Passaredo compra a MAP e anuncia voos em Ipatinga, Uberaba e Ponta Grossa

A aquisição do controle acionário da MAP consolida a vocação regional da Passaredo, que passa a atender a 28 destinos no Brasil, e irá permitir também a ampliação do acesso ao aeroporto de Congonhas.

A MAP Linhas Aéreas, companhia com sede em Manaus, acaba de ser vendidas para a Passaredo Linhas Aéreas. As rotas atendidas pela MAP no Norte do Brasil serão mantidas pela Passaredo.No dia 31 de julho a Passaredo recebeu 14 slots (autorização de pousos e decolagens) no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Já a MAP terá direito a 12 horários.  Coma  compra, a Passaredo terá direito a operar 26 voos no aeroporto mais importante do Brasil.

Em comunicado divulgado ao mercado, a Passaredo informou que manterá todas as operações atuais da MAP, assim como todos os postos de trabalho nas bases operacionais e na sede da empresa, em Manaus . Segundo José Luiz Felício Filho, Presidente da Passaredo, a estratégia contempla aumento no número de voos na Região Norte, além de implementar novos destinos na operação a ser iniciada no aeroporto de Congonhas.

“Sempre tivemos muito interesse na Região Norte, mas a dificuldade logística nunca permitiu nossa expansão para aqueles mercados. Agora, com uma estrutura completa em Manaus, inclusive de manutenção, poderemos dedicar uma frota de aeronaves para assumir as operações regulares no Norte. Além disso, expandiremos novas rotas em importantes mercados regionais de São Paulo, em linha ao atendimento do programa ‘São Paulo para Todos’ de incentivo à aviação implementado pelo Governo de São Paulo em parceria com a ABEAR”.

A expansão das operações trará um importante incremento de receita e equilíbrio financeiro para a empresa. “Já estamos preparados para o início dos voos em São Paulo em 27 de outubro, e em breve lançaremos a nova malha na capital paulista. Logo após o início dos voos em Congonhas, iremos trabalhar na expansão da malha da Região Norte”, afirmou Felício.

Mesmo modelo de aeronave

Segundo a Passaredo, a similaridade da frota operada pelas empresas facilitou o processo de compra. A Passaredo passará a ter 13 aeronaves modelo ATR, sendo 10 atualmente em operação e outras 3 adicionais com chegada prevista para os próximos 45 dias. A aquisição do controle acionário da MAP consolida a vocação regional da Passaredo, que passa a atender a 28 destinos no Brasil, e irá permitir também a ampliação do acesso ao aeroporto de Congonhas a importantes mercados que atualmente operam em aeroportos periféricos, como Viracopos e Guarulhos.

A Passaredo informou que pretende iniciar ainda neste ano operações nas de Araçatuba, Bauru, Marilia, Uberaba, Dourados, Ipatinga, Ponta Grossa, entre outras localidades, além de novos destinos na Região Norte. Até o final de 2019, a Passaredo atenderá a 37 localidades em todas as regiões do Brasil.

Nova identidade

O cenário promissor da Passaredo também inclui o relançamento da marca, que reforça o novo momento da companhia, de crescimento e recolocação do produto no mercado. A mudança tem como objetivo proporcionar aos seus clientes ainda mais qualidade nos serviços oferecidos pela companhia, além de produtos diferenciados.

FRASE…

“Acreditamos em ampliar de forma significativa o acesso de mercados regionais ao Aeroporto de Congonhas. O programa São Paulo para Todos é um diferencial que nos estimula a aumentar os destinos regionais da Passaredo. Nossa operação não irá apenas gerar concorrência nesses mercados regionais, mas também irá oferecer um produto de qualidade para os usuários que precisam ir a São Paulo”

Eduardo Busch, CEO da Passaredo

Companhia Amaszonas suspende voos em Campinas para operar em Guarulhos

A empresa usa em seus voos o jato da canadense Bombardier equipado com 50 assentos.

A companhia Amaszonas não está mais oferecendo voos de Campinas (SP) para Assunção, no Paraguai. A suspensão ocorreu no dia 16 de mio, mas só agora foi divulgada pela empresa. A Amaszonas está oferecendo voos diários a partir de Guarulhos para a capital paraguaia desde 16 de maio deste ano.


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

A Amaszonas oferece voos de Assunção para o Galeão (RJ), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS) e Campo Grande (MS). Ainda neste ano a empresa planeja lançar voos do Paraguai para Belo Horizonte e Florianópolis. A data ainda não foi definida.

A companhia tem subsidiárias no Uruguai e na Bolívia. A Amaszonas usa em suas rotas o Canadair Regional Jet (CRJ) (fotos abaixo), fabricado pela Bombardier Transportation, uma empresa canadense. O CRJ-200, como é conhecido o avião, tem 50 assentos.

 GARANTA AQUI PASSAGENS AÉREAS COM DESCONTOS ESPECIAIS

[/read]

Gol terá cinco aeronaves Boeings 737 MAX 8 em sua frota

Companhia poderá oferecer voos sem escalas para os mercados de Miami, Fort Lauderdale, Orlando e Cancún

A Gol caba de assinar contrato com a Sale and Leaseback para compra e arrendamento de cinco jatos Boeing 737 MAX 8. As cinco aeronaves têm um valor total de US$ 550 milhões de dólares e serão entregues entre junho e novembro de 2018. De acordo com os termos do contrato, as aeronaves serão arrendadas por 12 anos.

gallery-large-04

ECONOMIA

As novas aeronaves vão possibilitar a redução do consumo de combustível em até 15% em comparação às aeronaves 737-800 Next Generation (NG). Atualmente a frota da Gol é composta por 120 aeronaves, com idade média de oito anos.

As aeronaves 737 MAX 8 serão equipadas com tecnologias de última geração, proporcionando um melhor desempenho operacional, maior alcance e maior peso máximo para decolagem (MTOW), além de menores gastos com combustível, em comparação tanto com o modelo 737 800 NG quanto com o modelo A320neo.

As aeronaves 737 MAX 8 vão contar com uma maior autonomia de voo, de até 6.500 km (em comparação aos 5.500 km atuais) e um MTOW de até 82 toneladas (em comparação às 70 toneladas atuais). Desta forma, a Gol poderá oferecer voos sem escalas para os mercados de Miami, Fort Lauderdale, Orlando e Cancún – destinos procurados pelos brasileiros.

Em fevereiro de 2015 a Gol suspendeu os voos para os Estados Unidos. As aeronaves da companhia eram obrigadas a fazer uma parada na República Dominicana para abastecimento antes de seguirem para Miami, um dos destinos atendidos pela Gol.

Em comunicado ao mercado, a Gol destacou que entre as melhorias e inovações estão também uma redução de até 15% no consumo de combustível em relação ao modelo 737 800 NG e redução de emissões de gases de efeito estufa em comparação com o Boeing 737 NG. O 737 MAX é mais silencioso, com ruído 40% menor do que os aviões de um corredor de hoje.

MAIS ASSENTOS

Em comparação ao modelo A320neo, a previsão da companhia é que o 737 MAX 8 irá fornecer vantagens de alcance e de custo. Com a configuração da Gol, o 737 MAX 8 fornecerá uma vantagem de alcance de mais de 500 km em comparação com o modelo A320neo, e permitirá à Gol nove assentos adicionais em sua configuração, mantendo ao mesmo tempo seu atual espaçamento.

A expectativa é, também, gastar até 8% menos de combustível por assento em relação ao modelo A32neo. A Gol tem uma encomenda de 120 aeronaves 737 MAX até 2028, sendo que atualmente é a principal cliente da família 737 na América Latina e uma das cinco maiores no mundo.

ENCONTRE AQUI AS MENORES OFERTAS DA GOL

300x600

Está no ar a primeira promoção da Avianca de 2017

image003-1
Além de lançar passagens a partir de R$ 80 o trecho, Avianca Brasil anuncia chegada do segundo Airbus A320neo

Os destaques são as passagens vendidas por R$ 80 nos voos de Guarulhos (SP) para Curitiba (PR) para viagem nos meses de março e abril de 2017. Para embarque em fevereiro os bilhetes estão disponíveis por R$ 95 entre as duas cidades.

De Guarulhos para Florianópolis a Avianca lançou passagens por R$ 89 na ida ou volta para viagem nos meses de fevereiro, março e abril de 2017. Do Galeão (RJ) para São Paulo (Aeroporto de Congonhas) a companhia lançou passagens por R$ 95 na ida ou volta para viagem em voo direto.

Na ponte aérea Rio/São Paulo a Avianca está vendendo passagens por R$ 98. Já um bilhete do Rio de Janeiro (Santos Dumont) para Brasília, em voo direto, está disponível por R$ 99. De Guarulhos para Brasília cada trecho sai por R$ 98. Esses valores são encontrados para viagem nos meses de março, abril e maio deste ano.

PASSAGEM POR R$ 89 DE GUARULHOS PARA FLORIANÓPOLIS. GARANTA AQUI

flo99

NOVO AIRBUS

A Avianca Brasil iniciou nesta semana os voos comerciais de seu segundo A320neo, o avião mais moderno da categoria. Com o novo jato, a frota de aeronaves de passageiros da companhia chega a 44 unidades, todas da fabricante Airbus.

O A320neo incorpora as tecnologias mais avançadas disponíveis, como motores de última geração que produzem, em média, 50% menos ruído e oferecem eficiência energética até 15% superior. Além disso, as aeronaves A320neo da Avianca Brasil estão equipadas com cabines Space Flex configuradas com 165 assentos, garantindo amplo espaço individual aos passageiros.

A Avianca confirmou em julho de 2016 uma encomenda de 62 aeronaves A320neo como parte do seu plano de negócios, que prevê a operação da frota mais jovem, moderna e eficiente do país. Atualmente, a idade média dos seus aviões é a mais baixa entre as operadoras latino-americanas.

ACESSE AQUI AS OFERTAS DA AVIANCA

 Banner 250 x 250

Avianca Brasil terá 62 aeronaves Airbus A320neo

AVI02

A Avianca Brasil encomendou 62 aeronaves Aribus A320neo da fabricante Airbus. A aquisição faz parte do plano de negócios definido pela companhia, que prevê a operação da frota mais jovem do país. Atualmente, a idade média dos aviões da empresa, de 3,7 anos, é a mais baixa entre as operadoras nacionais.

A Avianca Brasil opera hoje com 40 aeronaves de passageiros dos modelos A318, A319 e A320 e um cargueiro A330. No segundo semestre deste ano a Avianca Brasil vai receber dois modelos A320neo referentes a um contrato anterior. As outras 62 aeronaves serão entregues a partir de 2018.

A família A320neo incorpora as tecnologias mais avançadas disponíveis, como motores de última geração que proporcionam mais de 15% de economia de combustível. A redução do consumo resultará em menos emissões atmosféricas, bem como se refletirá positivamente na rentabilidade da empresa.

A LATAM (nome nome da TAM e da LAN Chile) será a primeira na América do Sul a operar o A320neo. A companhia Azul deve receber em setembro do novo modelo Airbus. A companhia Avianca Brasil pretende homologar essas aeronaves para futuramente operar na Ponte Aérea entre o Rio de Janeiro e São Paulo, aumentando a concorrência com as gigantes Gol e LATAM.

O Airbus A-319 da Avianca é configurado com 132 assentos. O A320neo vai aumentar a oferta com 33 poltronas adicionais, mantendo o mesmo padrão de conforto, que é a marca da Avianca Brasil. A companhia é única empresa aérea brasileira a apresentar a categoria ‘A’ do Selo Dimensional Anac em todas as fileiras de assentos de todas as aeronaves da frota .

A Avianca Brasil começou a utilizar aeronaves da Airbus em 2010, tendo tomado a decisão estratégica de padronizar toda a sua operação com jatos da fabricante. Dsde então, a companhia aumentou em seis milhões o número de passageiros transportados ao ano. Em 2015, apresentou a mais alta taxa de ocupação média do setor nacional, de 83%. Todos os modelos Fokker-100 foram aposentados pela Avianca no ano passado.

FRASE…….

“O contrato que assinamos com a Airbus reafirma nosso compromisso de oferecer sempre o melhor produto da aviação comercial brasileira e destaca nossa confiança no potencial do mercado no médio e longo prazos. O país incluiu mais de 75 milhões de pessoas no transporte aéreo na última década e acreditamos que esse número continuará crescendo”,

Frederico Pedreira, presidente da Avianca Brasil

ENCONTRE AQUI AS OFERTAS DA AVIANCA

Noites Grátis 300x250

Alas do Uruguai fará o seu primeiro voo no dia 21 de janeiro de Montevidéu para Assunção

Depois de anos de espera, agora saiu do papel! O primeiro voo da Alas Uruguay será no dia 21 de janeiro, próxima quinta-feira. A companhia começou a vender nesta terça-feira (19) as passagens dos seus voos diretos de Montevidéu para Assunção (Paraguai). Os voos serão às segundas, quartas e sextas. De Montevidéu para  Buenos Aires (Aeroporque) a companhia pretende oferecer três voos diárias, mas a venda das passagens ainda não foi iniciada. A companhia fará ainda a ligação de Assunção com Punta del Este, no Uruguai. O primeiro voo será de Montevidéu para Assunção. 

Com o slogan “Uruguai volta a ter asas”, a companhia tem como principal desafio ganhar a confiança dos passageiros da América do Sul. Até março deste ano a Alas terá voos de Montevidéu para Guarulhos (SP), Galeão (RJ) e Santiago (Chile). A venda das passagens para o Brasil será iniciada assim que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) analisar os documentos entregues pela companhia. Ainda não há data para o início dos voos para o Chile.

Em primeira mão, confira como será o uniforme da tripulação
EMPREGOS

Inicialmente a Alas vai gerar 220 empregos diretos no Uruguai, a maioria ex-funcionários da Pluna, companhia que faliu em junho de 2012.  Nos outros países serão 60 empregos que serão gerados. A Pluna tinha o Governo do Uruguai como sócio majoritário. A Alas começa a operar com três modelos B-373-300SP, uma das aeronaves da Boeing mais usadas pela aviação comercial. O modelo que a Alas vai usar tem capacidade de transportar 132 passageiros.

          PASSAGENS DO URUGUAI PARA ASSUNÇÃO

                              ASSISTA O VÍDEO DA ALAS URUGUAY

AQUI VOCÊ ENCONTRA O SITE DA ALAS



Flyways esclarece sobre início da venda das passagens

O site da Flyways disponibilizou os preços das passagens de seus primeiros voos. A companhia esclareceu que as tarifas foram colocadas em seu site em função de um erro. Assim que o problema foi constatado, a nova companhia aérea do Brasil retirou todos os trechos que estavam sendo vendidos. Todos os valores divulgados pelo Tudo Viagem estão corretos, segundo uma fonte da Flyways. A empresa promete conceder 30% de desconto para quem tem até 21 anos.

A venda das passagens será iniciada ainda nesta semana. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) precisa liberar os voos para que a Flyways comece a vender os bilhetes aéreos. A companhia pretende iniciar os voos no dia 28 dezembro, e não dia 4 de janeiro. A Flyways confirmou que vai vender por R$ 99 o trecho das passagens dos voos do Galeão (RJ) para a Pampulha, em Belo Horizonte, o primeiro voo da companhia.

Estamos de olho e vamos informar assim que a Flyways começar a vender as passagens. É bom você ficar atento! A companhia promete uma surpresa para as primeiras 100 pessoas que comprarem os bilhetes aéreos. A companhia terá voos sem escalas de Belo Horizonte para Ipatinga, Uberaba, Patos de Minas e Araxá. Em todos os voos a companhia vai usar o ATR-72, modelo turboélice com 68 assentos. O telefone da companhia é 4007-2295.

A foto acima mostra a tripulação da Flyways embarcando no Galeão rumo ao Aeroporto da Pampulha para lançamento da companhia.

Generica 728x90

Alas do Uruguai pretende iniciar voos para o Rio, SP e mais três destinos em dezembro

A companhia Alas Uruguai recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para funcionamento jurídico no Brasil. Autorização foi publicada pela agência no dia 4 de novembro deste ano. Para que possa solicitar autorização de voos, a companhia precisa finalizar o processo de certificação junto à Anac, que é a convalidação das autorizações emitidas pelo país de origem mais análise do Programa de Segurança do Operador Aéreo (PSOA).

Com três Boeings 737-300, a Alas pretende operar as rotas deixadas pela Pluna, companhia do Uruguai que decretou falência em junho de 2012. A nova companhia pretende começar a venda das passagens ainda em dezembro dos voos de Montevidéu para Assunção, Santiago, Buenos Ares, São Paulo e Rio e Janeiro.
A Alas é uma sociedade anônima, constituída por uma Associação Civil e Conselho de Administração, que tem como acionistas os funcionários da Pluna. Os executivos da Alas chegaram a estudar a possibilidade de usar os Bombardier CRJ-900 Next Generation, de 99 assentos, que pertenciam à Pluna. Um estudo mostrou que o Boeing 737-300, com 149 assentos, além de maior capacidade de transportar cargas.

Acesse aqui o site da Alas






Azul anuncia a compra de 63 Airbus A-320 com 174 assentos


A Azul terá a partir de 2016 o Airbus A-320neo. A companhia pretende utilizar os novos aviões para aumentar sua oferta de assentos em rotas de longas distâncias e de alta demanda. Os A-320neo serão configurados com capacidade para 174 assentos e equipados com a nova geração de motores CFM International LEAP-1A. O acordo prevê a introdução de 63 aviões, dos quais 35 serão adquiridos pela Azul e os outros 28 serão por meio de leasing com as empresas AerCap (20 unidades) e GECAS (8 unidades). Todas as aeronaves serão gradativamente introduzidas à frota da companhia entre 2016 e 2023.

“Os A-320neo serão um perfeito complemento à nossa frota de jatos Embraer e ATR. Avaliamos os aviões da Boeing, que tem opções na mesma categoria, mas optamos pela Airbus pelo conforto e menores custos operacionais, o que nos permite oferecer tarifas ainda mais competitivas nas rotas de longo curso. Os A-320neo consumem até 20% menos combustível por assento/km em relação ao modelo atual. Eles contarão com o já consagrado Espaço Azul e serão equipados com assentos slimline e TV ao vivo. Além disso, os banheiros do novo modelo foram reposicionados e conferem maior espaço à cabine”, afirma David Neeleman, fundador e CEO da Azul. 
No Brasil os modelos Airbus são usados pela TAM e Avianca. A Gol tem uma frota 100% Boeing. “As novas aeronaves também beneficiarão outras unidades de negócio da Azul. Poderemos, por exemplo, dedicar mais espaço ao transporte de cargas ou, ainda, disponibilizar mais assentos para Clientes do TudoAzul e da Azul Viagens”, completa Neeleman.
Nesta segunda-feira (1º de dezembro) a Azul inicia voos para Fort Lauderdale/Miami. Em 15 de dezembro a companhia começa a conectar Campinas com Orlando com voos diários. Nesta rota a Azul vai usar o A-330-200. A companhia comprou seis modelos. A partir de 2017, chegarão ao Brasil cinco novos e modernos A-350-900 adquiridos pela Azul. Atualmente a Azul usa o ATRs com 45 e 70 assentos, além dos jatos da Embraer configurados para transportar 108 e 118 passageiros.
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com