Tudo viagem

Codeshare da LATAM Brasil e Delta começa em setembro; veja detalhes

Os passageiros LATAM Pass poderão acumular e resgatar pontos em voos da Delta para mais de 300 destinos em todo o mundo.

A LATAM Brasil divulgou nesta quinta-feira (27/02) detalhes do acordo codeshare com a Delta previsto para começar a vigorar no primeiro semestre de 2020. O acordo ainda está sujeito à aprovação regulatória.  O código ‘LA’ da LATAM Airlines Brasil será adicionado aos voos da Delta de Nova York (JFK), Miami, Boston, e Orlando para 65 destinos nos Estados Unidos e no Canadá. Da mesma forma.

O código ‘DL’ da Delta será adicionado aos voos da LATAM Brasil de São Paulo (Guarulhos) e Rio de Janeiro (Galeão) para 37 destinos no Brasil. Segundo o comunicado divulgado pela companhia brasileira, as mudanças fazem parte do trabalho em andamento para implementar o acordo anunciado por LATAM e Delta em setembro de 2019.

O grupo LATAM  e a Delta querem estabelecer uma aliança estratégica para combinar as malhas aéreas altamente complementares das companhias e oferecer aos clientes uma experiência de viagem única e com maior conectividade, para mais de 435 destinos em todo o mundo.

O Grupo LATAM Airlines também assinou acordo bilateral com a Delta para oferecer benefícios para passageiros frequentes. O acordo entrará em vigor em 1º de abril de 2020. Assim que o acordo for implementado, os passageiros LATAM Pass poderão acumular e resgatar pontos em voos da Delta para mais de 300 destinos em todo o mundo.

Da mesma forma, os clientes Delta Skymiles poderão acumular e resgatar pontos em voos da LATAM para 145 destinos em 26 países nos cinco continentes. Ambas as companhias também estão trabalhando para expandir o acesso às salas VIPs para mais aeroportos nas Américas e estabelecer mais benefícios para os passageiros frequentes durante o primeiro semestre de 2020.

74 destinos nos Estados Unidos e no Canadá

A partir desta quinta-feira (27/02) já estão disponíveis para vendas as passagens aéreas para os voos dos acordos de codeshare firmados entre Delta e LATAM Airlines Peru (para voos operados a partir de 29 de março de 2020), e LATAM Airlines Equador (voos a partir de 15 de março de 2020), oferecendo mais para 74 destinos nos Estados Unidos e no Canadá.

Os passageiros da Delta também podem adquirir passagens em codeshare com as filiadas da LATAM no Peru, Equador e Colômbia para 51 destinos na América do Sul.  Inicialmente, o resgate estará disponível apenas através do Contact Center da LATAM ou das lojas LATAM Travel. A disponibilidade via latam.com será comunicada oportunamente.

 

Frase….

“Com os acordos para passageiro frequente e de codeshare, a LATAM e suas filiais agora podem oferecer aos clientes alguns dos primeiros benefícios da promissora aliança estratégica com a Delta. Hoje, os clientes podem usufruir da conectividade entre a América do Norte e América do Sul, na medida em que continuamos avançando na nossa jornada para criar a melhor experiência de viagem para o cliente no continente”.

Roberto Alvo, vice-presidente Comercial do Grupo LATAM Airlines.

Encontre aqui as promoções de passagens da LATAM

LATAM do Peru, Colômbia e Equador anuncia codeshare com a Delta

A LATAM também planeja para estabelecer acordos de codeshare da Delta com as suas afiliadas no Brasil e no Chile em 2020.

A partir do primeiro trimestre de 2020 as afiliadas LATAM Airlines Peru, Colômbia e Equador terão acordos de codeshare com a Delta para oferecer mais conectividade com os Estados Unidos. Os três acordos firmados com a Delta hoje (2 de dezembro de 2019) oferecerão aos clientes da LATAM a possibilidade de acessar até 74 destinos nos Estados Unidos e no Canadá, abrindo até 51 destinos na América do Sul para os passageiros da Delta.

A LATAM também planeja para estabelecer acordos de codeshare da Delta com as suas afiliadas no Brasil e no Chile em 2020, oferecendo ainda mais conectividade entre a América do Sul e os Estados Unidos. Os novos acordos de codeshare representam o primeiro passo do acordo entre LATAM e Delta, anunciado em 26 de setembro de 2019, que combinará as malhas aéreas altamente complementares dos dois grupos.

A LATAM e a Delta estão trabalhando em uma transição gradativa que inclui o fortalecimento de seu acordo interline, o estabelecimento de acordos que permitam acesso recíproco às salas VIP e benefícios mútuos para os passageiros frequentes, além do desenvolvimento de novos acordos bilaterais de codeshare.

O código ‘LA’ da LATAM Airlines Peru será incorporado aos voos da Delta para até 74 destinos nos Estados Unidos e no Canadá a partir de Nova York (JFK), Miami (MIA), Los Angeles (LAX) e Orlando (MCO). Da mesma forma, o código ‘DL’ da Delta será adicionado aos voos da LATAM Airlines Peru para até 34 destinos no Peru e na América do Sul a partir de Lima.

O código ‘DL’ da Delta será adicionado aos voos da LATAM Airlines Colômbia para até 13 destinos na Colômbia a partir de Bogotá e Cartagena.

O código ‘LA’ da LATAM Airlines Equador será adicionado aos voos da Delta para até 55 destinos nos Estados Unidos e no Canadá a partir de Nova York (JFK). Da mesma forma, o código ‘DL’ da Delta será adicionado aos voos da LATAM Airlines Equador para até 4 destinos no Equador a partir de Quito.

Encerramento dos acordos de codeshare com a American Airlines

Será encerrado formalmente todos os seus acordos de codeshare da LATAM com a American Airlines em 31 de janeiro de 2020. Os passageiros que, antes desta data, adquiriram passagens com a LATAM para voos da American Airlines programados a partir de 1º de fevereiro de 2020 terão direito aos mesmos serviços, sem alteração das condições de viagem.

Os acordos de passageiros frequentes da LATAM e da American Airlines e para acesso recíproco às salas VIP permanecerão em vigor até a LATAM sair da oneworld.

Saída da aliança oneworld

A LATAM notificou em setembro de 2019 a oneworld e seus parceiros de aliança que deixaria a aliança dentro de um ano, de acordo com o prazo padrão para esta notificação. A empresa está avaliando uma data antecipada para a saída e comunicará qualquer alteração oportunamente.

Após a saída da LATAM da oneworld, a companhia manterá os seus acordos bilaterais com a maioria das companhias aéreas oneworld.

Confira os destalhes do acordo estratégico anunciado em 26 de setembro de 2019

  1. A Delta investirá US$ 1,9 bilhão em uma participação de 20% na LATAM, por meio de uma oferta pública de US$ 16 por ação. A oferta pública teve início em 27 de novembro de 2019 e terá duração de 30 dias.
  2. A Delta também investirá US$ 350 milhões para apoiar o estabelecimento da parceria estratégica contemplada no acordo.
  3. A Delta adquirirá quatro aeronaves A350 da LATAM e concordou em assumir o compromisso de compra de 10 aeronaves A350 adicionais da LATAM a serem entregues entre 2020 e 2025.
  4. A Delta terá representação no Conselho de Administração da LATAM. A aliança estratégica está sujeita a todas as aprovações governamentais e regulatórias necessárias.

Frase…

“Esses acordos de codeshare representam um marco importante na trajetória da LATAM para oferecer ao cliente a melhor conectividade e experiência de viagem das Américas. Em breve, os nossos passageiros poderão acessar até 74 destinos nos Estados Unidos e no Canadá, o que é apenas um exemplo de natureza complementar das nossas malhas aéreas e um dos muitos benefícios futuros que serão proporcionados pelo acordo estratégico com a Delta”

Enrique Cueto, CEO do Grupo LATAM Airlines

Acesse o site da LATAM e garanta descontos na compra das passagens aéreas

Delta anuncia acordo transfronteiriço com empresa aérea do Canadá

O acordo também incluirá a possibilidade de cooperar em voos de passageiros com cargas e contratos corporativos. 

A Delta Air Lines e a WestJet assinaram um acordo definitivo para criar uma joint venture transfronteiriça abrangente que oferecerá aos clientes uma extensa rede de rotas entre os Estados Unidos e o Canadá, além da venda de passagens aereas internacionais com um único código.

O acordo fortalece a parceria atual de voos em codeshare entre as companhias aéreas e segue a assinatura de um Memorando de Entendimento em dezembro de 2017, quando foi anunciada a intenção de formar a joint venture. A JV fornecerá mais opções no Canadá e nos Estados Unidos, com serviço para mais de 30 cidades entre os dois países, cobrindo mais de 95% da demanda dos Estados Unidos e Canadá e fornecendo aos clientes das duas companhias aéreas mais opções de viagem.

A nova joint venture também possibilitará a concorrência mais eficiente da Delta e WestJet juntas em relação às outras companhias áreas, permitindo a venda de passagens baratas para todos os destinos atendidos pelas duas companhias.

Após receberem as aprovações regulatórias no Canadá e nos Estados Unidos, a Delta e a WestJet trabalharão na implementação de todos os aspectos da cooperação aprimorada, incluindo expansão dos voos em codeshare, programa de fidelidade mais alinhado e benefícios recíprocos para os clientes das duas empresas, crescimento conjunto na rede transfronteiriça entre Estados Unidos e Canadá, além de espaço compartilhado em hubs importantes e trânsito facilitado de passageiros e bagagens.

O acordo também incluirá a possibilidade de cooperar em voos de passageiros com cargas e contratos corporativos. A Delta tem um sólido histórico de parcerias com companhias aéreas em todo o mundo: na Europa, América Latina, Ásia, Austrália e agora no Canadá. Essas joint ventures conectam redes complementares, permitindo que as companhias aéreas expandam as opções de serviços, adicionem conexões mais convenientes e forneçam uma experiência do cliente integrada.

 

Delta inicia construção de novo terminal em Nova Iorque que terá 37 portões

 

Serão investidos pela companhia US$ 3,4 bilhões  para abrigar toda a frota de aeronaves da aérea.

A Delta iniciou a construção do novo terminal no Aeroporto de La Guardia, em Nova Iorque. Serão investidos pela companhia US$ 3,4 bilhões.  O projeto prevê 37 portões conectados a um lobby central de check-in, área de segurança e despacho de bagagens, além de novos acessos para o estacionamento, embarques e desembarques.

A Delta substituirá os terminais C e D do aeroporto por uma instalação totalmente nova e sustentável para abrigar toda sua  frota.  O novo espaço abrigará toda a frota da Delta no Aeroporto de La Guardia, em Nova Iorque. A Delta também estuda  novos investimentos, tendo Los Angeles, Seatlle (WA) e Salt Lake City entre os principais..

No Brasil a Gol é a principal parceira da Delta, considerada uma das melhores companhias dos Estados Unidos e do mundo. No site da companhia brasileira você pode comprar passagens baratas para viajar pela Delta.

Passagens ida e volta de SP para Las Vegas por R$ 736,49! Belo Horizonte/Miami a partir de R$ 780

Uma segunda-feira sensacional! A Copa Airlines está com ótimas ofertas de passagens para os Estados Unidos. De Guarulhos (SP) para Las Vegas encontramos bilhetes de ida e volta por apenas R$ 736,90. Cada trecho está disponível por R$ 368,45. Por esse valor você pode em janeiro ou fevereiro de 2016, meses considerados alta temporada.
Nos voos de Confins (MG) para Miami a Copa está vendendo a ida e a volta por R$ 780,91. Cada trecho sai por R$ 390. Mas não é só isso! De Brasília para Miami você garante a viagem por R$ 792. A Delta também está com ótimas ofertas. De Ribeirão Preto ou de Uberlândia (MG) (SP) para Orlando encontramos os bilhetes de ida e volta por R$ 888,23.

De Vitória (S) para Orlando você viaja pela Azul no no Airbus A-3330 pagando R$ 894,36. O Tudo Viagem preparou uma lista com 950 ofertas por menos de R$ 1,3 mil com partidas de várias cidades brasileiras. Nos links abaixo você encontra a tabela com os trechos mais baratos.


CONFIRA ABAIXO A LISTA DE TODAS AS OFERTAS



HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com