Tudo viagem

Copacabana Palace faz 97 anos e anuncia reabertura para 20 agosto

O Copacabana Palace, hotel histórico localizado em frente à Praia de Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro, tem 239 apartamentos.

Considerado um dos hotéis mais caros do Brasil, o Copacabana Palace vai reabrir as portas na quinta-feira (20/08) com 50% de sua capacidade. O hotel completa nesta semana 97 anos de fundação na cidade do Rio de Janeiro. Em quase um século de sua fundação, o hotel jamais havia fechado as portas.

Nos quatro meses que ficou sem receber hóspedes, apenas equipes de manutenção e de segurança foram mantidas. Grades de proteção foram colocadas nas principais entradas. Os móveis do Copacabana Palace  foram embalados e guardados.

Nas últimas semanas os funcionários do hotel estão sendo treinados para atender os protocolos do Ministério da Saúde. Além dos cuidados redobrados no preparo dos alimentos, nos restaurantes as mesas vão ficar distantes. As equipe que antes ficavam responsáveis pela limpeza de 10 quartos, agora terão cinco nas tarefas diárias.

A limpeza de todos os ambientes do Copacabana Palace foi reforçada nos últimos dias. O Copacabana Palace, hotel histórico localizado em frente à Praia de Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro, tem 239 apartamentos. No período que ficou fechado, o hotel manteve dois hóspedes. O cantor Jorge Ben Jor, que mora no hotel desde 2018 ,e Andréa Natal, a diretora geral, que ocupa uma das suítes há 15 anos.

 

História

O Copacabana Palace foi construído pelo empresário Octávio Guinle e Francisco Castro Silva entre 1919 e 1923. A construção atendeu a uma solicitação do então presidente Epitácio Pessoa (1919-1922), que desejava um grande hotel de turismo na cidade do Rio de Janeiro.

Consulte aqui sobre os valores das reservas do Copacabana Palace

Viagens de carro serão as mais procuradas quando tudo isso passar

Para evitar riscos ou inconvenientes durante o trajeto é importante que o automóvel esteja com tudo em ordem.

Quanto tudo isso passar, vamos viajar. Talvez esta seja a afirmativa mais usada durante este período de isolamento social. Isso significa que as pessoas estão muito ansiosas para voltar a fazer viagens e, segundo especialistas, as mais procuradas serão para cidades mais próximas das residências. Portanto, o automóvel deverá ser o principal aliado do viajante.

Será o momento de planejar roteiros e despesas para curtir um momento de lazer sem preocupações. Mas para evitar riscos ou inconvenientes durante o trajeto, é importante que seu automóvel esteja em ordem.

Preferência por viagem de carro – foto: Pixabay

De acordo com o chefe de oficina, Rogério Pedrosa, fazer o check-up antes de uma viagem não só evita imprevistos, como ainda pode ajudar na economia de combustível e melhorar o desempenho do veículo.

“Existe uma lista de itens importantes a serem checados antes de cair na estrada, mesmo para quem segue a rotina de manutenção recomendada pela fábrica. A revisão não deve ser feita na véspera, já que se houver necessidade de substituição de alguma peça, muitas vezes é impossível fazer isso de um dia para o outro”, explica.

SEM DESGASTES

Desgaste, calibragem, balanceamento e alinhamento dos pneus, luzes do farol e dos freios, além de níveis de água do radiador e dos limpadores, podem ser conferidos pelo próprio motorista.

É importante ressaltar que mesmo que todos os procedimentos feitos no veículo estejam em dia, é importante levar o carro até uma oficina mecânica. As rodovias, diferentes das cidades, exigem mais performance e equilíbrio do veículo, já que há a necessidade de manter uma velocidade maior por mais tempo, além de possuírem trechos mal conservados, que podem danificar a suspensão.

O mecânico alerta: “verifique principalmente os fluidos do carro, nível do óleo, filtro de ar, os freios, suspensão e a parte elétrica”, salienta. Segundo ele, a calibragem também é importante para o equilíbrio do carro e até mesmo para contribuir com a economia de combustível, além de essencial para garantir a boa performance dos pneus.

PARTE ELÉTRICA

Para viajar com segurança, é importante também fazer um check-up na bateria, no motor de partida, no alternador e em todas as lâmpadas e fusíveis do carro.

“Lembre-se, você pode pegar uma serra com neblina ou estrada em dia de chuva. O carro é um sistema que funciona em conjunto, e o mau funcionamento de circuitos elétricos ou mecânicos podem prejudicar o desempenho do veículo”, alerta o especialista.

Para ter uma viagem tranquila e segura, o ideal é ter no veículo os itens básicos de segurança, como o macaco, triângulo e a chave de roda – todos funcionando perfeitamente.

“Por serem usados apenas em uma emergência, é comum que eles fiquem esquecidos, por isso verifique antes de sair de casa como está a situação dessas peças. Os cintos de segurança também devem ser testados, principalmente os traseiros – que costumam ser pouco usados no dia a dia, já que nem sempre há passageiros no banco de trás”, observa.

Além da manutenção preventiva, a prudência ao volante também é importante, lembra Pedrosa. “Em época de férias, as estradas estão mais cheias e com motoristas que não possuem tanta experiência com o tráfego intenso. A direção cuidadosa e paciente evita surpresas e acidentes, e torna as férias muito mais prazerosa”, ressalta.

VELAS X CONSUMO

Já o consultor de Assistência Técnica da NGK, Hiromori Mori, salienta que os motoristas devem ficar atentos à manutenção das velas de ignição. Para ele, a análise do componente permite detectar diversos problemas. “A aparência da vela diz muito sobre o estado do motor. Apenas por meio de uma inspeção visual é possível diagnosticar o uso de combustível de má qualidade e infiltração de óleo e de fluido de arrefecimento na câmara de combustão, por exemplo”, explica.

Velas de ignição que não funcionam de maneira adequada podem causar falhas no motor, dificuldades na partida, aumento no consumo de combustível e do nível de emissões poluentes.

Itens de desgaste natural, as velas de ignição nem sempre tem seu funcionamento irregular percebido pelo motorista e, por isso, a revisão periódica é tão importante. “Os motores atuais estão cada vez mais tecnológicos e preparados para trabalhar em condições adversas, especialmente quando há início de falha. Quando o dono do carro percebe que há algo errado, é sinal de que ele já ocorre há algum tempo”, afirma o especialista.

Outra vantagem da revisão preventiva é a economia. Velas com desgaste excessivo podem reduzir a vida útil de outros componentes como cabos, bobinas, transformadores, tampa do distribuidor, rotor e catalisadores. Além disso, o custo da manutenção corretiva de modo geral é mais alto do que a preventiva.

Os fabricantes sugerem a inspeção das velas a cada 10 mil quilômetros ou conforme recomendação da montadora.

Confira 10 destinos que estão recebendo turistas com medidas para evitar o coronavírus

Em Gramado, na Serra Gaúcha, os parques e demais atrativos turísticos foram autorizados a reabrir com várias regras, entre elas a proibição de filas com aglomerações,

A segunda semana de junho está sendo marcada pela reabertura de hotéis, pousadas, parques, restaurantes e serviços de transportes em cidades que adotaram um protocolo de segurança para evitar a propagação do coronavírus. Nossa equipe selecionou 10 destinos que decidiram receber turistas seguindo os protocolos das autoridades de saúde.

Além do uso de máscaras, a taxa de ocupação foi limitada em 50% e alguns estabelecimentos estão medindo a temperatura. Quem prefere ficar hospedado em um hotel fazenda, onde é possível fazer caminhadas ao ar livre, sem aglomerações, também tem várias opções em cidades de Minas Gerais.

No Beto Carrero World, parque localizado no município de Penha, reaberto para o público em geral nesta quinta-feira (11/06), estão sendo distribuídas máscaras personalizadas e os shows em ambientes fechados estão suspensos. Só pode entrar quem tiver uma temperatura de até 38 graus. O parque vai funcionar de quinta a domingo com metade de sua capacidade. Confira abaixo todos os destinos reabertos.

Cataratas do Iguaçu já está recendo turistas

  • 1 A Serra do Cipó, distrito fica localizado no município de Santana do Riacho, distante a 100 km de Belo Horizonte, está com pousadas e restaurantes reabertas desde a última quarta-feira (10/06). A Taxa de ocupação não pode passar de 50% nestes estabelecimentos. A reabertura só foi possível pelo fato de a cidade não ter registrado nenhum caso de coronavírus. O acesso aos parques e cachoeiras está proibido até 24 de junho.
  • 2 O Tauá Resort, hotel fazenda localizado em Caeté, a 50 km de Belo Horizonte, está recebendo turistas com taxas de ocupação de até 20%. Para ter acesso às piscinas aquecidas, é preciso agendar. Neste resort há várias opções de atividades de lazer sem você correr nenhum risco. O empreendimento fica em Roças Novas, que pertence a Caeté, longe das casas e do comércio local.
  • 3 Cinco hotéis fazenda de Santana dos Montes, cidade localizada a 135 km de Belo Horizonte, estão recebendo turistas com taxa de ocupação de 50%. Um dos primeiros a reabrir foi o Fonte Limpa, onde o hóspede pode passear a cavalo, de charrete e ainda caminhar em uma estrada cercada por uma mata preservada. Os hotéis fazenda da cidade estão seguindo os 50 protocolos do Governo de Minas com medidas sanitárias para evitar o coronavírus.
  • 4 Em Monte Verde, que fica no Sul de Minas, bem próximo ao estado de São Paulo, os hotéis e pousadas foram reabertos com taxa de ocupação de até 40%. As aéreas de lazer, incluindo piscinas, salão de jogos e saunas não poderão ser utilizadas. Os restaurantes também foram reabertos com vários protocolos sanitários, entre eles o distanciamento das mesas e limite de 40% do público.
  • 5 Em Gramado, na Serra Gaúcha, os parques e demais atrativos turísticos foram autorizados a reabrir com várias regras, entre elas a proibição de filas com aglomerações, obrigatoriedade do uso de máscaras e taxa de ocupação de 50%. Os hotéis e pousadas podem receber turistas com metade de sua capacidade. Famosa pelas ruas floridas, o destino se destaca pelos chocolates caseiros e uma culinária de padrão internacional.  Gostou da dica? Garanta aqui a sua hospedagem
  • Gramado a cidade das flores
  • 6 Canela, que fica a 7 km de Porto Alegre, também está com hotéis e pousadas funcionando com taxa de ocupação de 50%. Um dos atrativos da cidade, o Parque dos Bondinhos, que fica em área cercada por muito verde e uma cachoeira, está funcionando com várias medidas sanitárias para evitar a propagação do coronavírus.
  • 7 Em Penha, cidade localizada próximo ao Aeroporto de Navegantes, em Santa Catarina, o Beto Carrero World reabriu as portas para o público em geral nesta quinta-feira (11/06). Uma das novidades é o fornecimento gratuito de máscaras para os visitantes e funcionários, de álcool gel e suspensão dos shows em ambientes fechados. No mês de junho o Beto Carrero vai funcionar de quinta a domingo. Mas atenção! O parque está medindo a temperatura e quem apresentar mais de 37,8 graus não poderá entrar.
  • 8 Em Foz do Iguaçu, no Paraná, os turistas já podem visitar as Cataratas, a Usina de Itaipu, o Marco dos Três Poderes e o Parque das Aves. Inicialmente a taxa de ocupação é de 30%. Os 180 estabelecimentos de hospedagens, entre pousadas, hotéis e resorts, também foram reabertos. As fronteiras da Argentina e do Paraguai continuam fechadas.
  • 9 Em Atibaia, cidade localizada a 45 do Aeroporto de Guarulhos, os empreendimentos hoteleiros foram autorizados a receber hóspedes. O Tauá Resort, um dos maiores da região, e que conta com um parque aquático próprio, foi reaberto com taxa de ocupação de 20% e várias medidas de segurança para evitar o coronavírus]
  • 10 Em Maresias, em São Sebastião, no Litoral Norte de São Paulo, o turismo será reaberto a partir de 15 de junho. Maresias fica a 190 km e conta com 44 meios de hospedagens, entre pousadas e hotéis. Com ótima estrutura para receber os turistas, Maresias tem belas praias, com mar cristalino e uma Mata Atlântica preservada.

Garanta aqui a sua hospedagem em um destes destinos

Faça aqui a sua cotação e garanta voos baratos

Cinco dicas importantes na hora de trocar moeda estrangeira

A aquisição de cédulas falsas pode acarretar em uma série de problemas em aeroportos ou mesmo nos países de destino.

Uma viagem sem dor de cabeça requer alguns cuidados. Além de aproveitar as promoções de passagens aereas para garantir uma boa economia, é importante tomar alguns cuidados na hora comprar dólar ou outra moeda estrangeira.

A aquisição de cédulas falsas pode acarretar em uma série de problemas em aeroportos ou mesmo nos países de destino. A AML Consulting, maior bureau reputacional e líder nacional no mercado de soluções e serviços de prevenção à lavagem de dinheiro, preparou cinco dicas essenciais para quem vai comprar moedas estrangeiras:

mala-de-viagem-900x400

1) Evite o mercado informal para a compra de dólares, euros, libras e outras moedas

Algumas pessoas acreditam estar em vantagem ao adquirir as moedas com taxas inferiores. Porém, quando se faz os cálculos, percebe-se que a diferença final dos valores é mínima.

2) Busque uma instituição autorizada pelo Banco Central do Brasil para fazer a operação de câmbio manual

Qualquer operação cambial realizada por meio de uma instituição ou agente não autorizado configura prática criminosa que sujeita os infratores a responderem pelos crimes de sonegação fiscal, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

3) Solicite o seu contrato de câmbio

De acordo com a regulamentação em vigor, bancos e corretoras de câmbio são autorizados a operar com o câmbio turismo e, a cada operação realizada, é exigida a confecção de um contrato, mesmo que simplificado.

4) Não forneça documentos e informações pessoais

As pessoas não devem fornecer documentos e informações pessoais para empresas que não sejam idôneas, pois é comum a utilização desses dados em contratos de câmbio fictícios elaborados por criminosos. A pessoa é apontada como contraparte em uma operação de câmbio, sem que tenha conhecimento do fato, e essa situação pode acarretar, entre outros danos, problemas na hora de elaborar a declaração do imposto de renda.

5) Cheque a procedência das notas

Se o dinheiro for falso e a pessoa for flagrada, como comprovar a origem das cédulas? Isso pode levar à prisão em outro país. Além disso, pode ser que esses recursos venham de esquemas de lavagem de dinheiro oriundo da corrupção ou do tráfico de drogas, fazendo com que a pessoa se torne coautora dos crimes.

As operações de câmbio ilegais geram impactos negativos para toda a sociedade, pois elas fomentam crimes financeiros, como a lavagem de dinheiro, diminuem as receitas governamentais e acabam por expor os turistas a inúmeros riscos.

Gostou das dicas? Não se esqueça de planejar sua viagem. Além de escolher o destino, verificar se a documentação está em dia, a dica é comprar os bilhetes com 60 dias de antecedência. Seguindo estas dicas você vai garantir passagens aéreas promocionais.

Sobre a AML

A AML Consulting é líder nacional no mercado de soluções e serviços de prevenção à lavagem de dinheiro. Com um portfólio completo voltado para a gestão eficiente dos riscos operacionais e de reputação, a empresa desenvolveu oRisk Money, plataforma que organiza informações sobre pessoas físicas e empresas associadas a atividades ilícitas vinculadas a crimes financeiros ou infrações penais que podem anteceder a lavagem de dinheiro.

Compre e economize até 80% na MaxMilhas 

300x600

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com