoeira de Três Tombos, Parque das Cachoeiras e servidão de acesso o Porto dos Frades, onde serão realizados serviços de manutenção em degraus e corrimões existentes nas escadas, guarda-corpo, pequenas passarelas, bancos, decks, entre outros. Outros acessos às cachoeiras e praias estão listados no planejamento das manutenções.

Todos os serviços serão executados em acordo com os procedimentos do Parque Florestal. A contratação dos serviços de manutenção das trilhas foi feita por meio de licitação (modalidade de concorrência pública) e os serviços contratados por RP (Registro de Preço), por meio do qual somente é pago o que for demandado, mediante a necessidade do poder público. 

Essa boa notícia foi confirmada nessa sexta-feira (26), pela prefeita Maria das Graças Ferreira dos Santos Souza, a Gracinha: “estou muito feliz pelo início da manutenção das trilhas do arquipélago, uma reivindicação antiga que recebemos em reuniões com os jipeiros e monitores. Precisamos estar atentos às nossas belezas naturais e para atender de forma sustentável a nossa população e visitantes, para que eles usufruam de nossas praias e cachoeiras com segurança”.

Destino de natureza

Nos últimos anos, Ilhabela ficou ainda mais reconhecida mundialmente como destino de natureza. O arquipélago é considerado patrimônio natural e reserva da Biosfera pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura. 

Por isso o governo municipal, visando avançar no ecoturismo local e na preservação dos recursos naturais, como a fauna e a flora, realizou o planejamento de ações para melhor atender os visitantes dessa modalidade turística, de apreciação de pássaros e florestas.

A secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Bianca Colepicolo, falou sobre a iniciativa da manutenção das trilhas do município: “essas manutenções são necessárias para o nosso ecoturismo local. Temos que oferecer condições de segurança. Ilhabela é referência no setor do ecoturismo e a expectativa é que cidade se desenvolva ainda mais”.

Inauguração em Nova Zelândia de uma nova trilha

 Nova Zelândia ganha a primeira trilha para ciclistas, 55 quilômetros para admirar a exuberante paisagem repleta derochas de calcário e florestas tropicais.

Existem muitas razões para visitar Nova Zelândia, mas não há duvida de que a riqueza topográfica e a admiração pela sua biodiversidade é uma delas. O contato com a natureza é inevitável, o país é repleto de cenários surpreendentes. Agora em dezembro elas vão ganhar mais uma atração, a The Paparoa Track, uma trilha com um percurso de 55 quilômetros (três dias) que vai de Blackball (leste) a Punakaiki (oeste). A 10ª trilha da Nova Zelândia foi escolhida pelas famílias das 29 pessoas que perderam a vida no acidente na mina Pike River em 2010. É uma oportunidade de paz e reflexão, mas também traz benefícios econômicos para a região, como a mineração um dia trouxe.

Punakaiki, foto por Istock/mvaligursky

Na caminhada será possível apreciar o rio Pororari, os penhascos de rocha calcária, a história remanescente da mineração e florestas variadas. A costa oeste possui um rico solo, desde a sagrada pounamu (pedra verde) que era coletada pelos Māori, até o ouro que foi encontrado na década de 1860 e a mais recente descoberta de carvão. Da corrida do ouro na Croesus Track à mina de cartão no final da Pike29 Memorial Track, você encontrará lembranças do histórico de mineração por toda parte. Ao longo do caminho, é possível ver placas explicativas.

Como chegar na Paparoa Track

A cidade mais perto é Greymouth, tanto do início quanto do fim da caminhada. De Christchurch, na costa leste, pegue a espetacular rota de trem TranzAlpine entre os alpes do sul, e alugue um carro na estação de trem Greymouth. Blackball fica a 24 km de distância (cerca de 25 minutos), e Punakaiki fica a 45 km de distância (40 minutos). A estrada entre Greymouth e Westport, conhecida como “The Great Coast Road”, foi nomeada pelo Lonely Planet como uma das 10 estradas na costa mais bonitas do mundo. É um trajeto de 90 minutos, mas vale a pena passar muito mais apreciando o cenário natural.

Paparoa National Park, foto por istock/Wildnerdpix

 

Texto por Natalia Bastos com informações de agência. Imagen destacada via Istock/anothersteph

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com