Tudo viagem

Será que decola? Juiz de Fora e mais 11 cidades de Minas terão voos fretados para BH a partir de agosto

AviaoCodemig
Você já ouviu falar na Two Taxi Aéreo Ltda? A empresa com sede em São Paulo terá a partir da segunda quinzena de agosto voos fretados de Juiz de Fora e mais cidades do interior de Minas para o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Acreditem! Os voos serão fretados pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig). Os voos de Juiz de Fora para Belo Horizonte vão decolar do Aeroporto da Serrinha, que atualmente  não possui uma linha regular.

As outras cidades que serão atendidas são Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Muriaé, Patos de Minas, Ponte Nova, São João del Rei, Teófilo Otoni, Ubá, Varginha e Viçosa. Os voos serão operados nos aviões Cessna Grand Caravan 208 B, que transporta nove passageiros. A companhia possui cinco aeronaves. Em vez de comprar os bilhetes aéreos, os passageiros terão que fazer a aquisição de vouchers. Um bilhete de Juiz de Fora ou Patos de Minas para Belo Horizonte vai custar de R$ 450 a 500, valor por trecho. Caro demais! (Confira abaixo os preços das outras cidades)

No site criado para divulgar os voos fretados, o http://www.voeminasgerais.com.br/você já pode consultar todas as informações do projeto. Segundo a Codemig, para tornar viável a interligação aérea do interior com Belo Horizonte, a Codemig realizou pesquisa de mercado ouvindo 2.100 pessoas em 31 municípios, verificou a aceitação do emprego de aviões monomotores de baixo custo operacional e assumiu o risco econômico do empreendimento, afretando aeronaves para o transporte não regular de passageiros e cargas.

                                 CONFIRA OS HORÁRIOS E PREÇOS DOS  VOOS PARA AS 12 CIDADES

PATOS01

LICITAÇÃO

A vencedora da licitação pública na modalidade de Ata de Registro de Preços foi a empresa Two Taxi Aéreo Ltda., que opera desde 2001 aviões Cessna Grand Caravan 208 B, homologados atualmente pela Anac para o transporte de nove passageiros.  Para a venda dos assentos de cada voo, a Codemig licitou a operação de e-commerce. Os vouchers poderão ser adquiridos por meio de aplicativos para tablets e smartphones ou pelo site www.voeminasgerais.com.br.

Na primeira fase do projeto serão 60 voos semanais ligando o interior à capital. Cada voo cobrirá em média 200 km, terá duração de 40 minutos. As rotas e frequências dos voos foram definidas preferencialmente para cidades não atendidas pela aviação regular, tomando-se como referência a demanda de passageiros em função do preço do voucher.

NOSSA OPINIÃO

O projeto tem tudo para dar certo nas cidades onde não há voos comerciais, como por exemplo, Teófilo Otoni, São João del Rei, Diamantina e Patos de Minas. No caso de Varginha e Divinópolis, que já são atendidas pela Azul, com passagens por menos de R$ 200 o trecho, dificilmente os voos terão passageiros. O avião com apenas nove assentos é outro ponto negativo. O Governo de Minas poderia ter licitado o Embraer EMB-120, com 30 assentos, que poderia operar na maioria das cidades. Com mais assentos, o valor das passagens seria mais em conta.

ACESSE O SITE DA TWO TÁXI AÉREO



(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com