Tudo viagem

Serra do Cipó tem 5 cachoeiras liberadas a funcionar nos finais de semana

As exigências para receber turistas são o controle de temperatura, orientações sobre as regras de prevenção, banheiros, lixeiras e salva-vidas.

O decreto 061/2020 da Prefeitura de Santana do Riacho liberou a reabertura de cinco cachoeiras nos finais de semana dos atrativos do distrito Serra do Cipó. Mesmo sendo com capacidade reduzida, a notícia vem em um bom momento. Com o calor e a baixa umidade relativa do ar, a liberação agradou aos apaixonados pelas cachoeiras.

O acesso nos finais de semana está autorizado desde o dia 12 de setembro. Nesta mesma data as pousadas foram autorizadas a aumentar de 50 para 60% a capacidade para receber hóspedes. O decreto também liberou as operações aos finais de semana de receptivos turísticos e operadores de atividades, além de regular o horário dos estabelecimentos de alimentação. (Veja abaixo a lista das cachoeiras que estão recebendo público).

Cachoeira da Fazenda Parauninha está liberada para funcionar nos finais de semana

Segundo a prefeitura, a decisão tem como propósito orientar melhor os visitantes a locais apropriados e monitorados e propiciar experiências mais seguras, evitando invasões em áreas proibidas e gerando menos aglomeração. O horário do funcionamento das cachoeiras é de 8 às 17 horas.

Quando o visitante estiver fora do espelho de água, terá que usar máscara de proteção facial.  s cachoeiras autorizadas a receber o público passaram por vistoria da Prefeitura de Santana do Riacho. As exigências para receber turistas são o controle de temperatura, orientações sobre as regras de prevenção, banheiros, lixeiras, salva-vidas e outros serviços e infraestrutura que garantem mais conforto e segurança aos visitantes.

A utilização de guias e condutores para realização de passeios também estimula o acesso a locais adequados as visitas, garante a segurança das atividades, reduz o impacto de lixo e desordem,
melhora a qualidade da experiência e propicia mais oportunidades aos turistas.

Os atrativos turísticos da Lapinha da Serra e demais localidades do município de Santana do Riacho ainda não estão autorizados a funcionar.  O Parque Nacional da Serra do Cipó, Parque Estadual Serra do Intendente e Parque Natural Municipal do Tabuleiro (CMD) permanecem fechados e sem previsão de reabertura.

Atrativos turísticos abertos a visitação são:

Cachoeira Grande
Cachoeira Véu da Noiva
Cachoeira Serra Morena
Cachoeira da Caverna
Fazenda Parauninha

Não estão disponíveis a visitação

– Pedrão
– Cachoeira da Capivara
– Ponte do Córrego Palácio
– Fazenda Cipó/Lapa do Urubu
– Açude
– Cachoeiras e cursos d’água em propriedades privadas no alto da Serra
– Cachoeira do Virgulino (Lapinha da Serra)
– Qualquer lugar que tenha que passar por baixo da cerca ou danificar porteira.

Garanta aqui hospedagem na Serra do Cipó

Serra do Cipó reabrirá pousadas 21 agosto e cachoeiras dia 1° setembro

A Prefeitura de Santana do Riacho autorizou o funcionamento dos parques e cachoeiras de segunda à sexta-feira, no horário de 8 às  17 horas até 20 de setembro.

As pousadas da Serra do Cipó, distrito de Santana do Riacho, localizado a 120 km de Belo Horizonte, poderão reabrir na sexta-feira (21/08) com metade da taxa de ocupação. No dia 2 de agosto o avanço dos casos de coronavírus em todo o município obrigou a prefeitura a fechar todas as atividades comerciais são essenciais.

A partir de 1° de setembro as pousadas da Serra do Cipó os hotéis e pousadas poderão funcionar com taxa de ocupação de até 60%. As áreas de lazer das pousadas poderão reabrir. O uso de máscaras é obrigatório e não será necessário comprovar uma hospedagem na Serra do Cipó para entrar no distrito. Ou seja, a pessoa poderá passar o dia na localidade.

Os restaurantes e bares da Serra do Cipó poderão funcionar sem aglomerações até às 21 horas. Que tal tomar um banho de cachoeira para lavar esse “zica” do coronavírus? Isso será possível a partir de 1° de setembro. Nesta data os parques e cachoeiras que possuem portarias para controlar o acesso do público poderão reabrir.

A Prefeitura de Santana do Riacho autorizou o funcionamento dos parques e cachoeiras de segunda à sexta-feira, no horário de 8 às  17 horas até 20 de setembro. Nos finais de semana deverão ficar fechados. A partir de 21 setembro os parques e cachoeiras poderão funcionar todos os dias. A data de reabertura do Parque Nacional da Serra do Cipó ainda não foi definida.

A partir de 1° de setembro as pousadas que possuem mais de 10 apartamentos poderão funcionar com 60%. Os estabelecimentos com menos de 10 (dez) apartamentos, com capacidade máxima de 70%.

Em todo o município de Santana do Riacho foram registrados 16 casos de coronavírus e nenhuma morte. Nas estradas de acesso ao município serão instaladas barreiras sanitárias.

Booking.com

 

Prefeito faz apelo para que turistas não visitem a cidade agora; ouça a entrevista

O lockdown de Santana do Riacho foi decretado no dia 1° de maio depois que turistas de várias cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte, e até do interior do estado, começaram a chegar na Serra do Cipó.

Depois de ter a cidade invadida por cerca de três mil turistas no último final de semana, o prefeito de Santana do Riacho, André Ferreira Torres (PTB), onde fica a Serra do Cipó, decidiu manter a proibição de abertura de pousadas e restaurantes. Casas de aluguel também não poderão receber turistas. A proibição  vai até 31 de maio. 

O lockdown de Santana do Riacho foi decretado no dia 1° de maio depois que turistas de várias cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte, e até do interior do estado, começaram a chegar na Serra do Cipó. Nesta segunda-feira (04/05) a Prefeitura de Santana do Riacho autorizou a reabertura dos supermercados.

No último final de semana a Prefeitura de Santana do Riacho, com o apoio da Polícia Militar, fez blitz na entrada da Serra do Cipó para impedir que veículos com turistas seguissem para a localidade.  Só no sábado cerca de 120 veículos foram impedidos de entrar na Serra do Cipó.

Em entrevista para o programa Tudo Viagem, na Rádio CBN de Juiz de Fora, o prefeito fez um apelo para que os turistas não visitem a cidade neste momento, ressaltando que em breve pretende recebê-los.

Localizada a cerca de 100 quilômetros de Belo Horizonte, a Serra do Cipó é um destinos mais visitados em Minas Gerais. A restrições de funcionamento de estabelecimentos turísticos começaram a valer no dia 27 de março para evitar a propagação do coronavírus.

Entrevista concedida pelo prefeito André Ferreira Torres na nesta segunda-feira

 Faixa colocada na Serra do Cipó pela Prefeitura de Santana do Riacho

 

A foto da capa foi cedida pelo Mangiare Cipó

 

Ouça aqui o programa Tudo Viagem da CBN de Juiz de Fora

 

 

 

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com