Tudo viagem

10,2 mil se inscrevem para vagas de emprego da ITA Linhas Aéreas

Em novembro deste ano a ITA Linhas Aéreas pretende abrir mais 300 vagas de emprego, incluindo funcionários para o atendimento nos aeroportos.

A ITA Linhas Aéreas, companhia que tem planos de começar a operar em março de 2021, recebeu 10,2 mil inscrições para as 600 vagas de emprego para diferentes áreas que foram abertas no dia 9 de outubro. O site da empresa já recebeu a visita de 15 mil interessados, segundo Sidnei Piva de Jesus, presidente do Grupo Itapemirim. Segundo o empresário, os 10,2 mil que se inscreveram tiveram os currículos aprovados nesta fase da seleção.

O número de inscritos deverá ser ainda maior já que o prazo termina no domingo (18/10).  Entre as vaga abertas estão para pilotos, comissários e mecânicos. Em novembro deste ano a ITA Linhas Aéreas pretende abrir mais 300 vagas de emprego, incluindo funcionários para o atendimento nos aeroportos. O empresário Sidnei Piva revelou ao Tudo Viagem informações importantes sobre a operação da ITA Linhas Aéreas. Uma delas é sobre a configuração das aeronaves Airbus A320 que serão usadas pela empresa. (Veja como se inscrever no link abaixo).

Incialmente serão dez modelos. Em vez de 174 assentos, como são os aviões A320 da Azul e LATAM, as aeronaves da ITA terão 140 poltronas, uma forma de garantir mais conforto para os passageiros. Segundo Sidnei Piva, a intenção é chegar a 110 assentos na segundo contrato de mais dez aeronaves A320. A intenção da ITA é atender ainda em 2021 três destinos regionais nos estados.

Mas o empresário garante que terá passagens aéreas por ótimos preços mesmo oferecendo mais espaço entre as poltronas. Na primeira fase serão atendidos 16 destinos em todas as regiões do Brasil. O primeiro voo, previsto para março do ano que vem, será de Guarulhos para Vitória. A capital capixaba foi escolhida pela tradição do Grupo Itapemirim no Espírito Santo.

Para se inscrever clique aqui

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

Azul terá 57 voos extras em 16 aeroportos no feriado de 12 outubro

O aeroporto do Recife (PE), principal centros de conexão da Azul no Nordeste do país, terá o maior número de pousos e decolagens extras.

Entre os dias 11 e 13 de outubro, no feriado de Nossa Senhora Aparecida, a companhia Azul terá 57 operações a mais em sua malha regular de voos. O reforço nas operações atenderá 16 aeroportos. O aeroporto do Recife (PE), principal centros de conexão da Azul no Nordeste do país, terá o maior número de pousos e decolagens extras.

Recife terá voos diretos para Fortaleza, Maceió, Natal, Aracaju, Teresina, Campina Grande, Brasília, Salvador, Congonhas e Rio de Janeiro. O Aeroporto de Confins terá mais voos para Salvador e Porto Seguro, além de Campinas.

Outras rotas como Santos Dumont-Campinas e Cuiabá-Porto Alegre também terão voos extras da Azul no feriado de 12 de outubro. As passagens de todos s voos  já estão sendo vendida no site da Azul. O uso de máscara facial é obrigatório em todas as etapas do voo.

A Azul ampliou sua malha doméstica em setembro alcançando 45% da capacidade operada pela empresa antes da pandemia, um crescimento de 570% na malha de 70 voos que foi operada em abril, no momento mais crítico da crise, passando a operar 407 voos por dia para 88 destinos no Brasil e no exterior.

Frase..

“Para atender a demanda de Clientes que é maior em períodos como esse, fizemos adições pontuais de oferta em nossos principais hubs no país. Oferecemos mais voos em rotas que consideramos de lazer, atendendo, com toda a segurança e rígidos protocolos, o desejo de Clientes que querem aproveitar a data para descansar e visitar parentes e amigos”

Vitor Silva- gerente de planejamento de malha da Azul

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

Azul Conecta amplia voos em Belém; saiba tudo sobre a nova companhia

Os monomotores da nova companhia já voaram 3256 horas entre maio e junho, o que corresponde a 55 horas de voo por dia da frota que está em operação.

A Azul Conecta, nova companhia aérea de voos regionais, terá novos voos para o interior do estado do Pará. As rotas Belém-Breves e Belém-Monte Dourado passam a contar, a partir de 25 de agosto, com sete operações semanais a bordo das aeronaves modelo Cessna Gran Caravan, que podem transportar até 9 pessoas.

A Azul Conecta atende 36 cidades do país, principalmente nas regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste. Subsidiária da companhia da Azul, a companhia fruto da aquisição da TwoFlex. A Azul Conecta tem como objetivo desenvolver a aviação sub-regional no Brasil, ou seja, alimentar as demais rotas da Azul nos grandes centros urbanos. (Veja abaixo todas as cidades com voos da Azul Conecta).

Dos 17 aviões, três são exclusivamente cargueiros e vão contribuir para a expansão da Azul Cargo Express, a unidade de cargas da Azul, que pode levar cargas a cidades que não são atendidas por voos regulares da empresa.

Serviço de bordo

O serviço de bordo é gratuito. A Azul Conecta serve água e snacks, que são colocadas no bolsão das poltronas dos clientes. A tripulação é formada por um piloto e um sub-piloto. Cada passageiro pode levar gratuitamente uma bala de mão com peso no máximo de 10 quilos. Os bancos da aeronave são de couro e o espaço permite que você até cruze as pernas.

O Cessna 208 “Caravan” é uma aeronave monomotor turboélice, de asa alta e construção convencional metálica, desenvolvida e fabricada nos Estados Unidos pela Cessna Aircraft. Os monomotores da Azul Conecta já voaram 3256 horas entre maio e junho, o que corresponde a 55 horas de voo por dia da frota que está em operação.

Confira detalhes sobre a aeronave usada pela Azul Conecta

Origem: Estados Unidos

Comprimento: 12,68 m

Envergadura: 15,88 m

Altura: 4,72 m

Peso da aeronave: 1,7 a 2,2 toneladas

Velocidade de cruzeiro: 341 km/h

Peso máximo decolagem/pouso: 3,9/3,8 toneladas

Capacidade de combustível: 1,2 mil litros

Motor: Pratt & Whitney PT6A-114A (Cessna 208B 67

Velocidade máxima: 359 km/h

Pista mínima para decolagem: 0,7 km

Passageiros: 1 a 09

Primeiro voo: 1982

Entregues: Grand Caravan: 1295

Alcance: 1698 km ou .5 horas de voo.

Confira os detalhes dos voos Azul Conecta em Belém

Destinos atendidos pela Azul Coneta

Campinas
Marília
Manaus
Lábrea
Coari
Santarém
Monte dourado
Altamira
Óbidos
Oriximiná
Porto trombetas
Itaituba
Belém
Monte alegre
Almeirim
Breves
Porto de Moz
Parintins
Maués
Cuiabá
São felix do Araguaia
Juína
Tangará da Serra

Retomada dos voos em Carajás

A partir de 1° de setembro a Azul vai retomar as operações em Carajás com voos para Belém operados às terças e quintas-feiras. Nesta rota a Azul vai usar os jatos da Embraer 195 que transportam até 118 passageiros. Antes da pandemia do coronavírus os voos da Azul partindo de Carajás eram diretos para o Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte.

Em 2 de setembro a Azul vai retomar as operações em Imperatriz (MA) com quatro voos semanais, às segundas, quartas, sextas e domingos, com aeronaves modelo ATR 72-600, com capacidade para até 70 pessoas.

Confira os horários dos voos de Carajás e Imperatriz

Pretende viajar? Escolha aqui o seu destino e garanta passagens aéreas com descontos especiais

As fotos deste post são de Luis Alberto Neves e foram cedidas pela assessoria de imprensa da Azul.

Cinco cidades brasileiras terão o Stopover da TAP ; saiba como funciona o programa

O programa pode funcionar como um acelerador do turismo internacional no Brasil. Como comparação, em Portugal, onde a companhia aérea já oferece o serviço.

O Programa Stopover da companhia aérea portuguesa TAP vai ser implantado nas cidades de são Recife (PE), Salvador (RJ), Fortaleza (CE), Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF). A companhia informou que o programa deve ter início ainda no primeiro semestre deste ano. O Stopover permite que o passageiro conheça pelo menos dois destinos, sem custos adicionais e estender a permanência em até cinco dias no Brasil.

O Programa Stopover pode funcionar como um acelerador do turismo internacional no Brasil. Como comparação, em Portugal, onde a companhia aérea já oferece o serviço, em 2018 foram pelo menos 150 mil passageiros que estenderam sua viagem, no maior hub da companhia na Europa.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, reforça que o programa Stopover “é uma medida que fomenta todo turismo da região, movimenta a economia e gera empregos. Ganham todos: os turistas que ampliam as suas experiências no nosso país, os empresários e os empregados”.

A TAP tem voos diretos para dez cidades de todas as regiões do país e voa para Brasil há mais de 50 anos. Se você pretende viajar para a Europa no mês de julho, período das férias escolares, reserve suas passagens aéreas agora para garantir descontos especiais.

FRASE

“Hoje é aniversário de 74 anos da TAP, nada melhor para comemorarmos que uma parceria com cinco importantes cidades brasileiras. Acreditamos que replicar o nosso bem-sucedido programa Stopover no Brasil em diversas capitais pode contribuir imensamente para o fomento do turismo internacional para o Brasil”

Presidente da TAP, Antonoaldo Neves.

Aplicativo de voos compartilhados lança rota Salvador/Morro de São Paulo

A empresa pretende lançar voos para Belo Horizonte e Brasília já no segundo semestre deste ano.

O aplicativo Flappe que oferece voos compartilhados começou a operar a rota Salvador/Morro de São Paulo, ilha localizada no litoral da Bahia. As partidas são Aeroporto Internacional de Salvador e as viagens são realizadas à bordo de um Cessna Caravan, com preços a partir de R$ 500. A aeronave oferece espaço para bagagens.


[read more=”Leia mais…” less=”Recolher”]

Para contratar o serviço basta baixar o aplicativo da Startup e escolher seu assento no voo compartilhado. Para as decolagens são necessários ao menos dois passageiros. Os voos são programados com horário sugerido de partidas e os dois primeiros passageiros podem fixar o horário exato de partida.

A proposta da Flapper, uma plataforma de aviação sob demanda que funciona por aplicativo, está movimentando o mercado de aviação brasileiro. O aplicativo brasileiro desenvolvido há um ano tem a proposta de democratizar aviação executiva, através da tecnologia mobile.

Apresentando a economia compartilhada por meio de vendas de assentos, o usuário pode voar em um avião fretado por um preço acessível, ou alugar uma aeronave com mais de 20 operadoras com certificados de táxi aéreo.

A Flapper opera atualmente entre capitais, São Paulo, Rio de Janeiro, e as cidades de Búzios e Angra dos Reis. A empresa pretende lançar voos para Belo Horizonte e Brasília já no segundo semestre. O preço médio por assento das viagens varia entre R$ 750, nos trechos entre as capitais e R$ 300/R$ 600 entre o litoral.

DESCONTOS

A Flapper oferece a opção “empty legs” ou pernas vazias – ofertas de voos por preços até 40-50% mais baratos do que normal. De acordo com a empresa essas ofertas ocorrem quando uma aeronave é solicitada para um local, e para evitar trechos vazios, o aplicativo oferece descontos e vendem assentos que esgotam no máximo em duas horas. Como resultado, os usuários podem encontrar voos ocasionais entre Porto Alegre e Gramado ou São Paulo e Curitiba por 350-400 reais.

Segundo o CEO da Flapper, Paul Malicki, o serviço mais solicitados é o trecho Rio-São Paulo, feito através de Congonhas e Jacarepaguá, com três voos semanais realizados as segundas, quartas, sextas e domingos, com voos extras durante os feriados.

AMPLIAÇÃO DAS ROTAS

A Flapper está prestes a lançar um serviço de assinatura mensal, com voos à vontade entre São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Litoral Norte para todos os membros. A nova plataforma, que já agrega mais de 100 aeronaves homologados TPX para aluguel, permitiria aos membros alugar a aeronave às taxas de 30% abaixo do preço de mercado.

Para seus voos compartilhados, a empresa utiliza modelos King Air 250 e Pilatus PC-12, devido à segurança e confiabilidade sem precedentes de ambos os modelos. Já os voos realizados aos fins de semana para Angra dos Reis e Ubatuba, são feitos com aviões Cessna Grand Caravan EX.

Segundo a empresa, todos os parceiros da Flapper operam exclusivamente com a certificação de aeronaves incluindo jatos e helicópteros regulados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

ACESSE AQUI O SITE DA FLAPPER

[/read]

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com