Tudo viagem

Aeroporto de Brasília terá pousos e decolagens em duas pistas a partir de novembro

A partir de novembro deste ano o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, vai operar  com duas pistas simultâneas. Será o primeiro aeroporto da América do Sul a realizar operações paralelas simultâneas independentes. A capacidade de pousos e decolagens vai aumentar de 60 para 80 por hora, facilitando o controle de tráfego aéreo nos horários de pico. O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), órgão ligado à Aeronáutica, analisou e autorizou o novo procedimento.

O terminal é o único do país com pistas paralelas a uma distância segura para realizar pousos ou decolagens simultâneos. As pistas têm 3.300m x 45m e 3.200m x 45m, com espaço de 1,8 km entre elas. O mínimo exigido para distância entre duas pistas é de 1.025m, estipulado pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI). As duas pistas do Aeroporto JK têm uma distância de 50% a mais do que o mínimo requerido.
O diretor do Departamento de Gestão e Planejamento de Navegação Aérea Civil da Secretaria de Aviação Civil, Rafael Botelho Faria, explica que o procedimento é considerado de rotina e não é mais ou menos seguro do que outra operação. “O principal benefício desse tipo de operação é o de diminuir a restrição na quantidade de aeronaves que deveriam decolar ou pousar no aeroporto numa hora-pico.
Com o fim dessa restrição ganha-se rapidez no número de movimentos, que aumentam em 33% por hora, passando de 60 para 80. Assim, você permite mais ofertas de horários nos momentos de pico, além de mais infraestrutura para as companhias aéreas operarem no horário e consigam atender maior número de voos e assentos”, analisa o diretor da Secretaria de Aviação Civil.
Com a operação de duas pistas de maneira simultânea, haverá maior capacidade de processamento de passageiros e aeronaves, além de maior conforto para o passageiro e pontualidade de operação e incremento do número de voos nos horários de pico, de 7h às 11h, e das 17h às 21h. Mas essa operação exige uma capacitação extra dos controladores de voo. Eles farão treinamento prático até setembro, nos simuladores do Decea, em São José dos Campos, em São Paulo.
O Aeroporto de Brasília tem 45 destinos nacionais e sete internacionais regulares, operados por 12 companhias aéreas. É o segundo aeroporto em movimentação de passageiros do Brasil e o terceiro em movimentação internacional. A média diária de voos no Terminal é de 500 movimentos aéreos. Já de usuários, entre embarques, desembarques e conexão são 49 mil.
O procedimento já é realizado em alguns aeroportos do mundo, como o Aeroporto de Hartsfield-Jackson, em Atlanta, nos Estados Unidos, um dos mais movimentados do mundo. O Terminal possui cinco pistas, sendo que três delas operam simultaneamente.
Além do terminal americano, outros aeroportos como o de Pequim, na China; Heathrow, na Inglaterra; Indira Gandhi, na Índia, também trabalham com operações simultâneas.

(Visited 11 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com