Temporada de cruzeiros inicia no Nordeste e promete agitar capitais da região

Temporada de cruzeiros inicia no Nordeste e promete agitar capitais da região

Temporada tem as cidades de Fortaleza, Salvador e Recife como os principais destinos. Capitais recebem os navios internacionais após dois anos sem movimentação

Após dois anos sem receber navios internacionais, os cruzeiros retornam as cidades portuárias brasileiras. No domingo (09.10), Fortaleza (CE) recebeu o navio National Geographic Explorer, de bandeira das Bahamas, que atracou no terminal de passageiros. O roteiro da embarcação começou na Espanha no fim de setembro, passou por países como Guiana, Suriname e Guiana Francesa, até chegar à cidade brasileira. Após a passagem pelo Ceará, o National Geographic Explorer seguiu viagem até Salvador (BA).

Na quarta-feira (12.10), o gigante será recebido pelo porto do Recife (PE) com previsão de atracar no ancoradouro às 7h. A embarcação de 112 metros de comprimento trará a bordo 148 passageiros e 70 tripulantes, com previsão de partida do porto do Recife às 17h do mesmo dia.

Esta temporada 2022/2023 conta com a inserção de mais um navio. O MSC Preziosa foi adicionado ao grupo que já contava com as embarcações Costa Firenze, Costa Fortuna, Costa Favolosa, MSC Armonia, MSC Musica, MSC Fantasia, MSC Seashore e MSC Seaview. As embarcações partirão dos portos de Itajaí (SC), Maceió (AL), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e Santos (SP) e percorrerão os 184 roteiros, fazendo 724 escalas em 17 destinos, incluindo Buenos Aires, Montevidéu e Punta del Este.

No total, são nove embarcações de cabotagem, 780 mil leitos, 184 roteiros, 724 escalas,17 destinos, 48 mil empregos diretos e indiretos gerados e R$ 3,8 bilhões injetados na economia. De acordo com a CLIA Brasil, essa temporada trará uma alta de leitos de 47% na comparação com os 530 mil ofertados em 2019/2020.

Além de navios de cabotagem (que são aqueles que percorrem a costa, neste caso, a brasileira), o Brasil também recebe 36 embarcações internacionais de longo curso em uma temporada que dura cerca de oito meses – de outubro de 2022 a maio de 2023. As embarcações farão 309 paradas em 45 destinos localizados em 15 estados brasileiros como Amazonas, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul.

A temporada de cruzeiros é um período que aquece o turismo náutico, uma vez que o país está há dois anos sem receber navios internacionais. A expectativa de geração de empregos, além do impacto de bilhões de reais na economia, será motivada pelos gastos das armadoras e dos cruzeiristas e tripulantes nas cidades portuárias e daquelas que serão visitadas, o que beneficia setores como o comércio, uma vez que os turistas compram presentes, alimentos e bebidas, usufruem de transporte nas cidades visitadas, fazem passeios turísticos e se hospedam antes ou após a viagem de cruzeiro.

(Visited 15 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com