Alas do Uruguai pretende iniciar voos para o Rio, SP e mais três destinos em dezembro

A companhia Alas Uruguai recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para funcionamento jurídico no Brasil. Autorização foi publicada pela agência no dia 4 de novembro deste ano. Para que possa solicitar autorização de voos, a companhia precisa finalizar o processo de certificação junto à Anac, que é a convalidação das autorizações emitidas pelo país de origem mais análise do Programa de Segurança do Operador Aéreo (PSOA).

Com três Boeings 737-300, a Alas pretende operar as rotas deixadas pela Pluna, companhia do Uruguai que decretou falência em junho de 2012. A nova companhia pretende começar a venda das passagens ainda em dezembro dos voos de Montevidéu para Assunção, Santiago, Buenos Ares, São Paulo e Rio e Janeiro.
A Alas é uma sociedade anônima, constituída por uma Associação Civil e Conselho de Administração, que tem como acionistas os funcionários da Pluna. Os executivos da Alas chegaram a estudar a possibilidade de usar os Bombardier CRJ-900 Next Generation, de 99 assentos, que pertenciam à Pluna. Um estudo mostrou que o Boeing 737-300, com 149 assentos, além de maior capacidade de transportar cargas.

Acesse aqui o site da Alas






HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com