Tudo viagem

Gol desiste de comprar 34 aviões 737 Max e ainda receberá ajuda financeira da Boeing

Na negociação, a companhia brasileira decidiu cancelar a compra de 34 aeronaves deste modelo, reduzindo os pedidos firmes remanescentes de aeronaves 737 MAX de 129 para 95.

A Gol divulgou comunicado ao mercado sobre o fechamento de  um acordo com The Boeing Company (“Boeing”) sobre o 737-800 MAX. O acordo prevê que a Boeing fará compensação em dinheiro para a Gol.  Na negociação, a companhia brasileira decidiu cancelar a compra de 34 aeronaves deste modelo, reduzindo os pedidos firmes remanescentes de aeronaves 737 MAX de 129 para 95.

A Gol não informou qual será o valor que a Boeing repassará, alegando que os detalhes do acordo são confidenciais. A companhia informou que desde a sua fundação, há quase 20 anos, opera uma frota única de aeronaves Boeing. A Companhia é uma das maiores clientes da Boeing para a família 737 em todo o mundo, e até o momento recebeu e operou mais de 250 aeronaves Boeing 737.

“No primeiro trimestre de 2019, a inesperada paralisação do 737 MAX determinada pelas agências reguladoras mundialmente, incluindo FAA, EASA e ANAC, resultou na parada de sete (7) aeronaves operacionais 737 MAX da GOL e, também, na não entrega de 25 aeronaves 737 MAX programadas para 2019. Isso impactou negativamente as operações da GOL, o seu crescimento e o seu plano de renovação da frota”, diz o trecho do comunicado da Gol aos investidores.

Frase….

“A Gol segue totalmente comprometida com o 737 MAX como o núcleo de sua frota e este acordo reforça ainda mais nossa longa e bem-sucedida parceria com a Boeing”

Paulo Kakinoff, Diretor-Presidente da Gol.

 

(Visited 20 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com