Tudo viagem

Conheça os robôs que ajudam na limpeza do Aeroporto de Brasília

As máquinas armazenam 45 litros de água e limpam até 1200 m² por hora, com autonomia de 4 horas de duração da bateria. Os robôs já estão em uso.

O Aeroporto de Brasília é o primeiro da América do Sul a ter robôs para ajudar na limpeza do chão das salas de embarque. Os Papa Sujeira e Papa Poeira, como são conhecidos, ganharam personalização e até crachá de funcionários.  A novidade já está chamando a atenção dos passageiros.

Os robôs foram comprados na Suíça pela Globalização Facilities, empresa responsável pelos serviços de limpeza e conservação do Aeroporto de Brasília. As máquinas armazenam 45 litros de água e limpam até 1200 m² por hora, com autonomia de 4 horas de duração da bateria. Os robôs já estão fazendo a limpeza.

Os robôs terão uma grande aérea de trabalho. Eles vão percorrer os Píeres Sul e Norte sem a necessidade de manuseio humano. Eles recebem os comandos previamente pelo operador por meio de um sistema de computador que programará as máquinas para percorrerem os locais desejados.

Sensores evitam choques com os passageiros

As máquinas possuem sensores de presença que detectam barreiras 30 metros à frente, impedindo que se choquem com passageiros, por exemplo. Outra novidade é o sistema inteligente registra os locais que não foram limpos por causa de obstáculos, fazendo com que o robô retorne quando a área estiver desobstruída.

Como surgiram os nomes

Para criar os nomes dos robôs, Papa Sujeira e Papa Poeira, a equipe de comunicação do Aeroporto de Brasília se inspirou no alfabeto aeronáutico. Além do significado de “PAPAR” que se refere à comer, PAPA no alfabeto aeronáutico é a letra P.

Frases…..

“Buscamos sempre implementar tecnologias como aliadas das operações no terminal brasiliense e tem dado certo. Somos os primeiros da América do Sul a testar os robôs que já são usados em grandes aeroportos como o de Singapura e de Moscou. Além de entreter o passageiro, eles manterão o nosso padrão de limpeza. A Globalização já vinha fazendo um excelente trabalho. Estamos felizes com mais essa novidade”

Juan Djedjeian- vice-presidente da Inframerica, Juan Djedjeian

“A tecnologia inovadora virá para complementar e reforçar o trabalho que é exercido pelos funcionários da limpeza do Aeroporto de Brasília. Investimos cerca de 500 mil em cada máquina para otimizar nossos serviços e poder demandar nossos funcionários às demais tarefas do dia a dia”

André Marques- gerente comercial da Globalização Facilities

 

Pretende viajar? Garanta aqui passagens aéreas com descontos especiais

(Visited 53 times, 7 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com