Bolsa de Negócios e Turismo do Mercosul será realizada em Itajaí

Um estande servirá de apoio ao trade, que inclui hoteleiros e diversas empresas de turismo da Bahia, que pretendem divulgar produtos e serviços e realizar negócios durante o evento.

Itajaí, em Santa Catarina, vai sediar a 24ª Bolsa de Negócios e Turismo (BNT) Mercosul, nos dias 25 e 26. Os principais destinos turísticos do Brasil serão amplamente divulgados para atingir principalmente mercados do sul do Brasil e países como Argentina, Uruguai e Paraguai.

A Secretaria de Turismo da Bahia fará a divulgação de material promocional que inclui a distribuição de fitas do Senhor do Bonfim por baianas tipicamente caracterizadas e a realização de capacitações com agentes de viagens. Essas ações serão desenvolvidas no Centreventos de Itajaí.

Um estande servirá de apoio ao trade, que inclui hoteleiros e diversas empresas de turismo da Bahia, que pretendem divulgar produtos e serviços e realizar negócios durante o evento. Um dos destaques será o iberostar Praia do Forte.

Participam do salão representantes da indústria de hotel, dos principais destinos da América do Sul, das agências de viagem, operadoras de turismo e empresas, entre elas as companhias aéreas, cruzeiros marítimos e serviços de receptivos, entre outros segmentos, que apresentam as novidades para as próximas temporadas.

Santa Catarina vai sediar etapa do maior evento náutico do mundo

Competição acontece em Itajaí entre 5 a 22 de abril deste ano e deve reunir quase meio milhão de pessoas.

A etapa de Itajaí da Volvo Ocean Race (VOR), a maior regata do mundo, acontece entre 5 a 22 de abril de 2018, quando a Vila da Regata começa a receber as embarcações. A competição é a mais longa e mais dura no esporte profissional e como um dos três grandes eventos no mundo da vela, ao lado dos Jogos Olímpicos e da America’s Cup.

O Volvo Ocean Race é considerado a Fórmula-1 dos Mares. A edição 2017-2018 será a distância mais longa de sua história, navegando por quatro oceanos e com paradas em 12 cidades de cinco continentes, num total de 45 mil milhas náuticas.

Única cidade da América Latina a sediar a regata, Itajaí receberá as equipes após a perna mais longa e mais difícil da competição, após sair de Auckland, na Nova Zelândia, e cruzar o Cabo Horn, no hemisfério Sul do planeta e considerado o mar mais radical do mundo.

Na edição 2014-2015, Itajaí recebeu novamente o evento e foi a segunda maior etapa em público, com mais de 300 mil pessoas. Para essa temporada a previsão é de quase meio milhão de pessoas. Itajaí será o oitavo porto da regata. Após largar em Alicante, os barcos passarão por Lisboa (Portugal), Cidade do Cabo (África do Sul), Melbourne (Austrália), Hong Kong, Guangzhou (China), Hong Kong novamente e Auckland (Nova Zelândia).

A previsão é que os primeiros barcos cheguem ao Litoral catarinense no dia 8 de abril. Muitas embarcações vão chegar pela capital, movimentando os hoteis em Florianopolis e os voos das companhias aéreas.
No dia 20 de abril será realizada a In-Port Race, uma competição que é realizada nos locais de parada. No dia 21, os barcos estarão abertos ao público e, no dia 22, será a partida das sete equipes competidoras para o próximo porto.

Após a parada catarinense, as embarcações seguirão a Newport (Estados Unidos), Cardiff (País de Gales), Gotemburgo (Suécia) e Haia (Holanda). Há uma semana, os barcos saíram da Cidade do Cabo em direção à Austrália. A chegada à última estação está prevista para 20 de junho do ano que vem.

Itajaí fica a 98 quilômetros de Florianópolis. O Volvo Ocean Race vai movimentar o turismo de várias cidades de Santa Catarina. Além de uma rede de hotéis de luxo, a ilha se destaca pela expansão de hostel Florianopolis.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com