Uruguai prorroga até abril de 2019 isenção de impostos para turistas estrangeiros

O Uruguai recebeu no primeiro semestre de 2018, 2.147.957 visitantes não residentes, o que significou um aumento de 1,7% em relação ao mesmo período de 2017.

Turistas estrangeiros terão isenção do IVA até abril de 2019 para despesas de serviços gastronômicos, empresas de aluguel de carros e serviços de catering para eventos e festas. O benefício está vigorando desde o ano de 2012. O anúncio da prorrogação do benefício foi feito durante a passagem da Ministra de Turismo do Uruguai, Liliam Kechichian, na Festuris Gramado e pelo Vice-Ministro de Turismo do Uruguai, Benjamin Liberoff, na ABAV 2018.


Leia mais

Aeroporto de Montevidéu é o primeiro da América do Sul a implantar embarque biométrico

O sistema vai permitir o embarque entre 13 e 14 passageiros por minuto, o dobro do realizado pelo sistema manual.

O Aeroporto Internacional de Carrasco, em Montevidéu, começou a usar neste mês o embarque biométrico. O Uruguai é pioneiro na América do Sul na aplicação do sistema, permitindo aos visitantes um processo de embarque mais seguro e eficaz. (Confira no final promoção de passagens para Montevidéu).


Leia mais

Uruguai tem a festa de Carnaval mais longa do mundo

São 31 dias de festas com destaque para uma das maiores baterias de tambores do planeta.

 

A abertura do Carnaval no Uruguai será no dia 25 de janeiro, na Avenida 18 de Julio, onde acontece o desfile de abertura da folia. Carros alegóricos e cortejo de Rainhas do Carnaval agitam uma das avenidas mais importantes de Montevidéu. Neste mês de janeiro, apesar de ser alta temporada, você encontra hoteis em promoção em várias cidades do Uruguai.

Outro destaque do Carnaval são os famosos desfiles de “Llamadas”. Com forte influência da cultura africana, sob o som do Candombe, esse ano ocorrerão nos dias 8 e 9 de fevereiro e passarão pelo bairro: Sur e Palermo, também na capital uruguaia. A tradição evoca e lembra os encontros dos escravos, que se reuniam fora da cidade durante os séculos XVIII e XIX.

A força e o colorido do ritmo africano é caracterizado por três tipos de tambores: chico, repique e piano. O comovedor espetáculo é o maior no mundo quando se trata de tambores sendo tocados ao mesmo tempo: são mais de 2500 instrumentos unissonantes, arrepiando o público.

Além de curtir e dançar baixo o som dos tambores do Candombe, o visitante poderá desfrutar da Murga, ritmo de origem espanhola que mistura teatro, paródia, humor e melodia. O gênero é uma das expressões mais genuínas da cultura uruguaia, principalmente por sua participação popular. Nas noites de fevereiro os conjuntos percorrem palcos de bairros – tablados montados nas ruas durante o período de carnaval, onde costumam se apresentar.

Além de Montevidéu, todas as cidades do interior do Uruguai têm seus desfiles inaugurais. Algumas cidades sofrem influência de outros países como Rivera, Artígas e Melo, localidades fronteiriças ao Brasil, que adotam diversos elementos do carnaval do Brasil. As festas do Carnaval são realizadas.

Montevidéu é uma das capitais da América do Sul com expansão de hoteis all inclusive e que se destaca por oferecer várias opções de passeiros. Você pode visitar durante o ano todo o Museu do Carnaval. Além de abrigar a memória da folia mais popular da América do Sul, o visitante tem oportunidade conhecer parte da história nacional. (Fotos: Leonardo Correa)

 

 

Vai viajar para o Uruguai? Saiba como receber de volta 80% dos impostos pagos

A devolução é feita no cartão de crédito e se a despesa for superior a 600 pesos uruguaios ou aproximadamente 21 dólares.

 

Se você pretende visitar o Uruguai não deixe de usar o seu cartão de crédito para pagar o aluguel de carro, as despesas do restaurante e até o artesanato. É que o país vizinho devolve 80% do Imposto ao valor agregado (IVA). A devolução é feita se a despesa for superior a 600 pesos uruguaios (aproximadamente 21 dólares).

[expander_maker id=”1″ more=”Leia mais” less=”Recolher”]

 

A restituição também vale para produtos de fabricação nacional que possuam convênio com Tax Free (roupas, artigos de couro, alimentos e bebidas e artesanatos). A devolução do dinheiro do IVA não é realizada na hora, mas sim em até cinco dias uteis após a informação do número de cartão de credito na aduana, em caso de aceite da solicitação realizada pelo fiscal alfandegário.

Uruguai é o pioneiro na América latina na autogestão de Tax Free. O país inovou e inseriu um dispositivo digital de autogestão para a devolução do IVA de acordo com o regime de Tax Free aos turistas que deixarem o país em alguns portos, aeroportos e fronteiras alfandegarias com outros países.

O sistema já foi instalado no aeroporto de Carrasco, em Montevidéu e a cidade de Salto, fronteira com Argentina, foram os primeiros postos a receberem o terminal de autogestão e até o fim do ano serão mais três pontos: Fray Bentos, porto de Colônia Del Sacramento e porto de Montevidéu.

Com o novo sistema de validação digital, a operação do Tax Free será realizada em tempo real, minimizando os erros no momento do “input” das informações dos turistas, otimizando o tempo dos funcionários da alfandega e eliminando a inserção de dados e seu processamento posterior.

Além disso, o novo sistema agiliza o processo de saída do turista que pode imputar os dados no terminal, e a empresa responsável por todo o processo, Global Blue, pode conferir os processos em cada ponto em tempo real, já que o mesmo fornece dados estatísticos de performance capazes de acusar possíveis erros.
Global Blue e Uruguai

A Global Blue Argentina, detentora das operações no Uruguai é filial de empresa de origem Suíça, com presença em 36 países. São responsáveis por toda a tramitação de devolução do IVA aos turistas em território uruguaio desde 2012. De acordo com o decreto MEF Nº 7393 de 8 de novembro do mesmo ano foi ganhadora de uma nova licitação realizada em março de 2016.

COMO TER ACESSO AO TAX FREE

Os impostos são devolvidos somente aos turistas estrangeiros, quando requerido pelo visitante nos postos comerciais autorizados pela Direção Geral Impositiva (DGI). Cada comércio deve preencher um formulário e entregar junto a nota fiscal da compra. Os documentos, quando os processos feitos manualmente, devem ser apresentados nos postos da Direção Nacional de Alfandegas.

Os pontos de saída do Uruguai que podem realizar a devolução de impostos são: Aeroporto Internacional de Carrasco, Aeroporto de Laguna Del Sauce, Puerto de Montevidéu, Puerto de Colônia Del Sacramento, Terminal de Arribos de Cruceros de Punta Del Este, Ponte Salto-Concordia, Ponte Paysandú-Colón, Ponte Fray Bentos – Porto Unzué e Chuy.

As companhias brasileiras LATAM, Gol e Azul oferecem voos sem escalas para Montevidéu, capital do Uruguai.  Você pode garantir ótimos se deixar para viajar na baixa temporada. Os preços são mais carros nos meses de  janeiro, julho e dezembro.

FAÇA AQUI A SUA COTAÇÃO E GARANTA PASSAGENS POR ÓTIMOS PREÇOS

[/expander_maker]

 

 

Temporada de observação de baleias atrai turistas para o Uruguai

 

foto-ballena2-1

 

Esse tipo de turismo pode ser feito desde terra firme ou embarcações de empresas especializadas no setor, sempre dentro das regras internacionais.

 

Mais um motivo para você visitar o Uruguai! Começa a temporada de baleias nas regiões de Rocha e Piriápolis. A dica é ficar hospedado em Montevidéu e viajar pouco mais de uma hora e meia para apreciar este espetáculo. Entre os meses de julho e novembro sobem para as costas do país as baleias Francas em busca de águas tranquilas para se reproduzir, amamentar e cuidar de seus filhotes.

O show das baleias Franca Austral começa na Antártida, passam por Porto Madryn (Argentina) e logo sobem as costas uruguaias, e terminam seu balé em Florianópolis, onde permanecem até novembro, quando encerram o período de reprodução. Durante os meses de julho e novembro, no Uruguai, muitos curiosos se aproximam diariamente das praias para desfrutar do espetáculo oferecido pelas baleias.

A chegada das baleias movimenta o turismo no Uruguai, consequentemente movimentando a economia. O Ministério de Turismo do Uruguai junto a instituições locais lança a nova edição da campanha de conscientização para preservação e respeito aos cetáceos. No país vizinho nem pensar em caça, é crime!

foto-ballenas1

A Direção Nacional do Meio Ambiente, o INAU e os governos locais de Maldonado e Rocha também fazem parte do projeto. A observação de cetáceos como atividade comercial teve início em 1955 na América do Norte, ao longo da costa sul da Califórnia. Hoje, este turismo é realizado em mais de 100 países, principalmente Antártida onde os passeios partem em busca da grande baleia azul.

A observação gera US$ 2,1 trilhões por ano no mundo, e aproximadamente 13 milhões de pessoas contratam expedições para observação de baleias anualmente. Esse tipo de turismo, no Uruguai, pode ser feito desde terra firme ou embarcações de empresas especializadas no setor, sempre dentro das regras internacionais para esse tipo de atividade, que movimenta a economia uruguaia, principalmente nas regiões de Rocha e Piriápolis.

No decreto 261/02, está regulamentada a observação de cetáceos no país e estabelece que estão proibidas as atividades que perturbem esses animais, não é possível chegar a menos de 300 m deles, salvo em casos expressamente autorizados. Uruguai está a favor da conservação das baleias e golfinhos respaldados na Lei de Proteção Ao Ambiente (Lei 17.283). O país é membro da Comissão Baleeira Internacional (CBI), onde cada ano membros do governo votam contra a caça.

As companhias LATAM e Gol oferecem voos sem escalas de Guarulhos (SP) para Montevidéu. Já a companhia Azul oferece voos diretos para Campinas (SP). Nos meses de setembro e outubro você pode garantir passagens aéreas promocionais para viajar para o Uruguai.

PRETENDE VIAJAR? GARANTA AQUI AS PASSAGENS AÉREAS COM ECONOMIA

300x600

Alas do Uruguai pretende iniciar voos para o Rio, SP e mais três destinos em dezembro

A companhia Alas Uruguai recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para funcionamento jurídico no Brasil. Autorização foi publicada pela agência no dia 4 de novembro deste ano. Para que possa solicitar autorização de voos, a companhia precisa finalizar o processo de certificação junto à Anac, que é a convalidação das autorizações emitidas pelo país de origem mais análise do Programa de Segurança do Operador Aéreo (PSOA).

Com três Boeings 737-300, a Alas pretende operar as rotas deixadas pela Pluna, companhia do Uruguai que decretou falência em junho de 2012. A nova companhia pretende começar a venda das passagens ainda em dezembro dos voos de Montevidéu para Assunção, Santiago, Buenos Ares, São Paulo e Rio e Janeiro.
A Alas é uma sociedade anônima, constituída por uma Associação Civil e Conselho de Administração, que tem como acionistas os funcionários da Pluna. Os executivos da Alas chegaram a estudar a possibilidade de usar os Bombardier CRJ-900 Next Generation, de 99 assentos, que pertenciam à Pluna. Um estudo mostrou que o Boeing 737-300, com 149 assentos, além de maior capacidade de transportar cargas.

Acesse aqui o site da Alas






Uruguai vai isentar taxas e impostos para atrair turistas estrangeiros. Acesse o guia de destinos!

Turistas estrangeiros que visitarem o Uruguai a partir de dezembro deste ano terão isenção de impostos a turistas em serviços de hospedagem, aluguel de veículos, locação de imóveis, gastronomia e catering para festas e eventos até 31 de março de 2016. O anúncio deste incentivo foi feito nesta semana pelo vice-ministro de Turismo do Uruguai, Benjamin Liberoff, que esteve no Brasil para participar da ABAV Expo – feira internacional desse segmento -, que acontece em São Paulo. Na foto acima a cidade histórica Colônia Sacramento.

A meta é atrair mais de 500 mil turistas brasileiros em 2015. No ano passado foram 462 mil, representando um crescimento de 17% em relação a 2013, quando 393 mil brasileiros estiveram no país vizinho. O Brasil é a segunda nação em número de turistas no Uruguai, atrás apenas da Argentina. Só em 2014, os brasileiros movimentaram mais US$ 294 milhões em viagens às principais cidades uruguaias.


O Uruguai já registra um crescimento de turistas entre janeiro e agosto deste ano, quando recebeu cerca de 2 milhões de visitantes – 8,8% a mais que no mesmo período de 2014. No ano passado, ao todo, foram 2,8 milhões de turistas, dos quais 16,4% brasileiros. Só no primeiro semestre de 2015, mais de 224 mil pessoas com nacionalidade brasileira visitaram o Uruguai.
Apesar da valorização do dólar frente ao real, o Ministério do Turismo do Uruguai espera ampliar o número de turistas brasileiros em 2015 enaltecendo as vantagens do destino – em custo benefício (reforçado pela isenção fiscal), qualidade da gastronomia, variedade cultural e reconhecidos locais com belezas naturais, entre outros destaques – como uma das opções mais acessíveis para viagens internacionais neste momento.

Reconhecimento mundial ao Uruguai

O reconhecimento mundial ao Uruguai é um dos principais fatores para o crescimento turístico ano a ano. O país está em 19o no ranking global de “Democracia, Mercado e Transparência”, que conta com um total de 167 países e é promovido pela fundação CADAL (Centro para Abertura e Desenvolvimento da América Latina). No fim do ano passado, também teve uma boa posição na primeira edição do The Good Country Index – índice de bom país –, conquistando a quinta posição entre os países com melhores níveis de paz e segurança internacional. Já no levantamento da Fundação Instituto Legatum, que abrange 142 países, o Uruguai ficou à frente de todos os países da América Latina – em 30o lugar – e foi destacado pela tolerância e pelo respeito com imigrantes e turistas.
Em 2013 o Uruguai foi eleito pela revista inglesa The Economist como “País do Ano” em função da abordagem e resolução a questões problemáticas como legalização da maconha (primeiro país da América Latina) e casamento gay (segundo país da América Latina). O Uruguai também está entre os dez lugares mais indicados para se viver após a aposentadoria, de acordo com o International Living.

Turismo no Uruguai



O QUE FAZER

A capital Montevidéu, as cidades Colônia, Punta del Este e Piriápolis, além das regiões de termas, são os destinos turísticos do Uruguai mais desejados pelo mundo afora. Com um clima agradável durante todo o ano, o país tem as quatro estações bem definidas, sem temperaturas extremas e nem fenômenos climáticos adversos. Durante a primavera e o outono, por exemplo, com temperatura média de 17o, são períodos ideais para as práticas do ecoturismo e turismo de aventura, assim como para conhecer o estilo de vida das famílias rurais e as tarefas típicas do campo.

No inverno, a região das termas no litoral uruguaio é a grande atração com suas piscinas naturais de água quente. Montevidéu também é um importante destino por conta da sua intensa agenda com cafés e casas noturnas, atividades culturais nos museus e exemplares únicos de arquitetura art decó. Já no Verão, com mais de 1.000 quilômetros de costa litorânea, o Uruguai possui inúmeras opções de formatos de viagens turísticas. Punta del Este e Piriápolis, mundialmente reconhecidas, são as principais cidades do litoral. Os turistas também buscam pelas praias sobre o Rio Uruguay, Rio de la Plata e Oceano Atlântico.

Cultura do vinho

O viajante brasileiro vai ao Uruguai em busca de boa comida e bom vinho. A maior prova disso é que cerca de 75% de todo o fluxo de turistas internacionais nas vinícolas uruguaias vem do Brasil – algo como 15 mil por ano. Do total de 3,2 milhões de litros produzidos por ano no país, 43% são exportados para o Brasil. A uva Tannat, matéria prima principal dos encorpados vinhos do país, são perfeitas para harmonizar com as suculentas carnes assadas nas parrillas – as churrasqueiras uruguaias que têm suas grelhas inclinadas cerca de 30º sobre as brasas.

Com dez anos de atuação, a Wines of Uruguay (www.winesofuruguay.com/#/Bodegas) é uma associação que reúne as melhores vinícolas e promove sempre degustações dentro e fora do país. Uma das principais características das visitas é que o turista, em geral, é recebido pelo dono da bodega ou por alguém da família. Torna a degustação ainda mais especial. Outro atrativo é que a maioria das vinícolas está situada a menos de uma hora da capital Montevidéu.

Gastronomia: único país do Ocidente a produzir caviar

Além da tradicional parrilla, o Uruguai tem se destacado na produção de azeites, castanhas e até de caviar. Já existem tours específicos como o Colinas de Garzón (www.colinasdegarzon.com/pt/) que promove uma imersão no mundo do azeite mais premiado do Uruguai. É possível passear de bicicleta entre as oliveiras, acompanhar todo o processo manual da produção, voar de balão sobre a enorme propriedade e até fazer um picnic embalado pelo som dos gaúchos locais. Garzón, a apenas 64 km de Punta del Este, é hoje um polo de gente bonita, sofisticada e com alto poder aquisitivo.
O Uruguai é o único país do Ocidente a produzir caviar. As “fazendas” estão às margens do Rio Negro. O Black River Caviar (http://www.blackrivercaviar.com.uy/) é a primeira e única empresa a produzir ovas do esturjão no Hemisfério Sul. Localizado na região central do país, às margens do Rio Negro, a produção teve início em meados dos anos 90 logo após o fim da União Soviética, país referência de produção e consumo das ovas. O empresário Walter Alcalde teve acesso aos estudos realizados pelo país socialista que confirmavam que o Uruguai era tinha a melhor região do mundo para a produção de caviar. Desde então sua empresa vem conquistando prêmios e ávidos consumidores das saborosas esferas negras.
Após quatro anos de reformas e mais de US$ 10 milhões investidos, o Mercado Agrícola de Montevidéu (http://www.mam.com.uy/) foi reinaugurado em seu centenário, em 2013. A construção em estilo espanhol, com molduras de arabescos, cerâmicas europeias e vitrais coloridos, tem grande valor arquitetônico e abriga mais de 100 estabelecimentos comerciais. Queijos, carnes, mariscos, frutas, verduras, massas e até cervejas artesanais podem ser degustadas no ambiente que mistura o antigo com o moderno. Há também um pequeno museu e boa programação cultural. 
As companhias Gol e TAM oferecem voos para Montevidéu. Azul e TAM têm frequências semanais para Punta Del Este.

Banner 728x90

Noite da Nostlagia do Uruguai deste ano terá 500 festas

A Noite da Nostalgia tomou dimensão tamanha que foi incluída pelo Ministério do Turismo no calendário de atrações turísticas de interesse internacional. A festividade movimenta não apenas os pubs e discotecas como também empresas de eventos, catering, aluguel de fantasias e até mesmo a venda de lingerie e motéis que nesta data chegam a faturar mais do que no Dia dos Namorados.

As opções para aproveitar a edição deste ano da Noche de la Nostalgia são muito diversas. A festa original, que deu nome à data, será celebrada no salão Los Robles del Latu, com o lema “We will rock you”, em alusão à famosa música do lendário grupo inglês, Queen. O ingresso para o casal sai por R$ 245, incluso a entrada, comida e bebidas. O emblemático Hipódromo de Maroñas, em Montevidéu, apresenta duas opções: jantar + show, à partir das 21h30, por R$ 185 por pessoa ou festa à partir das 22h, sem jantar, por R$ 80 por pessoa.

Até os estabelecimentos rurais celebram a festa. A Chacra La Tradición (Ruta 1 km 15.500) oferece um jantar com dança por R$ 166 por pessoa. O cardápio oferece Filé de carne com molho de champignons acompanhado de batatas rústicas e verduras cozidas no wok, com brownie acompanhado de sorvete de baunilha e molho de frutas vermelhas de sobremesa. 

Para os mais jovens há alternativas como Reíte de la Nostalgia – que significa Dê Risada com a Nostalgia – organizada pela DJ Paola Dalto, realizada no tradicional Hotel Esplendor, no coração de Montevidéu.



Companhia Alas do Uruguai recebe primeiro Boieng e lança site

A companhia Alas Uruguai pretende iniciar em abril voos
para Assunção, no Paraguai. Com o slogan “Uruguai volta a ter asas”, a
companhia pretende ocupar os espaços deixados pela Pluna, empresa que deixou de
operar em junho de 2012. O site da companhia já está no ar, mas ainda não é possível
comprar as passagens.

Os outros destinos da Alas são Buenos Aires e
Santiago, Córdoba, São Paulo e Rio de Janeiro. Mas para receber autorização das
autoridades brasileiras para operar o novo grupo terá que resolver as pendências
deixadas pela Pluna. Em 2012 centenas de passageiros que compraram passagens no
Brasil não conseguiram embarcar nos voos da Pluna.
No Aeroporto Internacional de Carrasco, em Montevidéu, já está o
Boeing-737-300 com 134 assentos. A aeronave veio da Ucrânia. A pintura do avião
feita em Porto Alegre. Nos próximos dias a Alas recebe o segundo Boeing. A frota
inicial será de três aeronaves. No dia 11 de março  aeronave foi batizada em Montevidéu. (Veja foto)
EQUIPE
A intenção dos executivos da Alas e do Governo do Uruguai,
que participa da criação da companhia, era usar os jatos Bombardier, com 96
assentos, que faziam parte da Pluna. O Boeing-737-300 foi escolhido por ter
capacidade de transportar mais passageiros, mais carga, além das facilidades
oferecidas pela fabricante norte-americana na troca por modelos mais novos.
A empresa contará com 225 funcionários entre pilotos, tripulantes,
equipe de manutenção, técnicos e outros funcionários, a maioria fazia parte do quadro
de empregados da Pluna.
     CONFIRA O MAPA DE ROTAS

Mercure oferece 25% de desconto para marcar abertura de hotel no Uruguai

A Accor, maior operadora de Hotéis no mundo, promete desconto de até 25% entre 8 de abril e 17 de maio para marcar a abertura do primeiro Hotel Mercure ao Uruguai, onde o grupo já conta  com o Ibis e o Sofitel.  Este novo empreendimento é liderado pelo grupo Atijas Casal e o Estúdio NSB, com um investimento de U$S 6.000.000,00 (seis milhões de dólares).

O Hotel Mercure Montevidéu Punta Carretas, está estrategicamente localizado sobre o calçadão da área de Punta Carretas, com vista privilegiada e fácil acesso de qualquer ponto da cidade. A equipe é chefiada por Daniela Leite, Gerente Geral, que possui grande experiência em hotelaria tanto no Uruguai quanto na Europa.
O Hotel possui 41 apartamentos desenhados e decorados de acordo com as exigências da marca, do mesmo modo que os seus outros serviços, o que garante a melhor estadia aos seus hóspedes.  Nos últimos 40 anos o arquiteto Atijas e seus parceiros lideraram o mercado uruguaio em termos de investimento imobiliário, desenvolvendo os mais prestigiosos empreendimentos residenciais e hoteleiros do país. Atijas Casal Arquitectos já construíram até o dia de hoje 800.000 m2 e mais de 1.000 acomodações em hotéis de Montevidéu, Punta del Este e Colônia.
A marca Mercure é a maior cadeia de hotéis da categoria quatro estrelas na América Latina e um dos líderes mundiais neste segmento. Presente em 50 países com mais de 730 hotéis no mundo todo, o que representa mais de 90 mil quartos, sendo 9000 na América Latina; a rede atende diversos tipos de público, na sua maioria pessoas que procuram conforto, uma excelente localização e serviços de qualidade.
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com