Tudo viagem

Confira as regras para o transporte do álcool gel nos aviões

Para os voos internacionais o limite é de 100 ml, mas o frasco deve ser colocado em uma embalagem plástica. transparente e bem fechada.

O álcool gel agora está presente na vida das pessoas e quem pretende viajar de avião deve ficar atento ao regulamento da Agência Nacional de Aviação Civil A(ANAC). Na bagagem de mão, cada passageiro pode levar 500 ml. Para os voos internacionais o limite é de 100 ml. O frasco deve ser colocado em uma embalagem plástica. transparente e bem fechada.

Caso decida despachar a bagagem, também poderá levar 500 ml nos voos nacionais, e  500 ml nos voos internacionais. O álcool líquido não é permitido. Lembrando que o uso de máscara é obrigatório em todos os voos nacionais e internacionais.

A Azul está fornecendo para os passageiros e tripulantes kits com luvas, álcool em gel e lenço umedecido. A companhia também está usando descontaminantes bactericidas que contam com um princípio ativo que elimina o vírus da COVID-19 em 99,99% dos casos.

Esse assunto foi sugerido pelo nosso leitor Leo Avelino.

Avião da Força Aérea Brasileira transporta respiradores para socorrer vítimas do coronavírus

Nas últimas semanas, as aeronaves da FAB têm atuado no transporte de medicamentos e equipamentos entre diversas regiões do país.

Nove respiradores hospitalares que estavam no Rio de Janeiro foram transportados nesta quinta-feira (16/04) por uma aeronave C-95 da Força Aérea Brasileira (FAB). A aeronave pousou no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Os equipamentos serão reparados no Centro de Inovação e Tecnologia do SENAI-FIEMG, da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais), em Belo Horizonte.

A mesma aeronave da FAB vai levar respiradores que já foram consertados para atender pacientes do coronavírus do Amapá, um dos estados do Norte do Brasil com o avanço de casos da doença. Veja abaixo vídeo do embarque cedido por Antônio Paulo.

A missão interministerial, designada pelo Ministério da Defesa, em ação coordenada com o Ministério da Saúde e com o apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI), faz parte da Operação COVID-19.

Nas últimas semanas, as aeronaves da FAB têm atuado no transporte de medicamentos e equipamentos entre diversas regiões do país no enfrentamento ao COVID-19.

Vídeo do embarque dos respiradores na Pampulha

Aeronaves da FAB fazem repatriação

A Força Aérea Brasileira tem atuado ativamente em apoio aos brasileiros no enfrentamento à pandemia do COVID-19. Na Operação Regresso à Pátria Amada Brasil, a FAB repatriou brasileiros e familiares que estavam na China, prestando todo o suporte durante a quarentena destes cidadãos na Ala 2 – Base Aérea de Anápolis.

Em outra missão, coordenada pelo Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) junto ao Centro de Operações Conjuntas do Ministério da Defesa (MD), duas aeronaves C-130 Hércules foram empregadas na repatriação de um grupo de 66 brasileiros que estavam no Peru.

 

 

Confira dez dicas para você viajar de avião com o seu pet

O que fazer para transportar o bichinho e quais cuidados devem ser tomados para garantir o bem-estar e a segurança de todos a bordo? A Gol preparou 10 dicas com a ajuda do especialista em comportamento animal, Alexandre Rossi, popularmente conhecido como Dr. Pet. São dicas para ajudar quem não abre mão de levar o animal de estimação na viagem.

1) Antes de definir sua viagem, saiba para quais destinos a companhia oferece o serviço de transporte de pets
Para garantir a sua segurança e a do seu bichinho, as companhias aéreas têm algumas regras e restrições em relação ao transporte de animais, tanto em voos nacionais, como para viagens internacionais. A Gol transporta cães e gatos de pequeno porte na cabine em todos os destinos nacionais, com idade mínima de quatro meses e peso máximo de 10 quilos (incluindo a caixa de transporte). Além da cabine, é possível fazer o transporte de animais no compartimento de cargas.
2) Informe-se sobre as regras e procedimentos da companhia aérea para transportar o seu animal de estimação
Entrar no site da companhia ou ligar na central de atendimento é uma dica valiosa para quem não quer deixar nada para a última hora e evitar imprevistos ou surpresas no momento do embarque. Em seu site, a GOL disponibiliza a seção “Viaje sem Dúvidas”, que informa o que o passageiro precisa saber para curtir sua viagem sem preocupações e com tranquilidade, incluindo tudo sobre animais de estimação. Pelo telefone, o cliente da Gol pode ligar para 0300 115 2121.
3) Solicite o serviço de transporte de pets com antecedência, para checar a disponibilidade de voos, e não se esqueça de consultar as tarifas.
Para levar o seu cão ou gato de estimação junto com você, é necessário avisar com antecedência a companhia aérea com a qual você vai viajar. É importante não pular esse passo, pois ele garante a reserva para a data e o horário desejado. Na Gol, a solicitação do serviço deve ser feita por telefone (0300 115 2121) e há um limite de, no máximo, quatro pets por voo.
Caso o seu bichinho de estimação ultrapasse as dimensões ou peso máximo para viajar na cabine (que, na Gol, é de até 10 kg), não se preocupe, ele voará com você, mas em outro ambiente. Os animais que pesam até 30 kg são acomodados no porão dianteiro da aeronave, que possui a mesma pressurização e temperatura da cabine de passageiros. É importante verificar as restrições para algumas raças.
Existem taxas cobradas pelas companhias para o serviço de transporte do seu bichinho. Dentro da cabine, na Gol, o valor atual é de R$ 200 por trecho, que deve ser pago na reserva do serviço.
4) Se o pet for na cabine, atente-se às exigências para a caixa de transporte
No avião, é necessário que os animais estejam acomodados em uma caixa de transporte (kennel), que pode ser adquirida em pet shops. Ela pode ser de material rígido ou flexível. Antes de comprá-la ou embarcá-la, verifique se as dimensões estão de acordo com as permitidas pela companhia aérea. Lembre-se que, para a segurança de todos os passageiros, durante o voo, o pet não pode sair da caixa.
5) Habitue o pet ao uso da caixa de transporte
Uma dica importante é acostumar o bichinho com a caixa de transporte com antecedência – isso não pode ser deixado para a última hora! Opte pelos modelos mais confortáveis, que tenham espaço suficiente para o animal entrar, dar uma voltinha e se deitar.
Faça associações positivas com a caixa de transporte. Você pode, por exemplo, incentivá-lo a entrar jogando algo que ele goste muito dentro dela, como algum petisco ou brinquedo. Tenha paciência e faça isso gradativamente, sem fechar a porta. Recompense e elogie cada avanço que o pet tiver. Quando ele estiver mais habituado à caixa, comece a fechar a porta por alguns minutos e aumente aos poucos o período de permanência dele por lá.

6) Antes da viagem, verifique se as vacinas do seu amigo estão em dia
Por questões de segurança, o seu bichinho deverá estar saudável para voar. Então, é fundamental levá-lo ao veterinário para checar se está tudo em dia e pedir um atestado de saúde. Confirme também se a carteira de vacinação dele está em ordem.
7) Lembre-se de checar todos os documentos necessários – e exigidos pela companhia – para viajar
Assim como você, o seu bichinho de estimação precisa apresentar alguns documentos para viajar de avião. É necessário apresentar um comprovante da vacina contra a raiva e atestado de saúde feito pelo médico veterinário, que deve ter validade de 10 dias e ser emitido com até 72h de antecedência ao voo. É preciso ainda preencher um formulário, disponível nos balcões do aeroporto, contendo informações do dono (como endereço, telefone e código da reserva/localizador) e do animal.
8) Para viajar tranquilo com o seu pet, chegar no aeroporto com antecedência é essencial
Todo mundo sabe que, para viajar de avião, é preciso chegar ao aeroporto com antecedência. Em viagens com o pet não é diferente. No caso da Gol, o check-in deve ser realizado, no mínimo, duas horas antes do embarque.

9) Antes da viagem, é importante garantir a limpeza da caixa de transporte e o banho do seu bichinho
A higiene do pet e da caixa de transporte é fundamental, principalmente se for viajar na cabine. Por questões de segurança e bem-estar de todos, ambos devem estar totalmente limpos. No caso da caixa de transporte, tenha certeza de que está desinfetada e esterilizada.
10) Garantir o bem-estar do pet durante a viagem    
Para deixar mais tranquilos os animais que não puderem ser transportados na cabine, junto com os donos, é possível colocar dentro da caixa de transporte uma roupa ou algum objeto que tenha o cheiro dos proprietários. Isso o deixará mais seguro! Se o seu pet for muito agitado ou se a viagem for longa, uma opção é falar com o médico veterinário e avaliar se ele indica algum medicamento para acalmá-lo. Peça orientação a esse profissional também sobre a alimentação adequada antes de um voo. Importante: o animal deve estar sempre com a coleira de identificação, na qual deverão constar os dados de contato do dono. Essas informações também deverão constar na caixa de transporte.

JPG Passagens 300X250

Hilton Barra aceita animal de pequeno porte e oferece aos hóspedes transporte gratuito

Hóspedes do Hilton Barra, o primeiro da rede no Rio, podem contar com o serviço de transporte exclusivo e gratuito com destino a praia da Barra e os principais shoppings da região. A van do hotel leva até a Praia do Pepê, ponto mais badalado das areias do bairro, diariamente, em cinco horários. Já o shuttle para compras tem paradas no Via Parque Shopping, BarraShopping e Village Mall todos os dias da semana em três horários. 
Em seis meses de funcionamento o hotel Hilton Barra já está entre os melhores hotéis da cidade no Tripadvisor, site preferido dos viajantes no mundo todo, concorrendo com outros 232 hotéis do município. O ranking é baseado nas avaliações dos usuários que ficaram hospedados no hotel. O Hil Barra aceita animais de pequeno porte. Nesta semana o hotel está com uma promoção que garante 51% de desconto.
Os principais pontos positivos destacados foram o excelente atendimento das equipes, o design contemporâneo, decoração, limpeza impecável, cardápio, a vista da piscina para as lagoas da Barra da Tijuca e os amenities oferecidos no quarto como cápsulas de café Nespresso, chinelos personalizados, entre outros mimos.   
Sobre o Grupo Hilton
Hilton Worldwide é uma empresa líder global em hotelaria, abrangendo o setor de hotéis de luxo e full service, resorts com suítes para estadia estendida e hotéis com serviços específicos. Há 95 anos, o Grupo Hilton tem se dedicado a continuar a sua tradição de oferecer experiências de hospedagem excepcionais. O portfólio da empresa possui doze marcas globais e é composto por mais de 4.300 hotéis, com mais de 720 mil quartos em 94 países.

Hilton Barra Rio de Janeiro
Endereço: Avenida Abelardo Bueno, nº 1.430 – Barra da Tijuca.
Horário de funcionamento (Check-in: 15h/Check-out: 12h)
Opções de hospedagem:
São 298 apartamentos divididos nas seguintes categorias:
§  146 Apartamentos Classic
§  61 Apartamentos Balcony
§  68 Apartamentos Executivos
§  4 Suítes
§  3 Suítes Balcony
§  1 Suíte Presidencial
§  15 Apartamentos com acessibilidade

ACESSE AQUI A PÁGINA DE PROMOÇÕES DO HILTON BARRA

QUER VIAJAR PARA O RIO? ENCONTRE AQUI UMA PASSAGEM PROMOCIONAL

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com