Tudo viagem

Como viajar sem sair de casa no Dia dos Namorados

No texto de hoje, vamos dar algumas dicas de como criar um momento prazeroso a 2 com aquele que você ama para comemorar o Dia dos Namorados sem sair de casa.

Com a pandemia da COVID19 muitos planos foram adiados. Viagens de férias canceladas e, até mesmo, aquela ida à região serrana durante um final de semana ficou para depois. Os casais que antes usavam as viagens como válvulas de escape, ou momentos românticos, precisam descobrir novas maneiras de se relacionar e de guardar essa ansiedade para o momento certo. Mas, você sabia que é possível criar um clima de viagem mesmo dentro de casa?

No texto de hoje, vamos dar algumas dicas de como criar um momento prazeroso a dois com aquele que você ama para comemorar o Dia dos Namorados sem sair de casa e aproveitando um pouco de outras culturas e situações de viagem. Confira a nossa lista e arrase na criatividade.

Jantar personalizado

Um jantar é um ótimo momento para colocar a conversa em dia, falar sobre planos de vida e namorar, não é mesmo? E, que tal preparar, um jantar temático pensando em uma viagem que você tem vontade de fazer, ou fizeram, e foi marcante para os dois?

Uma boa massa italiana, um prato árabe típico, uma sobremesa francesa ou até mesmo um vinho da América do Sul para acompanhar o jantar. Esse é o momento de unir o prazer da comida com o romantismo do Dia dos Namorados.

Pense em colocar uma playlist com artistas do país, quem sabe um jantar argentino ouvindo um tango? A música e a comida são atividades que geram sensações positivas, além de lembranças felizes se vocês querem relembrar boas viagens.

Uma noite apimentada

O Dia dos Namorados pode ser um ótimo momento para apimentar as coisas com o seu parceiro. Afinal, no dia a dia acabamos caindo na rotina e o sexo pode ficar na zona de conforto. Que tal pensar em uma dança a dois com uma lingerie diferente? Ou experimentar novos produtos eróticos, cosméticos e brinquedos para inovar na cama.

Muitos casais usam as viagens como momentos para relaxar longe de filhos, família e amigos e acabam curtindo mais os momentos íntimos. Então, que tal desligar os celulares, acender umas velas de massagem, colocar uma música bem sensual de plano de fundo e usar alguns acessórios eróticos para o casal? Produtos de sex shop agradam cada vez mais pessoas de todo Brasil. 

A dica é se aventurar pelas lojas de Sex Shop Online que possuem variedade de produtos, embalagens discretas e promoções para essa data especial. A comodidade de receber em casa é muito valorizada nesse momento. Muitas Sex shops oferecem a possibilidade de entrega no mesmo dia, para as capitais e prazos curtos para as demais regiões. Converse com seu parceiro e entenda as curiosidades que ele possui, assim, vocês podem criar novas sensações juntos.

Viajando pelas telas

Após o jantar e antes da ida para a cama, você e seu parceiro podem aproveitar para relaxar vendo filmes com temática de viagens. Um clássico com personagens caminhando pelas ruas de Paris, um filme de ação em Tóquio ou uma série contemporâneo na animada cidade de São Francisco, por exemplo.

O Netflix possui inúmeras séries que mostram um pouco mais a cidade onde são filmadas. Além de documentários que mostram hotéis, restaurantes e pontos turísticos espalhados mundo afora.

Outra alternativa é aproveitar a enorme quantidade de lives de cultura e encontrar uma peça de teatro ou um show. Quem sabe um espetáculo como o Cirque du Soleil ou, até mesmo, um musical da Broadway para se sentir em Nova Iorque, mesmo do sofá da sua casa.

Uma dica é pesquisar sobre novidades nos canais oficiais das cidades que você quer conhecer ou inserir nessa comemoração de Dia dos Namorados. Nos canais digitais como Instagram, Facebook, site e Youtube, você pode encontrar outras dicas bacanas para viajar sem sair de casa.

Viajar conectado: por que vale a pena ter acesso à internet enquanto estiver fora e qual é a melhor opção de serviço?

Foto: Pexels

Nada melhor do que tirar uns dias de férias para conhecer novas pessoas e culturas. Viajar é uma forma enriquecedora de sair da nossa rotina e de vivenciar bons momentos e surpresas deliciosas, e disso nós todos já sabemos! Mas, para a maior parte dos viajantes, ficar completamente desconectado não é bem algo que está dentro dos planos.

A internet pode ser uma mão na roda quando estamos em uma viagem internacional. É claro que existem aplicativos que podem ser utilizados sem o uso da internet, ainda que tomem um certo espaço no seu dispositivo em razão do download do seu conteúdo para disponibilização off-line, e que há quem vislumbre esse momento de folga como uma espécie de respiro das redes sociais ou dos aplicativos de mensagens instantâneas. Mas, mesmo assim, ainda que mínima, é interessante ter à mão alguma conexão, pois em caso de necessidade a internet é uma boa aliada.

Vamos imaginar que você perda seu voo ou que ele seja cancelado e que, devido a isso, você precise entrar em contato com a companhia aérea e com familiares e amigos. Nem sempre a disponibilidade de Wi-Fi dos aeroportos será suficiente, e isso pode trazer aborrecimentos. Por que, então, não os evitar?

Foto: Pexels

Outro ponto positivo de ter conexão com a internet durante uma viagem é a possibilidade de realizar uma rápida consulta aos mapas ou a um tradutor quando você estiver em um local cujo idioma oficial você não domina. Além de ser possível pesquisar atrações e adquirir entradas antecipadas para visitá-las, viajar com acesso à internet também pode ser útil nos momentos de espera em aeroportos, quando geralmente buscamos por algum tipo de distração, como assistir a streamings de filmes e séries, acessar plataformas para ouvir música ou verificar a oferta de entretenimento e games online, que vão desde se divertir com uma partida de bilhar no celular a jogar blackjack online. Além disso, ter conexão com a internet nesses momentos também traz a comodidade de poder encontrar informações de forma ágil ou contatar serviços de transporte por meio de aplicativos, o que pode ser muito útil para que você aproveite melhor a sua viagem.

Para quem não quer depender de uma rede aberta de Wi-Fi, há duas alternativas: contratar um pacote de dados com a sua operadora de celular ou, então, adquirir um chip que lhe dará acesso à internet. Se você preferir contratar um pacote de dados diretamente com a sua operadora, a cobrança pelo serviço irá depender do provedor, podendo ser diária, variando a depender do destino e do sinal, ou por um pacote de, geralmente, 30 dias. Considere que, a depender da escolha do modo de contratação do serviço, a necessidade de desativá-lo ao final da sua viagem pode existir para que as cobranças sejam descontinuadas.

Como alternativa, você pode adquirir chips que forneçam acesso à internet em vez de utilizar a sua operadora. Neste caso, é possível tanto adquirir um chip para essa função ainda no Brasil ou então buscar por um quando chegar ao seu destino.

Uma dica valiosa, no entanto, é estar consciente da sua média de uso de dados móveis e do quanto você pretende utilizar a internet quando estiver viajando. Dessa forma, você evitará gastos desnecessários, seja por comprar um chip, por contratar um serviço de dados mais caro e que ofereça mais do que o necessário — e cobre por isso — ou por precisar colocar mais uma vez a mão no bolso porque os dados foram insuficientes.

Independentemente da sua escolha de conectividade, estar munido de informações é essencial. Antes de bater o martelo sobre sua viagem, é recomendável que verifique se há acesso gratuito à internet na sua hospedagem, bem como pontos gratuitos de Wi-Fi em seu destino. É claro que também é importante se informar sobre formas de locomoção e pontos de apoio ao turista antes de embarcar, mas com acesso à internet é mais fácil respirar fundo e aproveitar, já que tudo estará a um clique de distância. Boa viagem!

 

 

Vale inicia a venda das passagens para viagem no novo trem de luxo Vitória/Minas

 
Será no dia 5 de agosto, numa terça-feira, a primeira viagem do novo trem de passageiros que faz a ligação dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo desde 1904. As passagens já estão sendo vendidas. A boa notícia é que não haverá aumento. A Vale investiu US$ 80,2 milhões para renovar a frota. Os vagões obedecem a padrões europeus de qualidade. Serão 56 novos vagões comprados na Romênia, sendo 10 executivos e 30 econômicos.


O trem é todo novinho. Além de vagões-restaurante, lanchonete, gerador e cadeirante (destinado a pessoas com dificuldade de locomoção), os novos carros também são equipados com monitores de vídeo para oferecer uma opção de entretenimento aos passageiros durante a viagem. Esse tipo de monitor é usado pelas companhias aéreas. 


Toda a composição conta com detector de fumaça, aumentando a segurança dos usuários. Cada carro executivo tem capacidade para transportar 60 passageiros. Os econômicos terão 79 lugares. Nas duas classes os vagões têm ar condicionado. A tradicional varanda que permitia você tirar fotos das belas paisagens não poderá ser mais usada. Com a climatização, elas serão fechadas.
Interior do vagão comprado pela Vale na Romênia para modernizar o trem de passageiros
 Os vagões terão ainda com tomadas elétricas individuais nas poltronas para possibilitar o carregamento de equipamentos eletrônicos, como notebooks e telefones celulares. Os banheiros receberam novo layout e tecnologias voltadas a priorizar o uso sustentável dos recursos naturais, como a substituição do papel toalha por ar quente para a secagem das mãos. O sistema de descarga é a vácuo, semelhante ao utilizado na indústria da aviação, o que reduz o consumo de água.

Os carros da classe executiva contam com sistema de som e iluminação individualizados para dar maior conforto e comodidade aos viajantes. Outro diferencial são as poltronas, mais largas, e com inclinação maior que as da classe econômica. As novidades contemplam também os carros-restaurante e cadeirante. O primeiro possui 72 lugares, o que representa um acréscimo de 56% em relação às composições que operam atualmente.
Ponte localizada entre as cidades de Caeté e Belo Horizonte
O investimento prevê ainda um novo sistema de abertura e fechamento das portas externas, bem como as localizadas entre um carro e outro, que é automático. A travessia entre os carros também mereceu melhorias e ficará ainda mais segura e confortável. Isso porque a conexão entre os vagões passa a ser vedada por um sistema de plástico emborrachado.

A viagem de Belo Horizonte até Vitória dura cerca de 12 horas. Você não precisa fazer o trajeto completo para conhecer o novo trem. Pode ir até Ipatinga, no Vale do Aço, e voltar no mesmo dia. A passagem na classe econômica custa R$ 28 e na executiva R$ 49. Até Vitória você vai gastar R$ 91 na executiva e R$ 58 na classe econômica

Banner 728x90

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com