Saiba como funciona o sistema de manutenção de aeronaves da Azul na Pampulha

Além da troca de peças, limpeza e pintura, a equipe da Azul também faz a reposição das poltronas, do sistema de iluminação.

A aviação brasileira é considerada uma das mais seguras do mundo graças aos investimentos na manutenção preventiva das aeronaves. A equipe do Tudo Viagem foi conhecer o complexo de oficinas da Azul no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, onde uma equipe de quase 300 profissionais fazem a manutenção dos modelos ATR-72 e os jatos da Embraer.


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

Na Pampulha fomos recebidos por Antônio Augusto Eick, Gerente Geral de manutenção dos hangares da Azul. Em Belo Horizonte a Azul tem quatro hangares onde são realizadas as manutenções. Os aviões que chegam para manutenção “revirados” para que todos os problemas sejam resolvidos. Na quinta-feira, quando ocorreu a visita, quatro modelos estavam passando por uma manutenção.

Apesar de ser um trabalho muito técnico, com tarefas diárias para cada profissional, conhecer o hangar da Azul foi uma experiência muito agradável. É que os funcionários fazem questão de mostrar como são bem tratados pela empresa e mostram o que estão fazendo para deixar o avião novo, como se tivesse saído da fábrica.

Só para cuidar de um ATR-72, com 70 assentos, são escalados 43 profissionais. Além da troca de peças, limpeza e pintura, a equipe da Azul também faz a reposição das poltronas, do sistema de iluminação. Todas as tarefas são divididas por dia, garantindo que o avião menor tempo possível sem atender as rotas da companhia.

Feito isso, são realizados os testes com motores e do sistema eletrônico. Só depois do aval dos engenheiros é que o avião é liberado para as rotas comerciais da Azul. A cada dois anos os aviões da Azul precisam passar por essa “revisão geral”. Tudo é desmontado na parte interna.

Atualmente os jatos Aitbus da Azul (A-320 e A-330) são levados para esse tipo de manutenção no hangar da TAP Portugal, no Galeão do Rio de Janeiro. A partir de setembro de 2019 esse trabalho será realizado pela própria Azul em Campinas. O novo espaço terá condições de fazer a manutenção ao mesmo tempo em oito A-320 ou de um A-330 e mais quatro A-320.

Segundo Antônio Augusto Eick, atualmente o complexo de manutenção da Azul na Pampulha é a única no Brasil. Em função do crescimento rápido da companhia, foi necessário investir na construção do hangar de manutenção de Campinas, que também poderá receber os ATRs e jatos da Embraer.

FOTOS: CARLOS ROBERTO

 

CONHEÇA AQUI O SITE QUE VENDE PASSAGENS AÉREAS COM DESCONTOS DE ATÉ 80%

 

[/read]

Conheça o centro de manutenção de aeronaves da Gol

O Centro de Manutenção de Aeronaves da Gol (CMA), localizado em Confins, Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), comemora neste mês 10 anos do início de suas atividades. Com 147 mil metros quadrados, o centro é compostos por três hangares e mais cinco oficinas que permitem à companhia realizar a inspeção nas 137 aeronaves da frota.

Desde a inauguração, os números do centro impressionam: cerca de 700 pessoas, entre elas engenheiros e técnicos, são responsáveis por 800 manutenções de aeronaves realizadas todos os anos. Já foram feitos mais de 47 mil reparos em rodas do trem de pouso, 4 mil janelas polidas manualmente, 23 mil assentos reformados, 7.500 freios reparados, 88 aeronaves pintadas e 22 mil litros de tintas utilizados.

 ASSISTA AO VÍDEO

ENCONTRE AQUI AS PROMOÇÕES DA GOL

300x250 Gol

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com