Empresário dos EUA compra a Flyways e já faz planos para retomar voos

Uma das primeiras providências do novo grupo será o de garantir a certificação da companhia na Anac, o que poderá demorar 220 dias.

A Flyways Linhas Aéreas, que deixou de operar desde outubro de 2016, acaba de ser comprada por um novo grupo liderado por Geoffrey John Hodgson, empresário dos Estados Unidos. Os outros sócios são os brasileiros Mauro Cesar KaniskiI Goginho e Carlos Alberto Mendes. (Veja documento abaixo). No dia 17 de março de 2018 a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) revogou o Certificado de Operador Aéreo (Coa), ou seja, a companhia ficou sem a concessão.


Leia mais...