Aeroporto Internacional de BH inova com serviço pioneiro e sustentável

Aeroporto Internacional de BH inova com serviço pioneiro e sustentável

Aeroporto Internacional de Belo Horizonte é o primeiro aeródromo da América Latina a implementar a operação de ground handling 100% elétrica. Novidade tem investimento de cerca de R$ 30 milhões.

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na Região Metropolitana da capital, começou a operar o serviço de “ground handling” nesta terça-feira. A novidade é a operação em solo com veículos elétricos. A novidade, que é pioneira, tem um investimento de cerca de R$ 30 milhões.

A ação é fruto de uma parceria entre a Latam Brasil, a empresa Real Aviation e a administradora do terminal, BH Airport. O terminal vai contar, inicialmente, com 10 voos da companhia aérea com operações de solo realizadas por equipamentos movidos a energia elétrica em vez de diesel, com zero emissão de poluentes e totalmente sustentáveis.

Este é um projeto piloto da Latam, que pretende levar a iniciativa para outros aeroportos do Brasil e do mundo nos próximos anos. A expectativa da companhia aérea em Confins é de conseguir converter as operações em 100% dos voos até o final de 2023.

Com os investimentos, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte torna-se o primeiro aeródromo da América Latina a implementar a operação de ground handling 100% elétrica para voos de uma companhia aérea. A Latam, por sua vez, foi a primeira empresa do Brasil a utilizar 100% de energia elétrica em operações de solo.

De acordo com o diretor de Aeroportos da Latam Brasil, Derick Barboza, os esforços contemplam pelo menos 50% dos voos da empresa em Belo Horizonte e vai permitir com que a companhia deixe de emitir 114 toneladas de gás carbônico (CO2) nos próximos 12 meses no principal aeroporto do Estado. Segundo ele, este é um importante passo rumo ao objetivo maior da Latam de se tornar uma empresa carbono neutro até 2050. Para isso, os rebocadores, tratores de bagagens e esteiras para carregamento de bagagens utilizados pela Real Aviation nas operações da Latam serão todos elétricos. Neste momento foram adquiridos cinco equipamentos. Alguns vieram da França e outros da China.

 

 

 

(Visited 30 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com