Governador Valadares terá apenas um voo diário da Azul por falta de infraestrutura no aeroporto

Atualmente são três frequências diárias operadas pela companhia na maior cidade do Vale do Rio Doce.

A partir de 5 de março Governador Valadares (MG) terá apenas um voo diário da companhia Azul. Atualmente são três frequências diárias para o Aeroporto de Confins. Segundo a companhia, o motivo é a falta de infraestrutura no aeroporto, que não conta com o sistema IFR, instrumento responsável por auxiliar os pilotos no momento do pouso da aeronave.


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

No dia 18 de dezembro de 2017 a Passaredo suspendeu voos em Governador Valadares por falta de aeronave. A companhia também teve que alternar suas aeronaves para Ipatinga por causa das condições climáticas. A Passaredo deixou de operar em dezembro último em Uberaba, Uberlândia e Ipatinga.

“Sem esse sistema, os níveis mínimos de segurança para pouso são elevados e, em qualquer condição meteorológica fora do padrão, a orientação para a companhia é cancelar ou alternar pousos para outros aeroportos, preservando a segurança de Clientes e Tripulantes. Tal prática vem ocorrendo com mais frequência, devido à maior instabilidade das condições meteorológicas em Governador Valadares”, diz o comunicado da empresa.

A Azul informou ainda que tem cancelado ou alternando, quase que diariamente, operações que envolvem o aeródromo do interior mineiro, o que gera prejuízos e desconforto para os passageiros para a população da cidade. Na maioria das vezes os voos com destino a Governador Valadares pousam em Ipatinga. A companhia oferece ônibus para o transporte dos passageiros.

FRASE….

“Nosso principal compromisso é oferecer à cidade de Governador Valadares uma operação confiável, que dê aos Clientes possibilidade de conexão com os mais diversos destinos oferecidos pela Azul para todo o Brasil e exterior, com Segurança, excelência e pontualidade. Nos últimos meses, por conta das condições meteorológicas adversas, e da falta de disponibilidade do IFR no aeroporto, a operação na cidade tem sido muito instável, resultando em muitos voos cancelados ou alternados. Dedicamos esforços para trabalhar junto com o aeroporto na melhoria das condições de operação e, até momento, não temos informação de providências para minimizar os impactos causados aos nossos Clientes. Por isso, decidimos ajustar nossa malha aérea e, assim que houver melhores condições de operação, bem como a certificação IFR, retomaremos imediatamente os três voos diários oferecidos na cidade”

Flávio Costa, vice-presidente Técnico-Operacional da Azul.

 

 

[/read]


One thought on “Governador Valadares terá apenas um voo diário da Azul por falta de infraestrutura no aeroporto

  1. IFR é somente a abreviação das normas ou regras para o voo por instrumento, acrônimo da palavra em inglês Instrument Flight Rules, IFR. Os aeroportos regionais precisam estar operando voo por instrumento baseados em informações do GPS ou no jargão de aviação R-Nav, esse é o mínimo necessário para a moderna aviação. Saudações,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com