Tudo viagem

Procura por voos internacionais cresce em janeiro e bate recorde desde 2000

Em janeiro de 2017, a taxa de aproveitamento das aeronaves das empresas brasileiras no mercado internacional foi de 87,3, o que representou um aumento de 2,85% em relação a janeiro de 2016

A demanda internacional das empresas brasileiras apresentou aumento de 4,8% em janeiro de 2017, enquanto a oferta cresceu 1,9%. No mês, foram transportados 784 mil passageiros pagos em voos internacionais no país por estas empresas. Os três indicadores alcançaram nível recorde para o mês na série histórica iniciada em janeiro de 2000.

14632966_1209042389153079_8371951595013206582_n

Segundo a Anac, a empresa Latam tem liderado o mercado internacional entre as empresas brasileiras nos últimos anos, com participações que variaram entre 70% e 90% da demanda de passageiros (em RPK). A GOL manteve-se com participações em torno de 15%, enquanto a Azul, que iniciou suas operações internacionais em dezembro de 2014, tem se mantido com representatividade de aproximadamente 10%.

Em janeiro de 2017, a taxa de aproveitamento das aeronaves das empresas brasileiras no mercado internacional foi de 87,3, o que representou um aumento de 2,85% em relação a janeiro de 2016 e o mais alto nível já alcançado em um mês desde o início da série histórica em janeiro de 2000. O indicador está em alta há 4 meses.

Desde 2011, o volume de carga e correio embarcado por empresas brasileiras no mercado internacional, se manteve praticamente estável, com oscilações mais significativas no início de 2012 e em meados de 2013, variando em torno de 15.000 toneladas ao mês. Em janeiro de 2017, foram carregadas 16.160 toneladas, o que representou um aumento de 1,6%. Esse indicador também está em alta há 4 meses.

O relatório Demanda e Oferta do Transporte Aéreo é elaborado com base nas operações regulares e não regulares das empresas brasileiras de serviços de transporte aéreo público de passageiros.

demandas_janeiro2017

RELATÓRIO

Além de continuar dando publicidade aos dados estatísticos de demanda e oferta do setor, a partir de 2017 a Agência buscou dar um maior enfoque à evolução dos indicadores ao longo do tempo, com o intuito de contextualizar a sociedade sobre os movimentos e tendências do mercado, além de buscar atribuir ao relatório uma leitura mais leve e mais alinhada aos relatórios internacionais similares, como por exemplo o da International Civil Aviation Organization (ICAO).

Os dados estão disponíveis no relatório Demanda e Oferta do Transporte Aéreo, divulgado hoje pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

O relatório pode ser acessado na seção Dados e Estatísticas do portal da ANAC na internet ou por meio deste link

 

FAÇA AQUI SUA COTAÇÃO E GAANTA ATÉ 80% DE ECONOMIA

 

Passagens aéreas baratas

 

 

(Visited 2 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com