Vai viajar para o Uruguai? Saiba como receber de volta 80% dos impostos pagos

A devolução é feita no cartão de crédito e se a despesa for superior a 600 pesos uruguaios ou aproximadamente 21 dólares.

 

Se você pretende visitar o Uruguai não deixe de usar o seu cartão de crédito para pagar o aluguel de carro, as despesas do restaurante e até o artesanato. É que o país vizinho devolve 80% do Imposto ao valor agregado (IVA). A devolução é feita se a despesa for superior a 600 pesos uruguaios (aproximadamente 21 dólares).

[expander_maker id=”1″ more=”Leia mais” less=”Recolher”]

 

A restituição também vale para produtos de fabricação nacional que possuam convênio com Tax Free (roupas, artigos de couro, alimentos e bebidas e artesanatos). A devolução do dinheiro do IVA não é realizada na hora, mas sim em até cinco dias uteis após a informação do número de cartão de credito na aduana, em caso de aceite da solicitação realizada pelo fiscal alfandegário.

Uruguai é o pioneiro na América latina na autogestão de Tax Free. O país inovou e inseriu um dispositivo digital de autogestão para a devolução do IVA de acordo com o regime de Tax Free aos turistas que deixarem o país em alguns portos, aeroportos e fronteiras alfandegarias com outros países.

O sistema já foi instalado no aeroporto de Carrasco, em Montevidéu e a cidade de Salto, fronteira com Argentina, foram os primeiros postos a receberem o terminal de autogestão e até o fim do ano serão mais três pontos: Fray Bentos, porto de Colônia Del Sacramento e porto de Montevidéu.

Com o novo sistema de validação digital, a operação do Tax Free será realizada em tempo real, minimizando os erros no momento do “input” das informações dos turistas, otimizando o tempo dos funcionários da alfandega e eliminando a inserção de dados e seu processamento posterior.

Além disso, o novo sistema agiliza o processo de saída do turista que pode imputar os dados no terminal, e a empresa responsável por todo o processo, Global Blue, pode conferir os processos em cada ponto em tempo real, já que o mesmo fornece dados estatísticos de performance capazes de acusar possíveis erros.
Global Blue e Uruguai

A Global Blue Argentina, detentora das operações no Uruguai é filial de empresa de origem Suíça, com presença em 36 países. São responsáveis por toda a tramitação de devolução do IVA aos turistas em território uruguaio desde 2012. De acordo com o decreto MEF Nº 7393 de 8 de novembro do mesmo ano foi ganhadora de uma nova licitação realizada em março de 2016.

COMO TER ACESSO AO TAX FREE

Os impostos são devolvidos somente aos turistas estrangeiros, quando requerido pelo visitante nos postos comerciais autorizados pela Direção Geral Impositiva (DGI). Cada comércio deve preencher um formulário e entregar junto a nota fiscal da compra. Os documentos, quando os processos feitos manualmente, devem ser apresentados nos postos da Direção Nacional de Alfandegas.

Os pontos de saída do Uruguai que podem realizar a devolução de impostos são: Aeroporto Internacional de Carrasco, Aeroporto de Laguna Del Sauce, Puerto de Montevidéu, Puerto de Colônia Del Sacramento, Terminal de Arribos de Cruceros de Punta Del Este, Ponte Salto-Concordia, Ponte Paysandú-Colón, Ponte Fray Bentos – Porto Unzué e Chuy.

As companhias brasileiras LATAM, Gol e Azul oferecem voos sem escalas para Montevidéu, capital do Uruguai.  Você pode garantir ótimos se deixar para viajar na baixa temporada. Os preços são mais carros nos meses de  janeiro, julho e dezembro.

FAÇA AQUI A SUA COTAÇÃO E GARANTA PASSAGENS POR ÓTIMOS PREÇOS

[/expander_maker]

 

 

Isenção de imposto reduz custo da hospedagem na Argentina em 17%

Governo pretende alcançar 9 milhões de turistas estrangeiros até 2020 com isenção do Imposto de Valor Agregado (IVA). atualmente, em território argentino, é mais barato pagar a estadia com cartão do que com dinheiro em espécie. 

Os turistas que pagarem suas diárias em hotéis e pousadas na Argentina com cartões internacionais serão isentos dos 21% referentes ao Imposto de Valor Agregado (IVA). A redução foi implantada no início de 2017, mas só agora começa a dar resultados. Essa novidade faz parte do plano da Argentina para alcançar 9 milhões de turistas estrangeiros até 2020.

Segundo comunicado da rede A AccorHotels, a isenção do imposto adotada diminui o investimento necessário para o brasileiro viajar para a Argentina. Mesmo com a cobrança dos encargos que incidem em transações realizadas com cartões fora do Brasil, o custo com hospedagem na Argentina fica, em média, 17% mais baixo.

vixo91

COMO FUNCIONA

O desconto não vale para pagamentos realizados com papel moeda. Ou seja, atualmente, em território argentino, é mais barato pagar a estadia com cartão do que com dinheiro em espécie. A isenção não vale para a modalidade de aluguel de temporada. De olho no crescimento de turistas do Brasil para a Argentina, a Azul lançou voo de no dia 6 de fevereiro de Belo Horizonte (Confins) para Buenos Aires. No dia 1º de julho a companhia terá um segundo voo sem escala.

A AccorHotels está presente na Argentina com marcas que oferecem todos os perfis de estadias, das mais luxuosas às econômicas. Os turistas podem encontrar hotéis Sofitel, MGallery, Novotel, Mercure, Pullman e ibis em destinos como Buenos Aires, Mendoza, La Pampa, Cardales, Pilar e Iguazu.

FRASE……

“A AccorHotels possui ótimos hotéis na Argentina, tanto para viagens de negócios, quanto para as de lazer. Cidades como Mendoza e Buenos Aires sempre foram alguns dos destinos mais procurados pelos brasileiros. A perspectiva é que isso volte a ganhar força com o incentivo do IVA.  Esse desconto não vale para pagamentos realizados com papel moeda. Ou seja, atualmente, em território argentino, é mais barato pagar a estadia com cartão do que com dinheiro em espécie”

Fernando Acrogliano, representante da AccorHotels na Argentina

ACESSE AQUI AS OFERTAS DA AZUL

buenos-aires_728x90.jpg

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com