Tudo viagem

Flybondi decide suspender todos os voos até 30 de abril 

Quem comprou passagens para voar durante as datas de suspensão dos voos receberá um voucher referente ao valor do bilhete pago.

A Flybondi decidiu suspender todos os seus voos Argentina e as rotas internacionais até 30 de abril deste ano. Segundo a companhia, a decisão tem com o objetivo de contribuir para ações de combate ao avanço do COVID-19, o coronavírus. Os voos serão reativados a partir de 1º de maio deste ano.  A empresa manterá a venda das passagens para voos com datas após 30/04.

Ainda segundo a Flybondi, na Argentina há restrições nacionais de cabotagem e fechamento das fronteiras para os voos internacionais, o que motivou a suspensão total de todas as operações. “De toda maneira, Flybondi se coloca a disposição das autoridades para contribuir com voos de repatriação, com o traslado de pessoas que estão fazendo missão humanitária, como também para o transporte de remédios e alimentos”, diz comunicado da companhia.

Como remarcar as passagens 

Quem comprou passagens para voar durante as datas de suspensão receberá um voucher pelo valor do bilhete pago. O voucher será enviado nos próximos 15 dias e terá validade de um ano. Ele servirá para reagendar o voo a partir de 30 de abril.

A Flybondi informa que devido ao fluxo de consultas nos seus canais de Serviço, todos os passageiros que têm seu voo programado para abril de 2020 terão prioridade.

Números Flybondi

A Flybondi opera em 24 rotas (18 nacionais e 6 internacionais) que conectam 20 destinos. A companhia transportou em dois anos mais de 2,7 milhões de passageiros. Destes, 540 mil viajaram pela primeira vez de avião.

Frase…

“Esta pandemia tem gerado uma crise mundial e, nós da Flybondi, sabemos que é tempo de atuar mais que nunca para o bem da sociedade. A prioridade agora é cuidar da população em geral, que é o que temos de mais importante: nossas famílias, nossos empregados e nossos passageiros. Não é fácil para uma companhia aérea suspender a operação, mas em função das medidas adotadas em nosso país, temos o compromisso e a responsabilidade de contribuir e nos proteger para voltarmos ainda mais fortalecidos quando houver condições”

Sebastián Pereira, CEO da Flybondi

(Visited 2 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com