Confira as fotos e vídeos da estreia da Azul na ponte aérea Rio/SP

Criada há 11 anos, só agora a Azul teve condições de iniciar as ligações diretas entre a capital paulista e o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. 

A Azul preparou uma grande festa especial  para festejar a sua estreia na ponte aérea Rio/São Paulo com direito a música ao vivo, sorteio de brindes e boas vindas do presidente da companhia, John Rodgerson, que fez questão de estar no primeiro voo da empresa  que decolou da capital paulista. (Veja vídeo abaixo do presidente). 

Nos voos de Congonhas para o Santos Dumont serão 16 voo diários em cada sentido. Gol e LATAM oferecem nesta rota 26 horários em cada sentido. Antes do embarque em Congonhas, a Azul realizou uma festa no saguão do Aeroporto de Congonhas para marcar a sua entrada na ponte aérea Rio/SP.

Criada há 11 anos, só agora a Azul teve condições de iniciar as ligações diretas entre a capital paulista e o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro.  Os slots (autorização de pousos e decolagens) que a Azul está usando nos voos de Congonhas para o Santos Dumont eram da Avianca Brasil.

Nos voos que decolaram do Santos Dumont e de Congonhas estavam executivos, convidados, veículos de imprensa e mais de 200 passageiros. A Azul vai usar nos voos da ponte aérea Rio/São Paulo os jatos Embraer 195 com 118 assentos e tv ao vivo. Neste momento especial, foram sorteados ingressos para o  Aquário Marinho do Rio de Janeiro e para o Pão de Açúcar

A Azul será a única a operar com jatos de Congonhas para o Santos Dumont. A pista principal está interditada para obras até 21 de setembro deste ano. Até essa data, os pousos da Azul serão na pista auxiliar. A intenção da Azul é usar ainda neste ano nos voos da ponte aérea Rio/São Paulo os jatos A320neo com 174 assentos.

Ações da Azul para entrar na ponte aérea Rio/São Paulo

  • Foram contratados 60 novos tripulantes no Rio de Janeiro e em São Paulo para atender aos voos da da ponte aérea. As operações terão o apoio de 31 novos agentes de aeroporto em Congonhas e 30 no Santos Dumont. Todos eles ganharam camisas com a hastag #AzulnaPonte.
    .
  • Do total de 60 novos tripulantes, 28 contratados vieram da Avianca Brasil, companhia que deixou de operar em maio deste ano. A Azul tem 800 funcionários que trabalham em suas bases no Brasil e no exterior.
  • A companhia suspendeu sete voos de Congonhas para Curitiba e Porto Alegre para reforçar as operações entre Congonhas e o Santos Dumont.

 

Faça aqui sua cotação e garanta descontos na compra das passagens aéreas

Azul pretende lançar voo direto de Campinas para Morro de São Paulo a partir de agosto



O Tudo Viagem
mostrou com exclusividade o fim dos voos diretos da Passaredo de
Salvador para Valença, melhor acesso a ilha de Morro de São Paulo.
Os voos eram operados aos sábados. A boa notícia é que a Azul
pretende lançar voos aos sábados de Campinas para Valença.

A intenção da Azul é
solicitar ainda nesta semana autorização à Agência Nacional de
Aviação Civil (Anac) para iniciar os voos no final de agosto deste
ano. Os horários ainda não foram definidos, mas será um bate
volta. A travessia de lancha de Valença para Morro de São Paulo
dura cerca de 15 minutos.
Nos voos de Viracopos
para Valença a companhia pretende usar o Embraer 190 com 106
assentos. Para iniciar a venda passagens a Azul precisa da liberação
pela Anac. Os técnicos da agência terão que fazer uma vistoria no
aeroporto para verificar se o Embraer pode operar na pista.
                                       

Desconto de R$ 50

Para comemorar os três mil milhões de fãs no Facebook, a companhia Azul lançou uma promoção que vai distribuir 200 mil vouchers de R$ 50. Para ganhar basta informar CPF e e-mail. O voucher é enviado para o endereço informado.

Acesse aqui a página da promoção

Anac reprova voo de Governador Valadares para Confins que começaria em abril

A companhia Azul não recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para iniciar no dia 7 de abril voo de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, para Governador Valadares, no Leste de Minas. A reprovação foi baseada em um parecer da equipe técnica de Confins, que alegou falta de espaço no pátio de aeronaves do terminal no horário que a Azul pretendia operar.

A companhia Azul poderá apresentar um novo pedido à Anac com outros horários de pousos e decolagens, o que ocorrerá nos próximos dias. Nesta frequência a Azul pretende usar o ATR-72, avião com 70 lugares. Essa mesma aeronave fará a ligação da cidade do Leste do Estado com a Pampulha, em Belo Horizonte. Atualmente a companhia usa entre as dua cidades o ATR-42 configurado com 45 lugares. A data da troca da aeronave não foi informada. O Aeroporto de Governador Valadares tem condições de receber aviões de grande porte, como o Airbus da Presidência da República (foto).
A partir de 8 de maio a Azul pretende iniciar voo diario e direto de Confins para Araxá, no Alto Paranaíba. Esse pedido ainda não foi analisado pela Anac. A partir de maio a cidade de Ipatinga, no Vale do Aço, perderá os dois voo diretos para Guarulhos, na Grande São Paulo. O número de voos de Ipatinga para Confins passará de dois para quatro.
A única companhia em condições de concorrer com a Azul no interior de Minas é a Passaredo. A empresa com sede em Ribeirão Preto possui nove modelos ATR-72, mesma aeronave usada pela Azul. Acontece que a quantidade de aviões não permite a Passaredo ampliar a sua área de atuação. Nesta semana a direção da Passaredo quando aviões serão comprados no segundo semestre de 2014.

            Horários que a Azul pretendia operar em Governador Valadares

Origem
Saída
Destino
Chegada
Frequência
Belo Horizonte – Confins
12h48
Governador Valadares
14h00
Diária
Governador Valadares
14h27
Belo Horizonte – Confins
15h33
Diária
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com