Belo Horizonte será a única entre as maiores capitais sem voos comerciais, saiba porque

As cidades de Teófilo Otoni e Caratinga são as que têm a maior taxa de ocupação nas rotas do Voe Minas Gerais.

A partir de 29 de junho, o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, não terá mais voos comerciais. O projeto Voe Minas Gerais, criado em 2016 pelo governo do estado, deixa de ser operado pela TWOFlex. No primeiro ano 19 cidades chegaram a ser atendidas. As cidades de Caratinga e Teófilo Otoni, que vão ficar sem voos, criaram um movimento para convencer o governador Romeu Zema (Novo) a não acabar com o projeto.

O projeto atende oito cidades a partir da Pampulha, mas o Governo de Minas decidiu encerrar o Voe Minas por ser deficitário. A Pampulha será o único aeroporto entre as maiores capitais sem voos comerciais. A Passaredo foi a última a empresa a deixar a Pampulha, em abril de 2018. Natal, no Rio Grande do Norte, também tem um aeroporto sem aeroporto comercial.

A Pampulha terá apenas embarques de desembarques de funcionários da Vale que viajam de Belo Horizonte para Carajás em aeronave própria da empresa, além dos táxis aéreos, principalmente da Líder.  No Aeroporto da Pampulha funciona um centro de manutenção de aeronaves da Azul.

Atualmente o terminal localizado a 9 quilômetros do centro da capital tem apenas duas lojas funcionando (uma locadora de veículos e uma lanchonete).  Sem passageiros, a tendência é de mais abandono. A TWOFlex usa nos voos da Pampulha o avião Caravan com 9 assentos. As cidades de Teófilo Otoni e Caratinga são as que têm a maior taxa de ocupação nas rotas do Voe Minas Gerais. Essas duas cidades vão ficar sem voos comerciais, mesma situação de Patos de Minas.

Exclusivo! Governo de Minas vai acabar com o projeto de voos regionais no dia 28 de junho

Vai viajar para outros destinos? Garanta aqui descontos especiais na compra das passagens aéreas

 

Exclusivo! Governo de Minas vai acabar com o projeto de voos regionais no dia 28 de junho

Em Teófilo foi criado um movimento para garantir que os voos para Belo Horizonte continuem sendo operados pela iniciativa privada.

O Voe Minas Gerais, projeto criado pelo ex-governador Fernando Pimentel (PT), tem data para acabar. O último voo será o dia 28 de junho. O projeto foi criado em 2016 com a intenção de integrar as regiões de Minas e fomentar o turismo no estado.

 

A informação sobre o fim do Voe Minas é do deputado estadual Neilando Pimenta (Podemos), empresário do setor de educação que tem sua base em Teófilo Otoni. O deputado lidera um movimento para que uma empresa do setor privado mantenha o projeto.

A partir do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, são oito destinos atendidos pela TWOFlex. Os voos de Teófilo são os mais rentáveis. Em alguns dias da semana a cidade é atendida com dois voos em cada sentido. Os outros voos com boa taxa de ocupação são os de Caratinga, Manhuaçu, Almenara e Patos de Minas. Nenhuma destas cidades possui voos comerciais de outra companhia.

As outras cidades que vão ficar sem voos do Voe Minas a partir de 28 de junho são Ipatinga, Governador Valadares e Diamantina. O projeto chegou a atender 18 cidades. O governador Romeu Zema (Novo) decidiu acabar com os voos por causa dos prejuízos dados aos cofres do estado. Em Governador Valadares e Ipatinga a aAzul oferece voos para Confins, na Grande Belo Horizonte.

A Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) já suspendeu a venda das passagens para viagem a partir de 28 de junho, mas oficialmente não confirma o fim do projeto. A Codemge afirma que está analisando os projetos.

A venda das passagens foi suspensa no site do projeto Voe Minas

Parceria

A Gol opera nos aeroportos de Belém e Manaus para seis cidades atendidas no Norte pela TwoFlex: Monte Dourado, Almeirim, Porto de Moz e Breves, no Pará; e Maués e Parintins, no Amazonas. Partindo de Cuiabá, no Centro-Oeste, os voos da TwoFlex em parceria com a Gol são para Água Boa, São Félix do Araguaia, Tangará da Serra e Juína.

A TWOFlex  poderá manter os voos em Minas Gerais em parceria com a Gol ou com outra empresa. A empresa tem sua frota os aviões Caravan com 9 assentos. a TWO tem certificação da ANAC, motivo que levou a Gol ter feito a parceria no Norte do Brasil.

Convocação da reunião que aconteceu no dia 20 de maio em Teófilo Otoni

Pretende viajar por outra companhia? Faça aqui a sua cotação e garanta descontos especais

Gol começa a vender em seu site as passagens dos voos operados pela TWOFlex e MAP Linhas Aéreas

 

Teófilo Otoni e mais 34 cidades brasileiras vão ganhar voos da Azul

No estado de São Paulo a Azul pretende lançar voos nas cidades de Santos, Barretos e Franca.

A companhia Azul pretende lançar voos em 35 cidades nos próximos anos. O estado do Paraná será o mais beneficiado com as novas rotas que serão criadas pela companhia. São cinco cidades que vão receber voos da Azul (Veja lista completa abaixo).  A cidade de Teófilo Otoni (MG), porta de entrada do Vale do Jequitinhonha, está nos planos da Azul.


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

No estado de São Paulo a Azul pretende lançar voos nas cidades de Santos, Barretos e Franca. A grande maioria dos mercados será atendida com as aeronaves modelo ATR 72-600, que têm capacidade para até 70 passageiros (foto abaixo). A projeção da companhia para 2018 já contempla a adição de oito a dez novos destinos.

AEROPORTOS

A data do início dos voos depende da homologação dos aeroportos das cidades pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Ainda neste ano a Azul pretende lançar voos em Mossoró (RN), Caruaru (PE),  Serra Talhada (PE), Guarapuava (PR), Toledo (PR), Umuarama (PR) e Pato Branco (PR),

FRASE….

“A Azul é a única companhia aérea do país com foco no desenvolvimento e crescimento do mercado de aviação em todas as regiões do Brasil, levando serviço a lugares que não têm serviço aéreo.  Estamos trabalhando de perto com as prefeituras dessas localidades para viabilizar as condições necessárias para operarmos. Quero agradecer a eles por esse trabalho conjunto e ressaltar que, quanto antes os aeroportos estiverem prontos, mais cedo nossas aeronaves estarão servindo essas localidades”

Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul.

 

Confira algumas das novas cidades para onde a Azul tem a intenção de atuar:

Destino UF
Caruaru PE
Mossoró RN
Guarapuava PR
Toledo PR
Umuarama PR
Serra Talhada PE
Pato Branco PR
Santos SP
Franca SP
Macaé RJ
Sobral CE
Sant’Ana do Livramento /Rivera RS
Araguaína TO
Linhares ES
Paranaguá PR
Teófilo Otoni MG
Bagé RS
Barretos SP
Catalão GO
Itaituba PA
Tangará da Serra MT
Balsas MA
Guanambi BA
Caçador SC
Ponta Porã MS

 

CONHEÇA AQUI A  PLATAFORMA QUE GARANTE ATÉ 80% DE DESCONTOS NA COMPRA DAS PASSAGENS DE AVIÃO

[/read]

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com