Cinco lugares para você conhecer na região central de Portugal

obidos
Vinhos inesquecíveis, natureza exuberante e muita cultura que se somam a aldeias históricas, gastronomia riquíssima a 130 quilômetros de Lisboa.

 

Os brasileiros estão cada vez mais viajando para Portugal em função dos voos sem escalas e promoções lançadas pelas companhias Azul e TAP. A mais charmosa região portuguesa, o Central, é cheia de destinos populares: Aveiro, Coimbra, Viseu, Nazaré, Óbidos (foto acima), Tomar, Fátima e tantos outros. Suas belezas se estendem por todo o território – ocupado por 2,3 milhões de habitantes. As pessoas desta região adoram receber turistas.

A região do Centro de Portugal tem inúmeros patrimônios da UNESCO, um litoral que é um paraíso do surfe, aldeias históricas, gastronomia riquíssima, vinhos inesquecíveis, natureza exuberante e muita cultura, que se somam a incontáveis motivos para uma visita. A principal cidade, Coimbra, está a apenas 200 quilômetros de Lisboa e a 135 quilômetros do Porto. Confira abaixo cinco dicas de lugares e curiosidades sobre essa linda região.

1 – Em Nazaré carrega o título da maior onda do mundo já surfada, o Canhão de Nazaré. Trata-se de uma gigantesca fenda no fundo do oceano faz com que, no outono, a cidade de Nazaré se torne palco de um dos mais impressionantes espetáculos da natureza. Ondas gigantes se chocam contra a costa atraindo surfistas para verdadeiros desafios, como o esportista Garret Macnamara, que, em 2011, surfou uma onda de 23,77 metros – o equivalente a um prédio de oito andares. O fato foi tão impressionante que acabou entrando para o livro dos recordes.

2 – A cidade que inspirou a canção “Menina da Ria”, de Caetano Veloso. Com mais de 50 anos de carreira, Caetano já se inspirou em grandes cidades para compor suas músicas, como a capital paulista para a canção “Sampa” e Londres para a poética “London London”. Em 2008, foi a vez de Portugal: durante um show em Aveiro, o cantor se comprometeu a fazer uma canção sobre a bela cidade. Ele compôs a faixa “Menina da Ria” fazendo um paralelo divertido com sua já consagrada composição “Menino do Rio”. A música integrou o álbum Zii e Zie, como uma singela homenagem do compositor brasileiro à “Veneza Portuguesa”.

aveiros
3 – Morcegos guardiões da Biblioteca Joanina. Localizada dentro da Universidade de Coimbra, essa biblioteca possui um acervo com cerca de 200 mil livros, com coleções raríssimas dos séculos XVI, XVII e XVIII. Proteger esse patrimônio é um verdadeiro desafio, que vai desde o cuidado rigoroso com a temperatura e umidade até o controle de pragas como as traças. Para combater esse inseto inconveniente, a biblioteca possui curiosos aliados: morcegos. À noite, eles se alimentam dos diversos bichinhos que corroem os papéis, mantendo todos os exemplares a salvo.

4 –  O traje acadêmico é um dos maiores símbolos da tradição universitária em Coimbra. O uniforme é usado desde o século XV para diferenciar os estudantes das demais pessoas. Com o passar do tempo, a roupa sofreu diversas alterações, mas, ainda hoje, vestir a capa e a batina de uma das universidades mais antigas do mundo é sinônimo de prestígio. A vestimenta é acompanhada por uma pasta onde é presa uma espécie de novelo feito com fitas da cor do curso do aluno. Dizem até que foi inspiração para os uniformes de Hogwarts, da série de livros e filmes Harry Potter.

5 –  Dentre as vilas da região, Óbidos se destaca por ser uma verdadeira fortaleza. Seu aspecto medieval chama a atenção principalmente por sua muralha imponente, construída para afastar os inimigos ainda na época do domínio dos mouros. Utilizadas também para o rápido deslocamento de soldados, hoje as muralhas são usadas pelos turistas que visitam a cidade para terem uma bela visão panorâmica do vilarejo e seu entorno, embarcando em uma verdadeira viagem no tempo no instante em que se atravessa seus portões.

FAÇA AQUI A COTAÇÃO DE SUAS PASSAGENS AÉREAS PARA PORTUGAL E OUTROS DESTINOS E GARANTA ECONOMIA

300x600

Compre e economize até 80% na MaxMilhas 

Conheça o centro de manutenção de aeronaves da Gol

O Centro de Manutenção de Aeronaves da Gol (CMA), localizado em Confins, Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), comemora neste mês 10 anos do início de suas atividades. Com 147 mil metros quadrados, o centro é compostos por três hangares e mais cinco oficinas que permitem à companhia realizar a inspeção nas 137 aeronaves da frota.

Desde a inauguração, os números do centro impressionam: cerca de 700 pessoas, entre elas engenheiros e técnicos, são responsáveis por 800 manutenções de aeronaves realizadas todos os anos. Já foram feitos mais de 47 mil reparos em rodas do trem de pouso, 4 mil janelas polidas manualmente, 23 mil assentos reformados, 7.500 freios reparados, 88 aeronaves pintadas e 22 mil litros de tintas utilizados.

 ASSISTA AO VÍDEO

ENCONTRE AQUI AS PROMOÇÕES DA GOL

300x250 Gol

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com