Tudo viagem

EUA liberam entrada de brasileiros a partir de 14 setembro

As restrições também deixarão de valer para  vários países, entre eles a República Popular da China, Irã,  Reino Unido e Irlanda.

A partir da próxima segunda-feira (14/09) os brasileiros poderão viajar para os Estados Unidos. Em função da à pandemia da Covid-19, a proibição estava valendo desde 28 de maio deste ano.

As restrições também deixarão de valer para  vários países, entre eles a República Popular da China (excluindo as Regiões Administrativas Especiais de Hong Kong e Macau), o  Irã,  Reino Unido e Irlanda. A liberação é para estimular o crescimento de viagens aéreas. O setor de turismo dos Estados Unidos sofre drasticamente com a pandemia da covid-19.

Aeronave da American Airlines que realiza voos do Brasil para os EUA

O documento será publicado oficialmente em 14 de setembro de 2020. Em nota enviada para a imprensa, o governo dos EUA alega que as novas medidas “incluirão, entre elas, a interrupção de triagem de saúde aos que chegam de certos países, incluindo o Brasil. O governo  recomenda que os viajantes internacionais entrem em quarentena por 14 dias quando viajam de áreas de alto risco”. 

Leia comunicado completo

A nota emitida pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC), no dia 9 de setembro, e a nova regulação do Departamento de Segurança Nacional dos EUA (DHS), prevista para publicação no registro federal dos EUA no dia 14 de setembro, visam adotar uma nova abordagem para manter e proteger a saúde dos passageiros internacionais e dos norte-americanos. 

A nota do CDC e a publicação do DHS não alteram quem é permitido entrar nos EUA sob proclamação presidencial.  

As novas medidas serão implementadas no dia 14 de setembro de 2020 e incluirão, entre elas, a interrupção de triagem de saúde aos que chegam de certos países, incluindo o Brasil. O CDC continua recomendando que os viajantes internacionais entrem em quarentena por 14 dias quando viajam de áreas de alto risco. 

A partir dessa data, o governo dos EUA removerá os requisitos para direcionar todos os voos que transportam passageiros de companhias aéreas que chegam ou recentemente tiveram presença em alguns países, incluindo o Brasil, para pousar em um dos 15 aeroportos designados. 

 Em maio de 2020, o presidente Trump proclamou uma restrição de entrada para estrangeiros que estiveram no Brasil por 14 dias antes de entrar nos EUA. Essa restrição não se aplica a cidadãos norte-americanos, residentes permanentes legais (portadores de green card), familiares imediatos de cidadãos norte-americanos e residentes permanentes legais e categorias específicas. 

Lista das categorias isentashttps://br.usembassy.gov/pt/informativo-proclamacao-presidencial-que-restringe-as-viagens-de-estrangeiros-vindos-do-brasil-para-os-eua-incluindo-brasileiros/

 

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

(Visited 68 times, 12 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com