Hotéis no Brasil podem atingir 85% de ocupação nas férias de julho

Hotéis no Brasil podem atingir 85% de ocupação nas férias de julho

Rede hoteleira no Brasil espera grande movimento nas férias de julho.
Cidades goianas já não tem vagas. 

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) divulgou uma pesquisa que aponta 85% de ocupação na rede hoteleira nacional nas férias de julho. O dado é importante e ratifica a recuperação do setor de turismo, pós momentos difíceis causados pela pandemia de Covid-19. Em Goiás algumas cidades já não possuem vagas nos hotéis.

A rede hoteleira de Caldas Novas e Aruanã estão com todas as datas para o mês de julho já reservadas. As cidades do interior de Goiás se destacam pelo circuito das águas quentes e levam muitos turistas no período de inverno às piscinas naturais nos hotéis. A capital Goiânia tem ocupação média de 60% .

Ainda no Centro-Oeste do Brasil, o levantamento da ABIH mostra a seguinte perspectiva: Mato Grosso terá 65% de quartos ocupados, o Distrito Federal com 55% e o Mato Grosso do Sul com 50%. Na região norte do país, o Acre é um destino tradicionalmente procurado neste período do ano. Os hotéis do estado devem ficar com 70% de suas dependências ocupadas.

Outros locais que normalmente recebem um maior número de turistas no verão e nas férias de início de ano também estão com uma alta demanda. Este é o caso do Amapá, Pará e Tocantins, que estão com a mesma porcentagem de reservas já confirmadas para julho, são 65% de quartos aguardando os turistas.

No Sudeste, Minas Gerais e suas cidades históricas tem previsão de ocupação de até 85% dos hotéis. Já a capital dos mineiros, Belo Horizonte, tem demanda um pouco menor e fica na casa dos 65%. No Rio de Janeiro, a expectativa é de que 70% dos quartos sejam ocupados. No Espírito Santo, o número será de 65%. Já os estados nordestinos com maior demanda devem ser Ceará e Pernambuco, ambos com cerca de 70% de ocupação nos hotéis.

Por fim, o Sul do Brasil, que sempre recebe milhares de turistas nas férias de julho, terá um 2022 que honra suas tradições. Gramado e Bento Gonçalves, ambas cidades do Rio Grande do Sul, são os destaques da temporada com média de ocupação de 80%. A capital Porto Alegre espera que esse índice chegue a 50%. No Paraná, o levantamento apontou uma ocupação média de 75% nos destinos do estado.

(Visited 67 times, 3 visits today)

Deixe um comentário

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com