Azul mostra novo ATR-72 e anuncia voos em Uberlândia

?

ATR-72 600  será usado no interior de Minas

? ? Anna Flávia Nunes

Com voos panorâmicos sobre as cidades mineiras de Uberaba, no Triângulo, e Juiz de Fora, na Zona da Mata, a Azul inaugurou sua mais nova aquisição: um turboélice ATR 72-600 que será usado nas rotas regonais de pequena e média distãncia da companhia. A empresa é a primeira da América Latina a receber a aeronave, que foi trazida de Toulouse, na França, e entra na malha aérea a partir de 15 de novembro.

O turboélice, batizado de Azul Tango Romeo, é o primeiro de uma série de 30 que devem ser incorporados à malha aérea da companhia até 2015. Ainda em dezembro deste ano, mais dois ATRs 72-600 chegam ao Brasil. No total, foram investidos US$ 850 milhões na nova frota. Para Pedro Janot, presidente da Azul, a expectativa é de aumento na malha doméstica regional da companhia, com expansão nas operações em termos de frequência.

 “O desafio agora é crescer com qualidade”, destacou. O modelo de última geração é a mais nova aposta da Azul para rotas regionais porque tem baixo custo de operação e alta performance. Em trechos de até 700 quilômetros em voos de uma hora de duração, por exemplo, um voo a jato seria apenas 15 minutos mais rápido no tempo total de operação.

A companhia já opera com o modelo antigo da ATR, o 72-200, mas a nova geração de aeronaves tem motores mais potentes. Além disso, conta com novo design de instrumentos de voo e possui sistema de hélice com seis pás, o que melhora a performance de pouso e decolagem. O ruído na cabine do novo turboélice é quase imperceptível e somente os passageiros sentados próximos às hélices ouvem um barulho mais forte durante os pousos e decolagens.

Azul é a primeira a usar o ATR-72 600 na América do Sul

Iluminação em LED

Um dos destaques do ATR 72-600 é o novo sistema de iluminação em LED. No teto, há quatro possibilidades de intensidade de luz. Também é possível variar as luzes localizadas nas janelas. Acima dos assentos, são dois tons: branco, que permite leitura durante um voo noturno sem incomodar o passageiro ao lado; e azul, que é ideal para relaxar.

Os sinais luminosos da aeronave são diferentes. Além do tradicional “use o cinto de segurança”, há também um sinal indicando a proibição do uso de aparelhos eletrônicos.  O “proibido fumar” é fixo na lateral do avião, em ambos os lados.

Quem participou dos voos panorâmicos realizados em Minas no dia 9 de novembro conferiu de perto outros detalhes do novo ATR, como os bancos de couro na cor cinza e o novo sistema de reclinação da poltrona. Para mudar a posição da cadeira, basta levantar uma pequena alavanca localizada na parte superior do apoio de braço. Guardar os pertences no bagageiro também ficou mais prático: as portas são leves e reclinam para dentro, evitando acidentes.

Para a nova frota, a Azul disponibilizará 50 duplas de comandantes e co-pilotos, totalizando 100 profissionais. Eles vão operar as aeronaves nos aeroportos mineiros de Uberaba e Zona da Mata (Goianá), além de São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Araçatuba, Presidente Prudente, Marília, Maringá e Joinville. Segundo Pedro Janot, esses destinos foram escolhidos porque os municípios estão se desenvolvendo cada vez mais. “Tem um Brasil novo acontecendo fora das capitais”.

Pampulha não está nos planos da Azul

Mesmo com tanta sede de crescimento, o presidente da Azul descartou rotas que incluam o Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Sem operar no terminal “por decisão da Anac”, como ele mesmo faz questão de reforçar, a companhia não vê isso como um problema.

“A Pampulha não vai viver o que viveu no passado. E o grande valor, em primeiro momento, não é conectar os mineiros do interior com a capital. É conectá-los com os 50 destinos que a Azul terá até o fim do ano”, garantiu o executivo. O objetivo é fomentar o turismo de negócios.

Cabine do ATR-72 em voo panorãmico em  Minas

Uberlândia será o próximo destino da Azul

Apesar disso, os mineiros que esperam ansiosamente por mais frequência e variedade de voos no Estado podem se preparar para uma boa notícia. Janot garantiu que a Azul vai operar no aeroporto de Uberlândia, no Triângulo. “Já entramos com o pedido de autorização junto à Anac”. Ainda não há previsão para a chegada da companhia aérea à cidade, mas é evidente que Minas Gerais está cada vez mais inserida nos planos de expansão da Azul. Especula-se, inclusive, que mais quatro voos entre Confins e Brasília devem entrar em operação a partir de fevereiro de 2012.

                                        Batismo do ATR-72 no interior de Minas

O novo ATR 72-600 foi batizado após os voos panorâmicos em Uberaba e Juiz de Fora. Assim que tocou o solo nas duas cidades mineiras, a Azul Tango Romeo recebeu jatos d’água. Cada voo durou em média 45 minutos.

Em Uberaba, mais de 60 pessoas estavam a bordo. Entre elas, a Secretária de Meio Ambiente e Turismo, Renata Mesquita; o Secretário de Governo, Rodrigo Signorelli; o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Francisco Assis; e o Presidente da Associação Comercial e Industrial de Uberaba, Karim Abud Mauad.

No Aeroporto da Zona da Mata, onde a Azul é a única companhia aérea em operação, o voo panorâmico foi acompanhado pelo vice-prefeito de Juiz de Fora, Eduardo de Freitas. O prefeito de Goianá, Geraldo Coutinho de Oliveira, e o prefeito de Rio Novo, Antônio de Moura Varotto, também estavam entre os 70 passageiros a bordo.

Aém do vídeo do batismo, o Tudo Viagem vai postar outras imagens do voo panorâmico em Minas do novo ATR-72 600

Ficha técnica ATR 72-600Capacidade de passageiros: 68-74
Motores: Pratt & Whitney 127m
Potência máxima na decolagem: 2.750 cavalos de potência por motor
Peso máximo na decolagem: 23.000 kg
Carga máxima: 7.500 kg
Alcance máximo com capacidade total de passageiros: 899 milhas náuticas (1665 km)

*Octavio Sampaio

Não sou um profundo conhecedor de aeronaves mas, como cliente, sei o que é ruim e o que é bom durante uma viagem aérea.

Na quarta-feira (9), tive uma experiência ímpar, proporcionada pela Azul Linhas Aéreas e pelo Tudo Viagem. Participei de um road show onde foi apresentado o novo ATR-72-600. Tentarei descrever, na condição de cliente, o que percebi durante o evento. Ao entrar na aeronave veio o primeiro impacto, um corredor com assentos revestidos em couro e um visual de muito bom gosto.

Fomos então ocupar nossos lugares e ao sentarmos percebemos o confortável espaço entres as poltronas e boa reclinação. Com todos acomodados decolamos então para o voo de demonstração.

Durante a decolagem sentimos a força dos motores, o que nos transmitia muita segurança  e ao mesmo tempo percebemos que o nível de ruídos era consideravelmente inferior ao que se esperava de um avião desse tipo.Como clientes, parabenizamos a Azul pela iniciativa de modernizar sua frota e poder oferecer a nós o que há de melhor.

Octávio Sampaio (autor do vídeo) e Annna Flávia Nunes (textos e fotos) são colaboradores do Tudo Viagem. Eles viajaram a convite da Azul.

(Visited 30 times, 1 visits today)

local_offerevent_note novembro 10, 2011

account_box Celso Martins


local_offer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *