Passaredo ou Avianca? Juiz de Fora cria movimento para atrair voos para o Aeroporto da Serrinha

Um grupo de Juiz de Fora criou um movimento para atrair
novas companhias aéreas para o Aeroporto Francisco Álvares de Assis, ou
Serrinha. Mais conhecido por Serrinha, o aeroporto está sem receber voos
comerciais desde abril deste ano, quando a Azul transferiu suas operações para
o Aeroporto Regional em Goianá.  A
Passaredo, que opera com o ATR-72, com 70 assentos, mesmo modelo usado pela
Azul, estuda lançar voos em Juiz de Fora.

Os executivos da
Passaredo terão reunião nesta semana com a TAM. As duas empresas iniciaram uma
parceria em 1º de agosto deste ano. No encontro o principal assunto do encontro
será a ampliação das rotas da Passaredo. Juiz de Fora, Varginha e Montes Claros
são as cidades que poderão receber voos da companhia.
A esperança do grupo de Juiz de Fora é a possibilidade de a
gigante TAM investir na Passaredo, o que pode adiantar a compra de novas
aeronaves. São nove turboélices ATR-72. Com mais aviões, a Passaredo poderia
lançar novas rotas e aumentar número de voos na Pampulha, em Belo Horizonte,
onde oferece dois voos diretos para Ribeirão Preto. O voo de Juiz de Fora seria
direto para Guarulhos, podendo a cidade receber mais rotas.
A companhia Azul alega que não tem interesse de voltar a
operar na Serrinha. A segurança nos pousos e decolagens é o principal motivo. A
outra esperança de Juiz de Fora é a Avianca Brasil, empresa que estuda a compra
de ATRs e dos jatos da Embraer, aeronaves que poderiam operar em Juiz de Fora e
Varginha, cidade do Sul de Minas que ficou sem voos da Azul em fevereiro deste
ano. Lembrando que a partir de 15 de setembro o Aeroporto Regional da Zona da
Mata fica sem os voos diretos da Azul para Confins, na Grande Belo Horizonte.
No grupo criado no Facebook para atrair voos para a Serrinha
já são 1.227 membros. Além de reuniões, os integrantes estão em contato permanente
com representantes do Governo Federal, Governo de Minas e da Prefeitura de Juiz
de Fora. As empresas aéreas também estão sendo procuradas. O fundador do do movimento é Alexandre Hil Mastrini os administradores são Roberto Nogueira (Relações Públicas) e Robson Assis
(engenheiro). Todos esclarecem que o grupo não tem ligação com partidos
políticos.
O Tudo Viagem apoia o movimento. Por ser um blog
independente vai levantar uma polêmica. O prefeito de Juiz de Fora, Bruno de
Freitas Siqueira (PMDB) foi apoiado pela família do ex-presidente Itamar
Franco, um dos responsáveis pela construção do Aeroporto Regional, motivo de
ter recebido seu nome, e não estaria empenhado em atrair novos voos para a
Serrinha.
Lembrando que o Aeroporto Regional está a 45 quilômetros de
Juiz de Fora. Mas atenção. Esse blog defende a manutenção dos voos no Aeroporto
Regional. A região precisa de mais voos, o que forçará as companhias a melhorar
o serviço e reduzir os preços das passagens.

(Visited 57 times, 1 visits today)

local_offerevent_note agosto 18, 2014

account_box Celso Martins


local_offer