Hotel flutuante de luxo não é afetado pela cheia do Rio Negro

O Rio
Negro no estado do Amazonas subiu mais de 10 metros em uma das maiores cheias
registradas nos últimos anos. O Amazon Jungle Palace, em Manaus, o hotel
flutuante de luxo no meio da floresta está funcionando normalmente. O hotel que
atrai turistas brasileiros e estrangeiros está localizado à margem esquerda do
Rio Negro – Lago Salvador, Iranduba, em Manaus. 

De
Manaus até o hotel são quatro quilômetros. De lancha o trajeto é feito em no
máximo meia hora. São cinco andares com 68 apartamentos. Um lugar ideal para
você sentir as energias e vibrações da natureza no meio da selva amazônica, com
todo o conforto dos grandes hoteis de luxo.

Os
diferenciais do Amazon Jungle Palace saltam aos olhos já na primeira visita
pela beleza da construção arquitetônica: suas janelas e paredes espelham a
beleza dos rios e da mata, no entorno da Reserva de Desenvolvimento Sustentável
do Tupé, RDS Tupé, e do Parque Estadual do Rio Negro Setor Sul. O hotel conta
com opções de lazer como piscinas, érea de recreação infantil (espaço kids, bar
aquático, área de fitness, salão de jogos, área de descanso e leitura com
acesso à internet. Uma diária para duas pessoa custa em média R$ 700 na baixa
temporada. 
Internamente,
o turista também encontrará um apartamento com o conforto e luxo dos hotéis
cinco estrelas. Mas é na preocupação ecológica e ambiental que o Amazon Jungle
Palace é um dos poucos hotéis de selva no Amazonas com sistema de tratamento de
água modernos, com recolhimento de lixo, além de ser o primeiro a apresentar um
Plano de Contingenciamento elaborado por pesquisadores do Centro Universitário
do Norte (UniNorte/Laureate).

Generico 468x60 gif

(Visited 60 times, 1 visits today)

local_offerevent_note maio 26, 2015

account_box Celso Martins


local_offer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *