Tudo viagem

Confira as principais mudanças da Smiles a partir de 2017

A partir de janeiro de 2017 o programa de fidelidade Smiles terá várias mudanças. Uma das principais é que ao comprar  um bilhete da Gol de tarifa promocional você também ganhará milhas, inclusive em feirões de passagens. Além disso, a quantidade de trechos voados, inclusive de conexões, também vai qualificar o cliente para upgrade de categoria.

smi01

Quem é da categoria Diamante terá direito uma vez por ano a uma viagem grátis para o seu acompanhante, cortesia nos assentos GOL+ Conforto em voos domésticos e acesso às Salas VIPs. Já os clientes da categoria Ouro pagarão metade do valor, durante todo o ano, no assento GOL+ Conforto, inclusive para acompanhantes, e terão o piso de pelo menos 500 milhas, importante diferencial do setor nessa categoria.

As mudanças também vão facilitar o acompanhamento de suas milhas e da evolução de categorias, que passará a acontecer de forma mais rápida – hoje disponível em Smiles (inicial), Prata, Ouro e Diamante. Com as novas regras, o novo programa de fidelidade promete oferecer  as melhores recompensas em relação aos programas das companhias brasileiras.

E tem mais novidade! Os clientes que alcançarem, no mínimo, um upgrade de categoria durante o ano e que acumularem mais milhas qualificáveis (trechos voados) do que os necessários terão direito a “carregá-las” para o ano seguinte, facilitando assim a manutenção da sua categoria ou um possível novo upgrade.

Outra mudança é que todas as milhas acumuladas no programa Smiles serão contabilizadas no Milhas Qualificáveis, antes chamado de “Milhas Club”. A principal mudança nesse quesito é que, a partir do próximo ano, o cliente passa a ter chances de upgrade de categoria também por trechos voados, além de ter reduzida a quantidade de milhas exigida para que mude de classe.
Vamos a um exemplo. Ao voar dez trechos, o cliente passa para a categoria Prata, independentemente do valor da tarifa e da distância entre a origem e o destino, e sem, necessariamente, ter que acumular 10 mil milhas – como era exigido antes.

smi02

A redução também vale nas categorias Ouro e Diamante, nas quais o valor caiu para 18 mil milhas, ou 18 trechos voados, e 30 mil milhas, ou 30 trechos voados, respectivamente, em substituição às 20 mil e 35 mil milhas de antes. As regras e datas para upgrade e downgrade também terão ajustes. As milhas extras acumuladas permanecem válidas para upgrade no próximo ano e as Milhas Qualificáveis valerão até dezembro do ano em que foram contabilizadas. Se houver redução de categoria, a data passa a ser 31 de março de cada ano, aumentando, assim, em três meses, a permanência no status antigo.

FRASE….

 “Hoje, a GOL é a companhia aérea que mais transporta passageiros no país, seja no mercado de lazer ou no corporativo, e, por isso, estamos, em parceria com a Smiles, promovendo importantes mudança sem nosso programa de fidelidade. Queremos valorizar ainda mais a relação com os nossos clientes, oferecendo a eles mais vantagens, ao longo da cadeia de viagem, e facilitar o gerenciamento que fazem do uso das milhas acumuladas”,

Maurício Parise, diretor de marketing da Gol

Para mais informações, o cliente poderá acessar o hotsite www.novasmiles.com.br ou qualquer canal de atendimento Gol e Smiles.

Voos da companhia Azul terão mudanças durante o Inverno

Pelo terceiro ano consecutivo a Azul terá uma malha especial de voos durante o Inverno. As mudanças foram planejadas a partir do histórico de fechamento de alguns aeroportos destas localidades e terão início em 16 de maio, com término em 28 de agosto. Durante a estação a companhia fará ajustes temporários nas cidades mais impactadas pela meteorologia, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, e, em menor escala, no Nordeste.

As cidades que terão ajustes de malha são: Vitória da Conquista, Juiz de Fora (Zona da Mata), Ipatinga, Governador Valadares, Bonito, Três Lagoas, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Dourados, Foz do Iguaçu, Cascavel, Londrina, Maringá, Criciúma, Chapecó, Passo Fundo, Caxias do Sul, Pelotas, Santa Maria, Curitiba, São Paulo (Campinas) e Belo Horizonte (Confins).

azulbandeira (1)

Os únicos locais com voos cancelados são Cascavel e Pelotas, cada cidade com um voo suspenso temporariamente – nos demais destinos, são apenas mudanças de horário. Todos os Clientes que já têm bilhetes comprados nos voos relacionados serão reacomodados em outros horários, ou terão a opção de receber o valor integral pago pelo bilhete.

Segundo a Azul, as mudanças na malha são para manter a pontualidade em seus voos. A companhia foi mais pontual do mundo em 2015. Com índice de 91,03% de voos cumpridos sem atrasos ao longo do ano passado, a empresa chegou ao topo do ranking global na categoria low-cost. Os dados são da Official Airline Guide (OAG), principal instituição independente para monitoramento de pontualidade do mundo. O número alcançado pela Azul considera decolagens e pousos dentro de até 15 minutos do horário previsto. Ainda, em uma relação que apresenta todas as companhias aéreas do mundo, independentemente de segmento, a Azul aparece como a terceira melhor colocada em pontualidade.

FRASE…..

 “Estamos mais uma vez em preparação para o período de maio a agosto, quando diversos aeroportos são impactados pelas condições meteorológicas adversas. A malha especial de inverno já se tornou uma tradição na Azul, de modo a garantir conveniência e comodidade aos nossos Clientes. A ideia com a malha de inverno é minimizar o impacto para os viajantes com base no retrospecto de operações em anos anteriores. Ações como estas exigem um grande empenho de várias equipes da Azul, que realizam um trabalho impecável para garantir a mesma qualidade na experiência dos Clientes”

Marcelo Bento-diretor de Planejamento

 

Confira aqui a lista de voos e horários

 

ENCONTRE AQUI AS OFERTAS DA AZUL



Irlanda muda regras de permanência de estudantes. Visto será reduzido de 12 para oito meses

A Irlanda
aprovou mudanças no seu sistema educacional. Agora, estudantes que
farão intercâmbio no país terão visto de permanência reduzido de
um ano para oito meses. A mudança valerá a partir do dia 1º de
outubro. Os alunos que já estão no país, e que tirarem o visto até
a data se enquadram na antiga regra.


Segundo
o governo
irlandês, a reforma visa proporcionar uma mudança duradoura no
setor, além de conter abusos que vinham acontecendo no sistema.
Apesar das
mudanças, a
duração das aulas continua a mesma, de 25 semanas (seis meses). O
período de férias também irá diminuir, de 25 semanas para oito
semanas.
As
regras para o período de trabalho continuarão as mesmas: 20 horas
semanais durante as aulas e 40 horas semanais durante as férias –
desde que o contrato seja realizado entre os meses de maio e agosto e
de 15 de dezembro a 15 de janeiro. A diferença é que os alunos que
se matriculam em um curso de 25 semanas, só podem ficar mais oito
semanas de férias no país, em vez das 25 anteriores, o que dá um
total de oito meses de permanência.
“Com
a nova regra, será possível renovar o visto por mais dois períodos
de igual duração. Desse modo, um aluno poderá passar, no total,
até dois anos estudando inglês na Irlanda, ao contrário dos atuais
três anos”, afirma Fernanda Lassala, gerente de produtos da S7
Study, agência de intercâmbio especializada em destinos de língua
inglesa. Já os estudantes de graduação e pós-graduação
continuam com a permissão de visto para 12 meses.
Com
o intuito de evitar problemas aos alunos, o governo da Irlanda
aumentou as exigências e a fiscalização. Para funcionar, as
escolas precisarão ter o selo ACELS, que comprova um nível de
qualidade emitido pelo QQI (Quality
and Qualifications Ireland
)
e estar inseridas em um programa de Learner
Protection
,
que é uma comprovação de que o aluno será realocado caso ocorra
qualquer problema com o colégio em que está matriculado.
“Essas
mudanças começaram a acontecer no final de 2014, devido ao grande
aumento de escolas de inglês no país. Com a grande procura dos
estudantes, o número de escolas também cresceu, porém nem todas
entregaram um serviço de alta qualidade. Essas mudanças privilegiam
os intercambistas que buscam um alto padrão de ensino atrelado a um
mercado de trabalho sadio”, diz Cristiano Simões, sócio-diretor
da S7.

_Promo USA 300x250

Azul muda os voos nas cidades de Araxá, Uberaba e Corumbá. Passagens para a terra de Dona Beja por R$ 87,90

Os voos de Confins
para Araxá que atualmente são com troca de aeronave em Uberaba
passam a ser diretos a partir de 1º de julho. De Araxá para o
Aeroporto Internacional Tancredo Neves, na Região Metropolitana de
Belo Horizonte, a rota continua sendo operada sem escalas. A
companhia Azul, a única a operar na cidade, também vai reduzir a
operação na cidade.

Os voos não serão
operados às terças e quintas. Aos sábados a partida será de
Confins e o retorno de Araxá será no domingo para atender o fluxo
de turistas na região. O voo de Araxá decola as 16 horas e de
Confins as partidas serão sempre as 14h19. Nesta rota a companhia
Azul usa o ATR-72 com 70 assentos. Em algumas datas de julho e agosto
é possível encontrar passagens por R$ 87,90 na ida ou volta.

De Uberaba para
Confins a Azul vai reduzir de dois para um o número de voos em cada
sentido. Atualmente em um dos horários a aeronave decola de Uberaba
para Araxá, de onde segue para Confins. Essa rota acaba a partir de
julho. As decolagens diárias de Uberaba serão sempre as 7 horas e
de Confins as 21h20. A cidade de Uberaba continua sendo atendida com dois horários sem escalas para Campinas.
                 TRECHO DE CONFINS/ARAXÁ POR R$ 87,90

CORUMBÁ

A companhia Azul
aguarda autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac)
para rota sem escalas de Corumbá (MS) para Campinas (SP) a partir de
3 de agosto. A companhia anunciou que pretende acabar com o voo
direto da cidade para Campo Grande (MT). A venda das passagens entre
as duas cidades ainda não foi suspensa.

O voo partirá de
Campinas para Corumbá todas as segundas, quartas e sextas, às
12h08, com previsão de chegada às 13h15. Aos domingos, o voo
partirá de Campinas para Corumbá às 11h50 com previsão de chegada
para às 12h50. De Corumbá para Campinas, sairão voos segundas,
quartas e sextas às 13h45 (horário local), com chegada às 16h40.
Já no domingo, o voo partirá de Corumbá às 13h20 para chegar em
Campinas às 16h16.

Banner 300x250

Azul vai transferir voos de Campos e Macaé do Santos Dumont para o Galeão

A partir de 14 de novembro, a companhia Azul vai transferir do Santos Dumont para o Galeão os voos para as cidades de Macaé e Campos dos Goytacazes. A mudança ainda depende da aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O Aeroporto do Galeão fica a 20 quilômetros do Centro do Rio de Janeiro.

Atualmente a Azul tem três voos do Santos Dumont para Macaé e dois para Campos dos Goytacazes. No sentido contrário o número de voos é o mesmo. Nestas duas cidades a Azul opera sem concorrência, motivo de ter decidido transferir as operações para o Galeão. Os voos são no ATR-72, avião turboélice com 70 lugares. Com a mudança, a Azul deixa de operar com o ATR-72 no Santos Dumont, aumentando a oferta de assentos. Os jatos da Embraer 195 usados no Santos Dumont são equipados com 118 assentos.
Os cinco slots (autorização de pousos e decolagens) que a companhia possui no Santos Dumont e que são usados para os voos para o interior do Rio serão remanejados. A Azul vai utilizar os slots do aeroporto central do Rio para os novas rotas para Vitória e do Santos Dumont para Congonhas, em São Paulo. A Azul não possui voos em dias úteis para Congonhas.
No dia 14 de novembro a companhia Azul pretende lançar quatro voos do Santos Dumont para Vitória, e quatro no sentido contrário. Atualmente apenas a Gol oferece voos sem escalas entre as duas capitais. As passagens da capital capixaba para o Santos Dumont são vendidas no site da Gol por R$ 210,90 na ida ou volta. Em 1º de outubro deste ano a TAM suspendeu voos diretos de Vitória para o Santos Dumont.
SERVIÇO
AZUL EM CAMPOS: 22-2726-6423
AZUL EM MACAÉ: 27-2763-5722

TAM E LAN transferem operações para o terminal 3 de Guarulhos e lançam nova sala vip

A TAM e a LAN iniciam na quarta-feira (8 de outubro) a
transferência das suas operações internacionais para o Terminal 3, no Aeroporto
Internacional de Guarulhos, e das 
operações domésticas da TAM do Terminal 1 para o Terminal 2. A companhia
pretende concluir em 10 de outubro todas
as mudanças.  Guarulhos é o maior hub
(centro de conexões de voos) internacional do Grupo LATAM. As companhias garantem
que não haverá alteração no horário programado de chegada e partida dos voos.

A primeira etapa da mudança acontece com a transferência
de toda a operação de voos internacionais de longa distância (de/para América
do Norte e Europa) do Terminal 1 para o Terminal 3, em 8 de outubro. Depois, em
9 de outubro, será a vez dos voos internacionais de curta distância (de/para
países da América do Sul). 
Em 10 de outubro os voos domésticos da TAM serão
transferidos do Terminal 1 para o Terminal 2, asa D. Estão incluídas nessa
transição toda a operação de check-in, despacho de bagagem, loja para compra e
remarcação de bilhetes, totens de autoatendimento e estrutura de backoffice. A
área de recheck-in (balcão para check-in de passageiros em conexão) estará no
T3 (piso de desembarque) e também no T2.
O acesso do passageiro ao aeroporto será mais fácil, pois
o edifício garagem está conectado diretamente ao terminal. O novo check-in da
LAN e da TAM conta com 40 balcões e está em local estratégico, perto da área de
embarque, para tornar o deslocamento pelo aeroporto mais ágil e fácil para o
passageiro. Além disso, o sistema de bagagem é de última geração e totalmente
automatizado, com mais velocidade e os melhores níveis de segurança. O cliente
que embarca no T3 tem ainda à disposição uma grande variedade de lojas, cafés e
restaurantes, bem como a maior loja da marca Dufry em área de chegadas de voos
em todo o mundo.
NOVA SALA VIP
No novo terminal, deverá ser aberta até o fim do mês a
primeira Sala VIP LATAM, a maior de Guarulhos, com 1.835 metros quadrados de
área e a primeira com identidade visual LATAM. O espaço pode acomodar 450
pessoas e estará disponível para todas as companhias parceiras da aliança
oneworld. Com design inovador, a sala será preparada para oferecer o máximo
conforto, com comodidades como sala de entretenimento, área de bufê de
refeições frias e quentes, banheiros privativos e choperia. 
As três salas que a TAM mantém nos Terminais 1 e 2 serão
desativadas já com a mudança das companhias para o novo terminal. Até a
inauguração da nova sala, os clientes poderão utilizar a Sala VIP de GRU,
localizada no Terminal 3, e a Sala VIP da American Airlines, no Terminal 2.
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com