Descubra Vassouras, a Capital do Vale do Café

Uma das cidades mais tradicionais do turismo histórico do Rio de Janeiro, Vassouras abriga um dos mais admiráveis conjuntos arquitetônicos do século 19. O melhor programa é explorar e conhecer as históricas fazendas e bem conservadas fazendas de café.

Sede de uma importante universidade privada, Vassouras tem alguns prédios históricos a serem explorados. A praça Barão de Campo Belo reúne as construções históricas importantes, como a casa do Barão de Itambé (séc 19) e a antiga casa de Câmara e Cadeia, de 1860.

No ponto mais alto, fica a belíssima igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição (1828). Mais embaixo, um conjunto de casas deram origem ao Shopping Casario. Visite também a antiga estação de trem, onde funciona um Posto de Informações Turísticas e algumas lojas de artesanato e café que funcionam ao redor da mesma praça.

Vale a pena visitar a Casa da Hera, atualmente fechada pela pandemia, que está do mesmo jeito que foi deixada por Eufrásia Teixeira, herdeira do negociador de café Joaquim José Teixeira Leite. O salão social preserva um majestoso piano de cauda de 1862.

Vale também uma visita ao Vassouras Café Escola, que é uma escola para apreciadores do café; Lá há venda de vários produtos, como licor, brigadeiro, bolachas e o próprio café moído e torrado.

Bons roteiros no tour histórico e nas fazendas da região

Você pode começar o roteiro pela “ Cidade dos Barões”, para visitar suas fazendas riquíssimas durante o Ciclo do Café, do século 19. Entre elas, recomendamos a visita a Fazenda Agroecológica Alliança, uma grande propriedade autossustentável, que tem um café premiadíssimo, queijos e iogurtes de búfala e uma impressionante arquitetura preservada.

Nos aposentos, todo o charme da hospedagem que lhe permite viver a história pura. Lagos, mirante, piscinas, tulha e, em breve, uma enorme cafeteria que servirá para cursos de degustação da bebida dos deuses.

Outra fazenda centenária é a São Luiz da Boa Sorte, que está localizada na rodovia Lúcio Meira, exatamente no Km 210, a 22 quilômetros do centro de Vassouras. Um lugar encantador, imponente e repleto de histórias. Um lago com uma praia, sala de jogos, uma refrescante piscina de água corrente, um restaurante colonial ao pé de fogão de lenha e uma culinária dos tempos do barões lhe aguardam para viver uma experiência única.

Além disso, o empreendimento possui uma completa equipe de recreação para crianças, com jogos, brincadeiras, gincanas e pequenas apresentações de teatro. Vale ainda visitar o Museu do Café, que está dentro da fazenda e que conta a história completa do Ciclo do Café, sem se esquecer da importância dos escravizados que deram a vida na construção dessa importante região.

Enorme potencial e muitas atrações

Visitar a cidade permite reviver o Ciclo do Café. A região tem enorme potencial e grande logística para o visitante conhecer as cidades de Piraí, Barra do Piraí, Rio das Flores, Volta Redonda, Paty do Alferes, Mendes, Conservatória e outras que formam um dos mais admiráveis roteiros turísticos e históricos do Brasil. São dezenas de construções históricas, fazendas centenárias da época dos Barões do Café. Essa região abriga ainda parques, estradas cercadas de Mata Atlântica preservada, rios, corredeiras, cachoeiras e uma infinidade de opções gastronômicas das mais variadas possibilidades, gostos e sabores.

O Jardim dos sons e das sensações

Uma atração que deve ser feita principalmente em família e que completa o passeio é visitar o Jardim Ecológico Uaná Etê. Cercado por uma enorme área de Mata Atlântica preservada, o endereço oferece nada menos que 10 quilômetros de trilhas, espaços para exercícios em meio a natureza, chuveirões e escalda pés, além dos jardins temáticos que têm a música e os sons como inspiradores; você pode se esbaldar com o bosque dos sinos, as teias que enaltecem as aranhas, que são tão importantes para o equilíbrio do ecossistema local, as redes onde você pode contemplar uma impressionante vista da mata e a árvore das infinitas possibilidades para realizar os maiores desejos.

Hotel Santa Amália reúne artesãos e oferece o melhor da hotelaria de Vassouras

O Hotel Santa Amália, inaugurado em 1969, é referência em serviços de hotelaria em toda a região. Antiga sede do Convento Sacre Coeur de Marie, tem 40 mil m² de área verde, com uma atmosfera de aconchego e tranquilidade, preservando parte da sua arquitetura original, aliando detalhes de modernidade e conforto.

O Santa Amália está preparado para receber turistas do Brasil e do exterior, elaborando pacotes personalizados de atividades e visitas guiadas. Há espaços internos para promover grandes encontros, reuniões de trabalho, confraternizações, seminários e eventos de caráter familiar e ou empresarial. Completam o lazer: piscina, piscina aquecida, sala de jogos, bar de piscina, restaurante com o melhor do cardápio nacional e internacional, playground, jardins tropicais e apartamentos amplos equipados com tv, frigobar, ventilador de teto e ar condicionado, numa decoração minimalista e moderna, sem esquecer os requintes da arquitetura original e tradicional.

Desde o início da pandemia, o Hotel Santa Amália não fechou se quer um dia. Manteve o atendimento, apenas adaptando para os mais rigorosos processos de distanciamento social e protocolos de atenção as normas de prevenção a Covid-19.

Santa Feira é proposta inovadora no período de Covid

Uma proposta inovadora, feita pela administração, foi a criação da Santa Feira, que reúne mais de 20 expositores locais que comercializam queijos, doces, bordados, sacolas artesanais, bijuterias, sabonetes e cremes, produtos em couro, licores, mel e lógico cafés gourmet.

Essa iniciativa permitiu que o empreendimento abrisse de maneira clara e direta para a população local, sendo um movimento de incentivo à produção criativa e promovendo um intercâmbio entre turistas, população local, com os artesãos e expositores.

Onde Ficar

Fazenda Agroecológica Alliança
Vila Hibisco
Hotel Santa Amália
Fazenda São Luiz da Boa Sorte

Onde comer

Restaurante Relíquia – Bem na praça central tem um buffet excelente, com sabores incríveis da culinária das montanhas.

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva – enviado especial a Vassouras. O jornalista viajou a convite do grupo Vale do Café Rio. Agradecimentos especiais a Luísa e Ana.

(Visited 31 times, 1 visits today)

local_offerevent_note janeiro 12, 2021

account_box Claudio Lacerda